31 de outubro de 2017

Caixa de Correio #68 - Outubro

Mais um mês que passou voando, mais um mês onde eu não tive tempo nem pra respirar direito. Como sempre, as coisas andam bem corridas aqui, e com a notícia triste de que minha gata precisa fazer uma cirurgia devido a um tumor terrível, com muita dor no coração, comecei a tentar levantar a grana necessária vendendo meus livros. Ainda pretendo fazer um post explicando o caso e listando todos os livros que estão a venda, mas é a organização que me mata, já que preciso separar livro de cortesia (que tem carimbo da editora e não pode vender) com o que comprei ao longo dos anos, e como são mais de dois mil livros, a tarefa não é nada fácil... Tem pilha de livro pela casa toda e tá uma bela bagunça.

Como disse na caixinha do mês passado, enfim, os Funkos de Divertidamente (Alegria, Tristeza e Bing Bong) chegaram e completei a coleção dos fofildos, mas isso porque eu tive que cancelar a compra do Submarino e comprar no Mercado Livre (♥). Essas lojas de marketplace que vendem pelo Submarino, na maioria das vezes, são a maior furada e não são de confiança, então se encontrarem algo vendido pela tal Loja do Alemão (que vendem produtos sem ter estoque e deixam pra avisar um dia antes do prazo) ou Olist (que pedem um prazo eterno e não dão nenhuma satisfação sobre o envio mesmo quando o prazo está prestes a estourar), fujam, porque é 99% de chance de que você vai passar raiva... O Bing Bong comprei no Submarino também, pela My Toys. Essa é uma das poucas que se pode confiar alí, pois além de chegar rápido e bem embaladinho, o preço não é tão salgado como as outras.

Aproveitando minhas léguas (já que não to podendo gastar nenhum centavo), ainda consegui achar o Box 2 do Death Note (com os episódios 13 até 25) no Submarino (vendido pela Livraria da Folha), agora só falta o Box 3! E por falar em Death Note, também aproveitando as léguas, consegui comprar o Riuk no Sub, e pelo Mercado Livre peguei uma super promoção e comprei o L e o Light! Mercado Livre é vida, gente!

Espiem o que recebi!

30 de outubro de 2017

Wishlist #19 - Funkos de Stranger Things

Stranger Things é uma série sci-fi com uma pegada de terror que se passa nos clássicos anos 80 e é cheia de referências da época. Pra quem nasceu ou passou pela década ou curte Steven Spielberg, Stephen King e John Carpenter vai curtir muito a história de um grupo de crianças que parte em busca do amigo Will, um garotinho de doze anos que desapareceu misteriosamente.
No caminho, eles encontram Eleven, uma menina mui estranha com poderes telecinéticos e que sabe onde Will está, mas ela está fugindo por ser procurada por uma agência governamental que além de estar atrás dela devido ao seu dom, ainda tenta encobrir o que anda acontecendo na cidade de Hawkins, onde a trama se passa.

Eu assisti a primeira temporada da série numa tacada só quando foi liberada pela Netflix em 2016 e curti muito, e como a Funko não perde tempo, tratou logo de desenvolver as versões cabeçudinhas dos personagens, que claro, já quero.

Com o lançamento da segunda temporada, vem mais novidades e novas versões dos personagens por aí, mas, até lá, já garanti os primeiros na listinha:














27 de outubro de 2017

A Conquista - Elle Kennedy

Título: A Conquista - Amores Improváveis #4
Autora: Elle Kennedy
Editora: Paralela
Gênero: Romance/New Adult
Ano: 2017
Páginas: 336
Nota:
Sinopse: De todos os jogadores de Hóquei da universidade de Briar, John Tucker se destaca por ser o mais sensato, gentil e amável. Diferente de seus amigos mulherengos, ele sonha com uma vida tranquila: esposa, filhos e, quem sabe, um negócio próprio. Mas nem mesmo o cara mais calmo do mundo estaria preparado para o turbilhão que ele está prestes a enfrentar. Sabrina James é a pessoa mais ambiciosa, dedicada e batalhadora do campus. Seu jeito sério e objetivo é interpretado por muitos como frieza, mas ela não está nem aí para sua fama de antipática. Tudo o que ela quer é passar em Harvard, tirar ótimas notas e conquistar a tão sonhada carreira como advogada. Só assim ela conseguirá escapar de seu passado difícil. Um acontecimento inesperado vai colocar a vida desses jovens de cabeça para baixo. Juntos, eles aprenderão que a vida é cheia de surpresas — e que o amor é a maior conquista de todas.

Resenha: A Conquista é o quarto e último volume da série Amores Improváveis escrita pela autora Elle Kennedy. O livro foi publicado no Brasil pelo selo Paralela, da Companhia das Letras.
O foco da vez é o casal Tucker e Sabrina, que tiveram surpresas bem relevantes anteriormente e, agora, saberemos como as coisas aconteceram e como vão se desenrolar a partir de então.

