27 de janeiro de 2014

Deixe a Neve Cair - John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle

Lido em: Janeiro de 2014
Título: Deixe a Neve Cair
Autores: John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle
Editora: Rocco  
Tradutora: Mariana Kohnert
Gênero: Juvenil/Contos
Ano: 2013
Páginas: 336
Nota:
Sinopse: Na noite de Natal, uma inesperada tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio romântico, do tipo que se vê apenas em filmes. Bem, mais ou menos. Porque ficar presa à noite dentro de um trem retido pela nevasca no meio do nada, apostar corrida com os amigos no frio congelante até a lanchonete mais próxima ou lidar sozinha com a tristeza da perda do namorado ideal não seriam momentos considerados românticos para quem espera encontrar o verdadeiro amor.  Mas os autores bestsellers John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle revelam a surpreendente magia do Natal nestes três hilários e encantadores contos de amor, interligados, com direito a romances, aventuras e beijos de tirar o fôlego.
Resenha: Deixe a Neve Cair é um livro que reúne três contos juvenis que tem como pano de fundo uma grande e inesperada nevasca que ocorre na cidadezinha de Gracetown, contos estes que mesmo tendo sido escrito por autores diferentes, se entrelaçam de forma bem bacana.

O primeiro conto, O Expresso Jubileu, escrito por Maureen Johnson, conta a história de Jubileu, que morre de vergonha de seu nome tirado de um prédio de uma maquete de brinquedo dos seus pais. Ela acredita ter tido a sorte grande por ter um namorado inteligente, perfeito e popular, o Noah, e está contando os minutos pra ir passar o Natal na casa dele, porém, seus pais se envolvem num tumulto que aconteceu em uma loja e acabam sendo presos, o que faz Jubileu ser forçada a mudar seus planos e embarcar num trem em direção a casa dos avós, na Florida, para passar o Natal lá. O problema é que devido a nevasca, o trem fica impedido de continuar com a viagem e Jubileu, desesperada para ficar longe do grupo intragável de líderes de torcida que estavam no mesmo trem que ela, corre para uma Waffle House. Lá ela conhece Stuart e além de ficar bem próxima dele, vai percebendo que seu namorado sempre está ocupado demais para se preocupar com os problemas dela...

O segundo conto, O Milagre da Torcida de Natal, escrito por John Green, nos apresenta um grupo de adolescentes, JP, Duke e Tobin, que resolveram ficar em casa por causa da nevasca assistindo a uma maratona de filmes do James Bond, até que recebem uma ligação de Keun em que são intimados a irem até a Waffle House, onde ele trabalha, aproveitarem a noite com um grupo de líderes de torcida que se reuniram alí por terem ficados presas num trem encalhado. Agora eles terão que enfrentar toda a nevasca para chegarem ao paraíso antes que outros convidados apareçam para lotar o lugar... Mesmo Duke sendo uma garota, ela resolve participar da "aventura" em busca das líderes de torcida, pois diversão assim, no meio da neve, não aparece todos os dias...

O terceiro e último conto, O Santo Padroeiro dos Porcos, escrito por Lauren Myracle, conta a história de Addie, uma garota que anda muito depressiva por seu namoro com Jeb (que aparece no primeiro conto) ter chegado ao fim depois de ela o ter traído com Charlie. Acreditando pensar somente em si mesma, ela acha que precisa mudar para ser uma pessoa melhor, inclusive pintado o cabelo de rosa, e junto com Dorrie, resolve ajudar sua outra amiga, Tegan, que sonha em ter um porco de estimação. E por esta boa ação, que é ir buscar no pet shop o bichinho recém comprado, minúsculo e fofo, ja apelidado de "Gabriel",  tenta provar que se importa com outras pessoas e com o que querem, ao mesmo tempo em que tenta se encontrar e reatar o namoro com seu ex.

