27 de janeiro de 2015

A Caverna das Maravilhas - Matthew J. Kirby

Lido em: Janeiro de 2015
Título: A Caverna das Maravilhas - Infinity Ring - Livro 5
Autor: Matthew J. Kirby
Editora: Seguinte
Gênero: Fantasia/Infantojuvenil
Ano: 2014
Páginas: 240
Nota
Sinopse: Próxima parada: Bagdá, 1258. É para lá que o Anel do Infinito manda Sera, Dak e Riq, com o objetivo de corrigir mais uma falha histórica em sua missão de salvar a humanidade. Em meio a caravanas de mercadores e feiras onde são vendidos perfumes, sedas, tapetes e especiarias, os três aventureiros precisam descobrir um jeito de impedir a destruição de uma das maiores bibliotecas da época.
Os mongóis estão cada vez mais perto, e o cerco a Bagdá é inevitável. Pelo que Dak sabe, os invasores vão jogar todos os livros da cidade no rio Tigre, até deixá-lo preto de tanta tinta! Mas a importância dessas páginas vai além da preservação de documentos históricos: sem as informações contidas ali, os três viajantes do tempo não poderão continuar a missão, e tudo o que eles conseguiram até então irá por água abaixo. Agora, os riscos são maiores do que nunca. 

Resenha: A Caverna das Maravilhas é o 5º volume da série Infinity Ring que está sendo publicada no Brasil pela Seguinte. A série de 7 livros, como vocês já devem saber, é escrita por vários autores, e quem assina este é Matthew J. Kirby.

Dak, Sera e Riq estão no ano de 1258, nos arredores de Bagdá. Depois de viajarem no tempo por 12 vezes e repararem 8 Fraturas, eis que os garotos se deparam com a missão mais importante de todas até agora. Enquanto a Europa ainda está na Idade das Trevas, Bagdá é o lar de muitas bibliotecas e estudiosos. A Casa da Sabedoria, a biblioteca que abriga um dos maiores acervos de livros que existem, incluindo as obras do próprio Aristóteles, está prestes a ser destruída com a invasão da cidade feita pelas hordas mongóis, lideradas pelo neto de Genghis Khan, e se as crianças não impedirem tal ocorrido, tudo o que fizeram até agora terá sido em vão. O problema é que eles não possuem informações e pistas para serem seguidas e só podem contar uns com os outros e com o que aprenderam com as outras viagens no tempo que fizeram até o momento para impedirem a queda da biblioteca, pois somente com a preservação do que Aristóteles escreveu eles vão conseguir reparar a Fratura da vez.
A aventura chega a um ponto crucial e bastante complicado da saga e resta saber se eles vão conseguir manter a história inalterada pelo bem do futuro.

Narrado em terceira pessoa, A Caverna das Maravilhas explora situações das quais os personagens ainda desconhecem. Riq precisa lidar com o medo de suas ações, visto que ele alterou o passado da família e seu futuro está em risco agora. Dak volta a ter destaque, com seus planos mirabolantes e impossíveis e sua obsessão eterna por queijo. Sera e Dak estão mais distantes um do outro e estranhei um pouco tal atitude visto que eram tão amigos nos primeiros volumes da série. Os três estão sob pressão, presos numa cidade prestes a ser saqueada e com essa situação o leitor pode esperar muita ação e aventura da leitura!As descrições sobre o cenário são ótimas e é perfeitamente possível "viver" o que os personagens estão vivendo, passando por mercados de especiarias, tapetes e tudo isso me lembrou "Aladdin".
A escrita é ótima e só colabora com a fluidez do texto. É leitura para poucas horas!
A trama segue equilibrada e mantém um padrão, sem muitas alterações o que torna praticamente impossível saber que se trata de vários autores diferentes. Tudo tem conexão, tudo combina, tudo flui e se encaixa muito bem.
A capa mantém o mesmo estilo dos demais livros, assim como a diagramação.
Pra quem procura uma leitura leve, divertida, emocionante e que envolve viagem no tempo, recomendo a série, independente da idade. São livros ótimos para despertar a curiosidade por História, principalmente ao ser mesclada com ficção fantástica!

Resta aguardar os dois últimos livros para sabermos se o mundo ficará livre do terrível cataclismo! Que venha o sexto volume, "Atrás das linhas inimigas".


2 comentários

  1. Oii, morro de curiosidades de ler essa essa série, adorei o post! E gente, seu blog está tãão lindoooo!
    Beijos.
    http://www.garotadolivro.com/

    ResponderExcluir
  2. Nunca vi falar dessa série, mas sou louca por História, e os livros que "ensinam" ela de uma forma divertida. Ela me lembrou (não sei mesmo como) as Crônicas dos Kane huauhauha
    Eles são crianças mesmo? Tem poderes mágicos pra completar as missões? É resenha do 5º volume, fiquei meio perdida kkkk desculpe...
    Beijos!
    Expresso de Nárnia

    ResponderExcluir