Sabrina James foi abandonada pelos pais quando era criança e ficou sob os cuidados da avó que só pensa em si mesma e o padrastro odioso. Cansada da vida difícil e louca pra sair daquela casa o quanto antes, ela traçou objetivos para ser bem sucedida e nada faria com que ela desistisse. Assim, Sabrina não só trabalha em dois empregos, como também se dedica o máximo que pode para ter notas impecáveis e conseguir uma bolsa de estudos para estudar Direito em Harvard. Estando tão focada nesses planos, ela acaba não tendo tempo e nem dando importância para as coisas fúteis que a maioria das garotas de sua idade gostam, pois conquistar a tão sonhada carreira como advogada é a única coisa que importa. Isso acaba fazendo com que os outros a considerem antipática, fria e até careta.
John Tucker é jogador de hóquei, mora com (os já conhecidos) Garret, Logan e Dean e entre eles é o mais calmo e sensato. Ele não faz o tipo mulherengo e, embora jogue bem e tenha um futuro promissor, o que ele quer mesmo é ter uma vida simples e livre de complicações, uma família feliz e um negócio pra chamar de seu sem que haja chefe pra lhe mandar. Tucker, além de lindo, sempre foi o cara legal e conhecido por sua paciência, mas as coisas mudam um pouco quando seu destino cruza com o de Sabrina.
Os dois se conhecem numa festa num dos raríssimos momentos que ela decide espairecer um pouco e curtir, mas o que era pra ter ficado em apenas uma noite, se torna algo improvável e inesperado. Além de eles manterem contato com certa frequência, algo grande o bastante acontece para virar a vida deles de cabeça pra baixo a ponto de eles terem que rever seus planos e traçarem outros objetivos para si mesmos.

Levando em consideração que a primeira parte desse livro é paralela à história que se passa no livro anterior, O Jogo, os acontecimentos funcionam como um antes e depois, e acaba sendo uma forma de relembrar os fatos a quem já leu, o que pode ser um problema por tornar tudo muito repetitivo e sem maiores novidades, e quem ainda não leu vai poder se situar ao enredo.

A escrita da autora é ótima e flui muito bem. Os personagens apresentados são os melhores de toda a série e é impossível não admirar Sabrina ou suspirar por Tucker. Talvez a perfeição de Tucker possa beirar o exagero pois o cara é maravilhoso em todos os sentidos, o que me fez questionar muito se realmente existe alguém assim no mundo. Ele é diferente dos demais mocinhos do gênero e não teve traumas que pudessem interferir em seu juízo, e por mais que sua infância não tenha sido um mar de rosas, ele sempre teve o apoio e o amor incondicional da mãe. E, talvez, ter crescido tão bem amparado no que diz respeito ao carinho que recebeu, ele acabou se tornando um ótimo exemplo de lealdade e hombridade pra qualquer boy lixo a solta por aí. E essa personalidade de Tucker, leal, respeitoso e protetor, era o que faltava pra completar Sabrina.

Apesar de determinada, Sabrina ainda sofria com alguns dilemas, de ser taxada de coração gelado, e também com a ideia de se isolar para focar naquilo que queria. Era um sacrifício, mas, pra ela, valeria a pena mais tarde. Seu passado sofrível foi a motivação pra ela lutar pelo que queria, e tudo o que ela passou fizeram dela a personagem mais complexa da série, principalmente por mostrar que embora ela corra atrás dos sonhos, ela também é imperfeita e teria que aprender com os erros e aceitar uma ajuda que ela resistia em aceitar. Dessa forma, em alguns pontos, chega a ser difícil aturá-la com sua personalidade forte, mas, justamente por ter defeitos que contrastam com suas virtudes, ela é uma personagem tão interessante, e quando Tucker faz parte disso, é algo que chega a ser inspirador.

A Conquista é um livro diferente dos outros da série, mas ainda mantém a mesma essência. Ele fecha a série de forma super satisfatória e não decepciona, e não só pelo fato dos personagens serem bem construídos, divertidos e bem desenvolvidos, mas por que através deles a autora mostra um lado humano, principalmente daqueles que, por ironia do destino, precisam recorrer a uma alternativa quando o que tinham como objetivo de vida não dá certo. As decisões mais importantes geralmente são tomadas nos momentos mais difíceis, e mesmo que em meio a inseguranças e receios daquilo que não se esperava, ter alguém com quem contar e que aceita que da mesma forma que há qualidades também há defeitos, as coisas ficam mais fáceis de se encarar, e o que antes era algo improvável de se acontecer, passa a ser um novo objetivo e motivo de amor maior.


26 de outubro de 2017

Leia.Seja. - Celebre o valor do livro na sociedade

Lançada na Bienal Internacional do Livro Rio – onde estampou painéis, instalações e vídeos e fez sucesso com modelos caracterizados circulando pelos pavilhões do Riocentro –, a Leia.Seja. é uma campanha criada pela agência WMcCannpara e realizada pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros a fim de valorizar o livro e seu papel transformador na sociedade em comemoração ao 29 de Outubro, Dia Nacional do Livro. A campanha é superbacana e visa convidar o público a contar quais obras mais marcaram suas vidas!

As divulgações estão sendo feitas de forma conjunta em espaços públicos, bibliotecas, lojas e plataformas virtuais, com apoio das livrarias, editoras, distribuidoras e entidades do livro.



