30 de agosto de 2013

Dividida - Amanda Hocking

Lido em: Agosto de 2013
Título: Dividida - Trylle - Livro 2
Autora: Amanda Hocking
Editora: Rocco  
Tradutora: Priscila Catão
Gênero: Fantasia/YA/Sobrenatural
Ano: 2013
Páginas: 360
Nota:
Sinopse: Quando Wendy Everly descobriu a verdade sobre si mesma, que ela é uma changeling - uma criança trocada secretamente ao nascer -, soube que sua vida nunca mais seria a mesma. Agora ela está prestes a descobrir que essa história é mais complicada do que parecia...
Depois de sequestrada e aprisionada pelos inimigos de sua família, Wendy percebe que sua conexão com seus rivais, os Vittra, é ainda mais forte. E eles não vão desistir nunca de tentar persuadí-la a lutar por eles.
Com a ameaça de uma guerra iminente, a única esperança de Wendy de salvar os Trylle é dominando seus poderes mágicos e se casando com um membro da realeza igualmente poderoso. Mas isso significa se afastar de Finn, seu charmoso guarda-costas, com quem ela não pode ficar de jeito nenhum... e de Loki, um príncipe Vittra por quem ela sente uma atração cada vez maior.
Dividida entre seu coração e seu povo, entre o amor e o dever, Wendy terá que decidir o seu destino. Se tomar a decisão errada, pode perder tudo - e todas as pessoas - que sempre quis... nos dois mundos.

Resenha - Sem spoilers: Dividida é segundo volume da trilogia Trylle e dá prosseguimento à história de Trocada, em que Wendy Everly, uma garota Trylle (troll) que foi trocada com um bebê humano ao nascer. Aos 17 anos, foi levada para Förening, a comunidade sobrenatural dos trolls, para que pudesse ocupar seu lugar naquele mundo...
Neste segundo volume, a história continua de onde parou: Após passar dois meses tendo que aceitar sua nova condição sem muitas explicações, Wendy decide fugir e voltar para casa junto com Rhys. Ela queria explicar ao seu "irmão", Matt, o que tinha lhe acontecido, mas ao mesmo tempo não queria revelar nada no que dizia respeito a parte sobrenatural a qual fazia parte, e acabou não tendo nenhuma base para lhe contar nada. Porém, a mesma pessoa que a levou para o outro mundo, não iria perder Wendy de vista tão fácil... Finn, o rastreador e guarda-costas de Wendy, vai atrás dela, que agora tem Duncan como seu protetor. Porém, relutante em voltar para Förenig, Wendy não aceita ser levada e os dois decidem dar um tempo para que ela possa pensar. Porém, o que eles não esperavam era que os Vittra, rivais dos Trylle, estavam preparando um emboscada para capturar Wendy e levarem a garota para Ondarike, a capital da comunidade Vittra. A mando de Oren, o rei dos Vittra, Kyra e Loki capturam Wendy e a levam para as masmorras, mas lá a garota descobre que há uma ligação entre ela e o rei... E como se isso não bastasse, apesar de gostar de Finn, começa a se sentir balançada por Loki. Mas mais importante do que as questões sentimentais, pelo menos naquele mundo, há as questões políticas... e Wendy está entre todos esses problemas, ainda sem saber o que fazer...

Depois de me decepcionar com Trocada devido a toda aquela enrolação e enredo fraco, ainda queria dar uma chance e continuar acompanhando a sequência com esperança de que a autora iria explicar o que Wendy e os leitores ficaram sem saber, e nesse ponto, vou confessar que me surpreendi.
Apesar de Elora - a mãe biológica da garota - e os outros personagens acharem que Wendy só precisa saber das coisas na hora certa, em Dividida, a autora provavelmente tentou equilibrar a história, compensando toda a falta de explicações do primeiro livro para, agora, esclarecer tudo e ainda mais do que esperei. Diferente de Trocada, Dividida tem um ritmo acelerado e bem mais envolvente. A cada capitulo Wendy tem informações novas, descobertas novas, sensações novas... Mesmo com tudo acontecendo muito rápido, gostei de não ter ficado no escuro já que muitas revelações bombásticas, que envolvem o motivo da frieza de Elora, as ambições de Oren e muito mais, vieram a tona. Porém, não fiquei nada feliz ao perceber indícios de um triângulo amoroso surgindo na história... Sério que isso é necessário para causar "fortes emoções" no leitor?
Outros detalhes me incomodaram um pouco, pois trolls apesar de oportunistas e interesseiros, são muito inteligentes e têm habilidades e poderes muito interessantes, mas não originais. Fiquei me perguntando por que existem changelings se os trolls poderiam apenas usar seus poderes de persuasão para conseguirem o que querem... Mas ainda assim a narrativa foi muito boa a ponto de me prender, interessada nas explicações e na história de vida dos personagens...
Wendy apesar de dividida entre algumas questões, no final das contas é guiada pela razão, levando em consideração sua verdadeira função no reino dos Trylle. Os outros personagens foram muito bem construídos, tanto nas funções destinadas a eles quanto na personalidade. A autora não enrolou para dar um aprofundamento na história de Elora e dos Vittra, e confesso ter achado incrível o quanto o passado deles reflete no presente. Foi tudo muito bem desenvolvido e interessante. Fiquei curiosa para saber o que vai acontecer com eles, e com Wendy também, claro.
Levando em consideração o desenrolar da história, o final, apesar de não muito agradável, é inesperado e deixa um gancho para o próximo livro. Pela história ter ganhado um up considerável, quero continuar acompanhando para saber onde as escolhas de Wendy a levarão...

