Caixa de Correio #21

30 de novembro de 2013

Oie, pipous
Último dia do mês, e cá estou eu pra mostrar pra vocês tudo o que chegou pra mim em Novembro. Bora espiar?

Veneno - Sarah Pinborough

29 de novembro de 2013

Lido em: Novembro de 2013
Título: Veneno - Encantadas #1
Autora: Sarah Pinborough
Editora: Única
Gênero: Fantasia/Releitura
Ano: 2013
Páginas: 224
Nota: ★★★☆☆
Sinopse: Você já pensou que uma rainha má tem seus motivos para agir como tal? E que princesas podem ser extremamente mimadas? E que príncipes não são encantados e reinos distantes também têm problemas reais? Então este livro é para você! Em Veneno a autora Sara Pinborough reconta a história de Branca de Neve de maneira sarcástica, madura e sem rodeios. Todos os personagens que nos cativaram por anos estão lá, mas seriam eles tão tolos quanto aparentem? Acompanhe a história de Branca de Neve e seu embate com a Rainha, sua madrasta. Você vai entender por que nem todos são só bons ou maus e que talvez o que seria "um final feliz" pode se tornar o pior dos pesadelos!
Veneno é o primeiro livro da trilogia Encantadas, e já é um best-seller inglês. Sarah Pinborough coloca os contos de fadas de ponta-cabeça e narra histórias surpreendentes que a Disney jamais ousaria contar. Com um Realismo cínico e cenas fortes, o leitor será levado a questionar, finalmente, quem são os mocinhos e quem são os vilões dos livros de fantasia!

Resenha: Veneno é o primeiro volume da trilogia Encantadas, escrita por Sarah Pinborough e lançado pela Única aqui no Brasil.

Se trata de uma releitura do clássico "Branca de Neve e os Sete Anões" com uma leve mistura de "João e Maria" e até "Aladdin" onde a autora  usou e abusou de sarcasmo ao fazer uma adaptação do conto original dos Irmãos Grimm (esqueça a Branca de Neve inocente da Disney) usando elementos mais "quentes" para tornar a história voltada para o público mais adulto.

Branca de Neve é uma mocinha amada pelo pai e admirada por todos à sua volta, não somente por sua beleza extraordinária, mas pela personalidade que tem: alegre, espontânea e um tanto mimada e indisciplinada. Não gosta de usar vestidos, anda a cavalo feito homem e seu comportamento não é nada digno de uma princesa. Seus melhores amigos são anões que trabalham em minas.

Lilith é o oposto de Branca de Neve... Foi criada no meio da floresta por sua bisavó, morando numa casa feita de doces, mas tendo um propósito em sua vida. Ao crescer, foi obrigada a se casar com um rei, o pai de Branca de Neve, que havia perdido a esposa há pouco tempo, e dessa forma seria a rainha e teria poderes além dos que envolvem a magia e a feitiçaria. Lilith é apenas quatro anos mais velha que Branca de Neve e não admite o comportamento inadequado da princesa. Aproveitando que o rei foi para a guerra, Lilith passou a ser a maior autoridade no reino, e decide usar desse poder para dar um jeito em Branca de Neve tentando fazê-la se comportar com uma dama e organizando uma festa para tentar um casamento arranjado, porém, Branca de Neve acredita que só deve se casar quando encontrar o verdadeiro amor, diferente de Lilith que encara o casamento como uma questão política sem ligação alguma com esse sentimento...

Por ter tido seus planos arruinados por Branca de Neve e por ser constantemente atormentada por seu espelho que não cansa de repetir que Branca de Neve é a mais bela, Lilith decide se vingar pela humilhação que acreditou ter passado e resolve que o único jeito de se ver livre de uma vez por todas desse tormento seria matando a garota, mas claro que não com as próprias mãos... Oi, caçador!
Tendo a vida poupada, mas sua dignidade não, Branca de Neve encontra refúgio com seus amigos anões, mas Lilith não descansa... então eis que a maça entra em cena para enfim fazer com que Branca de Neve caia dura com um pedaço da fruta envenenada entalado em sua garganta a espera do beijo de seu grande e verdadeiro amor...

Enquanto os anões zelavam pelo corpo desfalecido de Branca de Neve, eles recebem uma visita inesperada de alguém perdido e ferido: o príncipe! Ele vê a linda moça naquele estado mas ainda assim se apaixona por ela imaginando que com aquela beleza e cara de santa só poderia se tratar de uma donzela pura e indefesa (risos eternos). Porém, ele acaba se revelando alguém com características bem diferentes das quais poderíamos imaginar quando, enfim, consegue acordar a mocinha...

Enfim... releituras são sempre uma forma de encaramos uma história já conhecida com uma visão diferente juntamente com mudanças e adaptações. Na capa de Veneno, muito bem trabalhada e chamativa por sinal, olhares mais atentos já irão identificar que não se trata de nada infantil ao ver que Branca de Neve está deitada com um olhar todo provocante em cima de um lençol vermelho...
Apesar de não serem tantas, existem cenas provocantes e até impróprias para menores de idade, se é que me entendem... Mas para ser sincera, achei tais cenas um tanto desnecessárias pois fiquei com a impressão de que foram inseridas para desviar o foco ou preencher lacunas por falta de maior aprofundamento ou explicações. A história tem a mesma base do clássico, mas com as mudanças, várias coisas ficaram no ar.

A única coisa que tive certeza foi de que a rainha má, só é má porque foi criada para ser assim e no fundo é uma amargurada e até se atrapalha por que não consegue controlar tudo como gostaria... Já os demais personagens não ganharam maiores aprofundamentos para entendermos melhor suas atitudes e decisões que tomam, ou por que motivo apareceram ali...
A narrativa é bem fluída mas não senti aquele gosto na leitura, pela forma como a história foi moldada e contada.

No mais, o trabalho de diagramação em que inícios e finais de capítulos são decorados com ornamentos dão um toque bem requintado à obra e a revisão é impecável. Os capítulos felizmente são curtos e isso acaba tornando a leitura mais rápida, pois pra mim, capítulos longos demais atrapalham e estão por fora...

Para quem curte releituras e quer conferir uma história com um toque de sarcasmo, sensualidade e um final pra deixar qualquer um de boca aberta e de cabelo em pé (sim, o final é chocante e por ser tão inesperado e surpreendente arrancou uma estrela de mim), Veneno é uma boa pedida, principalmente para repensarmos sobre os verdadeiros vilões e como as atitudes deles são dignas de indignação, ou pena, ou vergonha... E que venha Feitiço, a continuação...

O Chamado do Cuco - Robert Galbraith

26 de novembro de 2013

Lido em: Novembro de 2013
Título: O Chamado do Cuco - Cormoran Strike #1
Autor: Robert Galbraith
Editora: Rocco
Tradutora: Ryta Vinagre
Gênero: Romance Policial
Ano: 2013
Páginas: 448
Nota: ★★★★☆
Sinopse: Quando uma modelo problemática cai para a morte de uma varanda coberta de neve, presume-se que ela tenha cometido suicídio. No entanto, seu irmão tem suas dúvidas e decide chamar o detetive particular Cormoran Strike para investigar o caso.
Strike é um veterano de guerra, ferido física e psicologicamente, e sua vida está em desordem. O caso lhe garante uma sobrevida financeira, mas tem um custo pessoal: quanto mais ele mergulha no mundo complexo da jovem modelo, mais sombrias ficam as coisas e mais perto do perigo ele chega.
Um emocionante mistério mergulhado na atmosfera de Londres, das abafadas ruas de Mayfair e bares clandestinos do East End para a agitação do Soho. O chamado do Cuco é um livro maravilhoso. Apresentando Cormoran Strike, este é um romance policial clássico na tradição de P. D. James e Ruth Rendell, e marca o início de uma série única de mistérios.

