24 de setembro de 2015

Becky Bloom em Hollywood - Sophie Kinsella

Título: Becky Bloom em Hollywood - Becky Bloom #7
Autora: Sophie Kinsella
Editora: Record
Gênero: Chick lit
Ano: 2015
Páginas: 560
Nota
Onde comprar: Americanas | Submarino | Saraiva
Sinopse: Los Angeles, reduto das celebridades mais famosas do mundo, de estilo de vida enlouquecedor e perdulário, cenário perfeito para que Rebecca Brandon (ex-Bloom) possa realizar suas fantasias mais glamorosas. E é para lá que ela e a família vão quando seu marido Luke é contratado para cuidar da carreira da famosa atriz Sage Seymour - e para Becky isso é um sinal de que ela está destinada a ser produtora de moda da badaladíssima celebridade e, quem sabe, também das maiores estrelas de Hollywood. Mas, assim que chega a LA, Becky descobre que sua rotina não será apenas de luxo e glamour. Alicia, uma rival do passado, também está na cidade. E o pior, é a queridinha das mães da concorridíssima pré-escola de Minnie. E o sonho de cuidar do look de Sage parece mais difícil do que ela imaginava. Até porque Luke vive adiando apresentar as duas. Então, por uma manobra do destino, Becky tem a chance de produzir a arqui-inimiga da atriz, e isso pode trazer alguns probleminhas. Pré-estreias, vestidos de gala, muitos paparazzi à sua volta, aulas de ioga e infinitas compras na Rodeo Drive. Claro que isso não acontecerá sem muitas encrencas e confusões. Será que Becky está mesmo perto de conseguir tudo o que sempre sonhou?

Resenha: Becky Bloom em Hollywood é o sétimo volume da série Becky Bloom escrita pela autora Sophie Kinsella e publicado no Brasil pela Editora Record.
Ainda que o livro faça parte de uma série, não é obrigatório ler todos os livros na ordem certinha para entender o que se passa. Obviamente quem optar por ler fora de ordem irá se deparar com alguns spoilers, mas nada que realmente estrague a surpresa, pelo menos não na minha opinião. Eu não li alguns volumes e não achei que isso tenha mudado minha opinião sobre a série e sobre a protagonista mais maluca e divertida da literatura estrangeira.
Becky, a pessoa mais viciada em compras do mundo, está de volta com seu carisma, falta de noção e muito estilo. Luke Brandon, seu marido, foi contratado para ser assessor da famosa atriz Sage Seymour e a ideia de se mudar para Hollywood faz Becky acreditar que seu destino é se tornar produtora de moda não só da nova cliente do marido, como de várias celebridades, vivendo no meio do luxo e do glamour. Mas assim que ela chega na cidade, percebe que as coisas seriam bem diferentes do que ela imaginou... Situações inesperadas e muita confusão é o que aguarda Becky nesse volume da série.

O livro é narrado em primeira pessoa de forma bastante fluída e com muitos toques de bom humor. Acompanhamos Becky tentando viver um sonho em que ela acredita que tudo o que ela sempre desejou está, enfim, diante de seus olhos, como se tudo fosse fácil e acessível. Ela sente necessidade de fazer parte desse mundo de celebridades mas acaba não tendo muita noção das coisas, não enxerga que sua vida pessoal e profissional poderão ser alvo de confusões e intrigas pois, por ser muito sonhadora, ela age no impulso e de forma impensada, acreditando que o que ela quer vai acontecer do dia pra noite como mágica.
Becky é completamente surtada e não admite seu problema com compulsão em comprar. Talvez isso seja alguma válvula de escape para compensar outras frustrações, mas vendo a protagonista investindo em coisas fúteis e inúteis o tempo todo faz com que o leitor perca a paciência e queira estapeá-la. Devido a esse jeito maluco dela é que a história se desenrola, pois uma pessoa desprovida de senso como ela só pode se meter nas piores confusões... Quando há um objetivo em vista ela parece usar um tipo de viseira que a impede de avaliar a situação e as consequências daquilo de acordo com suas escolhas, e isso chega a ser bem irritante.
Luke é um amor de pessoa. Ele é objetivo, realista e não deixa se influenciar por nada. Sua vida não gira em torno de dinheiro e quando ele quer algo ele luta pra conseguir em vez de esperar que as coisas aconteçam.
A participação de Alicia na história, inicialmente, me fez imaginar que tudo o que estava ruim se tornaria ainda pior, mas ela não teve tanto destaque na história.
Os demais personagens são hilários, bem construídos e com personalidades distintas. Todos encantam com suas particularidades, principalmente Suze, a melhor amiga de Becky.
Eu gostei da leitura ainda que não tenha considerado o melhor volume da série. Achei que a questão do segredo envolvendo o pai de Becky foi bem apresentada ainda que não tenha sido esclarecida e talvez a falta de um final é que me fez ficar com um pé atras. Geralmente os livros de Becky possuem pontos que ficam em aberto e são resolvidos ao longo da trama, mas a impressão que tive aqui é que houve uma inserção de coisas novas que ficaram sem resposta e quem quiser saber vai ter que esperar o próximo livro, e essa "obrigação" é algo que me soa forçado e não aprovo muito pois prefiro enredos fechados.

A capa e a lombada seguem o mesmo estilo de cores e fontes dos livros anteriores, mas a ilustração propriamente dita foge um pouco do padrão. É uma graça, confesso, e adorei os detalhe de estrelinhas prateadas.
A diagramação é simples, as páginas são brancas e a fonte é grande. Durante a leitura nos deparamos com cartas, relatórios e até notas fiscais das compras exageradas de Becky.

Becky Bloom em Hollywood foi uma leitura super agradável e bastante rápida. Pra quem procura por uma série do gênero Chick lit que apresenta uma personagem completamente desvairada mas que mesmo não sendo perfeita é super divertida, recomendo.


3 comentários

  1. Oi!!
    Concordo muito com você. Ela é sem noção! hahaha.. Mas é isso que faz o livro divertido..
    Este é o primeiro livro que leio da série, então fiz o que você citou. Não me senti perdida e imagino que os spoilers que recebi até agora (ainda estou lendo) não sejam tão alarmantes, porque querendo ou não os livros são um tiquinho previsíveis.

    Beijo
    http://vivianpitanca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. O mistério nao resolvido do Pai é inédito nos livros da série. Sophie K.que se vire para lançar logo o "Beck Bloom em Las Vegas".

    ResponderExcluir
  3. O mistério nao resolvido do Pai é inédito nos livros da série. Sophie K.que se vire para lançar logo o "Beck Bloom em Las Vegas".

    ResponderExcluir