Anota Aí #7 - Cupons de Desconto em Compras Online

9 de setembro de 2019


Como vocês já sabem (vide as caixinhas de correio mensais), minha rotina é super corrida e mal tenho tempo de sair de casa pra fazer seja lá o que for, e por ser uma compradora assídua de perequetês e beregodegos, a maioria de tudo o que compro vem sempre das grandes lojas online.

Os preços de e-commerce costumam ser mais atrativos dos que os de lojas físicas, e a comodidade de receber nossos produtinhos no conforto do nosso lar, sem se preocupar com trânsito e muvuca humana, não tem preço, mas ainda dá pra melhorar esse negócio!

O Cupom Válido é um site de fácil navegação e super intuitivo que reúne promoções e cupons de desconto com o objetivo das pessoas economizarem em suas compras online. O site é totalmente seguro pois ele apenas divulga as promoções e cupons que podem ser usados, e a compra em si é sempre feita diretamente nos sites das maiores lojas de e-commerce que já conhecemos, como por exemplo, Amazon, Americanas, Submarino, Casas Bahia, Saraiva e etc... E pra facilitar ainda mais, além de todos os cupons serem gratuitos sem que haja necessidade de cadastro para utilizar, o site ainda dispõe de uma newsletter onde você pode preencher seu email e receber as novidades sem precisar ficar procurando por aí.


Espero que a dica seja útil e vocês possam aproveitar a experiência de comprinhas online e economizarem ainda mais!

Wishlist #74 - Funkos de The Shining

4 de setembro de 2019

Eu já tinha assistido esse clássico há anos, mas ainda não tinha tido oportunidade de ler o livro. E embora ainda esteja lendo, já assisti O Iluminado outra vez pra relembrar a história. Mesmo que o livro seja diferente do filme, não nego que é impagável acompanhar o protagonista Jack Torrance, ainda mais com Jack Nicholson e seu sorriso maníaco no papel. Já faz algum tempo que os pops foram lançados, mas como estou na vibe desses filmes clássicos de terror/suspense do mestre Stephen King, já coloquei os fofildos na wishlist sem fim. Cheguei a comprar a família Torrance nessa promoção de aniversário do Submarino essa semana, mas, mesmo com a compra aprovada e o valor debitado no meu cartão, cancelaram meu pedido sem mais nem menos e a raiva que vou passar já está a vista... Quero só ver...
Ah, e esse mês ainda libero a resenha do livritcho.


A Terra Inabitável - David Wallace-Wells

2 de setembro de 2019

Título: A Terra Inabitável
Autor: David Wallace-Wells
Editora: Companhia das Letras
Gênero: Não ficção
Ano: 2019
Páginas: 384
Nota: ★★★★☆
Sinopse: É pior, muito pior do que você imagina. O ritmo lento atribuído à mudança climática é um mito; talvez tão pernicioso quanto aquele que nega sua existência por completo. Mortes por calor, fome, enchentes, queimadas, queda da qualidade do ar, desertificação, colapso econômico... Essa é só uma amostra do que está por vir. E a mudança acontecerá muito rápido. Se não revolucionarmos por completo o modo como vivem bilhões de seres humanos, partes extensas do planeta se tornarão inabitáveis, e outras serão inóspitas, ao fim deste século que vivemos.
Nesta projeção do nosso futuro próximo, David Wallace-Wells joga luz sobre os problemas climáticos que nos aguardam: falta de alimentos, emergências em campos de refugiados, enchentes, destruição de florestas e desertificação do solo. Mas ele também fala de mudanças políticas e culturais que afetarão o mundo ainda neste século ― uma mudança radical na forma como entendemos a vida. A Terra Inabitável é uma história da devastação que trouxemos a nós mesmos, e também um chamado à ação.

Resenha: Em tempos de aquecimento global, desmatamento desenfreado, mudanças climáticas drásticas e ouras atrocidades que o homem comete contra o meio ambiente, A Terra Inabitável, escrito por David Wallace-Wells e publicado pela Companhia das Letras no Brasil, mostra a gravidade da situação de forma lírica e objetiva, mas ao mesmo tempo aterrorizante.

O autor aborda de forma bem didática, e um tanto alarmista, o que está acontecendo, como o problema afeta os países e o que pode resultar, quais as estratégias e medidas políticas estão sendo tomadas pelos governantes mais poderosos com relação aos problemas climáticos, por que os o projeto de ser humano continua destruindo tudo sem se importar com o futuro sombrio que o reserva, e o quê, a curto ou longo prazo, poderá ser desencadeado, nos levando por todas as catástrofes que, mais cedo ou mais tarde, irão condenar toda forma de vida e arrasar o planeta. Porém, por mais sério e convincente que ele possa ser, ele frisa bastante que seus apontamentos ainda são especulações.