Resenha: O Chamado do Cuco é um romance policial lançado pela Editora Rocco e escrito por Robert Galbraith (pseudônimo de J.K Rowling). Ambientado na atual Londres, somos apresentados a Cormoran Strike, um detetive com uma vida bastante conturbada: Strike foi um ex soldado na guerra do Afeganistão, usa uma prótese por ter perdido parte da perna, foi morar em seu escritório após ter se separado da mulher e é visto como alguém que fez parte de uma família instável e desequilibrada, levando em consideração que sua mãe foi alguém condenada pela imprensa pela vida desregrada e pela morte por overdose que teve.

Strike é contratado para investigar a morte da modelo Lula Landry pelo irmão da moça, John Bristow. Segundo a polícia, a moça teria se suicidado há 3 meses atrás devido a uma vida regada a drogas e depressão, mesmo com todo glamour, fama e perseguição constante por parte dos paparazzis, pulando de sua cobertura direto para a morte. Porém, John não concorda com o laudo da perícia e pede para que Strike investigue. Com problemas financeiros, Strike aceita o caso e conta com a ajuda de sua nova assistente temporária, Robin Ellacott, que, ao que tudo indica, está mais interessada na forma como o trabalho de investigação é feito do que no salário propriamente dito.
A partir daí a história se desenrola e Strike coloca sua experiência e inteligência em prática para investigar a morte da modelo, interrogando no decorrer de todo o livro amigos ou pessoas envolvidas com Lula (também conhecida como Luly ou Cuco) e que tinham algum conhecimento pelo seu estilo de vida e seus costumes, descobrindo, assim, que a morte da moça esconde mais segredos sombrios do que aparentava...

Quando O Chamado do Cuco começou a aparecer como a nova obra de J.K. sob pseudônimo de um homem, todos os leitores e fãs da autora ficaram em polvorosa, ansiosos pelo seu lançamento. Com isso, expectativas foram até as alturas e quem esperou por algo inédito encontrou um mistério que, apesar de muito bem escrito e detalhado, não é lá tão novo assim, afinal, detetives vêm investigando assassinatos de forma exaustiva desde os primórdios e os culpados são sempre quem menos esperamos... E nessa história não é diferente.

O diferencial é justamente a descrição detalhada do cenário que transporta o leitor para as ruas de Londres, a personalidade cativante dos personagens e suas particularidades, seus problemas pessoais e a forma como lidam com eles. Strike, por exemplo, é um cara que não tem charme algum e de início encontra dificuldade pela falta de informações para desvendar o caso (me peguei tentando ajudá-lo várias vezes!), mas ainda assim se desenvolve de forma genial e conquista o leitor, assim como Robin que com sua atitude e eficiência como assistente do detetive, mostra que devemos nos dedicar ao que gostamos em nome da felicidade e realização em vez de procurarmos algo que vá dar um retorno financeiro melhor mas que nos deixará infelizes por falta de identificação e amor a profissão... E, claro, a crítica explícita sobre a superficialidade, a sujeira do mundo da fama, toda a falsidade e ganância que a envolve e de como a mídia não se importa em expor a vida alheia tirando proveito de tudo, moldando notícias da forma como convém.

Vou confessar que romances policiais e investigativos não são meu gênero de leitura preferido, e apesar de achar o início um pouco arrastado até a leitura engatar de vez, gostei muito da forma como a trama foi desenvolvida e as pontas amarradas até chegar ao desfecho que, pra mim, foi bem inesperado, empolgante e satisfatório.

A única coisa que me deixou incomodada foi a tradução do título (The Cuckoo's Calling) que passa uma imagem errada da história, afinal, "O Chamado", até onde entendi, seria referente a última ligação feita por "Cuco", o apelido da modelo morta. E não, isso não é um spoiler...

Enfim, é um livro que certamente vale a pena ser lido, tanto pela genialidade e narrativa impecáveis, quanto pelos personagens marcantes. O Chamado do Cuco é o primeiro volume da série Cormoran Strike, e que venham os próximos casos para podermos acompanhar.

Novidades - Geração Editorial

21 de novembro de 2013

Brilho - Amy Kathleen Ryan
A Terra não existe mais, e em duas naves que procuram um novo mundo no espaço, uma menina de 15 anos precisa casar e engravidar para garantir a sobrevivência da humanidade. Enquanto isso, uma sucessão de acontecimentos eletrizantes torna a jornada pelo espaço algo absolutamente imprevisto.
Temas como religião, a escolha da mulher e a ideia de poder e dominação vão aparecendo muito suavemente articulados ao longo da trama, amarrando o leitor com surpresas e reviravoltas estonteantes. São temas universais, postos num livro por uma escritora surpreendente e que promete arrasar a cena literária a partir desta sua fantástica criação.


A Guerra dos Fae - Elle Casey
Jayne é uma adolescente rebelde e desbocada. Não se encaixa em lugar algum. Sem dinheiro e sem rumo, ela e seu colega de escola Tony fogem de casa e encontram outros jovens em situação semelhante. Uma misteriosa organização oferece-lhes dinheiro para participarem de um estranho e suspeito experimento envolvendo uma competição. Sequestrados e lançados numa sinistra floresta repleta de seres sobrenaturais assustadores, os garotos precisam enfrentar perigos inimagináveis e vencer a prova, quando Jayne descobre-se possuidora de dons especiais de que nunca suspeitou, poderes de que precisará desesperadamente, para sobreviver num mundo paralelo ao mundo real… o mundo dos Fae.
Abandone-se à leitura desta fantasia surpreendente, repleta de ação, suspense, magia e muito humor, escrita por um dos grandes talentos contemporâneos da literatura jovem.

Vagina, uma biografia - Naomi Wolf
Este novo e polêmico livro de Naomi Wolf, autora do best-seller O mito da beleza, é um trabalho surpreendente de ciência e história cultural que reformula radicalmente a forma pela qual entendemos a vagina e, consequentemente, como entendemos as mulheres, seu desejo sexual e sua criatividade. Ela defende a ideia corajosa, firmada em descobertas científicas, de que o órgão sexual das mulheres não é meramente carne, mas um componente intrínseco do cérebro feminino – e assim tem uma conexão fundamental com a consciência feminina em si.




O Segredo de Ella e Micha - Jessica Sorensen
Este livro que você vai ler agora arrancou suspiros de uma legião de leitores americanos, entusiasmados com a escrita provocante de Jéssica Sorensen. O segredo de Ella e Micha trata do romance entre dois jovens, mas não é só isso. Os protagonistas vão tecendo, em primeira pessoa, uma trama complexa e ao mesmo tempo simples, que envolve temas delicados como dramas familiares, traumas psicológicos, medo do futuro e da morte, com naturalidade e sinceridade. Eis o que torna o livro tão comovente: sua realidade. Em qualquer lugar do mundo, cada jovem têm um pouco destes dois heróis paradoxalmente frágeis com seus traumas, mas fortes para enfrentar a dura realidade da existência e superar seus conflitos mais difíceis. Respire fundo, prepare-se para acompanhar uma história de amor com pitadas generosas de sensualidade e adrenalina. 

Novidades de Novembro - Arqueiro

20 de novembro de 2013

Álbum de Casamento - Quarteto de Noivas - Livro 01 - Nora Roberts
Quando crianças, as amigas Parker, Emma, Laurel e Mac adoravam fazer casamentos de mentirinha no jardim. E elas pensavam em todos os detalhes. Depois de anos dessa brincadeira, não é de surpreender que tenham fundado a Votos, uma empresa de organização de casamentos bem-sucedida. Mas, apesar de planejar e tornar real o dia perfeito para tantos casais, nenhuma delas teve no amor a mesma sorte que tem nos negócios. Até agora. Com várias capas de revistas de noivas no currículo, a fotógrafa Mac é especialista em captar os momentos de pura felicidade, mesmo que nunca os tenha experimentado em sua vida. Por causa da separação dos pais e de seu difícil relacionamento com eles, Mac não leva muita fé no amor. Por isso não entende o frio na barriga que sente ao reencontrar Carter Maguire, um colega de escola com o qual nunca falara direito. Carter definitivamente não é o seu tipo. Professor de inglês apaixonado pelo que faz, ele cita Shakespeare e usa paletó de tweed. Por causa de uma antiga quedinha por Mac, fica atrapalhado na frente dela, sem saber bem como agir e o que falar. E mesmo assim ela não consegue resistir ao seu charme. Agora Carter está disposto a ganhar o coração de Mac e convencê-la de que ela é capaz de criar suas próprias lembranças felizes. 