Minha opinião: Quando optei pela leitura de Deixe a Neve Cair, lançado pela Editora Rocco, acreditei se tratar de contos que fossem falar sobre o amor verdadeiro levando a sinopse em consideração. Mas o livro fala de amores e conflitos, e atitudes de adolescentes que muitas vezes são consideradas malucas, sem sentido, idiotas, absurdas e etc... Não que eu tenha algo contra livros com histórias infanto juvenis ou só juvenis, mas imaginei que fosse algo um pouco mais maduro tendo esse clima natalino que pressupõe união, paz e essas coisas típicas da época misturado com a descoberta do amor em meio a uma nevasca enorme. Talvez o livro chame atenção dos leitores por ter o nome "John Green" como um dos autores que colaboraram para a obra, mas acredito que o livro só se tornou bom pra mim pelo primeiro conto, o de Maureen Johnson. Mesmo que a narrativa seja fácil e bastante fluída, o começo é meio monótono, pois Jubileu insiste em explicar sua insatisfação com seu nome e o quanto idolatra seu namorado de forma repetitiva demais. Talvez faça parte da própria personalidade da personagem, que a medida que vai sendo trabalhada no decorrer da história, tendo outras visões sobre o que anda acontecendo, se torna bem simpática e cativante. Gostei muito da forma como a autora escreve e cria personagens cada um com sua personalidade única. Por menor que seja a participação de algum deles, são marcantes e lembrados, seja por alguma característica física ou na forma como se comporta.
Já o segundo conto, de John Green, considerei forçado, bobo demais. Ainda bem que não criei expectativas, até mesmo pelos outros livros dele que nunca me conquistaram por completo. Três amigos saindo no meio da nevasca atrás de líderes de torcida que nunca viram na vida achando que se dariam bem ao mesmo tempo que precisariam competir com outras pessoas que também estavam tentando chegar lá pelo mesmo motivo?
Se a intenção era colocar humor, numa mistura de enrascadas em meio a diálogos bobos, não funcionou pra mim, pois em vez de rir, fiquei impaciente com tanto azar e frustração que eles passaram. Não consegui perceber que a história foi escrita por John Green porque simplesmente não se parece com a escrita dele. Dos personagens, só gostei mesmo de Duke, uma garota que por ter só amigos homens, acaba por fazer parte do "time". Os garotos parecem que não a enxergam como uma menina, pois ela não se preocupa com estereótipos de beleza, como as lideres de torcida. Ela simplesmente aproveita o momento sendo quem é e o que importa é se sentir bem.
Já o terceiro conto foi o que menos me conquistou, pois apesar de ele ser a chave pra fechar os três contos e tendo a maior mensagem natalina sobre "fazer o bem", foi algo que não me prendeu devido as atitudes de sua protagonista e a própria narrativa da autora que achei um pouco arrastada demais. Por se tratar de contos, acho que se deve ir direto ao ponto em vez de ficar arrastando dando a impressão de enrolação. E Addie se propor a ir buscar um porco pra provar que não pensa em si mesma enquanto se lamenta por ter traído o namorado ao longo da história foi algo que não me agradou... Francamente...

Acho que cada conto poderá marcar o leitor de forma diferente, dependendo de como quem lê encara a situação ou se se identifica com algum dos personagens. Talvez tenha gostado mais do primeiro justamente por ter me identificado um pouco mais com Jubileu e a forma como ela vê as coisas.
No mais, é um bom livro pra passar o tempo e acredito que os mais jovens devam curtir mais.



36 comentários

  1. Bom, eu queria ler esse livro, mas com o tempo fui desanimando. Eu não me dei muito bem com A Culpa é das Estrelas e com A Cidade de Papel do John e vi muitas pessoas dando quatro, cinco estrelas pra ele.
    Acho que o livro ficou bem mais chamativo por causa do John Green.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Oiii Flavinha, estou doida por essa leitura, adoro livros com contos, e natal hihi... li criticas boas e ruins, mas quero arriscar e ter minha própria opinião né. E é um encanto essa capa *--*
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Engraçado, sabe que você não é a primeira pessoa a dizer que o conto do Green não é bom? A Tati - TLT - disse o mesmo. O primeiro conto da Maureen bem me interessa, apesar de eu ter detestado os dois livros dela que eu li, o dos envelopes, que vou repostar no meu novo blog. De qualquer forma, me espanta as pessoas falarem que o trabalho do Green não tá bom. Quanto à Lauren, sério, eu bem quero ler o conto dela pra tirar as minhas conclusões. Ah, me falaram também que de bonito os contos nçao tem nada. é tudo triste, vide já o primeiro conto. Pretendo ler em breve.

