19 de janeiro de 2012

Lições de Magia - Justine Larbalestier

Lido em: Janeiro de 2012
Título: Lições de magia
Autor: Justine Larbalestier
Editora: Galera Record
Gênero: Juvenil/Fantasia
Ano: 2008
Páginas: 320
Nota:
Sinopse: Nesta continuação de Magia ou loucura, Razão precisa lidar com a magia e suas conseqüências: se usá-la, poderá morrer antes de hora; mas se deixá-la adormecida, pode enlouquecer, como Sarafina. Entretanto, ela, Jay-Tee e Tom agora têm uma professora para ensiná-los a controlar seus poderes: Esmeralda. A temida avó de Razão é digna de confiança? Ou quer apenas se aproveitar da magia dos três? Novos segredos serão revelados e todos terão de enfrentar seus mais profundos temores.

Resenha: Neste segundo volume, Razão está determinada a aprender mais sobre os poderes que possui e sua avó, Esmeralda, decide ensinar um pouco mais sobre magia para ela e seus dois amigos, Jay Tee e Tom. Mas antes das aulas começarem, um ser estranho sai da porta que faz passagem de Sidney para Nova York e todos ficam curiosos para saber o que diabos é aquilo e o que quer. Os detalhes do que essa coisa faz com Razão e Jay Tee são grotescos e nojentos... Urrrgghh!

Razão acha que foi seu avô que enviou a coisa para espioná-la e roubar seus poderes, e acaba voltando para Nova York. Lá, procura o irmão de Jay Tee, Danny, para ajudá-la e descobre que sente algo mais pelo rapazinho... Mas enquanto está em Nova York, não pára de fugir das perseguições do avô, lunático e faminto pela magia dos outros.

Ela fica tentando encontrar o equilíbrio para que a magia não deixe ninguém louco e muito menos leve a pessoa a morte. Ela também aprende a identificar a magia pelo cheiro, passa a ver suas formas e começa a entender os motivos de saber tanto a respeito das sequencias Fibonacci. A Magia funciona de um jeito diferente para cada um.

Jay Tee corre perigo devido a ter usado sua magia desenfreadamente e fica com medo de que algo muito pior lhe aconteça. E a implicância que ela sente por Tom é muito suspeita na minha opinião...
No final das contas, a verdadeira lição de magia que Razão recebe não vem de sua avó, e ela acaba descobrindo o que é a tal coisa nojenta e fedorenta que a "atacou" no início da história e o que ela quer...
Ela também passa a entender como a magia funciona e vai atrás de sua mãe a fim de salvá-la.

O livro completa bastante o que faltou no primeiro volume e com certeza nos deixa querendo saber que fim vai levar essa aventura. A leitura continua super fácil e gostosa. A capa também é muito linda!

3 comentários

  1. Adorei a resenha e a história de Razão se tornou melhor do que eu esperava. Mais uma resenha dessas e eu tiro os cabelos Flávia. Definitivamente amo bruxas. Bjs!!!

    Http://peregrinodanoite.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Estou curiosa pra saber o que seria coisas nojentas que o ser estranho fez com a Razão >.<
    Adorei a história e quero muito ler...

    ResponderExcluir
  3. Adoro livros desse gênero que envolvem bastante magia e nada de casais chatos. Ja havia comentado na outra resenha e achei tão sem nexo o nome rsrsrs razão -.-
    Mas o livro parece ser boom <333
    Bjs Fla

    ResponderExcluir