Paixão Sem Limites - Sem Limites - Livro 01 - Abbi Glines
Blaire Wynn não teve uma adolescência normal. Ela passou os últimos três anos cuidando da mãe doente. Após a sua morte, Blaire foi obrigada a vender a casa da família no Alabama para arcar com as despesas médicas. Agora, aos 19 anos, está sozinha e sem lugar para ficar. Então não tem outra escolha senão pedir ajuda ao pai que as abandonara. Ao chegar a Rosemary, na Flórida, ela se depara com uma mansão à beira-mar e um mundo de luxo completamente diferente do seu. Para piorar, o pai viajou com a nova esposa para Paris, deixando Blaire ali sozinha com o filho dela, que não parece nada satisfeito com a chegada da irmã postiça. Rush Finlay é filho da madrasta de Blaire com um famoso astro do rock. Ele tem 24 anos, é lindo, rico, charmoso e parece ter o mundo inteiro a seus pés. Extremamente sexy, orgulha-se de levar várias garotas para a cama e dispensá-las no dia seguinte. Blaire sabe que deve ficar longe dele, mas não consegue evitar a atração que sente, ainda mais quando ele começa a dar sinais de que sente a mesma coisa. Convivendo sob o mesmo teto, eles acabam se entregando a uma paixão proibida, sobre a qual não têm nenhum controle. Mas Rush guarda um segredo que Blaire não deve descobrir e que pode mudar para sempre as suas vidas.

O Inocente - Harlan Coben
Ao mesmo tempo forte e avassalador, o livro traz uma história que prende irresistivelmente a atenção - ela trata das escolhas que todos nós um dia somos obrigados a fazer e como alguns erros podem mudar nossa vida para sempre. Quando jovem, Matt Hunter matou acidentalmente um rapaz quando tentava separar uma briga. Foi preso e condenado a quatro anos de prisão. Agora, ao lado da esposa Olívia, grávida de seu primeiro filho, sua vida parece tranqüila, até que recebe misteriosas ligações em seu celular com câmera: imagens perturbadoras de Olívia e de um homem misterioso. Quando o sujeito morre com dois tiros no rosto, Matt passa a ser o principal suspeito não só desse homicídio, mas também de outros. Pois parece haver uma conexão macabra entre esses crimes e o passado de Matt... e o de Olívia também...

Lua Vermelha - Benjamin Percy
Eles vivem entre nós. São os seus vizinhos, a sua mãe, o seu namorado. Eles mudam do dia para a noite. Como toda adolescente, Claire Forrester se acha meio deslocada. Quando agentes do governo invadem sua casa e matam seus pais, ela percebe o quanto é diferente. Claire pode se transformar em uma criatura semelhante a um lobo. Ela é uma licana. Patrick Gamble entra em um avião e, horas depois, desembarca como o único sobrevivente de um ataque terrorista promovido pelos licanos. Da noite para o dia, ele vira um herói nacional: o Menino-Milagre. O governador Chase Williams jura que, se for eleito presidente, protegerá o país da ameaça que aterroriza a população. Em meio ao acirramento dos conflitos entre humanos e licanos, seu discurso intensifica a discriminação. No entanto, ele vai se tornar exatamente aquilo que prometeu destruir. Cada um a seu modo, os três estão envolvidos em uma guerra que tem sido controlada com leis, violência e drogas. Mas uma rebelião está prestes a estourar, provocando mortes e destruição e entrelaçando seus destinos para sempre. Com a chegada da noite da lua vermelha, o mundo se tornará irreconhecível. A batalha pela sobrevivência da humanidade irá começar. 

Feliz Natal, Alex Cross - James Patterson
É véspera de Natal, tempo de paz e fraternidade Infelizmente nem todos pensam assim. Após deter um ladrão que estava roubando a caixa de doações da igreja, tudo o que Alex Cross quer é ter uma noite feliz com sua família. Mas, para tristeza de seus filhos, de Bree e de Nana Mama, o detetive será convocado para solucionar não apenas um, mas dois casos no feriado. Numa bela mansão, uma família é mantida refém Alex atravessa a cidade rumo a uma das regiões mais nobres de Washington. Henry Fowler, um famoso advogado que viu sua vida e sua carreira serem arruinadas, ameaça matar os filhos, a ex-mulher e seu novo marido. Psicótico e viciado em metanfetamina, Fowler precisa ser detido. Mas a pergunta que não sai da mente do psicólogo que habita em Cross é: o que faria alguém tão bem-sucedido afundar dessa maneira? Envenenamento e terror na estação de trem Convocado às pressas pelo FBI, Cross terá que capturar uma antiga inimiga: a terrorista Hala Al Dossari, que foi reconhecida por uma das câmeras da Union Station. Em pouco tempo acontecem mortes e explosões. Mas será esse ataque seu único objetivo? Ou tudo fará parte de um plano maior, capaz de gerar uma catástrofe nacional? 

Dica de economia - Cuponzar

Dezembro logo está chegando e com ele as tão esperadas férias. E férias é tempo de? De colocar a leitura em dia! Resolvi então checar algumas livrarias online e finalmente comprar os livros que eu tinha deixado para depois. Depois de pesquisar sobre uma entrega mais rápida e lojas mais confiáveis para comprar online, escolhi a FNAC. Já comprei lá várias vezes e é super tranquilo e confiável.

Eu tinha dois livros que queria muito comprar: Chá de Sumiço, da adorada Marian Keys (quem nunca leu Melancia?). A personagem principal, Helen, se vê envolvida entre uma vida pessoal caindo aos pedaços, um emprego ruim e ainda por cima tendo que lidar com o aparecimento do ex-namorado e o namorado atual. A história parece até familiar!  O outro é A Assinatura de Todas as Coisas, da Elizabeth Gilbert (autora de Comer, Rezar, Amar). Apesar de ser um livro bem diferente do seu best-seller, já que conta a história de um homem que perde a sua mulher de longa data e tem que lidar com todas as mudanças dessa perda. As leituras são sempre muito agradáveis e com mensagens muito bonitas ao longo da narrativa.

Eu estava satisfeita em comprar os dois livros, mas descobri que a FNAC também trabalha com alguns cupons de desconto. Encontrei os cupons da FNAC no site Cuponzar (aqui vai o link do cupom que eu usei http://www.cuponzar.com.br/mostrar-cupom/11260). É bem simples de conseguir os descontos. Dentro do site, você clica no código promocional (eles estão especificados por ordem alfabética das lojas) e ele já te redireciona para a loja escolhida. Na hora de fechar a compra é só informar o código e ter o desconto. Mas alguns são diferentes, por exemplo, o cupom que eu escolhi não tinha código, então na hora que você é redirecionado do Cuponzar para a FNAC, os preços já estão reajustados com o desconto. Muito fácil!



