20 de agosto de 2013

Guerra Mundial Z - Max Brooks

Lido em: Agosto de 2013
Título: Guerra Mundial Z: Uma História Oral da Guerra dos Zumbis
Autor: Max Brooks
Editora: Rocco  
Tradutora: Ryta Vinagre
Gênero: Ficção de terror/Documentário
Ano: 2013
Páginas: 368
Nota:
Sinopse: A Guerra Mundial Z quase extingiu a humanidade.
Ignoradas para uso em relatório oficial, as entrevistas aqui reunidas trazem os testemunhos valiosos dos sobreviventes. Dos veteranos de batalhas em castelos, passando por refugiados instalados em ambientes completamente inóspitos, os depoimentos eletrizantes deste livro documentam a captam, de forma assustadora, o terrível custo humano do surto que espalhou zumbis por todo o planeta. E como alguns lucraram com isso.

Resenha: Guerra Mundial Z, de autoria de Max Brooks lançado no Brasil pela Editora Rocco e que há pouco tempo originou o filme (nada a ver com o livro) de mesmo nome estrelado por Brad Pitt, é um registro coletado por um pesquisador que reúne relatos de pessoas de vários países que presenciaram a infestação e viram o mundo sendo tomado por criaturas monstruosas que quase causaram a extinção da humanidade: os zumbis. E o melhor é que a mera ficção é tratada como se fosse algo real, o que deixa o leitor bem envolvido e empolgado com a leitura.

Os capítulos principais são divididos de forma que possamos acompanhar a evolução dos acontecimentos, desde o estado de alerta, passando pelo pânico da população desesperada, até como foi feita a organização de combate contra os Z's, com subcapítulos iniciados com uma breve descrição e em seguida os depoimentos do sobrevivente entrevistado da vez... E todos tiveram uma importância considerável antes e durante a guerra, desde os simples civis, soldados a grandes figuras, como políticos ou diretores de grandes corporações.

Pelos relatos serem feitos do ponto de vista de pessoas diferentes, que testemunharam e participaram dos acontecimentos, apesar de fragmentada e, às vezes, um pouco confusa (já que é contada em partes limitadas e vai forçar o leitor a imaginar os pedaços que preenchem essas lacunas), toda a história se torna muito crível, como se a "Guerra Mundial Z" realmente tivesse feito parte da História do mundo. Não é nem possível se apegar a nenhum personagem por mais que sua história seja comovente, visto que ele aparece uma única vez pra contar o que presenciou e o que fez, por mais horrível ou heroico que tenha sido. Às vezes eles se referem a outros entrevistados mas todos estão ligados por um único evento: a Guerra.

O autor usou e abusou de termos técnicos referentes a técnicas militares e políticas, mas poupou maiores detalhes de funcionamento delas. É um pouco confuso e chato, mas ao mesmo tempo é um ponto positivo levando em consideração que um soldado ao ser entrevistado, por exemplo, vai relatar o que viu, e não dar aulas explicando em detalhes o funcionamento de armamentos utilizados e afins.
É possível ainda refletir acerca não só do que seria uma Guerra desse tipo, mas também sobre questões políticas, ideológicas, morais, religiosas e etc...

As primeiras infecções são detalhadas com maestria, desde o paciente zero, os primeiros infectados que tentaram fugir e até o tráfico de órgãos contaminados onde um dos transplantes é feito no Brasil e posteriormente o médico presencia seu paciente se reanimar como um monstro...
"'O medo', ele costumava dizer, 'o medo é a mercadoria mais valiosa o universo.' Isso me afetou. 'Ligue a TV!', dizia ele. 'O que está vendo? Gente vendendo seus produtos? Não. Gente vendendo o medo de ter de viver sem os produtos deles.' Mas que merda, ele tinha razão. O medo de envelhecer, o medo da solidão, o medo da pobreza, do fracasso. O medo é a emoção mais fundamental que temos. O medo é primitivo. O medo vende. Este era meu mantra. 'O medo vende.'" - pág. 66
Chegou a ser frustrante (não no sentido crítico) encontrar num livro que traz o apocalipse zumbi, o fato de como o mundo funciona, pois a verdade incomoda, e ainda mais quando apontada de forma ficcional. Líderes com algum poder só se movem pra fazer alguma coisa quando são atingidos, pessoas que resolvem aproveitar a vida só quando sentem que ela está chegando ao fim, empresários oportunistas que se aproveitaram do desespero alheio para poderem lucrar vendendo remédios e coisas do tipo... Mas ao mesmo tempo, foi bom saber que a união dos povos foi feita em escala global para que a humanidade conseguisse se salvar, mesmo que pra isso o sacrifício fosse necessário. É o mundo de hoje e, pelo visto, o mundo de sempre...

