25 de maio de 2016

Anota aí #1 - Dia da Toalha


O "Towel Day", ou Dia da Toalha é celebrado no dia 25 de maio como uma homenagem dos fãs ao autor Douglas Adams, que escreveu a "trilogia" de cinco livros, O Guia do Mochileiro das Galáxias, considerada a "bíblia dos nerds". Após a morte do escritor em 2001, seus fãs queriam encontrar uma forma de homenageá-lo com um tema engraçado, assim como seus livros.
A série conta a história de Arthur Dent e seus amigos numa grande aventura pelo espaço. Um dos detalhes importantes da história é dedicado à importância da toalha para os "viajantes da galáxia" e sua extrema utilidade para as mais variadas e inimagináveis situações, logo esse item foi o escolhido na homenagem.
"O Guia do Mochileiro das Galáxias faz algumas afirmações a respeito das toalhas. Segundo ele, a toalha é um dos objetos mais úteis para um mochileiro interestelar. Em parte devido a seu valor prático: você pode usar a toalha como agasalho quando atravessar as frias luas de Beta de Jagla; pode deitar-se sobre ela nas reluzentes praias de areia marmórea de Santragino V, respirando os inebriantes vapores marítimos; você pode dormir debaixo dela sob as estrelas que brilham avermelhadas no mundo desértico de Kakrafoon; pode usá-la como vela para descer numa minijangada as águas lentas do rio Moth; pode umedecê-la e utilizá-la para lutar em combate corpo a corpo; enrolá-la em torno da cabeça para proteger-se de emanações tóxicas ou para evitar o olhar da Terrível Besta Voraz de Traal (um animal estonteantemente burro, que acha que, se você não pode vê-lo, ele também não pode ver você – estúpido feito uma anta, mas muito, muito voraz); você pode agitar a toalha em situações de emergência para pedir socorro; e naturalmente pode usá-la para enxugar-se com ela se ainda estiver razoavelmente limpa.Porém o mais importante é o imenso valor psicológico da toalha. Por algum motivo, quando um estrito (isto é, um não-mochileiro) descobre que um mochileiro tem uma toalha, ele automaticamente conclui que ele tem também escova de dentes, esponja, sabonete, lata de biscoitos, garrafinha de aguardente, bússola, mapa, barbante, repelente, capa de chuva, traje espacial, etc., etc.Além disso, o estrito terá prazer em emprestar ao mochileiro qualquer um desses objetos, ou muitos outros, que o mochileiro por acaso tenha 'acidentalmente perdido'. O que o estrito vai pensar é que, se um sujeito é capaz de rodar por toda a Galáxia, acampar, pedir carona, lutar contra terríveis obstáculos, dar a volta por cima e ainda assim saber onde está sua toalha, esse sujeito claramente merece respeito."

O Guia do Mochileiro das Galáxias - Págs. 36 e 37



Conheça a série:



Os livros foram publicados no Brasil pela Sextante. Neste ano a Editora Arqueiro reuniu todos os livros e fez um único volume, O Guia Definitivo do Mochileiro das Galáxias:

Com mais de 15 milhões de exemplares vendidos, a saga do britânico esquisitão Arthur Dent pela Galáxia conquistou leitores do mundo inteiro. O humor ácido e as tramas surreais de Douglas Adams se tornaram ícones de uma geração e seguem fascinando - e divertindo - leitores de todas as idades. Pegue sua toalha, embarque nessa aventura improvável e, é claro, não entre em pânico!

O Guia do Mochileiro das Galáxias
Segundos antes de a Terra ser destruída para dar lugar a uma via expressa interespacial, Arthur Dent é salvo por Ford Prefect, um E.T. que fazia pesquisa de campo para a nova edição de O Guia do Mochileiro das Galáxias. Pegando carona numa nave alienígena, os dois dão início a uma alucinante viagem pelo tempo e pelo espaço.