Fica a super dica de economia pra vocês ;)

Novidade - Valentina

18 de novembro de 2013

Almanova - Jodi Meadows
1ª ed. – Rio de Janeiro: Valentina, 2013.
288 páginas.
Formato: 16x23 cm.
ISBN 978-85-65859-17-2
R$ 34,90
ALMANOVA
Ana é nova. Por milhares de anos, no Range, milhões de almas vêm reencarnando, num ciclo infinito, para preservar memórias e experiências de vidas passadas. Entretanto, quando Ana nasceu, outra alma simplesmente desapareceu... e ninguém sabe por quê.
SEM-ALMA
A própria mãe de Ana pensa que a filha é uma sem-alma, um aviso de que o pior está a caminho, por isso decidiu afastá-la da sociedade. Para fugir deste terrível isolamento e descobrir se ela mesma reencarnará, Ana viaja para a cidade de Heart, mas os cidadãos de lá temem sua presença. Então, quando dragões e sílfides resolvem atacar a cidade, a culpa deverá recair sobre...
HEART
Sam acredita que a alma nova de Ana é boa e valiosa. Ele, então, decide defendê-la, e um sentimento parece que vai explodir. Mas será que poderá amar alguém que viverá apenas uma vez? E será também que os inimigos – humanos ou nem tanto -- de Ana os deixarão viver essa paixão em paz?
Ana precisa desvendar grandes segredos: O que provocou tal erro? Por que ela recebeu a alma de outra pessoa? Poderá essa busca abalar a paz em Heart e acabar por destruir a certeza da reencarnação para todos?
Sobre a autora
Jodi Meadows se mostra uma alquimista quando mescla fantasia e paixão eterna com muito suspense nessa fantástica história sobre a eternidade. Vive e trabalha na Virginia, EUA, com o marido, um gato e uma quantidade alarmante de ferrets. Viciada confessa em livros, sempre quis ser escritora, pelo menos desde que desistiu de ser astronauta. Visite www.jodimeadows.com e conheça mais sobre o fantástico sucesso dessa jovem e promissora autora.






Promoção na Saraiva!
Clique no banner abaixo e aproveite!

Promoção Jingle Bells

16 de novembro de 2013

Olá pessoal, hoje começa mais uma super promoção de Natal.
E quem não gosta de colocar aquela arvore linda e esperar que o papai noel venha e traga muitos presentes!E por isso o blog Sangue com Amor e mais 12 blogs se juntaram para presentear vocês, LEITORES.

QUEM FOI QUE DISSE QUE PAPAI NOEL NÃO EXISTE?
Regras:
* Residir em território nacional, ou ter endereço de entrega.
*Perfis fakes não serão aceitos. Caso seja constatado, o ganhador sera desclassificado sem aviso prévio.
Não nos responsabilizamos por danos ou extravios dos correios, nem pelo segundo envio em caso de devolução por erro nos dados informados ou entrega sem sucesso.
*As regras obrigatórias estarão no inicio do formulário Rafllecopter.  Após preencher será liberado os extras.
*Após o resultado os ganhadores serão comunicados via email. Terão até 48 horas para responder, caso isso não aconteça sera feito outro sorteio.

Lembrando:
*Ao curtir as páginas dos blogs, não esqueça de passar o mouse acima de curtiu e clicar em cima de Obter Notificações e Mostrar no feed de noticias
* Podem participar de todos os kits, mas será somente um ganhador (diferente) a cada um deles.
* Cada blog é responsável apenas pelo envio do livro que cedeu.
*Promoção inicia hoje 16/11/2013 e termina 22/12/2013.

As Leituras da Mila - Livro Inia
Minhas Escrituras - Livro Desastre Iminente

a Rafflecopter giveaway

GNR Gunnar - Livro Scarpetta
I Love My Books - Livro O Diaria de Litat


a Rafflecopter giveaway



a Rafflecopter giveaway

No Limite da Leitura - Livro A Garota do Penhasco
Amor Literario - Livro Marcas na Parede


a Rafflecopter giveaway
Sangue com Amor - Livro Rosa Imortal
Livros e Chocolate - Claro Que Te Amo


a Rafflecopter giveaway

O Maravilhoso Mundo da Leitura - Livro Dizem por ai...
Sangue com Amor - Livro O Caminho


a Rafflecopter giveaway

Era Uma vez o Livro - Livro Quem Sou Eu, Afinal?
Leitores Compulsivos - Livro O Contrario de Roma


a Rafflecopter giveaway

Que este Natal seja de muita alegria, saúde, paz e muitos livros.

Boa Sorte a Todos!!!!!!!!!!!!!!!

Novidades de Novembro - Bertrand Brasil

14 de novembro de 2013

Chá de Sumiço - Marian Keyes 
Famosa desde a publicação do best-seller Melancia e a criação da família Walsh, protagonista da maioria
dos seus livros, Marian Keyes tornou-se a maior escritora do gênero e uma das mais importantes estrelas da literatura mundial. Seus livros venderam mais de três milhões de cópias em todo o planeta e, a cada novo título, um alvoroço surge entre os fãs. Com Chá de sumiço, a autora apresenta a aventura de Helen, a mais doida e engraçada das irmãs.
Helen Walsh não vive um bom momento. O trabalho como detetive particular não vai bem, o apartamento foi tomado por falta de pagamento e um ex-namorado surge com uma proposta de trabalho: encontrar o desaparecido músico da Laddz, a boy band do momento. Precisando do dinheiro, ela se vê forçada a aceitar, o que causa uma confusão em sua cabeça ao conviver com o ex e precisar acalmar o atual namorado.
Ao tentar seguir suas próprias regras, Helen será arrastada para o mundo complexo, perigoso e glamoroso do showbiz, percebendo que seu pior inimigo ainda está por surgir.
Irresistível, comovente e muito engraçado, Chá de sumiço é diferente de todos os romances do gênero, e a protagonista – corajosa, vulnerável e dona de uma língua afiadíssima – é a heroína perfeita para os novos tempos.

A Festa de Divórcio - Laura Dave
A festa de divórcio conduz o leitor à vida de duas mulheres que se encontram nos extremos opostos do casamento, uma se divorciando e outra no momento de confirmação do relacionamento dos sonhos. Apesar de todas as diferenças – distância, condição financeira, idade – Gwyn e Maggie têm uma coisa em comum: ambas estão em uma encruzilhada e enfrentam as mesmas perguntas: até que ponto você deve se esforçar para ficar com a pessoa que ama? Quando é hora de desistir?
O best-seller de Laura Dave apresenta um costume cada vez mais comum nos Estados Unidos: a celebração do rompimento amoroso. Talvez para os brasileiros isso seja estranho, mas para o povo do país norte-americano, este momento, quando consensual, deve ser celebrado. Isso porque os envolvidos foram corajosos pela decisão e porque agora os dois poderão ser finalmente felizes, mesmo que com outras pessoas.
Laura chega à raiz das questões mais importantes e faz o leitor acreditar em todas as faces do amor, até a do divórcio.

A Irmã de Freud - Goce Smilevski
Vencedor do Prêmio da União Europeia para a Literatura, A irmã de Freud, quando lançado, chocou os leitores, que se perguntavam se a história criada por Goce Smilevski seria verdade. Apesar de ser ficção, a premissa da obra é verdadeira: Freud fugiu da Áustria em plena ascensão nazista deixando quatro irmãs para trás. Todas morreram em campos de concentração.
Na Viena ocupada pelos nazistas, Sigmund Freud recebeu o direito de fugir para o exterior levando consigo alguns entes queridos. Na lista do fundador da psicanálise, entram a mulher, os filhos, a cunhada, duas assistentes, o médico pessoal com sua família e até o cachorro, mas não quatro irmãs idosas: Marie, Rosa, Pauline e Adolfine. É a voz desta última, deportada para o campo de concentração de Terezín, que relembra com dolorosa mágoa o episódio.
Smilevski narra, com maestria, a trajetória da família do famoso Freud, com destaque, obviamente à narradora. Por meio de Adolfine, o leitor descobre a intimidade do famoso psiquiatra, suas fraquezas e como ele se relacionava com os parentes. Além disso, mostra a vida miserável que ela própria teve. Há também um intenso debate de teorias psicanalíticas, mostrando como elas não eram seguidas pelo próprio criador.
Um dos principais temas tratados na obra é a loucura, que culmina com uma inteligente discussão entre os dois protagonistas a respeito da felicidade e do sentido da vida.
A irmã de Freud é o relato de uma mulher que, esquecida nas sombras da história, revive relações familiares gélidas, um amor trágico, o sonho não realizado da maternidade e a aceitação de encontrar a paz apenas no esquecimento tranquilizador de uma loucura autoimposta.