Os zumbis fazem parte, mas mais evidente do que eles nessa história, é a motivação das pessoas e o que elas são capazes de fazer em situações extremas, como podem ver o mundo com outros olhos e mudarem sua formas de ser e agir, como podem abrir mão de sua zona de conforto (ou não) em prol da salvação (própria ou em massa, que seja), e mais: é uma excelente crítica à sociedade e aos diversos sistemas que beneficiam aos que podem pagar ou lucrar com ele.

43 comentários

  1. Oi Flávia,
    eu já tinha ouvido falar desse livro, mas imaginei alguma coisa diferente, do jeito que você falou pelo visto vou detestar o livro rsrsrs

    bjo

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Nunca li nada de zumbis e quero o mais breve possível poder ler. Sou fã de carteirinha do The Walking Dead, e quero poder ler algo do gênero. Flávia sua resenha foi mega super bem feita, clara e simples.
    Bjuss

    ResponderExcluir
  3. Tenno certeza que irei amar esse livro. Adoro zumbis, e o filme nao tem nada haver com o livro, pelo o que me diseram. Parabens, otima resenha

    ResponderExcluir
  4. Nossa quando vc disse que estava lendo ele, não imaginei que poderia ser tão bom! Adoro tanto livros, como filmes que envolvam zumbis, acho o máximo!

    Sua resenha está maravilhosa e você foi muito objetiva, adorei!

    Mil beijinhos
    www.estilogeek.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Amo Amo Amo livros sobre zumbis...agora que fiquei sabendo que o livro não tem nada a ver com o filme me deu mais vontade de ler...já quero ^^

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Flávia!!!

    Estive sumida uns dias, porque meu trabalho está me consumindo muito mais do que deveria. Tá tenso! :/

    Jura que o livro nada tem a ver com o filme? Eu vi o filme e amei!! Vou ler de qualquer forma, mesmo ficando com uma pulga atrás da orelha com alguns comentários seus, como o fato de termos técnicos e tal... mas vou ler... Espero gostar. :D

    Beijos!

    Escrev'Arte

    ResponderExcluir
  7. Me apaixonei pela capa... Parece ser bem interessante, ainda mais pra quem curte zumbis e tals.
    Nunca li nada de zumbis nem nada parecido, mas tem muita gente que curte então deve ter algo a mais..

    ResponderExcluir
  8. Realmente, pelo que vc escreveu o filme não é parecido em nada com o livro. Odeio quando fazem isso, até agora o filme que foi o mais fiel possível ao livro, que já assisti, foi Jogos Vorazes e segundo minha colega Harry Potter também. Enfim, adorei sua resenha e também adorei o quote, bem... instigante!
    Super Abraço, Victor Rosa
    encantosparalelos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Muito bacana. Se fosse eu já levaria a história do filme como base para o livro, mas percebi um abismo entre um e outro. Talvez o fato do autor ter saído daquela mesmice de sempre: Zumbi, gente morrendo, gente se transformando, um cara f@#@a salva um monte de gente; deve fazer desse livro um modo diferente de se ver o zumbi, não só como uma ameaça a vida humana, mas um modo de mostrar que as pessoas, a beira da morte, podem mudar drasticamente, ou não, em escala pessoal, ou mesmo global, a sua maneira de pensar e agir em prol dos outros. Esse livro tem seu foco na sociedade, e não relativamente nos zumbis!

    Bjss!

    ResponderExcluir
  10. Consegue ser ainda melhor que "O Guia de Sobrevivência aos Zumbis". Formato narrativo diferente e bem instigante.
    Falta assistir ao filme, mesmo sabendo que não tem mto a ver c/ o livro.

    abs

    ResponderExcluir
  11. Eu vi o filme, e achei bom, mas pelo que vejo não tem nada a ver com o livro.
    Livros confusos me estressam, mas por ter uma história tão boa, eu teria um pouco mais de paciência.
    Adoro livros com criticas sociais, com certeza vou adorar esse.