    http://my-secrets-pages.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Esse livro deve ser muito bom! ja li ACEDE de John Green e gostei! to louco pra ler esse livro!adora livros que tem a ver com natal

    ResponderExcluir
  5. Olá Flávia,
    do John só li Will & Will, tenho muita curiosidade em ler outros livros dele, e confesso, fiquei curiosa em relação a esse livros de contos, até porque uma amiga leu e adorou... mas é como já sabemos, cada livro toca o leitor de formas diferentes... ler sua resenha apenas me despertou para que quando eu for ler outro livro do escritor eu não criar expectativas demais.

    xoxo
    Mila F.
    http://delivroemlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi linda!
    Acho que mtos levam o nome do autor em conta né? Achei a capa mto bacana também. Mas entendi completamente seus pontos. Lendo o enredo do conto do John Green eu confesso que revirei os olhos. Achei bobo e realmente forçado. Mas ao menos a leitura valeu pra ti por um dos contos!
    eu achava que sua mensagem ia ser maior, mas vou passar já que parece que o público alvo é outro.
    Ótimo post!
    Bjus bjus!
    Pan
    Pan's Mind - Graphic Novel] - Coraline - Neil Gaiman!

    ResponderExcluir
  7. Uma pena que não gostou tanto. O bom é que fico sem expectativa para ler o livro, não esperando tanto dele, e quem sabe vou gostar um pouco.

    ResponderExcluir
  8. Eu não curto muito contos... sei lá, prefiro a leitura toda.. Como voce deu tres estrelas e pelo que eu li, acho que vou deixar pra lá.. tava querendo pegar só por ta escrito John Green. oakdosa

    Mas faz parte... me interessei como voce pelo primeiro conto..

    enfim.. beijos e boa semana

    att.
    Guilherme Kunz
    Blog Tempo à Toa
    Fan Page

    ResponderExcluir
  9. Oi Flá, tenho uma certa curiosidade em conhecer os contos desse livro, a capa é linda! Deve ser ainda mais bonita pessoalmente!
    Espero ler, só não sei quando!
    Beijos Flá!!

    ResponderExcluir
  10. Você não é a primeira pessoa que vejo que não gostou muito do conto do John e realmente acho que o encanto desse livro é porque ele é um dos escritores.Confesso que nunca gostei muito dos livros dele,o único que gostei foi '' A culpa é das estrelas'' porque os outros,não me conquistaram!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Li poucas resenhas sobre este livro, mas ainda não li. Acho que sou a única que não leu nada do John Green, mas pensei que o conto dele seria o melhor, já que todos sempre o elogiam rs
    De qualquer forma, acho que não colocaria este livro na minha lista, os contos parecem ser mesmo muito bobinhos. Mas se um dia for ler, acho que não leria com expectativas altas :)
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. eu gosto de livros de contos, mas esses não me chamaram a atenção
    e fiquei com pena da jubileu xp
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  13. Li a Sinopse do livro e fiquei com bastante vontade de ler, participei de vários sorteio e nunca ganhei kkk A cada resenha a vontade de ler aumenta =/ Esses três autores em um único livro deve ser, realmente, um livro fantástico.
    Beijos :*
    http://shy-confident.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Eu tô curiosa com este livro, mas não é pelo John Green, ele não conseguiu me conquistar...
    Mas o conto da Maureen parece bem legal, ao menos tive essa impressão com a sua resenha e outras que li antes.
    O conto do JG imaginei que não fosse dos melhores, a sinopse dele já adianta que é algo bobo, mas não imaginei que seria bobo em excesso.
    O da Lauren consegue ser pior? Uau... mas ainda assim eu quero dar uma espiada.
    Adorei a sinceridade!!!