O Livro dos Prazeres Proibidos - Federico Andahazi
Conhecido mundialmente pela publicação do best-seller O anatomista, Federico Andahazi volta a ser
publicado no Brasil com o elogiado O livro dos prazeres proibidos, que segundo o próprio, é sua obra mais intensa. O romance apresenta como protagonista Johannes Gutenberg, o inventor da prensa, e produz uma impecável reconstrução de cenários medievais, transportando o leitor para diversas cidades europeias do século XV.
Em 1455, a cidade de Mainz, na Alemanha, está em polvorosa. Não bastassem as revoltas populares tão comuns à época, Gutenberg está sendo acusado de comercializar livros clandestinos, de roubar e de praticar bruxaria e satanismo juntamente com seus parceiros comerciais, Johann Fust e Petrus Schöffer. Sigfrido de Maguntia, o promotor do caso, é considerado o maior copista de seu tempo e tem um interesse especial, já que a Bíblia que os réus copiaram foi originalmente escrita por ele próprio.
Ao mesmo tempo, o terror se espalha pela cidade, em especial no Mosteiro da Sagrada Canastra, um bordel de luxo às margens do rio Reno cujas prostitutas são adeptas das práticas dos “prazeres proibidos”. O motivo: um assassino anda à solta. Suas vítimas: invariavelmente, as prostitutas do bordel, que são mortas com brutalidade e têm as peles meticulosamente arrancadas. O burburinho comum do local dá lugar ao silêncio. Tão acostumados a visitar as “adoradoras da Sagrada Canastra” – e a praticar seus rituais bem peculiares –, os homens da cidade estão trancafiados em suas casas, assim como as prostitutas.
Em O livro dos prazeres proibidos, Andahazi reinventa a criação da prensa de Gutenberg, feito divisor de águas na história da humanidade. O caráter extremamente complexo e fascinante de seu protagonista conduz o leitor por um tour de force – desde sua infância até as tentativas e frustrações quanto à sua criação – e sua repercussão, na qual se alegou que seus livros eram fruto de pacto com o demônio.

Alfabeto dos Ossos - Louise Welsh
Com uma escrita afiada e após centenas de pedidos de leitores brasileiros, chega ao Brasil Alfabeto dos ossos, de Louise Welsh. O livro combina uma dose forte de suspense com linguagem e estrutura literárias. Quando publicado, surgiram comparações com Ruth Rendell e P.D. James, e, até os mais fervorosos fãs da autora surpreenderam-se positivamente com este novo romance.
Alfabeto dos ossos apresenta a busca incessante de um professor universitário, Murray Watson, por informações sobre um poeta controverso, Archi Lunan, que há décadas publicou apenas uma obra. Murray, fã desde que era jovem, até hoje não entende por que só um livro, mesmo que este tenha recebido elogios e por que Lunan sumiu logo após a publicação.
Em sua busca, o docente se surpreende quando, ao pesquisar a vida de Archie, não encontra praticamente nada. Além de não ter tido amigos, todos dizem não se lembrar do poeta e não saber nada sobre sua única obra. Contudo, ele percebe que os entrevistados escondem algo e que existe um grande ressentimento quanto a Lunan. Para piorar, a única pessoa que poderia ajudá-lo, a ex-mulher do escritor, mora numa ilha e se nega a conversar com o professor.
O livro expõe também como é restrito e corporativista o círculo literário britânico. Talvez similar à maior parte do mundo. Ao investigar a vida de Lunan, Murray depara-se com descaso de professores, de escritores, de bibliotecários, entre outros.
Loise Welsh retrata o mundo literário de um ângulo diferente, utilizando várias passagens poéticas que, ao se misturarem ao texto dinâmico em prosa, criam uma combinação diferente e de sucesso.

Em Casa para o Natal - Cally Taylor
Assim como em seu primeiro livro, O céu vai ter que esperar!, Cally Taylor, no divertido Em casa para o
Natal, une com maestria romance e comédia, mas, desta vez, com uma diferença: na época mais especial do ano, o Natal. Quando lançado na Grã-Bretanha, fez enorme sucesso, figurando nas principais listas de mais vendidos.
Beth Prince sempre adorou contos de fadas e acredita que está prestes a viver um final feliz: tem o emprego dos sonhos em um charmoso cinema independente e um namorado maravilhoso chamado Aiden. Ela faz parte de um grupo privilegiado de pessoas que trabalha com o que ama, e o entusiasmo pelos filmes intensifica a busca por seu próprio “felizes para sempre”. Só há um problema: nenhum homem jamais declarou seu amor por ela. E, apesar de acreditar que Aiden é o príncipe encantado, a protagonista desconfia de que ele tem medo de dizer “eu amo você”. Desesperada para escutar essas palavras mágicas pela primeira vez, ela resolve assumir as rédeas do destino — e acaba se arrependendo.
Com Em casa para o Natal, Cally Taylor brinda o leitor com uma deliciosa comédia romântica que tem como pano de fundo o espetacular universo do cinema e os tempos festivos do Natal.

Entre Mundos - Brenna Yovanoff
Depois do enorme sucesso de O substituto, Brenna Yovanoff, no esperado Entre mundos, envereda novamente pelo gênero fantástico, tendo sempre como pano de fundo um mundo nebuloso e personagens sombrios. Os romances da autora já ultrapassaram a marca de um milhão de cópias vendidas no mundo, figurando sempre nas listas de mais vendidos dos EUA e da Grã-Bretanha.
A protagonista Daphne vive em Pandemonium desde que nasceu e sempre se sentiu excluída, um peixe fora d’água. Mesmo sendo filha de Lúcifer e Lilith, a mulher mais poderosa do inferno, a menina sempre teve o desejo de uma vida diferente da de suas irmãs, que se alimentam do sofrimento humano. Já seu irmão, Obie, que se dedica a salvar espíritos desvirtuados na Terra, é um ídolo e a esperança de Daphne para mudar de vida.
Quando Obie é raptado, Daphne foge para a Terra para resgatá-lo e tentar encontrar seu verdadeiro caminho. Ela só não imaginava conhecer o misterioso e desprotegido Truman.
O novo livro de Brenna Yovanoff é mais do que um romance para jovens, como a maioria no mercado editorial. Ele apresenta, além de uma história intrigante, um debate inteligente e bem-construído a respeito do bem e do mal na sociedade. Com isso, a autora desconstroi o maniqueísmo inerente aos seres humanos, que estão sempre buscando o mocinho e o vilão.
Entre mundos é um romance transcendental sobre uma jovem – que também é um demônio – e sua procura pelo amor na Terra. Uma história que põe em questão a ética, os valores e os sentimentos humanos neste e em outros mundos.

As Sete Vidas do Amor - Carla D'Alessio

13 de novembro de 2013

Lido em: Novembro de 2013
Título: As Sete Vidas do Amor
Autora: Carla D'Alessio
Editora: Bertrand Brasil
Gênero: Romance
Ano: 2013
Páginas: 378
Nota: ★★★☆☆
Sinopse: Faltam sete dias para o Natal e, enquanto confessa seus pecados e insatisfações ao padre, Ada depara com o olhar ambíguo de um persa preto aos pés do sacerdote. Sem que ela saiba o real motivo, nota-se roubando o felino e levando-o para casa. Assim, Bemot, o gato surrupiado na sacristia, está fadado a assistir ao desenrolar das tramas da história, enquanto as protagonistas passam por situações difíceis e se veem forçadas a enfrentar um novo começo.
É o que acontece com Ada, que tenta gostar de si mesma, abandonando os anos de descuido e indiferença que até então marcaram sua vida. Ou Gilda, constantemente em busca de alguém que compense sua maternidade fracassada; de Nina, que tem o corpo forte de uma atleta, mas os medos de uma adolescente; de Mara, advogada agressiva que, no entanto, tropeça no amor; com a fútil Bea e, finalmente, de Zoja, que se mudou da Ucrânia para a Itália tentando melhorar de vida.
Tendo como pano de fundo uma Nápoles alheia aos lugares-comuns, Carla D’Alessio constrói uma comédia de tirar o fôlego, cheia de coincidências, amarga e, mesmo assim, divertida, tipicamente italiana. Uma história comovente e requintada, pois o amor – mesmo quando parece ter perdido qualquer empolgação, quando não faz senão arranhar – tem muito mais que uma só vida. Tem sete vidas.

