12 de maio de 2016

Pela Noite Eterna - Veronica Rossi

Título: Pela Noite Eterna - Never Sky #2
Autora: Veronica Rossi
Editora: Jovens Leitores/Rocco
Gênero: Distopia/YA
Ano: 2016
Páginas: 304
Nota:
Onde Comprar: Saraiva | Submarino | Americanas
Sinopse: Ambientada 300 anos após uma catástrofe que devastou a Terra, num mundo dominado por um governo autoritário disposto a manter o poder a qualquer preço, a trilogia Never Sky acompanha a saga da jovem Aria, ex-moradora de Quimera, um núcleo de civilização protegido por um domo e sem qualquer contato com o mundo exterior, e Perry, considerado um Forasteiro. Se no primeiro volume da série, Sob o céu do nunca, os destinos dos jovens se cruzam numa improvável (e perigosa) aliança pela sobrevivência, agora, em Pela noite eterna, eles anseiam por um reencontro. Mas muitos obstáculos e algumas armadilhas se impõem no caminho dos dois. Fantasia, ação, ficção científica e uma história de amor inesquecível fazem da série de Veronica Rossi um mundo perigoso e cruel, mas ao mesmo tempo belo e digno da tradição de sagas como Jogos Vorazes e Divergente.

Resenha: Pela Noite Eterna é o segundo volume da trilogia Never Sky, escrita pela autora brasileira Veronica Rossi e publicado pelo selo Jovens Leitores, da Editora Rocco.
A continuação se passa logo após os acontecimentos do primeiro livro, Sob o Céu do Nunca.

Alguns meses se passaram desde que Perry se tornou o líder dos Soberanos de Sangue em sua comunidade e que Ária descobriu o que aconteceu com sua mãe. Prestes a se reencontrar, o casal anseia por ficar juntos, mas a tribo não aceita Ária muito bem já que ela é uma ex-Ocupante.
A Tempestade de Éter vem piorando cada vez mais, Perry lida com as dificuldades de liderar a comunidade e a única esperança que lhes resta é encontrar Azul Sereno, um paraíso que muitos não acreditam existir. E em meio a tantos perigos e questões de sobrevivência, Ária e Perry não sabem como enfrentarão a noite eterna.

O livro é narrado em terceira pessoa e os capítulos se alternam entre Ária e Peregrine.
A escrita da autora é ótima, fluída e mantém o leitor envolvido o tempo todo. As descrições dos personagens são muito bem feitas mas o destaque fica para o cenário, principalmente devidos aos sons e odores que os envolvem. É praticamente possível nos imaginarmos junto com os personagens, vendo e sentindo as mesmas coisas que eles. O cenário em si ganha muito destaque devido ao territóio hostíl e áspero além das consequências trazidas pelo Éter.
O primeiro livro havia sido publicado em 2013 pela Prumo, que pertencia à Rocco, mas com o fim do selo ele foi relançado sob novo projeto gráfico para acompanhar a obra original e combinar com a capa desse segundo volume. Eu gostei mais da primeira capa pois os detalhes e o efeito realmente lembram um ar etéreo, mas as capas novas também são bem bonitas apesar da aparência "limpa" dos modelos nas capas não combinarem muito bem com o que imagino no cenário hostíl em que a história se passa.

Esta sequência traz novos personagens além dos personagens anteriores estarem bem mais desenvolvidos, mantém os elementos chave da trama que é apresentada com um avanço considerável, e ainda se aprofunda aos detalhes tornando o livro ainda melhor do que o primeiro, principalmente por esclarecer questões que ficaram em aberto anteriormente. O ritmo é acelerado, os relacionamentos são bem aprofundados e desenvolvidos, os personagens possuem personalidade forte e as dinâmicas de caráter são bem trabalhadas, há ação, emoção e todos esses aspectos tornam Pela Noite Eterna uma história de tirar o fôlego.
Os personagens secundários ganham destaque e mostram que são fundamentais para o desenrolar da história, todos bem construídos e marcantes.
Ária é uma protagonista que demonstra um grande crescimento ao longo da trama, tanto físico quanto emocional. Ela é independente e, apesar de ainda precisar amadurecer em alguns pontos, suas atitudes e escolhas evidenciam o quanto ela é corajosa.
Perry já enfrentou muitas dificuldades e ainda carrega muitos conflitos internos em si, mas ele também progride bastante sem deixar sua dedicação às pessoas que estão à sua volta de lado. Suas caracterírticas são preservadas de forma que, apesar de seu crescimento, ele não tenha sofrido mudanças drásticas de personalidade ou caráter.
O romance não fica atrás. Ária e Perry formam um dos casais mais brilhantes do gênero. O romance é crível e verdadeiro e, embora seja um fator importante, não se sobrepõe a outros elementos da história.
Gostei muito do relacionamento de amizade verdadeira entre Ária e Roar. A dinâmica é pontual e comovente e mostra que é possível, sim, haver amizade entre homem e mulher sem envolver outras intenções. Fica claro que eles são unidos, se preocupam um com o outro de forma muito especial e o sentimento que eles têm um pelo outro nunca irá ultrapassar as barreiras da amizade.

Pela Noite Eterna é uma das melhores sequências que já li e o final foi perfeito! Pra quem gosta de distopias voltadas ao público jovem adulto com todos os elementos necessários pra que ela seja um sucesso, vai adorar!


0 Comentários pelo Blogger
Comentários pelo Facebook

Nenhum comentário

Postar um comentário