    ResponderExcluir
  15. Você realmente não é a primeira a falar que o conto do John Green não foi lá essas coisas... estranho... ele escreve tão bem... mas de qualquer forma eu quero ler (:

    ResponderExcluir
  16. Confesso que ainda não li nenhum livro do John Green (não queria ler estorias tristes) e vejo que as narrativas dele não agradam a todos como pensava... Mas obrigada pela resenha

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Muita gente fala que John Green tem obras muito boas, nunca li nenhum livro dele e agora estou tentando correr atrás rs a história parece ser linda e ao mesmo tempo vibrante, obrigada pela resenha!! Bjs. :)

    ResponderExcluir
  18. Parece ser bastante interessante e envolvente. Nunca li um livro de contos conjuntos, então essa parte já vai ser novidade. Outra é que nunca li um livro sobre natal/clima natalino, espero me surpreender. Além da fama do John Green ser excelente e o fato de conhecer a Maureen pelo Cassandra Clare, não tenho dúvidas que vai ler um livro que vai valer a pena ler.

    ResponderExcluir
  19. Realmente o nome de John Green é o grande chamariz para este livro. Eu já li 2 dele, gostei de um (A culpa é das estrelas) e não muito de outro (Quem é você, Alasca?). Os demais autores de Deixe a Neve Cair eu não conheço. No fim, parece ser o tipo de leitura leve e descompromissada, eu acho.

    ResponderExcluir
  20. Nossa Flavinha!
    Estava com altas expectativas com esse livro, agora irei com menos sede ao pote, pensei igual a você, que seria algo com espírito natalino, coisa mais madura. Uma pena!
    Beijinhos

    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
  21. Tô louca por esse livro..mas ainda não tive oportunidade para compra-lo..amo td relacionado a neve e com esse livro não seria diferente!!
    quero muito ler.mas não vou com muita sede ao pote!!

    ResponderExcluir
  22. Eu quero muito esta leitura, acho que já devia ter lido-o a muito tempo, mas não encontro nas livrarias, e quando encontro online está muito caro, então vou ir lendo os outros de Green, pra depois este. Adorei a resenha, assim você aumenta minha curiosidade. :):

    ResponderExcluir
  23. Estou louca por este livro!
    Li todos os livros do Green, com exceção de Will & Will e Deixe a Neve Cair.
    Fico triste por você ter achado o conto dele bobo, isso me desanimou um pouco. Mas, como acho o Green um gênio, ainda assim lerei o livro.

    Um beijão!
    Dayenne Vieira.

    http://um-momentoasos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. O livro parece ser ótimo! Agora estou super ansiosa pra ler *-*

    ResponderExcluir
  25. Oi Flávia
    Que legal saber que é um livro de contos com 3 histórias distintas, mas interligadas e que todas elas ocorrem na véspera de Natal. E um dos pontos que achei mais legal é que as personagens interagem uma na história da outra.
    Acredito que é uma leitura bem agradável e dá até para imaginar os floquinhos de neve caindo.
    Ótima resenha
    Bjus

    ResponderExcluir
  26. Já li "A culpa é das Estrelas" e "Quem é você, Alasca?". São livros magníficos, por isso tenho medo de ler outros livros dele. Eles são tão diferentes do que eu já li, que acho difícil achar algum melhor. Já ouvi vários comentários negativos em relação a "O Teorema Katherine", mas vi uma crítica do Cabine Literária que me fez mudar, agora vou dar uma chance pro John. Sobre "Cidades de Papel" já ouvi comentários diversos e tenho muita vontade de ler, já "Deixe a Neve Cair" é que nem o Teorema, muita gente falou o que você falou, que não parece que ele escreveu. Por mais que eu veja isso, tenho vontade de ler e ver minha opinião...pode até ser igual, mas vou estar feliz por ter dado uma chace. Tenho uma curiosidade enorme de ler o Conto da Maureen Johnson, já ouvi a Tati Feltrin falando bem dele e pela sua resenha parece bom também.
    Resenha Excelente =)