Resenha: Segunda feira... Faltam sete dias para o natal e Ada vai a igreja para se confessar. Ela se depara com um gato persa preto, Bemot, e depois de se sentir hipnotizada por aquele olhar, decide levá-lo, ou melhor, roubá-lo de lá. Ignorada pelo marido e farta da vida que tem, Ada supõe que essa atitude "rebelde" que teve que foi roubar o gato é um impulso para mudar sua vida medíocre e que não sai da mesmice. E a partir deste evento, a história, ou melhor, as várias histórias com os vários personagens de As Sete Vidas do Amor começam a se desenrolar.

A capa é aveludada e apesar de simples é lindíssima. A boca do gato no topo ilustra Bemot e o título prateado juntamente com o nome da autora são em alto relevo. Na parte de trás da capa podemos observar os olhos e o focinho achatado do persa.

A diagramação é bem simples, e cada capítulo é um dia da semana. Pra um livro com 7 capítulos e quase 400 páginas, dá pra imaginar a quantidade média de páginas que cada um tem... Não gosto de capítulos longos, pois como já afirmei anteriormente, a sensação que tenho é a de não poder respirar e ser obrigada a ler sem poder ter uma pausa, e apesar da narrativa ser bem requintada e carregada de ironia, sarcasmo e comédia negra, o que me agrada bastante, faz um estilo que nunca havia tido a experiência de ler algo parecido antes. Ainda assim não me senti muito ligada à história, não pelo fato de não entender as coisas pelo lados das personagens, que dão exemplos de vida bem reais e críveis, mas sim por falta de identificação com a forma como foi contada. Chega a ser confusa pois são muitas que surgem a qualquer momento, sem uma apresentação prévia ou um sinal de onde acaba ou termina o que está acontecendo alí. É como se não houvesse uma transição, mas um pulo repentino de uma situação pra outra, envolvendo personagens diferentes, e numa falta maior de atenção, o leitor se perde sem saber o que aconteceu, sem maiores explicações. Então a leitura pode demorar para alavancar...

Ada, Gilda, Nina, Mara, Bea, Zoja são mulheres comuns, algumas soam até um tanto caricatas e lembram bem personagens de novelas que muitas pessoas adoram acompanhar. A sinopse já dá uma ideia boa do que podemos esperar de cada uma delas. Todas elas tem seus medos e a autora, então, descreve a forma com que cada uma enfrenta e supera isso e como todas pensam que os homens não prestam, numa tentativa de mostrar como o sexo frágil não é tão frágil assim, mas sim, continua sendo frágil! Confuso? É, eu sei...

Além de Bemot, o gato que como a maioria dos gatos é cheio de charme, preguiçoso e dono do próprio nariz, a história abre uma imensidão de personagens que vão aparecendo aos poucos. Todos falam demais mas ninguém se entende. É aquela típica história italiana, cheia de confusões malucas, família, desgosto, amores, falação, comida e gente aparecendo sabe-se lá de onde. Mas ainda assim é possível notar que cada um tem seus problemas e seus desejos, assim como todos nós, o que tornam esses personagens pessoas comuns e que podem facilmente fazer com que nos identifiquemos. Pena que o final deixou a desejar na minha opinião...

As Sete Vidas do Amor é um livro que conta histórias... Histórias de vida que se entrelaçam, e mais do que isso, que retratam um tipo de amor que não poderia ser medido em apenas uma vida.

Novidades de Novembro - Galera Record

Teardrop - Lauren Kate
Depois de perder a mãe em um acidente, Eureka acha que nunca mais voltará a sorrir. E a promessa que fez à mãe – a de nunca mais chorar – se torna quase impossível... até conhecer Ander. O rapaz parece estar em todos os lugares e saber coisas que não deveria sobre Eureka, inclusive um estranho segredo relacionado às suas lágrimas e aos três artefatos que herdou da mãe: uma carta, uma pedra e um misterioso livro que conta a lenda de uma menina com o coração partido. Logo Eureka vai descobrir que a antiga lenda é mais que uma história, que Ander pode estar dizendo a verdade e que sua vida pode ter um curso mais sombrio do que ela imaginou.




Strawberry Fields Forever - Richard Zimler


A vida da adolescente Teresa muda radicalmente quando os pais deixam Lisboa para viver em NY. Despreparada para a vida na América, Teresa encontra refúgio no seu particular senso de humor e no amigo, Angel, um brasileiro de 16 anos, fã de John Lennon. Mas o mundo de Teresa desmorona completamente quando o pai morre, deixando a ela e ao irmão mais novo, com uma mãe negligente e consumista. Um drama sobre vida, morte e amor.






99 Séries clássicas para apressadinhos - Thomas Wengelewski
Depois dos apressadinhos descobrirem seus 99 livros e filmes clássicos, chega a vez de esmiuçar 99 seriados! 99 séries clássicas de TV para apressadinhos resume em apenas quatro quadrinhos alguns dos seriados mais amados da TV, como Friends, Alf, Desperate Housewives, Seinfeld, Barrados no baile e muito mais! O fã de séries em você não pode perder.








Minsk - Graciliano Ramos

Se você gosta de Graciliano Ramos, confira a sua obra infantil! Verde-liberdade, amarelo-alegria. Na cores das penas do pequeno Minsk, a menina Luciana encontrou algo mágico: uma amizade verdadeira. Até o velho gato se encantou pelo periquito! Subverteram a ordem das coisas. Aliás, bem ao molde da pequena dona, que insistia em fazer tudo de seu jeito. Até andar de costas, esbarrando em móveis pela casa. Mas há dores mais doídas que uma quina no caminho...





Não Pergunte a Alice - Judi Curtin
Sentiram saudades da Alice? Ela e sua melhor amiga Megan acabam de começar o último ano do ensino médio. O ano tinha tudo para ser muito divertido e especial até que Alice chega com um plano mirabolante. Determinada a juntar os pais recém-separados, a menina acredita que a melhor maneira é encontrar uma namorada para seu pai e deixar sua mãe louca de ciúmes. O que poderia dar errado? Pela experiência de Megan, tudo. Se você quer que um plano seu dê certo, não pergunte a Alice.






Pausa - Colleen Hoover

Depois de testado por tragédias, proibições e desencontros, o relacionamento dos dois enfrenta novos desafios. A ex-namorada de Will retorna, arrependida de ter deixado o rapaz – e ela está disposta a tudo para reconquistá-lo. Insegura, Layken começa a ler novas razões nos comportamentos do rapaz. E na sua insistência para adiar a “primeira vez” de ambos. Presos em uma ironia cruel do destino, eles precisam descobrir se o que sentem é verdadeiro ou se fruto da extraordinária situação que os uniu.





Tamanho 42 e pronta para arrasar - Meg Cabot
Neste quarto volume da série de Heather Wells, a protagonista vai precisar resolver mais um dos mistérios que parecem a perseguir. Tania Trace, a mais nova celebridade teen, está noiva do ex-namorado de Heather, Jordan Cartwright, e os dois ganham um reality show só para eles. O problema é que Tania resolveu gravar o programa em um dos alojamentos da faculdade de Nova York, mais especificamente aquele onde Heather trabalha, e acidentes suspeitos começam a acontecer. Agora Heather vai precisar descobrir quem está por trás disso antes que algo pior aconteça. 

Polêmica, eu? #7 - Caloteiros da depressão

11 de novembro de 2013


Oie, gentem!
Saudade de escrever aqui nessa coluna!
O assunto de hoje pode ser um pouco delicado pois, provavelmente, a carapuça deve servir para aqueles que não tem a menor consideração pelos outros. Mas talvez seja bom para que saibam que o que fazem é algo que só contribui na construção de uma má reputação pra si mesmos e isso só faz com que quem saia feio na fita sejam eles e mais ninguém...