O Restaurante No Fim do Universo
Arthur Dent e seus quatro estranhos companheiros viajam pela Galáxia a bordo da nave Coração de Ouro, em uma busca desesperada por algum lugar para comer. Depois de fazer a refeição mais estranha de suas vidas, eles seguem pelo espaço e acabam descobrindo a questão sobre a Vida, o Universo e Tudo Mais.

A Vida, o Universo e Tudo Mais
Arthur Dent passou os últimos cinco anos abandonado na Terra pré-histórica, mas ainda acordava todos os dias com um grito de horror. No entanto, talvez fosse melhor continuar nessa tediosa rotina do que ser arrastado para a sua próxima missão: salvar o Universo dos temíveis e infelizes robôs xenófobos do planeta Krikkit.

Até Mais, e Obrigado Pelos Peixes!
Depois de viajar pelo Universo, ver o aniquilamento da Terra, participar de guerras interestelares e conhecer criaturas extraordinárias, Arthur Dent está de volta ao seu planeta. E tudo parece estranhamente normal - exceto pelo desaparecimento dos golfinhos. Disposto a desvendar esse mistério, ele parte em uma nova jornada.

Praticamente Inofensiva
Após muitos anos vivendo separados, cada um em um canto mais insondável do Universo, Arthur Dent, Ford Prefect e Tricia McMillan se reencontram. Mas o que deveria ser uma festejada reunião de velhos amigos se transforma numa terrível confusão que põe em risco - mais uma vez - a vida de todos.

23 de maio de 2016

Novidades de Maio - Harper Collins

Inigualável - Belos Ídolos #1 - Alyson Noël
Primeiro volume da série Belos Ídolos. Layla Harrison quer deixar seus dias de pobretona para trás, em busca de uma oportunidade como repórter. Aster Amirpour está a ponto de gritar com o próximo diretor de elenco que disser: ''Queremos alguém exótico, mas não o seu tipo de exótico.'' Tommy Phillips sonha em comprar uma guitarra de doze cordas para tentar fazer as pazes com seu pai famoso (e ausente). Mas Madison Brooks fez o destino se ajoelhar para ela muito tempo atrás. É a queridinha de Hollywood, e o que teve que fazer para chegar à fama é uma mera mancha no asfalto sob o salto dos seus Louboutins. Quando Layla, Aster e Tommy conseguem entradas VIP para o mundo glamoroso e instável da noite de Los Angeles, eles são envolvidos em uma competição de alto risco, com Madison Brooks como alvo. O problema é que, quando a estrela desaparece misteriosamente, destruindo suas esperanças, tudo que resta para os três são as mentiras. Inigualável é o primeiro livro da nova trilogia de suspense da autora best-seller do The New York Times Alyson Noël, sobre como os nossos maiores sonhos podem a qualquer momento se tornar os mais terríveis pesadelos.

A Amante do Oficial - A Amante do Oficial #1 - Pam Jenoff
Aos dezenove anos e casada havia apenas três semanas, a vida e a fé de Emma Bau são colocadas em risco quando a Polônia é invadida pelos tanques alemães. Em poucos dias, Jacob, seu marido, é obrigado a cair na clandestinidade para trabalhar com a Resistência, deixando Emma prisioneira do decrépito e abandonado gueto de Cracóvia. Mas na calada da noite, ela é misteriosamente resgatada e levada para morar com Krysia, dama da alta sociedade e também a tia católica de Jacob. Ao assumir uma nova identidade como Anna Lipowski, uma gentílica, a vida de Emma passa por uma nova reviravolta ao ser apresentada ao comandante nazista Georg Richwalder. Oficial alemão e maior autoridade na cidade, Richwalder resolve contratar Anna para trabalhar como sua assistente particular. Impelida pela Resistência, ela não tem alternativa, e passa a espionar planos secretos da Ocupação de dentro do gabinete, colocando em risco sua segurança e também seu casamento. À medida que as atrocidades da Guerra se intensificam, a relação entre Anna e o Comandante se torna mais próxima, chegando ao ponto de ameaçar sua vida e também a de todas as pessoas a quem ela ama.
Tendo como cenário a Segunda Guerra, um período histórico em que lealdades eram testadas a todo o momento, e sobre as pessoas pairava a suspeita de traição, "A Amante do Oficial" se posiciona como um romance de estreia no qual Pam Jenoff leva às últimas consequências o poder da perseverança, da luta e da confiança em face de desafios que se tornam mais perigosos a cada piscar de olhos.

