6 de julho de 2013

Amor: O Caminho para a Felicidade - Vilko Lacerda

Lido em: Maio de 2013
Título: Amor: O Caminho para a Felicidade
Autor: Vilko Lacerda
Editora: Baraúna
Gênero: Autoajuda/Nacional
Ano: 2013
Páginas: 88
Nota:
Sinopse: Ah! O Amor, esse sentimento tão puro e especial, capaz de... OPA! UMA PAUSA AQUI! O Amor é isso sim, essa visão encantadora e inspiradora de um sentimento. Mas é muito mais do que isso. Com um olhar mais analítico é possível encontrar uma leitura diferente desse sentimento, menos romântica e sonhadora, porém muito mais profunda e realista. O Amor esta presente em tudo. Na compreensão e domínio desse sentimento está a chave da felicidade. Observando esse sentimento, vendo como ele surge, como se comporta, e, enfim, olhando para si mesmo é possível perceber como o Amor participa de tudo o que você sente, pensa e faz, ou seja, tudo o que você é. Quanto maior o conhecimento sobre como você mesmo funciona, mais fácil e claro se torna conduzir sua vida rumo a seus desejos. E aí está o grande segredo: como transformar esse sentimento em felicidade. Depois de ler o Amor sob a ótica proposta neste livro, você nunca mais verá a vida da mesma forma...

Resenha: "Amor: O Caminho para a Felicidade" é um livro que, através de poucas páginas, tenta explicar para o leitor o amor em sua totalidade, fazendo com que, ao analisar esse sentimento de forma crítica, seja possível compreender seu funcionamento para que sejamos mais felizes, afinal, é isso o que as pessoas buscam em suas vidas, não é verdade? Serem felizes.
A leitura do livro é bem rápida e fácil. O Amor nos é apresentado de forma diferente, com sua definição de acordo com o dicionário, como é visto nas mais diversas religiões e várias citações de sábios como Platão, Dalai Lama, Allan Kardec, Shakespeare, Luis de Camões, dentre outros. São informações bastante válidas, tanto a título de curiosidade como de conhecimento, seguidas por uma análise do autor, a fim de explicar os trechos citados, porém, pelo fato de o livro ser bem curto, não achei muito legal tantas explicações e definições feitas por outras pessoas, pois, às vezes, fiquei com a impressão de que o autor esteve ausente do próprio livro e eu estava lendo uma coletânea de definições alheias num livro didático.
Enfim... um trecho que gostei bastante foi o seguinte:
Para algumas pessoas é muito simples observar exemplos ruins e utilizar isso para dar valor às coisas boas que desfruta. Para outras é necessário viver as coisas ruins, sofrer pessoalmente com elas, muitas vezes em tempo permanente, para, então, dar o valor correto ao todo. - pág. 50
É um bom livro para refletir sobre diversas atitudes que temos ou deixamos de ter. Mesmo se encaixando na categoria de autoajuda, não li com intenção de me "autoajudar" nem nada disso. Todos os tipos de leituras são válidas, principalmente aquelas que de alguma forma trazem conhecimento que são úteis para se levar para a vida. Por mais que o autor abra os olhos do leitor para determinadas atitudes que podem fazê-lo infeliz, e diga o que é possível fazer para contornar esses problemas, ele deixa claro que a pessoa precisa querer buscar a felicidade em vez de sentar e esperar, pois nada cai do céu... E isso é verdade, convenhamos...
Cada pessoa é o que ela própria deseja ser. - pág 50

8 comentários

  1. Ando precisando entender sobre o amor ! rs

    :)

    ResponderExcluir
  2. Oi Flávia!
    Com certeza todos os tipos de leituras são válidas, eu não gostava muito de autoajuda, mas agora acho bem interessante, são livros que sempre nos passam lições importantes para a vida!

    Beijoos
    Lara - Magia Literária

    ResponderExcluir
  3. Acredito que cada pessoa vê, sente ou mesmo entende o amor a sua maneira, se ele é a chave para a busca da felicidade, já não sei, mas o que sei é que, o amor, é um sentimento espontâneo, vai e vem com facilidade, mas, por mais rápida que seja sua passagem, deixa marcas profundas, se não feridas, no coração daqueles que a sentem. Se é possível padronizá-lo ou mesmo ditar regras de como usá-lo, acho que é um tanto estranho, mas ainda assim, ler este livro seria uma maneira de entender uma forma diferente de se ver o Amor!

    Bjss!

    ResponderExcluir
  4. Realmente o livro é ótimo, ja comprei ele e pretendo ler em breve!!!
    Ótima resenha!!!
    bjs

    ResponderExcluir
  5. "Cada pessoa é o que ela própria deseja ser."

    Por conter poucas páginas e pelo tema ser tão poético a leitura deve ser bem rápida e leve, fazendo o leitor, assim como você, refletir sobre o que está escrito ali.

    Gostei da resenha pequena, foi o suficiente, parabéns!!!

    Uma dose de palavras.
    http://uma-dose-de-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi,

    ótima resenha! Já li esse livro e também tive uma opinião parecida com a sua. Achei muito legal o autor deixar claro que a pessoa precisa querer mudar, sempre tem aqueles "viciados por autoajuda" que pensam que ler o livro apenas mudará a vida deles...

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Adorei a resenha, mas não é o meu tipo de leitura!!

    ResponderExcluir
  8. "Analisar o amor de forma crítica"...hum...n sei se curto :/

    ResponderExcluir