A campanha é protagonizada por um time de personalidades do esporte, das artes cênicas, da música e da comunicação, convidadas a incorporar personagens icônicos da literatura brasileira e mundial. O técnico de vôlei Bernardinho se vestiu de Capitão Rodrigo, de “O tempo e o vento”, de Érico Veríssimo; o publicitário Washington Olivetto e a cantora Baby do Brasil fizeram Visconde de Sabugosa e Emília, de “Reinações de Narizinho”, de Monteiro Lobato; a apresentadora Bela Gil virou a Capitu de “Dom Casmurro”, de Machado de Assis; o ator Cauã Reymond se fantasiou do protagonista de “Dom Quixote”, de Miguel de Cervantes; e o jornalista Pedro Bial aparece como o detetive de “As aventuras de Sherlock Holmes”, de Arthur Conan Doyle.

O artistas vestiram sua paixão pelas histórias para transmitir a mensagem e reforçar o conceito de que, ao ler, a pessoa é transportada para quantos lugares, sentimentos e reflexões a imaginação permitir, estimulando a criatividade, a inspiração e o saber.
Nas peças, as personalidades dão vida aos personagens, lendo trechos dos títulos escolhidos. Assim que fecham os livros, voltam a ser eles mesmos, com o semblante transformado pelo prazer e a reflexão que uma boa leitura oferece.



O grupo foi fotografado e filmado por Miro, um dos mais consagrados fotógrafos brasileiros, em cenários que remetem às obras. As imagens publicitárias serão utilizadas em anúncios impressos, mídia digital e urbana.

Participe! Curta a campanha no Facebook e no Instagram. Use a hashtag #leiaseja!




25 de outubro de 2017

A Bússola de Ouro - Philip Pullman

Título: A Bússola de Ouro - Fronteiras do Universo #1
Autor: Philip Pullman
Editora: Suma de Letras
Gênero: Fantasia/Aventura
Ano: 2017
Páginas: 344
Nota:
Sinopse: Lyra Belacqua e seu daemon, Pantalaimon, vivem felizes e soltos entre os catedráticos da Faculdade Jordan, em Oxford. Até que rumores invadem a cidade – boatos sobre sequestradores de crianças, os Papões, que estão espalhando o medo pelo país.
Quando seu melhor amigo, Roger, desaparece, Lyra inicia uma perigosa jornada para reencontrá-lo. O que ela não desconfia é que muitas outras forças influenciam seu destino e que sua aventura a levará a terras congeladas do norte, onde feiticeiras e ursos de armadura se preparam para uma guerra.
Embora tenha a ajuda do aletiômetro – um poderoso instrumento que responde a qualquer pergunta –, nada a prepara para os mistérios e a crueldade que encontra durante a viagem. E, mesmo que ainda não saiba, Lyra tem uma profecia a cumprir, e as consequências afetarão muitos mundos além do seu.

Resenha: A Bússola de Ouro é o primeiro volume da trilogia Fronteiras do Universo escrita pelo autor britânico Philip Pullman. Os livros foram publicados no Brasil entre 2001 e 2002 pela Editora Objetiva e agora foram relançados pela Suma de Letras, selo da Companhia das Letras.

Lyra Belacqua é uma garotinha de doze anos que, desde que nasceu, junto com Pantalaimon, seu deamon, vive entre os catedráticos e está sob os cuidados do seu tio Asriel na Faculdade Jordan em Oxford, numa Inglaterra de um universo paralelo muito parecido com o que conhecemos.
Quando boatos de que as crianças da cidade estavam sendo sequestradas pelos temíveis Papões, e Roger, o melhor amigo de Lyra, desaparece, a garota embarca numa jornada cheia de aventuras e perigos para reencontrá-lo com a ajuda do aletiômetro, um objeto mágico que responde qualquer pergunta e somente pode ser interpretado pela garotinha. O que ela não esperava era descobrir não só sobre si mesma e suas origens, mas que existe uma força oculta e misteriosa que está ligada aos desaparecimentos das crianças e ao destino de todos desse universo, e que isso a levaria a terras muito distantes onde os seres mágicos, o povo gípcio dos pântanos, as bruxas enigmáticas e as criaturas destemidas estão se preparando para uma guerra.

A primeira vez que tive contato com essa trilogia foi a alguns anos atrás, na versão em que o título ainda era A Bússola Dourada. Lembro que me empolguei tanto que li os três livros em menos de uma semana. Nem preciso dizer o quanto curti a ideia da trilogia ser relançada, pois assim ela ganha mais visibilidade e atrai mais leitores para terem a oportunidade de conhecerem o universo mágico e deslumbrante através desses livros que ficaram um tempo esquecidos mas que deveriam ser leitura obrigatória para os fãs de fantasia, assim como a saga Harry Potter. Só lamento pela versão cinematográfica da obra, que, além de ter sido uma completa decepção, acabou dando uma impressão errada sobre a história. O fiasco foi tanto que nem arriscaram a continuação... Dito isso, não julguem o livro pelo filme ruim. A leitura é infinitamente melhor.