    ResponderExcluir
  12. Eu simplesmente AMO livros (e filmes também) que retratem um universo apocalíptico! Seja sociedades paralelas, apocalipses zumbis, enfim, qualquer tipo de cenário pós apocalíptico. Guerra Mundial Z já se encontra na minha lista de desejados à um tempinho, talvez devido já ter saído o filme recentemente, e quero ler o livro primeiramente para poder ver o filme, entretanto ainda não tive a oportunidade de lê-lo. Adorei adorei adorei *-*

    ResponderExcluir
  13. Comecei lendo a resenha só por ler mesmo, porque não é o tipo de livro que eu me interesso e, como já tem um filme, ficaria satisfeita só com ele. Mas você falou que não tem nada a ver e eu resolvi continuar lendo. Pronto, fiquei com vontade já! O livro me lembrou um pouco o Ensaio Sobre a Cegueira, ou aquele filme Eu Sou a Lenda. Mas eu gostei muito dessa parte mais crítica da humanidade. Acho que vale a pena mesmo. Obrigada pela dica! :)

    ResponderExcluir
  14. Não sei exatamente o que esperar desse livro Flávia, acredito que muita gente está - como vc - se frustrando. Assisti ao filme no cinema e não achei grande coisa e parece que ele é bem diferente do livro. Entretanto, tenho curiosidade de ler Guerra Mundial Z, eu gosto de zumbis e acho interessante não saber a origem do acontecido e nem como curar... acho fantástico e instigante, por isso que quero ler.

    bjs,
    Camila Márcia
    @camila_marcia
    De Livro em Livro
    Devaneios Fugazes

    ResponderExcluir
  15. Interessante! Curti a capa :P

    Blog lindoo *u*

    ResponderExcluir
  16. Parece ser muito bom...
    É a história do filme, não é?


    *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nao, como eu apontei na resenha, não tem nada a ver com o filme....

      Excluir
  17. Eu já vi o trailer do filme, mas não tinha me interessado, não sabia que tinha livro, parece ser bem legal, gosto de histórias de zumbi, no entanto gosto mais das que possuem bastante ação, esse "Guerra Mundial Z" é mais relatos né? De qualquer forma, parece bem legal e fiquei com um pouco de vontade de ler.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Não conhecia o livro
    mais me interessei muito pelo enredo, e olha que não
    curto muito essas estórias de zumbis e tals, mas essa parece
    ter um "Q" a mais, enfim fiquei curiosa pela leitura.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Adoro livros de zumbis ... As vezes me acham estranha por isso kkkk mais não ligo, bom, estou louca pra ler :]

    ResponderExcluir
  20. Parece ser um ótimo livro, eu vi o filme e curti bastante e quero mt ler o livro, pq sempre dizem q o livro é melhor do q o filme.
    Gosto mt de história de zumbis (Resident Evil, TWD) e essa historia entrou pra minha lista de favoritos.
    Ótima resenha, e adorei o blog, vou sempre vir aqui :D

    ResponderExcluir
  21. SEGUIDOR: WILLIAN




    Resenha bem estruturada, abordando o conteúdo do livro, de forma inteligente e simples, facilitando o entendimento dos leitores, nos dando uma boa noção sobre a história, despertando o interesse de todos.

    ResponderExcluir
  22. Opa, eu nem sabia que Guerra Mundial Z também era livro o.O
    Okay, mas livros são MELHORES então... Sim, já está na minha lista de "vou ler" no skoob, haha.
    ZUMBIS ZUMBIS ZUMBIS ZUMBIS
    Velho, Zumbis são **** por favor né, são demais. Comer cérebro faz bem para a popularidade né, haha.
    Sim, irei ler o livro por causa da sua resenha perfeita \o/
    Beijos, Carol Santos.

    ResponderExcluir
  23. minha prossima compra ,se eu não ganhar esse sorteio preciso telo para mimmm
    livro-azul.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  24. Bem, dizem que os livros são sempre a melhor pedida, e creio que este seja melhor em muitos pontos do que o filme. Pelo pouco que li aqui já deu pra ver que vou adorar o livro e quero descobrir se a emoção de ler vai ser melhor que a emoção de ver ( assistir ao filme). Beijos.

    ResponderExcluir
  25. Vi o filme e nem ao menos sabia que tinha livro, agora que sei estou louca para ver, e como li sua resenha e agora também sei que os dois não têm nada a ver um com o outro estou ainda mais interessada.

