29 de janeiro de 2015

1 Página de Cada Vez - Adam J. Kurtz

Lido em: Janeiro de 2015
Título: 1 Página de Cada Vez
Autor: Adam J. Kurtz (um cara qualquer)
Editora: Paralela
Gênero: Livro Interativo/Criatividade
Ano: 2014
Páginas: 368
Nota
Sinopse: Pense em alguma coisa que deixa você inseguro e escreva o que é em letras enormes. Use o espaço todo! Olhe bem para o que você escreveu. Agora vire a página. No seu primeiro livro, o artista gráfico americano Adam J. Kurtz usa provocações divertidas como esta para fazer o leitor refletir sobre sua vida ao mesmo tempo em que testa a própria criatividade. Como o título diz, cada página traz uma brincadeira diferente. Pode ser uma pergunta, uma sugestão de desenho ou um pedido para que você crie uma lista de músicas para seu amor verdadeiro ou das melhores fatias de pizza que comeu na vida. O autor também pede para o leitor colar objetos inusitados nas páginas do livro e compartilhar nas redes sociais algumas das anotações feitas nele. Uma maneira espirituosa e lúdica de buscar o autoconhecimento.

Resenha: Uma Página de Cada Vez é um livro interativo criado pelo artista gráfico Adam J. Kurtz e publicado pela Paralela no Brasil. A proposta é simples: preencher uma página por dia ao longo de um ano inteiro a fim de que o leitor/autor/criador de arte use e abuse de sua criatividade enquanto reflete sobre a própria vida e seus sentimentos.

Cada página traz uma atividade diferente, uma pergunta a ser respondida, uma lista a ser criada, a descrição de algum acontecimento marcante, algo a ser desenhado ou colado, uma a proposta de tirar um dia de folga com espaço para escrever um email ao chefe com uma desculpa qualquer e até conversar com o leitor quando ele (o livro mesmo) se sente carente, ciumento e diferente dos outros.

A ideia do livro não é apenas testar e exercitar a criatividade do leitor, mas também é uma maneira divertida para o autoconhecimento, pois a medida que vamos preenchendo as páginas, aos poucos e devagar (o que é quase impossível pois a vontade que dá é sair preenchendo tudo desenfreadamente) paramos para pensar sobre coisas que nem sempre consideramos sobre nós mesmos, o que acaba nos dando um motivo para sorrir, ou até mesmo mudar algo que acreditamos não nos fazer bem.

Pode dar uma dó imensa de rabiscar e "estragar" um livro assim, mas a satisfação de ver o que fizemos ao final é muito maior e serve como uma grande recompensa dada a nós mesmos. É algo pra se guardar e tratar como um pequeno tesouro, como um diário com o que escrevemos sobre nossas vidas.
O livro não possui orelhas, as páginas são amareladas (algumas páginas são pretas com a escrita em branco) e a diagramação dinâmica que nos convida a preencher as páginas é uma graça.

Um ótimo espaço para refletir, desabafar, extravasar e uma excelente terapia que só faz bem para quem quiser se aventurar através das páginas preenchidas por nós mesmos. Um grande benefício para a mente e para a vida, e em forma de livro! ♥ Tem coisa melhor?
"Aliás, felicidade é um lugar? Será que você 'chega lá' em algum momento, ou é mais uma perspectiva de vida e de crescimento?"
"Cada relação romântica nos ensina algo que queremos ou de que precisamos em um parceiro. O que você aprendeu até hoje?"
"Feche os olhos - não há nada para ver aqui e essa é a ideia."

7 comentários

  1. Tô louca por esse livro, nunca tive um livro interativo e esse com certeza é o que eu mais quero! Falando em livros interativos, já ouviu falar no Construa Seu Diário? Parece interessante também... Mas não sei, não bombou nem nada, é suspeito.
    Gostei do post, só senti falta de fotos, rs.
    Um beijo enorme!

    Tempestade Cultural.

    ResponderExcluir
  2. O problema é conseguir se controlar para construir apenas uma página por dia rsrs. Estou amando construir o meu, é muito relaxante.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  3. Oi Flávia!

    Acho que eu teria dois problemas: primeiro eu morreria de dó, como você mesma disse, de rabiscar o pobre do livro! Mas aí que surge o segundo problema. Acho que depois que eu começasse, ia ser difícil me controlar para fazer só uma página por dia. HAEHAUEHAUEHAE

    Acho que de todos os livros interativos lançados no mercado ultimamente, esse é o que mais me chama atenção.

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    A moda de livros interativos está pegando, o que é muito bom, pois esse tipo de obra tira os leitores da mesmice, além de divertir bastante! Estou louca para ter esse livro!

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Flávia

    Desculpe pela minha ausência em seu cantinho, mas aconteceram tantas coisas desde que o ano começou... minha vida deu uma reviravolta enorme e blá blá blá... não vem ao caso.

    Enfim, tenho o livro, estou morrendo de vontade de começar a fazer, mas.... tô com pena de riscar - como você falou aí na resenha - no entanto, cedo ou tarde vou começar e não terei mais como parar, parece ser viciante. É um exercício para a criatividade e a exposição de sentimentos e emoções. Creio.

    xoxo
    Mila F.
    @camila_marcia
    www.delivroemlivro.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Desde o ano passado queria muito comprar esse livro!Mas infelizmente,não tenho todo o dinheiro para comprar todos os livros que eu quero (e são muitos livros hahaha)
    Mas parece um ótimo livro e não vejo a hora de comprar hahahah
    http://heartbyheartfic.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Flavia, posso te indicar um livro?
    Se chama Essencialmente clara, a história é surpreendente, sem contar nos personagens. P.S: Adooro seus post's. Beijos :* <3
    http://www.clubedeautores.com.br/book/183844--Essencialmente_Clara#.VSHZQ_nF_qs

    ResponderExcluir