Narrado em terceira pessoa, o livro é dividido em três partes que correspondem aos locais por onde a protagonista passa: Oxford, Bolvangar e Svalbard. Em meio a uma trama impecável e maravilhosamente instigante e bem escrita, o autor levanta questões éticas e morais relacionadas não só aos personagens e as ligações que eles possuem entre si, mas também à política, ciência, fé, religião e espiritualidade, assim como na forma que esses elementos influenciam e interferem em suas vidas. É uma crítica crua e nada sutil à religião e à igreja, no livro representada pelo Magisterium, tanto que o próprio Vaticano criticou o autor e a adaptação cinematográfica alegando se tratar de algo anticristão (assim como foi feito com O Código da Vinci).
Como se isso já não fosse interessante o suficiente para despertar o interesse de qualquer mortal, principalmente os mais céticos, e manter o leitor vidrado em cada página, a trama, que claramente é uma fantasia voltada ao público adulto devido as questões abordadas, está repleta de personagens cativantes, bem construídos e interessantes, mistérios, perigos, aventuras, batalhas de tirar o fôlego e vários momentos tão emocionantes quanto dignos de reflexão.

Lyra tem apenas doze anos e é uma das heroínas mais verossímeis e com uma das jornadas mais incríveis que já acompanhei, pois, além de inteligente e sagaz, ela mostra que a capacidade individual de cada um em se esforçar para atingir os próprios objetivos e superar as adversidades é algo crucial que se deve ter, muito mais do que depender dos outros e esperar que as coisas aconteçam ou se resolvam sozinhas. E para ajudar o amigo, ela faz o possível e o impossível.
Não é possível falar de Lyra sem falar de Pantalaimon, já que, como os demais deamons, ele é a personificação física da alma da garota em forma animal e não pode se distanciar muito dela para não sofrerem terríveis dores físicas e mentais. Eles se completam como se realmente fossem um só corpo, mesmo que sejam literalmente o oposto um do outro durante a infância. Enquanto Lyra é conhecida por ser mentirosa e destemida, Pan é medroso e muito tímido, mas isso muda no decorrer da história pois num determinado ponto da adolescência, os deamons deixam de mudar de forma para se fixarem como um único animal, que representa e reflete a personalidade de suas metades humanas. Um exemplo disso é que os deamons dos criados são cães, representando fidelidade e obediência aos seus patrões.
Não vou me alongar falando sobre todos os personagens pois são muitos. Todos são importantes para o desenvolvimento da história e são admiráveis a sua maneira, mas não posso deixar de falar de Iorek Byrnison, o urso de armadura mais leal que já existiu. Ele é um personagem complexo e cheio de camadas, e sua história acaba sendo uma das melhores subtramas do enredo, principalmente quando seu destino se entrelaça com o de Lyra.

A abordagem sobre os gípcios também é algo bastante interessante e a forma como são apresentados não deixa de ser uma crítica do autor sobre aqueles que sofrem diversos tipos de preconceitos. Levando o termo ao pé da letra, eles são ciganos, uma "raça" menosprezada e considerada inferior pela sociedade a ponto de serem obrigados a viverem em pântanos isolados, mas claramente são grandes sábios e acrescentam muito quando o assunto é auxiliar e orientar Lyra em sua jornada.

A capa dessa nova edição é a mais bonita e que mais tem a ver com a história até então, pois além de exibir o aletiômetro (a bússola), mostra a silhueta de algumas das várias formas animais que os deamons podem ter em meio a ornamentos floreados e com detalhes metálicos. A diagramação é simples e a revisão impecável, e eu só senti falta das pequenas ilustrações a cada início de capítulo que vieram na primeira edição da obra. Inclusive na edição com a capa do filme, o termo deamon (cuja pronúncia é dêmon) foi substituído por "dimon" sabe-se lá Deus porquê. Então, obrigada a Suma por ter resgatado o deamon nessa edição!

A Bússola de Ouro é o início de uma aventura épica que nos presenteia com um universo paralelo único, incrível e inesquecível, e com certeza faz parte do seleto top 3 de melhores séries de fantasia que já li na minha vida.

Bônus: What Would Your Dæmon Be?
Faça o teste e descubra qual seria seu deamon (em inglês).

24 de outubro de 2017

Lembra Aquela Vez - Adam Silvera

Título: Lembra Aquela Vez
Autor: Adam Silvera
Editora: Rocco Jovens Leitores
Gênero: Romance
Ano: 2017
Páginas: 336
Nota
Sinopse: Lembra aquela vez conta a história de um garoto do Bronx (re)descobrindo sua sexualidade. Aos 16 anos, Aaron carrega no pulso uma cicatriz que registra a dor pelo suicídio do pai, mas, com o apoio da mãe e da namorada, Genevieve, está determinado a seguir em frente. Quando a garota viaja para um acampamento, porém, Aaron se aproxima de Thomas, e acaba encontrando nele mais do que um melhor amigo. Confuso, Aaron considera recorrer ao LETEO, um instituto que realiza procedimentos científicos para apagar memórias indesejáveis, na tentativa de esquecer lembranças ruins e, principalmente, quem ele é. Mas será possível encontrar a felicidade fugindo de si mesmo? Com uma narrativa pungente e sincera, Adam Silvera fala sobre bullying, homofobia, medo, incertezas, ética, amizade, amor, aceitação e a procura pela felicidade.