    ResponderExcluir
  26. O que mais chamou a minha atenção para o livro é a forma como a história é contada: relatos de sobreviventes.
    Histórias narradas em primeira pessoa são, de longe, minhas favoritas. E por nunca ter lido nenhum livro sobre zumbis, este já está cotado para a minha estante! rsrs
    http://vanille-vie.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  27. Ouvi falar desse livro pela propaganda que fizeram do filme, que não vi ainda. O único livro de zumbi que eu li foi Celular, do Stephen King.

    ResponderExcluir
  28. Eu simplesmente AMO livros (e filmes também) que retratem um universo apocalíptico! Seja sociedades paralelas, apocalipses zumbis, enfim, qualquer tipo de cenário pós apocalíptico. Guerra Mundial Z já se encontra na minha lista de desejados à um tempinho, talvez devido já ter saído o filme recentemente, e quero ler o livro primeiramente para poder ver o filme, entretanto ainda não tive a oportunidade de lê-lo. Nunca li livros com esse estilo de narração, estilo entrevistas, entretanto tenho curiosidade. Certos pontos que você destacou ao final de sua resenha com relação à como o mundo funciona, e como a verdade incomoda, me fizeram pensar em alguns fatos, o que me deixou ainda mais animada para ler o livro. Adorei a resenha :)

    ResponderExcluir
  29. Eu e minha filha (principalmente ela) adoramos livros sobre zumbis. A ideia das entrevistas é muito boa, pois temos diversos pontos de vista. Certamente o livro é melhor que o filme, sempre é assim.
    Nome de seguidora: Miriam Guiraldelli

    ResponderExcluir
  30. Maravilhosa resenha. obrigada.
    Quero muito ler este livro!

    ResponderExcluir
  31. A estória parece interessante, mas nunca consegui sentir o fasíneo que todos tem com zumbis. Então esse não é um livro que desejo ler.

    ResponderExcluir
  32. Bom saber que não tem nada haver com o filme, pois o mesmo não me chamou a atenção. Gosto de ler de tudo e está faltando mais ficção científica nas minhas leituras, gostei bastante da resenha, afinal me fez notar o livro coisa que ainda não tinha acontecido. Quero ler.

    ResponderExcluir
  33. Eu ainda não assisti o filme e pelo que li existe algumas diferenças. Nunca li nada do gênero e que envolvesse zumbis. Mais tanto o filme, como o livro estão nas minhas metas. haha

    ResponderExcluir
  34. Assisti ao filme e gostei muito, espero gostar do livro também. Pelo que entendi da resenha é um livro documentário com relatos de pessoas que participaram dessa "guerra", certo? espero que seja isso rs. vou adorar lê-lo. Obrigada!

    ResponderExcluir
  35. Não assisti o filme ainda, e nunca li livros sobre apocalipses zumbi, mas queria muito. Ouvi vários tipos de opiniões sobre o filme, umas boas e outras nem tanto, parece que as opiniões estão bastante divididas. Acho que ia gostar do livro, apesar de parecer um pouco confuso.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  36. Ja assisti ao filme, e maravilhoso! assim como o livro deve ser, quero adquiri-lo logo para devorar ainda mais nessa historia kkk'
    Bela resenha, nesseciiitooooo desse livro <33

    ResponderExcluir
  37. Pena que o filme seja diferente, mas creio que a estória não iria render muito no cinema, por ele ser tão fantasioso , mas quero ler sim, mesmo não gostando muito do tema.

    ResponderExcluir
  38. Vi o filme e quero muito ler o livro, parece muito bom.

    ResponderExcluir
  39. Assisti o filme e não parece em nada com o livro
    Nunca li nada sobre zumbi ou qualquer coisa do tipo
    Mas esse livro me deixou com vontade de ler, parece muito bom.

    ResponderExcluir
  40. Gosto muito desse gênero! Ainda não vi o filme, o que me da a chance de primeiro ler o livro, o que eu sempre prefiro fazer!
    Parece muito bom! Foi pra lista de livros desejados

    ResponderExcluir
  41. Já ouvi falar diversas vezes desse livro, todos obviamente foram elogios. Me interessei por este livro logo de cara, porque sou apaixonada por livros que sejam sobre guerra.

    ResponderExcluir
  42. Foi realmente uma pena o que fizeram com um livro tão bom no filme. Mesmo com o Brad Pitt, que é um grande ator, de nada adiantou, pois o enredo ficou irreconhecível.

    E vai vir o Guerra Mundial Z. Corram para as colinas!

    ResponderExcluir