O livro ainda trás um conto extra dos personagens principais e um glossário descrevendo a hierarquia da sociedade, então, caso a gente fique perdido ao ler nomes estranhos como "markis", "mänsklig" e afins, é só dar uma espiada.

12 comentários

  1. Nossa. quando vi sua nota para o livro me assustei. Eu sabia que você não gostara muito do 1º livro, e fiquei feliz em ver que 0 2º te envolveu e te prendeu na leitura, manteve você interessada. O que eu não gostei já de cara, e só precisei ler a sinopse pra isso, foi deste triângulo amoroso. Eu sinceramente não tenho paciência para esse tipo de história. É uma série interessante que ainda quero ler.
    Ótima resenha XD

    ResponderExcluir
  2. Caramba, então dividida superou e muito trocada! Agora estou super curiosa para saber o que Wendy fará e como seguirá a escolha dela!

    Gostei muito do enredo da história! Amo esse tipo de livro, ainda bem que ele surpreende!

    Beijinhos e parabéns pela resenha!
    www.asleiturasdamila.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oie,
    eu não li o primeiro da série, mas já gostei do segundo huahau
    Vou procurar mais sobre a série :)

    Bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu gosteinmais ou menos do primeiro livro, mais quando vi a sua nota para esse livro me assustei, pensei que o livro fosse muito bom, talvez eu compre ele so por curiosidade

    ResponderExcluir
  5. Oi Flávia!!

    Trocada está na minha lista de desejados, não li ainda... Mas tenho bastante dúvida sobre está série.

    ResponderExcluir
  6. Oi Flavia!!
    Essa série é uma que ainda não me ganhou..rsrs. Ja li muitas resenhas e criticas negativas sobre Trocada. Talvez um dia eu ainda dê uma chance a essa série..mas antes ainda tem muitos livros bons que estão na minha lista..rsrs
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. nossa eu querro esse livro muito muto fofo eu quero amei a historia tenho que telo
    livro-azul.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Já ouvir falar desse livro de forma positiva, mas de forma negativa sobre "trocada", não me interessei de ler "dividida" por ainda não ter lido o primeiro... Será que vale a pena ler o primeiro pra ler "dividida"?

    ResponderExcluir
  9. As vezes isso acontece mesmo, o primeiro livro de uma série lhe decepcionar e do segundo em diante vc ser fisgado de vez. Quem bom que nesa segunda obra ela teve um ritmo mais acelerado que lhe agradasse. Mesmos com todos os "pontos negativos' percebi que sempre houve um ponte negativo que se destacava mais. Adorei!
    Super Abraço, Victor Rosa
    encantosparalelos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Desde o começo achei essa série bem clichê. Essa história do triângulo amoroso ai só me deixou mais decepcionada. Não tenho vontade de ler ainda.

    ResponderExcluir
  11. Uma pena que esse livro não foi tão bom, quando vi que seria com trolls pensei que a série seria diferente e original, mas pelo que eu li na sua resenha não foi bem assim.

    ResponderExcluir
  12. Eu me lembro quando o primeiro livro foi lançado, eu fiquei interessada só pela capa que era muito bonita, mas a sinopse não havia me cativado muito, esse segundo volume também tem uma capa muito bonita, mas ainda não estou convencida de que é uma série boa que vale a pena ser lida. A resenha está muito boa, mas a história parece clichê e um pouco confusa, ou talvez só parece confusa porque eu ainda não li, mas sei lá k Essa coisa de triângulo amoroso já encheu também, fiquei chateada por ter nesse livro. Não é um livro que eu compraria, mas se alguma amiga comprasse eu pegaria emprestado pra dar uma chance haha

    Beijos

    ResponderExcluir