Resenha: Aaron é um adolescente que não só já tentou se matar, como passou pelo trauma de ter encontrado o próprio pai morto por suicídio. Ele e a namorada, Genevieve, tem um relacionamento muito bacana, e ele encontra nela um porto seguro. Quando Genevieve é aceita num acampamento de arte e precisa ficar fora por um período de tempo, Aaron se junta ao amigo Thomas, e essa amizade só tende a crescer. Mas quando sua namorada retorna, ele se encontra num enorme dilema com relação aos seus sentimentos, pois a amizade com Thomas é algo muito mais forte e que despertou alguns sentimentos maiores do que ele poderia imaginar. Com receio de que os conflitos em sua cabeça sejam algo sério, Aaron recorre ao LETEO, um instituto que apaga más lembranças, com intuito de esquecer suas memórias indesejáveis e esquecer quem ele é... E a partir dessa premissa, a história começa a se desenrolar...

Lembra Aquela Vez é um livro pesado e triste, que trata de homofobia e as consequências daqueles que sofrem com ela, principalmente com relação a depressão e ao suicídio. Os acontecimentos e os diálogos de forma geral são quase uma facada no leitor. As referências do universo das HQ's e Star Wars são ótimas e acabam fazendo um contraste feliz com as demais abordagens que não são muito agradáveis.
O início da história é um pouco difícil e a narrativa é lenta, mas talvez seja uma característica utilizada de forma proposital para ilustrar os sentimentos do protagonista.
Os personagens são bem desenvolvidos, muitas vezes divertidos e engraçados, mas também confusos e melancólicos.
O lado emocional e psicológico de Aaron foi abalado pela perda do pai de forma praticamente irreversível, e outras coisas que começam a ser desvendadas ao longo da trama são surpreendentes. O protagonista é alguém quebrado, mas que ao mesmo tempo está em fase de descoberta. O problema maior é que as descobertas dele sobre si mesmo não são aceitas com a naturalidade que deveria, logo há uma enorme reflexão acerca de ciência verus natureza humana.

Lembra Aquela Vez é o tipo de livro que todo mundo deveria ler, principalmente devido a relevância do tema e das questões LGBT levantadas no país e no mundo. É uma sobreposição de várias histórias e temas, cada uma tão poderosa quanto a outra. O livro consegue chegar num consenso entre sexualidade, amizade, e da ideia que o protagonista tem de tornar a vida mais fácil, mesmo que pra isso queira esquecer de tudo que guarda na memória, inclusive quem ele é. É uma história de amor e da vontade de querer ser feliz, mesmo que pra isso seja necessário passar por momentos difíceis e vencer a tristeza.
Não se deixe enganar acreditando que a história traz mais um romance adolescente superficial e que nada acrescenta, muito pelo contrário. O romance aqui é construído gradualmente, a partir de uma amizade sincera, sólida e bonita, e que, de fato, tem algo pra se contar e que pode mudar muito da percepção dos leitores no que diz respeito a homossexualidade.

Em suma, o livro é uma mistura das coisas que trazem felicidade e tristeza, luz e escuridão, e os temas abordados além de importantes para um maior entendimento de vários dos problemas que aqueles os LGBTs enfrentam dia após dia, são tratados de uma forma muito eficaz, mesmo que dolorosa. Lembra Aquele Vez é um livro duro, mas necessário.

21 de outubro de 2017

Novidades de Outubro - Verus

Solteira até Sábado - Noivas da Semana #4 - Catherine Bybee

O quarto livro da série Noivas da semana. Um ano atrás, a loira estonteante Karen Jones concordou em se casar com um ator famoso para dissipar rumores sobre a vida pessoal dele. Agora, seu divórcio se aproxima, assim como um pagamento de 5 milhões de dólares. No entanto, conforme Karen se prepara para abandonar com elegância seu casamento arranjado, ela conhece o cunhado, um homem lindo de morrer: Zach Gardner. Ele aparece sem ser convidado na festa de um ano de casamento de Michael e Karen, determinado a conhecer a esposa que seu irmão escondeu da família inteira. Mas faíscas voam no instante em que ele e Karen se encontram. Quando o casal famoso decide visitar a família Gardner, Karen precisa esconder o segredo do marido e de seus parentes bisbilhoteiros, incluindo Zach, o homem que talvez seja o verdadeiro amor da vida dela.

Conquistada até Terça - Noivas da Semana #5 - Catherine Bybee

O quinto livro da série Noivas da semana. Judy Gardner acabou de se formar na faculdade e está pronta para ganhar o mundo. A vida, porém, não é tão simples, e a jovem espera passar o mais rápido possível de arquiteta novata a profissional respeitada. Então, a beldade se muda para a casa de seu irmão, em Los Angeles. Mas é difícil para Judy se concentrar no trabalho quando o guarda-costas sexy por quem ela se apaixonou no verão passado continua aparecendo em sua vida e tirando seu fôlego. Rick Evans, com seu corpo musculoso, olhos verdes e sorriso fácil poderia ter a mulher que ele quisesse. Mas ele só tem olhos para a impulsiva Judy. Quando ela sofre um ataque, Rick sabe que não vai descansar até ter certeza de que a mulher de sua vida está a salvo do monstro que a persegue.