Estrada para a Paixão - Thunder Point #1 - Robyn Carr
Ele era apenas um andarilho cuja casa era a estrada. Mas o destino o colocou na direção de um novo lar. E ele agora teria de escolher entre dois caminhos... Hank Cooper não era do tipo de homem que criava raízes em lugar algum, por isso Thunder Point deveria ser apenas uma parada rápida. Ao ser informado de que um velho amigo falecido o fizera herdeiro de uma vasta propriedade de frente para o mar, Cooper se vê em uma situação inusitada. O destino de Thunder Point repousa em suas mãos. Aninhada na costa do Oregon, seus habitantes a amam pela beleza intocada de praias rochosas e charme rústico, enquanto os empreiteiros a veem como uma mina de ouro pronta para ser explorada... Pouco a pouco, Cooper vai se tornando parte de Thunder Point e se envolvendo com os moradores. Principalmente Sarah Dupre, uma mulher tão complicada quanto bela... Monitorado de perto por todos, Cooper terá que escolher entre duas estradas: uma que retorna ao seu antigo estilo de vida e outra que o leva diretamente para a paixão.

Apenas Por Uma Noite - Apenas Por Uma Noite #1 - J.S. Cooper
Liv era uma mulher solteira, que há muito tempo não dormia com alguém. Quando um homem sexy sorri para ela no casamento de seu ex-namorado, ela não pensa duas vezes. Os dois ficam bêbados. Liv vai para o quarto de hotel do estranho sedutor. Ela nem sequer se dá o trabalho de aprender seu nome. No dia seguinte, resolve ir embora antes dele acordar. Queria se divertir e depois seguir com sua vida. Era para durar só por uma noite. Mas, ao visitar seus pais no final de semana seguinte, quem estava lá conversando com seu pai? O mesmo homem que ela havia conhecido no casamento. Liv descobre que ele não era um estranho qualquer, mas o noivo de sua irmã. O caso de uma noite se transforma em um furacão de problemas. No fim das contas, essas coisas nunca duram só uma noite.


22 de maio de 2016

2º #MochilãoDaRecord - Belo Horizonte


Hoje, dia 22, foi dia de #MochilãoDaRecord em Belo Horizonte e como adoro saber de novidades do jeitinho que só em eventos é possível, lá fui eu, carregando Vivi e minha mãe na mala de companhia.

Esse ano o evento rolou num espaço próprio e foi muito mais confortável e bonito visualmente falando. Quem apresentou foi a querida Shirley junto com o Thiago e eles apresentam os livros como ninguém.
Todos os participantes foram presenteados com um kit mar lindo, olha o meu:


Entre os vários lançamentos citados, vou destacar os que mais me chamaram atenção, além da grande aposta do Grupo Editorial Record que promete derrubar forninhos e já fiquei super interessada ♥

Vamo conferir?

21 de maio de 2016

Mr. Mercedes - Stephen King

Título: Mr. Mercedes - Bill Hodges #1
Autor: Stephen King
Editora: Suma de Letras
Gênero: Suspense/Policial
Ano: 2016
Páginas: 400
Nota:
Onde Comprar: Saraiva | Submarino | Americanas
Sinopse: Ainda é madrugada e, em uma falida cidade do Meio- Oeste, centenas de pessoas fazem fila em uma feira de empregos, desesperadas para conseguir trabalho. De repente, um único carro surge, avançando para a multidão. O Mercedes atropela vários inocentes, antes de recuar e fazer outra investida. Oito pessoas são mortas e várias ficam feridas. O assassino escapa. Meses depois, o detetive Bill Hodges ainda é atormentado pelo fracasso na resolução do caso, e passa os dias em frente à TV, contemplando a ideia de se matar. Ao receber uma carta de alguém que se autodenomina o Assassino do Mercedes, Hodges desperta da aposentadoria deprimida, decidido a encontrar o culpado. Mr. Mercedes narra uma guerra entre o bem e o mal, e o mergulho de Stephen King na mente obsessiva e psicótica desse assassino é tão arrepiante quanto inesquecível.