Quem aqui nunca participou de uma promoção? E quantas dessas pessoas, que apesar de ganharem, já tiveram problemas para receber o prêmio? É uma situação chata e dependendo dos envolvidos, a situação pode ter proporções bem maiores e piores do que se pode imaginar... Geralmente os prazos são de 30 dias, mas há quem esteja mofando há quase um ano esperando por algo que é mais certo que nunca vá chegar, mesmo que a esperança seja a última a morrer.

Penso que promoções em blogs não devem ter objetivo apenas de acumular seguidores, mas sim de premiar aqueles que acompanham o blog, lhes dando oportunidade de conhecer o que anda sendo divulgado em mãos. Eu, particularmente, quando gosto muito de um livro, quero colocar um exemplar pra ser sorteado no blog para que outra pessoa tenha a oportunidade de ler e ficar tão empolgado com a leitura quanto eu. Acho que coisas boas devem ser passadas adiante.
Obviamente seguir o blog, curtir a página e afins podem ser algumas exigências para a participação. Essas regrinhas, desde que não sejam infinitas e abusivas, podem ser chatas e tudo mais para alguns, mas acho que é algo bem simples em troca do trabalho que é manter o blog, disponibilizar conteúdo e de ter a chance de poder ganhar algum prêmio, né?

Visando um alcance maior da promoção, e geralmente com intenção de premiar mais pessoas, é comum que alguns blogs se unam para organizar o sorteio em conjunto. O problema é que nem sempre sabemos o que esperar e confiamos em todos até que provem o contrário...
Alguns blogueiros sem um pingo de senso, aproveitam do status de alguns blogs para entrarem em promoções em conjunto e, assim, seus blogs ganham bastante seguidores e acessos devido à promoção, o que para eles é uma grande vantagem, já que geralmente querem fazer o blog crescer rápido para mostrarem os milhares de seguidores repentinos nas inscrições de parceria para assim conseguirem os benditos livros grátis... Não importa se o blog tem meia dúzia de acessos no mês, desde que tenha 10mil seguidores "arrecadados" de promoções em conjunto.
E considerando apenas a ideia do crescimento do blog para ter o que mostrar nessas inscrições, muitos deles prometem prêmios que não têm ou que não pretendem enviar ao ganhador nunca.
Me pergunto como alguém que engana os outros, seja os blogueiros que se uniram para promover o sorteio, ou quem ganha, quer ter algum tipo de status na blogosfera ou o que pensa que está ganhando com isso...
E não pensem que esse tipo de coisa só vem de blogs novos e pequenos, porque também há alguns blogs bem conhecidos nesse meio que também têm fama de caloteiros... Uma vergonha sem tamanho...

Não sei da vida alheia (dependendo de quem for nem me interessa também) e não sou ninguém para apontar os problemas dos outros, afinal, tenho os meus também que são muitos, mas por mais que a pessoa tenha problemas na vida pessoal, não acho justo ela deixar de cumprir com a responsabilidade de uma promoção com várias pessoas envolvidas usando o que quer que seja como desculpa para não cumprir com o combinado. Se os problemas vão interferir na promoção, é melhor simplesmente não participar, assim evita transtornos para os outros e até para si mesmo.
Se a intenção é mandar o prêmio, mas por causa de dinheiro pra custear frete ou outro problema qualquer não é possível fazer o envio dentro do prazo estipulado, ou espere ter dinheiro pra entrar na promoção, ou se dê ao trabalho de informar ao ganhador que haverá um atraso lhe dando um novo prazo!
Outros ainda são cobrados e respondem, alegando que irão mandar o prêmio o quanto antes, mas a promessa fica só nos emails... E tem blogueiro que simplesmente some sem dar satisfação, alguns até fingem que não recebem as cobranças e outros ainda tem a puta cara de pau de falar que o livro já foi enviado há séculos, mas o comprovante para provar que o livro foi devolvido ou extraviado, foi comido pelo cachorro ou levado pelo vento... A impressão que dá é que o que importa mesmo é que o blog já deu uma engordada, então o resto, inclusive a amizade que achamos ter feito e a confiança que começou a surgir mas se desfez em pó, que se dane...

E tem ainda aqueles que no meio do processo resolvem desistir do blog, excluem a conta e somem sem deixar rastros... Pra que isso, meudeusdocéu??? Pra que se dar ao trabalho de criar algo que não se quer levar pra frente e ainda procurar envolvimento com outros blogs pra deixar todos a ver navios e abestalhados? Se a intenção é desistir, que desista sozinho sem se misturar com mais ninguém, oras!
Já aconteceu de uma blogueira implorar pra entrar numa promoção de Natal que organizei com outros blogs, e ainda conseguiu entrar de última hora porque mesmo sabendo da organização não respondia os emails a tempo, mas a menina excluiu o blog e sumiu depois que a promoção terminou! E quando a ganhadora me procurou querendo saber do livro que estava esperando, tomei o maior susto quando soube que o nem blog e nem as redes sociais da dita cuja existiam mais e minha cara foi lá no chão! Fiquei com tanta vergonha e arrependimento que conversei com os outros blogueiros envolvidos e depois peguei a responsabilidade de enviar um outro livro pra ganhadora porque foi uma mega sacanagem. Fiquei me sentindo culpada por ter deixado essa imbecil participar e ter feito todos nós de idiotas. Que exemplo de responsabilidade, não? Sumir e deixar os outros que confiaram nela na mão... Não tenho palavras pra descrever esse tipo de gentinha... Pode ter havido um motivo, claro, mas acho que tudo pode ser conversado a fim de resolver o problema. Não é sumindo nem levando como lema a frase "devo, não pago, azar o seu e fujo enquanto puder" que se resolve, muito pelo contrário.

Talvez para a pessoa sem vergonha não seja nada demais, afinal, ela não conhece quem está do outro lado pessoalmente, então azar para o que podem pensar dela, pra ela não faz diferença nenhuma... Pode não fazer diferença, claro, mas a cada dia que passa, mais pessoas vão perceber toda essa falta de consideração e falsidade e um belo dia quando ela achar que poderá ter alguém com quem contar, vai ver que todo mundo se afastou... Ninguém cultiva amizade com pessoas interesseiras que além de não acrescentarem nada, ainda sacaneiam os outros, sejam eles quem forem. Então, só posso desejar boa sorte na vida a quem decide fazer esse tipo de coisa, pois vai precisar...

Às vezes falo, às vezes fico só observando, às vezes sou pega de surpresa pois o calote vem de quem eu menos imaginava, mas meu sentimento maior com relação a essa questão é de decepção, por ter achado que a pessoa é responsável, que tem consideração pelos outros e leva a sério o que faz, mas no fundo, só pensa no próprio umbigo, é uma interesseira, não está nem aí pra nada e não merece chegar a lugar nenhum.
O que me chateia mais é pensar que a pessoa está com problemas devido a alguma desculpa dada em outra ocasião, mas nas redes sociais faz questão de mostrar toda a vida boa e curtição que tem por aí sem levar em consideração que as pessoas que sabem da situação estão vendo aquilo e imaginando "mas se não tem dinheiro pra mandar o livro que me deve, como tem dinheiro pra ir pra balada encher o rabo de cana 'cazamigas' todo final de semana, cara!?". Tem alguma coisa errada aí... Muito errada e muito feia... Ou a pessoa mente descaradamente sem um pingo de dignidade, ou realmente está pouco se lixando pros outros e pras responsabilidades que assumiu. E confiar em quem age dessa forma é algo impossível... Dois pés atrás, sempre...

Não vou citar nomes e blogs dessas pessoas de caráter duvidoso (pelo menos não ainda), porque acho que apesar de ser uma atitude lamentável, cada um é responsável por aquilo que faz e, mais cedo ou mais tarde, o que foi feito de má fé, ou sem considerar o lado dos outros que estão sendo prejudicados com essa falta de responsabilidade e respeito, vai voltar contra esses sujeitos quando menos se esperar... Como disse Antoine de Saint-Exupéry, "Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas." E isso inclui a impressão que os outros têm devido as atitudes incorretas que a pessoa decide tomar, principalmente quando não se preocupa em corrigir...