Mente - Trinity #2 - Audrey Carlan

Da autora de A garota do calendário. O segundo volume da série Trinity mergulha mais fundo na mente de Gillian e na de seu assediador. Gillian está radiante com sua aliança de noivado. Em breve ela vai se casar com o bilionário e sedutor Chase Davis, mas é difícil manter a alegria quando um maníaco está atrás dela. Enquanto Chase e Gillian planejam o casamento, o perseguidor elabora seu plano de vingança. A princípio, Gillian não dá tanta importância às ameaças desse homem, até que ele toma uma atitude extrema que deixa o casal e seus amigos arrasados. Talvez seja tarde demais para perceber o perigo mortal que a jovem está correndo. Com flashbacks perturbadores do passado de Gillian e a tragédia que esse homem misterioso traz para o presente, o leitor será cada vez mais atraído por esta história sombria, erótica e eletrizante.

20 de outubro de 2017

Novidades de Outubro - Suma de Letras

Belas Adormecidas - Stephen King e Owen King

Pelo mundo todo, algo de estranho começa a acontecer quando as mulheres adormecem: elas são imediatamente envoltas em casulos. Se despertadas, se o casulo é rasgado e os corpos expostos, as mulheres se tornam bestiais, reagindo com fúria cega antes de voltar a dormir. Em poucos dias, quase cem por cento da população mundial feminina pegou no sono. Sozinhos e desesperados, os homens se dividem entre os que fariam de tudo para proteger as mulheres adormecidas e aqueles que querem aproveitar a crise para instaurar o caos. Grupos de homens formam as “Brigadas do Maçarico”,incendeiam em massa casulos, e em diversas partes do mundo guerras parecem prestes a eclodir. Mas na pequena cidade de Dooling as autoridades locais precisam lidar com o único caso de imunidade à doença do sono: Evie Black, uma mulher misteriosa com poderes inexplicáveis.
Escrito por Stephen King e Owen King, Belas Adormecidas é um livro provocativo, dramático e corajoso, que aborda temas cada vez mais urgentes e relevantes.

A Floresta Sombria - Remembrance of Earth’s Past #2 - Cixin Liu

Depois de O problema dos três corpos, a humanidade se prepara para a iminente invasão alienígena. A Organização Terra-Trissolaris - formada por habitantes da Terra que traíram seus iguais para se associar aos alienígenas - pode ter sido derrotada, mas a presença de partículas subatômicas, os sófons, revela todo o conhecimento da humanidade para os invasores, e as defesas terráqueas são um livro aberto para os trissolarianos. Nesse contexto, em que só a mente humana é segura, é montado o Projeto Barreiras: quatro pessoas serão encarregadas de pensar em uma estratégia para a salvação do mundo. A Barreira está completamente isolada, protegendo seus pensamentos do restante da humanidade, mas até que ponto é possível guardar um segredo?

19 de outubro de 2017

Novidades de Outubro - Seguinte

Fraude Legítima - E. Lockhart

Jule West Williams é uma garota capaz de se adaptar a qualquer lugar ou situação. Imogen Sokoloff é uma herdeira milionária fugindo de suas responsabilidades. Além do fato de serem órfãs, as duas garotas têm pouco em comum, mas isso não as impede de desenvolver uma amizade intensa quando se reencontram anos depois de terem se conhecido no colégio. Elas passam os dias em meio a luxo e privilégios, até que uma série de eventos estranhos começa a tomar curso, culminando no trágico suicídio de Imogen e forçando Jule a descobrir como viver sem sua melhor amiga. Mas, talvez, as histórias das duas garotas tenham se unido de maneira inexorável — e seja tarde demais para voltar atrás.

Só Escute - Sarah Dessen

Ano passado, Annabel era a típica “garota que tem tudo” — inclusive era esse o papel que interpretava no comercial de uma loja de departamentos da cidade. Este ano, porém, ela é a garota que não tem nada: não tem mais a amizade de Sophie; não tem uma família feliz desde a descoberta do distúrbio alimentar de uma de suas irmãs; e não tem ninguém com quem passar a hora do almoço na escola. Até conhecer Owen Armstrong. Alto, misterioso e obcecado por música, Owen é um garoto que vivia se metendo em brigas, mas agora está tentando mudar. Um de seus novos lemas é sempre falar a verdade, não importa qual seja, e jamais guardar ressentimentos. Será que com a ajuda desse amigo inesperado Annabel vai conseguir encarar a verdade e enfrentar o que aconteceu na noite em que brigou com Sophie?

18 de outubro de 2017

Novidades de Outubro - Paralela

Viva a Vagina - Nina Brochmann e Ellen Støkken Dahl

Você pensou que conheciaseu corpo? Pense de novo! Viva a vagina explica tudo o que você sempre quis saber sobre a vagina, mas não ousou perguntar. Aprenda a verdade sobre orgasmos femininos, a dança dos hormônios menstruais e o que exatamente é a vulva. Este livro também oferece explicações detalhadas para finalmente entender como os diferentes tipos de contraceptivos funcionam no corpo, como é uma vulva “normal” e se o uso de meias pode mudar sua vida sexual. As estudantes de medicina e educadoras sexuais Nina Brochmann e Ellen Støkken Dahl utilizam os conhecimentos médicos para oferecer informações confiáveis e desmistificar o órgão sexual feminino. Com uma abordagem direta e bem humorada, é uma leitura obrigatória para mulheres (e homens!) de todas as idades. 