Resenha: Qual é a verdade por trás das pessoas? Como podemos definir as ações de alguém? A obra de King (sim, um Rei) é sobre a engenhosidade da mente humana com uma abundância de perversidade. Mr Mercedes é um livro de construção perfeita, perspicaz e direta. Ao contrário de Sob a Redoma, único contato que tive com o autor, a história do detetive aposentado Bill Hodges é recheada com elementos mais cotidianos e menos fantasiosos: um assassinato em massa, uma investigação quase infrutífera e personagens comuns envoltos numa trama que flui perfeitamente.

Para aqueles que esperam uma narrativa recheada de elementos sobrenaturais, a Trilogia Bill Hodges vai totalmente na contramão. Na obra, Hodges é apresentado como um ex-detetive aposentado que passa sua vida de forma pacata, sentado no sofá acompanhando programas vespertinos diariamente. Entretanto, essa tranquilidade logo é quebrada por uma carta enviada de um remetente que dá nome ao livro. Após isso, a letargia se rompe na vida de Bill e uma caçada pelo assassino começa.

A princípio, podemos imaginar que estamos acompanhando apenas mais um enredo policial sem grandes surpresas, mas existe certo terror em Mr. Mercedes. Primeiro, porque o assassino é conhecido pelo leitor logo no início da trama. Curioso, não? Enquanto a maioria dos autores guarda o suspense de "quem matou fulano" para o final, Stephen já deixa a identidade de Brad Hartsfield clara desde o início. Mas quem seria esse pacato rapaz de vinte e poucos anos que vende sorvete pelas ruas num carro tocando uma música alegre? Há certa psicopatia no personagem, e isso é visível pelos pensamentos que são expostos ao longo da narrativa. O homem tem uma passado conturbado que pode, em partes, justificar suas atitudes presentes. Acompanhar todas as ações e pensamentos de Hartsfield é como estar diante de um noticiário no qual já estamos acostumados a ver, porém, aqui a mente do criminoso é exposta com muitos detalhes. O vilão é jovem, inteligente e dissimulado. Um tipo de pessoa que podemos conviver diariamente.

Do outro lado dessa moeda há Bill Hodges, um senhor na casa dos sessenta anos que se vê muito insatisfeito com sua pacata vida de aposentado. Enquanto Brad apresenta características de um assassino psicopata, o ex-detetive mostra mais vulnerabilidade e traços de depressão com o rumo que sua vida tomou. O grande xis da questão aqui é que os dois parecem muito semelhantes em alguns aspectos psicológicos, mas os sentimentos que os movem são completamente distintos. King abre espaço para aprofundamento em cada um deles, seus fantasmas passados e o que os tornou o que são hoje. Juntamente deles, há outros personagens que são bem elaborados e desempenham grande papel em todo o livro. Devo destacar a desmantelada Holly, que pode parecer uma louca no primeiro momento, mas é destemida e de grande ajuda ao ex-detetive.

Toda trama de Mr. Mercedes é engenhosa e cheia de situações muito cotidianas e personagens bem construídos. Tratado como o Rei do Terror, King apresenta aos leitores uma história mais comum com traços macabros de crueldade. A narrativa, muito linear, caminha para o final nada surpreendente, mas esperado, que não nos deixa completamente extasiados e surpresos. Então, o que a perseguição entre gato e rato que Stephen criou tem de atrativo? Dois homens aparentemente comuns que buscam intensamente seus objetivos. Brad Hartsfield é movido pelo desejo de matança. Bill Hodges quer detê-lo a qualquer custo. E assim temos a jornada de acontecimentos surpreendentes do primeiro volume da trilogia Bill Hodges: um livro ideal para os amantes de suspense.