Durante a narrativa, que acaba sendo bastante repetitiva, o autor expõe os fatores que estão desencadeando esse desastre global, que está ocorrendo mais rápido do que pensamos, e se concentra nas consequências de se viver num planeta que estará em risco, praticamente devastado, até o ano de 2100, enquanto as pessoas seguem complacentes e incapazes de enxergar o que está diante nos próprios olhos, mesmo que isso signifique que o futuro esteja destinado a ser um caos completo. O problema irá aumentar e se desenvolver cada vez mais, e daqui a algumas poucas décadas se tornará a realidade para os que estiverem começando a entender o mundo: os filhos dos nossos filhos, e seus filhos...

É impossível terminar esse livro sem ficar em choque, ou não se preocupar que a mudança é urgente e que cada um precisa fazer sua parte. Porém, o autor não traz soluções ou ideias do que pode ser feito, e nem toma a ciência como base para sua narrativa. São somente avisos e previsões do que poderá vir a acontecer daqui uns oitenta anos, e isso, em alguns momentos, pode ser um pouco desanimador pelo fato de que se não pudermos fazer nada pra impedir esse fim do mundo, então não adianta muito nos preocuparmos, até mesmo por que é perfeitamente possível que até lá alguma tecnologia nova possa ser desenvolvida para auxiliar nessas questões.

Mas apesar de pessimista, acho que a leitura é super válida. Se você não tem ideia da gravidade da situação, ler esse livro é um bom ponto de partida. É impossível não ter uma visão clara de um futuro apavorante que ninguém quer ter, mas que ninguém parece se importar em mudar...

Resumo do Mês - Agosto

1 de setembro de 2019


Até que enfim consegui organizar as postagens no blog e equilibrar as resenhas que estou devendo faz dois meses ou mais. Depois de uma época bastante conturbada, e da correria sem fim que é aqui em casa, consegui sentar aqui por algum milagre divino e ser produtiva.

Pausa para o desabafo: Eu ando meio cansada de lidar com pessoas sem noção que acham que por eu estar vendendo e elas estarem interessadas, sem nem ao menos comprar ainda, elas são donas das razão e podem ditar minha forma de levar o que estou fazendo, ou ainda impor condições que são convenientes pra elas, mas péssimas pra mim. Eu estou vendendo meus livros por questão de necessidade, mas isso não significa que eu tenha que fazer do jeito que exigem como se eu fosse obrigada. Gente que pede pra reservar livros por tempo indeterminado e no final das contas somem, me fazendo perder tempo e vendas pra quem realmente tem interesse; gente que acha que tenho que tirar disponibilidade do além pra entregar um livro de R$5,00 mesmo que pra chegar lá eu tenha que carregar 3 crianças e gaste R$20,00 com passagem; gente que exige desconto ou brinde sendo que já estou vendendo os livros super baratos; gente que quer que eu pague frete por ser caro, como se o frete fosse definido por mim, ou se eu embolsasse parte dele; gente que não se dá ao trabalho de ler um bendito anúncio e fica perguntando tudo o que já está explicado; gente que acha que sou um sebo ambulante e tenho obrigação de ter todos os títulos que elas procuram, caso contrário sou "imprestável"... Como o ser humano é um projeto falido, viu... Socorro, como pode... É complicado lidar com pessoas... Por isso prefiro bichos, prefiro livros, prefiro séries e animes, prefiro jogar The Sims... Já fico desgastada e estressada demais com as coisas do dia-a-dia e da minha vida em geral pra ter que aturar esse tipo de coisa.
Graças a Deus que, apesar de aparecer um povinho desse tipo de vez em quando, ainda aparecem umas boas almas sensatas que fazem meu dia e não empatam minha vida, algumas até se tornam boas amigas. Então, dá pra levar, ainda revirando os olhos com os sem noção, mas dá...

Também tive problema com meu computador DE NOVO. Queimei a bendita placa de vídeo, tive que comprar outra, e depois descobri que o problema era o monitor. Agora tô aqui, dependendo de um notebook caindo aos pedaços enquanto consertam, e sem um tostão furado no bolso. Mais a pé, impossível.

No mais, bora conferir o que teve no blog doce esse mês:

♥ Resenhas
- Guerra dos Tronos - George R.R. Martin
- A Metade Sombria - Stephen King
- Trono Destruído - Victoria Aveyard
- Daisy Jones & The Six - Taylor Jenkins Reid
- Nightflyers - George R.R. Martin
- Ano Um - Nora Roberts

♥ Na Telinha
- Big Little Lies (2ª temporada)

Caixa de Correio de Agosto