Então, depois de muita decepção, chateação e vergonha alheia, só topo participar de promos com blogs de pessoas sérias e comprometidas, e quem já tive problemas ou que soube que deram o menor cano em alguém, me recuso a fazer outra promoção. Simples assim. Se querem ficar com fama de caloteiros sacanas e sem caráter, que fiquem, mas bem longe de mim e sem o  estar no meio, por favor...

Novidades de Novembro - Intrínseca

10 de novembro de 2013

A história do mundo em 100 objetos - Neil MacGregor
Incontáveis civilizações se sucederam ao longo da história da humanidade e deixaram legados grandiosos, inspirando admiração e espanto mesmo após milhares de anos. Outras foram quase soterradas pelo tempo, restando apenas pequenos vestígios de sua existência. Em A história do mundo em 100 objetos, viajamos de volta no tempo e cruzamos o globo terrestre para ver como o ser humano moldou o mundo e foi moldado por ele nos últimos dois milhões de anos.
Resultado de um projeto inovador do British Museum e da Rádio BBC 4, a obra conta a história da humanidade a partir de cem objetos escolhidos no acervo do museu, todos de diferentes momentos da nossa jornada. O historiador Neil MacGregor nos conduz pelos mais variados artefatos que o homem produziu, concebidos cuidadosamente para diversos usos. Apresentando desde as tabuletas de argila para escrever até o onipresente cartão de crédito da atualidade, esse livro é um olhar inusitado e profundamente revelador sobre nossa civilização.

A queda dos cinco - Pittacus Lore

John Smith, o Número Quatro, achou que tudo seria diferente quando os lorienos se juntassem. Eles parariam de fugir. Lutariam contra os mogadorianos. E venceriam. Mas Quatro estava errado. Depois de enfrentarem Setrákus Ra e quase serem dizimados, os membros da Garde reconhecem que estão despreparados e em minoria. Escondidos na cobertura de Nove, em Chicago, eles planejam os próximos passos.
Os seis são poderosos, porém não são fortes o suficiente para enfrentar um exército inteiro, mesmo com o retorno de um antigo aliado. Para derrotar os mogadorianos, cada um deles precisará dominar seus Legados e aprender a trabalhar em equipe. O futuro incerto faz com que eles busquem a verdade sobre os Anciões e seu plano para os nove lorienos escolhidos. A Garde pode ter perdido batalhas, mas não perderá a guerra.

Círculo – Trilogia Engelsfors (Vol. 1) - Mats Strandberg e Sara Bergmark Elfgren
Minoo sempre foi a melhor da turma, mas não consegue fazer amigos. Vanessa é a garota mais sexy do colégio e namora um cara bem mais velho. Linnéa tem pai alcoólatra e é malfalada na escola. Rebecka parece ter uma vida de contos de fadas, mas esconde de todos que tem um distúrbio alimentar. Anna-Karin sofre bullying e deseja ser invisível. Ida, apesar de popular, é detestada tanto pelos professores quanto pelos alunos.
Elas não são amigas nem têm quase nada em comum, exceto o fato de frequentarem o mesmo colégio na cidadezinha sueca de Engelsfors. Quando uma lua vermelho-sangue surge no céu, as seis são atraídas por uma força misteriosa até um parque de diversões abandonado, onde descobrem que são as Escolhidas, um grupo de bruxas ligadas por uma antiga profecia, e que uma força terrível foi libertada. Diante de uma série de suicídios suspeitos, elas precisam se unir e aprender a usar suas habilidades mágicas recém-adquiridas se quiserem sobreviver.

Destrua este diário - Keri Smith

Um diário costuma servir para anotar ideias, memórias ou registros do cotidiano. Keri Smith, ilustradora e artista canadense, inventou um tipo diferente de diário, que exige do usuário uma interação mais lúdica e inusitada. Com a proposta de estimular a criatividade e questionar convenções sobre a forma como lidamos com os objetos, Destrua este diário nos convida a rasgar páginas, rabiscar, pintar fora das linhas, manchar e até mesmo levar o livro para o banho. A ideia surgiu quando Keri começou a refletir sobre o começo da sua carreira como artista e percebeu que o perfeccionismo tão exaltado na nossa cultura era um grande empecilho do processo criativo. A experiência fez com que ela entendesse que é preciso esculhambar a monotonia e o lugar-comum para que o novo possa surgir.  

Eu me chamo Antônio - Pedro Gabriel
Antônio é o personagem de um romance que está sendo escrito e vivido. Frequentador assíduo de bares, ele despeja comentários sobre a vida — suas alegrias e tristezas — em desenhos e frases escritas em guardanapos, com grandes doses de irreverência e pitadas de poesia.
Antônio é perito nas artes do amor e está sempre atento aos detalhes dos encontros e desencontros do coração. Quando está apaixonado, se sente nas nuvens e nada parece ter maior importância e, quando as coisas não saem como esperado, é capaz de enxergar nas decepções um aprendizado para seguir adiante. Do balcão do bar, onde Antônio se apoia para escrever e desenhar, ele vê tudo acontecer, observa os passantes, aceita conversas despretensiosas por aí e atrai olhares de curiosos. Caso falte alguém especial a seu lado (situação bastante comum), Antônio sempre se acomoda na companhia dos muitos chopes pela madrugada.

Grande irmão - Lionel Shriver

Pandora é uma empreendedora bem-sucedida que vive em Iowa com o marido, Fletcher, um homem de temperamento irritadiço, que nunca consegue relaxar. Edison, irmão de Pandora, antes um conhecido pianista de jazz em Nova York, está completamente falido, sem ter onde morar. Contrariando o marido, Pandora envia uma passagem aérea para o irmão e abre sua casa para hospedá-lo. Depois de quatro anos sem se encontrarem, ela quase não o reconhece quando vai buscá-lo no aeroporto e depara com um homem mais de cem quilos acima do peso. Em casa, os hábitos desleixados de Edison criam um enorme desconforto para Fletcher, até que Pandora decide se comprometer com o emagrecimento do irmão e abdica de tudo para ajudá-lo.
Construído com a inteligência e a força impactante de Lionel Shriver, Grande irmão é um livro sobre um assunto ao mesmo tempo social e dolorosamente íntimo. Shriver mostra, sem rodeios, como a obesidade grave pode atingir uma família de modo devastador e nos faz questionar se é possível proteger as pessoas que amamos delas mesmas.

O mundo do exterminador - Orson Scott Card (org.)
Orson Scott Card organiza uma série de ensaios sobre sua obra de maior destaque. Aprofundando-se nas complexas questões levantadas em O jogo do exterminador, os textos são escritos por autores com os mais variados backgrounds, desde estrategistas militares até autores best-sellers de literatura infantojuvenil, que discorrem sobre liderança, respeito à alteridade, regras literárias e sobrevivência, entre muitos outros temas.
Valiosa adição ao universo da série, essa coleção de ensaios mostra novos aspectos da obra para quem já é fã e aguça a curiosidade de quem ainda não leu, elevando a um novo patamar a discussão sobre o incrível clássico da ficção científica. A adaptação cinematográfica de O jogo do exterminador chega aos cinemas brasileiros em janeiro de 2014, estrelado por Ben Kingsley e Harrison Ford.  

Ratobúrguer - David Walliams

Zoe não tem amigos, a madrasta não é nada simpática com ela e seu único companheiro, um hamster, morreu. Para piorar, o pai está desempregado e a valentona da escola vive para atormentá-la. Mas tudo melhora quando Zoe encontra Armitage, um ratinho muito fofo e inteligente, embaixo de sua cama.   Um novo vilão, porém, chega à cidade: Burt, um terrível, malvado e assustador vendedor de hambúrgueres que usa carne de rato para cozinhar. Armitage, então, torna-se alvo seu. Cabe a Zoe salvar seu melhor amigo, e ela jamais vai desistir, não importa o que aconteça.