    ResponderExcluir
  27. Adoro contos, e por isso quero ler muito esse livro. Já vi vários comentários negativos sobre o conto de John Green, muitos dizendo que foi forçado e o pior dos três. Mas também vi vários comentários positivos em relação ao livro em si. Não criei tantas expectativas em relação à esse livro, por isso que acho que vou me agradar mais do que as outras pessoas. John Green não me conquistou tanto quando li ACEDE, mas quero ler algum outro livro, de preferência Quem é você, Alasca? para ter uma opinião com uma base mais concreta. Ainda não li nada dos outros autores, e queria muito começar por esse livro.
    Beijos!

    http://temponaoperdido.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  28. Eu ainda não li esse livro, mas tenho muita vontade, principalmente porque um dos autores é o John Green. Os contos parecem ser muito bons e fiquei bem curiosa em lê-los!!

    ResponderExcluir
  29. Lendo uma resenha aqui e outra acolá, opiniões diferentes sobre a qualidade do conto do John Green me deixaram muito curiosa e agora quero tirar a prova por mim mesma!

    ResponderExcluir
  30. Eu acho esse livro tão ... fofo *-*
    a capa...
    e a maioria das resenhas que li falavam bem do livro, eu morro de vontade de ler, mesmo sebando que pode nao ser tão tão tão asim, até por que é a opinião deles e cada um tem um gosto, quero mto esse livro e saber se é bom mesmo!

    ResponderExcluir
  31. Ainda não tive a oportunidade de ler nenhum do John Green. Sempre opto por llivros que não sao modinhas, mas infelizmente sei que estou perdendo um otimo escritor.
    Quero muito ler esse pq adoro contos. Espero ler em breve.

    ResponderExcluir
  32. Um leitura que desde seu lançamento tem me deixado curioso.
    Li pela primeira vez um livro de John Green e me encantei com a destreza dele.
    Neste caso sendo contos de três autores, é um novo gênero, um nova trajetória, o que pode me agradar bastante.
    Os livros dão a cada leitor uma emoção diferente. Cada um pode gostar ou não, e isso é incrível. Isso faz do livro um objeto incrível.

    Gostei muito da resenha!
    Parabéns!

    Jônatas Amaral
    alma-critica.blogspot.comb.r

    ResponderExcluir
  33. Também acho que a popularidade desse livro se deve a John Green, mas que pena que voce achou o conto dele meio forçado, eu também achava que esse livro não fosse assim, pra um publico tão juvenil, é a primeira resenha que leio que conta isso, e fiquei meio desanimada, pois gosto de uma leitura mais madura, mas enfim, por ser historias de Natal e eu adoro, vou dar uma chance pra esse livro, mas agora sem muitas expectativas né, bjão! :)

    ResponderExcluir
  34. Não é um livro que agradou, apesar de gostar muito John. Com certeza a fama todo é por causa do John, talvez lendo o livro a minha opinião mude, já li ate agora uma 4 resenha sobre ele não me encantou, como os outros.

    ResponderExcluir
  35. Confesso que também fiquei bastante decepcionada com a leitura. Quanto terminei pensei: "Ok, quando tiver uma filha com 13 anos vou querer que ela leia." Não imaginei que fosse tão juvenil assim, mas enfim, comprei "Quem é você Alasca?" também e espero que seja bem diferente. Adorei "A culpa é das estrelas"!

    ResponderExcluir
  36. Confesso que também fiquei bastante decepcionada com a leitura. Quanto terminei pensei: "Ok, quando tiver uma filha com 13 anos vou querer que ela leia." Não imaginei que fosse tão juvenil assim, mas enfim, comprei "Quem é você Alasca?" também e espero que seja bem diferente. Adorei "A culpa é das estrelas"!

    ResponderExcluir