Minhas Plantas - Carol Costa

Quem não adora a ideia de ter um cantinho verde em casa? Plantas deixam tudo mais sereno, bonito e cheio de vida. Mas mantê-las vivas… não parece tão simples, não é mesmo? A paisagista, jornalista e apresentadora Carol Costa já foi responsável pela morte de várias plantinhas antes de se tornar profissional no assunto. E nos assegura: todo mundo pode ter um jardim saudável em casa! Desmistificando a ideia de “dedo verde”, ela dá dicas certeiras para todo tipo de emergência, como ingredientes secretos que ajudam orquídeas a florescer, receitas detox contra cochonilhas e o local ideal para deixar a sua suculenta preferida. Em Minhas plantas: Jardinagem pra quem mata cacto, Carol apresenta as plantas de acordo com sua necessidade de luz e, ao final de cada capítulo, traz um passo a passo para montar arranjos, transplantar orquídeas e até montar um terrário, ensinando todos os pulos do gato, truques ninja e macetes que reuniu em sua vida de jardineira.

17 de outubro de 2017

Novidades de Outubro - Galera Record

Uma História de Verão - Pam Gonçalves

É o último verão de Analu perto de casa antes da faculdade. Entre a dificuldade de se entender com seus pais, que queriam que ela cursasse Direito e não Cinema, e as persistentes comparações com seu gêmeo, André Luiz, o grande exemplo de filho que faz tudo para agradar, a garota está cansada de tanta hipocrisia e da cobrança de todos e só quer aproveitar suas férias com os amigos. O lugar é lindo, o clima está ideal e não faltam lembranças em cada cantinho da praia. Pena que nem todas são boas: a primeira decepção amorosa e grande paixão de Ana Luísa, Murilo, está de volta depois de dois anos com o sorriso cafajeste de sempre e novas promessas. De um lado, o futuro em uma nova e incrível cidade, São Paulo; do outro, os amigos, a família e um amor traiçoeiro que ao mesmo tempo machuca e envolve.

Bela Gratidão - Corey Ann Haydu

Um romance sobre amadurecimento e a dureza de crescer em uma cultura que exige das mulheres nada menos que a perfeição.
Corey Ann Haydu explora as complexidades da família, os limites do amor e quão duro é crescer em uma cultura que premia a beleza acima de qualquer outra coisa e cobra das mulheres nada menos que a perfeição. Uma leitura atual que dialoga direta e honestamente com a multiplicidade de questões enfrentadas por adolescentes e jovens no mundo todo – a confusão do primeiro amor, os dramas familiares e a construção da própria identidade no meio de toda essa loucura. O livro está cheio de personagens realistas, que tropeçam nos próprios medos e cometem erros com alguns dos quais é impossível não se identificar. Montana e sua irmã Arizona têm um pacto desde que a mãe as deixou: São elas duas contra todo o mundo. Com o pai sempre imerso em relacionamentos tóxicos e uma sucessão de madrastas essa foi a maneira que encontraram de seguir em frente. Mas agora que Arizona foi para a faculdade Montana se sente deixada pra trás e perdida, mergulhando em uma amizade vertiginosa e empolgante com a ousada Karissa. No meio disso tudo, Montana encontra uma distração em Bernardo. Resta saber se Montana têm a confiança necessária no que sentem um pelo outro para encaixar Bernardo na sua vida imperfeita.

50 Brasileiras Incríveis Para Conhecer Antes de Crescer - Débora Thomé

Em tempo de super-heróis nos cinemas, 50 brasileiras incríveis para conhecer antes de crescer é um livro fantástico sobre heroínas da vida real.
Débora Thomé, jornalista, cientista política e criadora do bloco de carnaval Mulheres Rodadas, é a autora dessa obra que reúne a biografia de grandes mulheres brasileiras e conta também com ilustrações belíssimas feitas por artistas mulheres.
Com uma história cheia de aventuras e desafios, neste livro não faltam mulheres fortes, fabulosas e fantásticas para inspirar meninas e meninos a não desistirem de seus sonhos, independente das dificuldades.
Leila queria ser livre e ponto. Maria Rita andava com uma rolha pendurada no pescoço - não a deixavam falar o que pensava. Na primeira metade do século XIX, Liberata apelou pela própria liberdade. Lota morreu de amor. E Aracy virou anjo. Incríveis, revolucionárias, livres. Mulheres que mudaram o mundo com histórias para ler antes de crescer, de dormir e de sonhar.

