20 de dezembro de 2015

Sweet - Tammara Webber

Título: Sweet - Contornos do Coração #3
Autora: Tammara Webber
Editora: Verus
Gênero: New Adult
Ano: 2015
Páginas: 322
Nota
Onde comprar: Saraiva
Sinopse: Boyce Wynn é um cara ferido e selvagem, mas resiliente. Pearl Frank sempre foi uma garota obediente, mas agora está inquieta. Quando volta para sua cidadezinha, em crise com sua escolha profissional, Pearl tem duas certezas: Boyce é exatamente aquilo que ela deveria evitar - e tudo o que ela mais quer. Ele é rebelde e barulhento. Indiferente ao que as pessoas pensam dele. Intenso. Forte. Perigoso. Mas Boyce tem mais uma característica - algo que ele esconde de todos, exceto de Pearl: ele é doce. Neste volume da série Contornos do Coração, você vai conhecer a história de dois amigos conforme eles descobrem que sempre foram mais que isso - além de rever personagens conhecidos, como Lucas e Jacqueline.

Resenha: Pegando o embalo do universo apaixonante de Easy/Breakable criado pela autora Tammara Webber, Sweet é o terceiro livro da série Contornos do Coração, publicado pela Verus no Brasil e traz a história de Boyce Wynn e Pearl Frank.

A resenha está livre de spoilers dos livros anteriores por se tratar de personagens diferentes, e já adianto que pra quem quer saber mais sobre o que aconteceu com Landon Lucas e Jacqueline, este não é o livro ideal já que não se destina a esse casal.

Boyce era o amigo desajustado de Landon desde a adolescência. Ao aparecer pela primeira vez, ele desperta nossa antipatia por demonstrar ser um cara completamente encrenqueiro e delinquente além de, aparentemente, não ser uma das melhores influências para o amigo de caráter tão diferente do seu.
Mas até que seu Bud morreu, e Boyce "herdou" o que o pai abusivo e violento deixou. Agora, dono do próprio negócio ele passou a ter algumas responsabilidades das quais ele não estava nada acostumado. A única coisa que ainda lhe faltava era conquistar a garota por quem sempre fora apaixonado, Pearl.
Pearl, diferente de Boyce, era a menina certinha, inteligente e estudiosa, e estava prestes a ir para a faculdade de medicina depois de tanto batalhar pra isso. Era o que sua mãe queria para ela, mas não era exatamente o que Pearl queria... Mas no último momento, durante uma entrevista para entrar na universidade, Pearl surtou e não quis saber de seguir medicina, para desgosto da mãe, e ela decidiu que o que ela realmente queria era voltar para a cidadezinha onde morava para se dedicar aos estudos de Biologia Marinha. Isso fez com que Mitchell se tornasse seu ex já que ele não gostou nada da ideia e o destino acabou unindo Pearl e Boyce, que tinham se afastado devido a vários mal entndidos, outra vez...

O livro é narrado em primeira pessoa e os capítulos são divididos entre as narrativas de Boyce e Pearl que se intercalam, mesclando presente e passado. A escrita da autora é ótima e a leitura flui muito bem. A trama não tem tanta complexidade ou reviravoltas pois a história fica focada na questão da personalidade dos protagonistas, mostrando que por mais que eles sejam diferentes, é possível se unirem e encontrarem refúgio justamente devido as diferenças que possuem.
A má impressão que tive de Boyce em Breakable acaba sendo dissolvida em Sweet, afinal, ele aparece mas não revela sua história e nem tem o aprofundamento necessário para que alguém pudesse entender seus motivos que o tornavam uma pessoa tão difícil. Com um pai alcóolatra, uma mãe completamente ausente e um irmão morto, Boyce precisou aprender por conta própria a levar sua vida além de aceitar que a única pessoa com quem ele poderia contar seria ele mesmo. Essas dificuldades acabaram sendo motivo para que ele se tornasse um bad-boy que vivia atraindo problemas para si, muito mais do que ele poderia se lembrar, mas, por baixo de toda essa pose existe, sim, um cara corajoso e de muito bom caráter que acaba se revelando e surpreendendo pelo seu jeito de ser.
Os personagens são realmente ótimos e Boyce acabou conquistando seu espaço como um dos melhores personagens masculinos que passei a adimirar. Diante de tudo o que teve que passar em sua vida, ele poderia ter ido pelo pior caminho e ter feito as piores escolhas para si, mas ele manteve a bondade na alma em vez de se tornar amargo e violento, como seu pai era.
A relação de amizade com Pearl era complicada, pois não era possível entender bem o que acontecia alí e por que motivo eles tinham uma amizade já que são o completo oposto um do outro, mas era evidente que ele sentia algo por ela. Restava saber como um romance surgiria de algo tão improvável, mas não impossível...

A capa faz o mesmo estilo dos livros anteriores e é bem bonita. A diagramação é simples e as páginas amarelas. Não percebi erros na revisão.

Doce é a palavra que pode definir a forma como a autora desenvolveu o relacionamento e o desabrochar do sentimento entre Boyce e Pearl, e é a palavra que vai definir a sensação de quem tiver o prazer de curtir essa leitura. O desenrolar emocionante e intenso nos leva a um final maravilhoso e gratificante.


Nenhum comentário

Postar um comentário