16 de setembro de 2015

Somente Sua - Sylvia Day

Título: Somente Sua - Crossfire #4
Autora: Sylvia Day
Editora: Paralela
Gênero: Romance/Erótico
Ano: 2014
Páginas: 279
Nota
Onde comprar: Saraiva | Submarino | Americanas
Sinopse: Gideon me chama de anjo, mas ele é o milagre em minha vida. Meu lindo, guerreiro ferido, tão determinado a matar meus demônios enquanto se recusa a enfrentar os seus próprios.Os votos que tinhamos trocado deveriam ter nos ligado de forma mais apertada do que sangue e carne. Em vez disso,abriu velhas feridas, expondo dor e inseguranças, e isso atraiu amargos inimigos para fora das sombras. sinto ele escorregar da minha mão, meus maiores medos se tornando a minha realidade, meu amor testado de maneiras que eu não tinha certeza de que era forte o suficiente para suportar.Em um tempo brilhante em nossas vidas, a escuridão de seu passado invadiu e ameaçou tudo o que tinhamos trabalhado tão duramente para esquecer. Nós enfrentamos uma escolha terrível: a segurança familiar das vidas que tivemos antes de termos um ao outro ou a luta por um futuro que, de repente parecia um sonho impossível e sem esperança... 

Resenha: Somente Sua é o quarto livro da série Crossfire, composta por Toda Sua, Profundamente Sua, Para Sempre Sua e Somente Sua, da autora Sylvia Day, lançados no Brasil pela editora Paralela.

Eva Tramel e Gideon Cross continuam em sua busca pelo “felizes para sempre”, mas para isso eles precisam enfrentar seus demônios do passado. Como se lidar com os traumas já não fosse algo delicado demais, Eva se vê indecisa e precisa de um tempo para saber o que realmente quer, mas Gideon anda exercendo uma grande pressão sobre ela e isso acaba abalando o relacionamento que, antes, estava no caminho certo. Gideon, nesta etapa, precisa rever sua possessão e, acima de tudo, entender sua amada antes que seja tarde demais.

O livro é narrado em primeira pessoa e a autora decidiu dar voz também ao personagem masculino, Gideon. A história é contada intercalando os pontos de vista dos dois personagens principais. Achei essa novidade muito bacana pois foi uma surpresa aos fãs que queriam tanto saber o que se passava na cabeça de Gideon.
Sobre a real busca de Eva, neste volume eu finalmente pude entendê-la, coisa que eu não havia compreendido muito bem nas leituras anteriores e me fez ter uma grande antipatia por ela. Eva é o tipo de personagem que necessita buscar e conquistar seu lugar no mundo e em consequência disso, ela sempre bate de frente com os outros evidenciando sua irritante teimosia, como se fosse uma adolescente birrenta. Ela apenas quer mostrar que merece ter chegado onde chegou pelos próprios esforços e não por causa de seu padrasto ou, até mesmo, por ter um relacionamento com Gideon. Sua batalha, na verdade, é o que acontece nos tempos atuais, contra este mundo machista. Por esse motivo, posso dizer que mudei minha visão sobre Eva e passei a admirá-la por ser forte e lutar pelos seus ideais.
Já com Gideon foi uma decepção atrás de outra. Sua voz me mostrou seu lado nada agradável, o machismo e seu sentimento de posse irritante, que beira o absurdo. O homem dos meus sonhos acabou se tornando um pesadelo. Vocês podem achar lindo um personagem agir como homem das cavernas, mas acredito que um relacionamento é uma via de mão dupla, para dar certo tem que haver o necessário: respeito pelo outro. Temos nossas lutas e batalhas do dia a dia e para vencer o casal deve se unir e juntar suas forças, não agir por pura vaidade ou medo, e isso foi exatamente o que Gideon fez durante toda a leitura.

Claro, desde o início a autora me mostrou um relacionamento moderno, um romance contemporâneo com um casal problema em que ambos encontram um no outro o porto seguro necessário. É lindo na teoria, mas sua falta começou quando os traumas foram aos poucos sendo expostos, começando por Eva, afinal muitas mulheres que sofrem estrupo carregam esse trauma para o resto da vida. Seu medo, sua recusa e sua luta não foi fácil, mas a autora conseguiu encaixar esses problemas muito bem e dar uma pitada de ação. Com relação a Gideon, seu trauma é uma ideia do que realmente acontece em alguns lares, mas levou quatro livro para se desenrolar e não satisfeita decidiu acrescentar mais uns problemas que me pareceu sem nexo e não achei que foram muito bem desenvolvidos.
Achei a história enrolada e penso que não será uma tarefa fácil continuar a trama no próximo livro pois ainda restam muitas coisas a serem resolvidas e m eu receio é ler tudo pra ter uma decepção no final. Resta aguardar...

A diagramação é simples, com fontes em tamanho confortável e folhas amarelas proporcionando uma leitura maravilhosa. A revisão é impecável e os diálogos são apresentados com aspas em vez de travessão. A capa segue suas antecessoras sendo simples e elegante. O que não me agradou muito foi a tradução do título, Captivated by you (Cativado por Você). Como neste volume conhecemos os sentimentos de Gideon, acho que seria melhor que a editora mantivesse o título original pois tem muito mais a ver.

Para os fãs de livros eróticos e bem traumáticos, a série Crossfire é um prato cheio que não pode faltar em sua estante. Então, ainda que possua algumas falhas, recomendo a leitura.

Nenhum comentário

Postar um comentário