Corte de Asas e Ruína - Corte de Espinhos e Rosas #3 - Sarah J. Maas

Em meio à guerra, é seu coração que enfrentará a mais árdua das batalhas. O terceiro volume da série best-seller Corte de Espinhos e Rosas, da mesma autora da saga Trono de Vidro.
Em Corte de Asas e Ruína a guerra se aproxima, um conflito que promete devastar Prythian. Em meio à Corte Primaveril, num perigoso jogo de intrigas e mentiras, a Grã-Senhora da Corte Noturna esconde seu laço de parceria e sua verdadeira lealdade. Tamlin está fazendo acordos com o invasor, Jurian recuperou suas forças e as rainhas humanas prometem se alinhar aos desejos de Hybern em troca de imortalidade. Enquanto isso Feyre e seus amigos precisam aprender em quais Grãos-Senhores confiar, e procurar aliados nos mais improváveis lugares. Porém, a Quebradora da Maldição ainda tem uma ou duas cartas na manga antes que sua ilha queime.

Olá, Adeus e Tudo Mais - Jennifer E. Smith

Um romance divertido e emocionante, que explora as escolhas difíceis que surgem quando a vida e o amor conduzem a direções opostas.
Ir para a faculdade é um momento emocionante e aterrorizante ao mesmo tempo. Ainda mais se você estiver em um relacionamento em que não tem certeza de seu próximo passo. Clare e Aidan têm apenas uma coisa a fazer na noite antes de partirem para a faculdade: descobrir se devem continuar namorando ou terminar. Ao longo de doze horas, eles irão refazer os passos do relacionamento, na tentativa de descobrir algo no passado que possa ajudá-los a decidir sobre o futuro.
A noite os leva a amigos e familiares, marcos simbólicos e lugares inesperados, verdades dolorosas e revelações surpreendentes. Mas, conforme as horas passam e a manhã se aproxima, chega o momento inevitável do adeus. A questão é: será um adeus momentâneo ou para sempre?

Ruína - Ruína #1 - Amy Tintera

Ninguém temia Emmelina Flores, a filha inútil da rainha mais poderosa que Ruína já viu... Até agora. O primeiro livro da trilogia Ruína.
Emmelina Flores não tem nada. Ela não tem poderes como os outros habitantes de Ruína, seus pais foram assassinados, seu lar destruído e sua irmã, Olivia, levada por seus inimigos. Mas justamente por isso ela também não tem o que temer. Impulsionada por seu desejo de vingança, ela parte numa perigosa jornada para o reino inimigo de Lera, onde espera encontrar Olivia, colocando em ação um plano arriscado e ambicioso, que envolve se casar com o primeiro na sucessão ao trono, se passando por outra pessoa.
Mas o príncipe talvez não seja quem ela imaginou que seria. O coração de Emmelina, endurecido pela raiva, começa a ceder. Mas com sua vida – e a da irmã – em jogo, qualquer momento de dúvida pode ser arriscado demais.
O primeiro livro da Trilogia Ruína de Amy Tintera traz elementos comuns à fantasia rearranjados de maneira inovadora e apresentados em um ritmo alucinante. Repleto de ação, o livro apresenta mulheres fortes, poderosas, decididas e, porque não, até mesmo cruéis, dispostas a tudo para alcançar seus objetivos.

Uma Sombra Ardente e Brilhante - Kingdom on Fire #1 - Jessica Cluess

O primeiro livro da série de Jéssica Cluess, perfeito para surpreender fãs de fantasias já bem habituados com magia, profecias e triângulos amorosos.
Henrietta Howel tem o poder de explodir em chamas. Quando é obrigada a expor suas habilidades ela tem certeza de que será executada. Apenas os feiticeiros podem usar magia, e nenhum deles é mulher. Ela se surpreende quando não só é poupada da guilhotina, mas também nomeada a primeira feiticeira em séculos. Ela é a garota profetizada, aquela que derrotará os Ancestrais – seres sanguinários que aterrorizam a humanidade. Henrietta então passa a treinar dia e noite com um grupo de feiticeiros ansiosos para testar as habilidades – e o coração – da garota da profecia. Mas será que Henrietta é mesmo a garota da profecia?

Wink Poppy Midnight - April Genevieve Tucholke

Um thriller que traz narradores nada confiáveis que vão fazer você duvidar até da sua própria moral. Indicado pela YALSA e pela TeenVogue como um dos melhores livros de ficção jovem-adulta de 2016.
Wink é a nova vizinha esquisita e misteriosa, com seus cachos ruivos rebeldes, suas sardas e suas roupas estranhas. Poppy é a rainha do ensino médio, com seu cabelo loiro perfeito, sua beleza estonteante e sua grande habilidade para a manipulação e crueldade. Midnight é o menino doce e inseguro que se vê entre as duas. Wink sabe contar muitas histórias de cor. Ela está ciente de que todas elas precisam de um herói para derrotar o vilão. Poppy não acredita em histórias. Ela acredita acima de tudo, em si mesma e acha que pode conquistar e derrotar qualquer coisa. Midnight até acredita em histórias, mas ele está certo de que nunca vai ser protagonista de nenhuma, mesmo que Wink pense o contrário. Ele não é bom em nada.
Poppy é a rainha da escola. Wink é a menina excluída que parece viver em um mundo particular e fantasioso. Midnight é o garoto preso entre elas que se vê obrigado a lidar com as consequências de um trote sombrio.
Mas o que realmente aconteceu?
Alguém sabe a verdade.
Alguém está mentindo.
Mas quem?