25 de janeiro de 2012

Emily the Strange: Os Dias Perdidos - Rob Reger

Lido em: Janeiro de 2012
Título: Emily the Strange: Os Dias Perdidos - Livro 1
Autor: Rob Reger
Editora: Galera Record
Gênero: Juvenil
Ano: 2011
Páginas: 274
Nota
Sinopse: Emily the Strange: 13 anos. Poderia pular de prédios muito altos, se estivesse a fim. É mais provável que esteja cochilando ao lado de seus quatro gatos pretos; ou montando rapidamente um acelerador de partículas com fios de algodão, lentilhas e alfinetes de segurança; ou tocando bateria/guitarra/saxofone/cítara; ou pintando um mural furioso no esgoto; ou forçando alguém a dizer “três tigres tristes” treze vezes e bem rápido... Para poder apontar na cara desse alguém e rir.

13 coisas que você vai encontrar no primeiro livro de Emily:
1. Mistério
2. Um belo golem
3. Um estilingue
4. Quatro gatos pretos
5. Amnésia
6. Pôquer calamidade
7. Pôneis zangados
8. Um bedel misterioso
9. Listas dos 13 +
10. Um gerador de tempestade de areia
11. Doppelgängers
12. Uma missão secreta
13. Lacraia

Resenha: Emily the Strange é marca registrada e criação de Rob Reger para a Cosmic Debris Etc.,Inc. Se tornou uma franquia com um catálogo de vendas de produtos incluindo artigos de papelaria, roupas e acessórios de moda. Virou jogo e ao que tudo indica terá uma adaptação cinematográfica futuramente.
Os Dias Perdidos é o primeiro livro de uma quadrilogia, e foi publicado no Brasil pela Galera Record.

O livro nada mais é do que o próprio diário de Emily, ou "Lacraia"como ela se autodenomida para os outros, onde ela conta a história que começa quando acordou na minúscula cidade de Blackrock, sem se lembrar de nada do que aconteceu no passado, sem saber quem é, onde está ou pra onde vai e passa a escrever, na maioria das vezes de forma enumerada e muito engraçada, desenhar e "pregar" fotos de tudo o que acontece e apronta durante o tempo que fica desmemoriada.
Por se tratar de um diário, o livro é todo ilustrado e cheio de observações hilárias de Emily, que toma nota de tudo que vivencia em sua estadia na cidade caindo aos pedaços.
De início ela resolve morar numa caixa de geladeira atrás do "El Dungeon", um café copo sujo frequentado por gente mui estranha e aparentemente administrado por Raven, a única funcionária do lugar. Emily (que não se lembra que chama Emily), se apresenta como Lacraia e passa a ajudar no café em troca de comida, e aproveitando a oportunidade de poder bisbilhotar e estudar os frequentadores a fim de descobrir alguma pista do que lhe aconteceu.
Capa interna
A partir daí, mesmo que Emily desconfie que há alguma coisa de estranho em Raven, as duas se tornam amigas. Emily faz amizade com os 4 gatos pretos do beco e se tornam inseparáveis, sempre enumera as coisas em forma de lista que tem exatos 13 itens, e a medida que ela investiga e toma nota de tudo o que acontece com intuito de descobrir o que está fazendo alí e por que não se lembra de nada, a história vai se desenrolando de forma super cativante e engraçada, com personagens malucos que fazem muita diferença na vida dela.

Emily é super fofa, muito sarcástica e nada lhe passa despercebido. O tema se remete a um público mais infantil, mas acredito que vá agradar leitores de todas as idades que procuram por uma leitura que flui bem e entretém.
O formato hardcover do livro é de encher os olhos, as páginas são em papel couché de uma gramatura baixa que lembra uma revista, e a diagramação com detalhes e ilustrações em preto e vermelho dão todo o toque gótico da querida Emily. Super recomendo e já está nos meus favoritos, tanto pela história super divertida e cativante quanto pelo trabalho gráfico riquíssimo que foi dado a obra.

Quadrilogia:
Os Dias Perdidos (lançamento em 2011)
Duas Vezes Estranha (lançamento em 2014)
Dark Times (sem previsão)
Piece of Mind (sem previsão)

5 comentários

  1. Oiii
    Não conhecia esse livro, e achei a arte dele belissima também

    Lacraia e gato preto? Meldels é muito medo hhaha
    Mas fiquei curiosa pelo livro
    Foi pra lista

    Nana
    Obsession Valley

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha!
    Já tinha ouvido falar desse livro, mas nunca me interessei muito. Bom, com certeza entrou pra lista dos milhares de livros que eu preciso comprar. E tô doida pra ver os desenhos dela, principalmente porque eu também desenho (:

    Carla
    Buttercup de Galocha

    ResponderExcluir
  3. Ah, eu tenho a mochila dela... HAHA *-*

    Adorei a resenha, ela parece bastante interessante, no minimo, e esse fetiche todo com o treze? Gostei dos 4 gatos...

    Afim demais de ler. o/

    Tem selinho para você lá no blog, espero que goste:
    http://www.darealidadeaosonhos.com/

    Beijos e Bons Sonhos!

    ResponderExcluir
  4. Amei a ilustrações são lindas!! Gostei do lance da capa ^^
    Devo admitir que vivo namorando esse livro, mas fico sem coragem de comprar... mas agora mudei de ideia ^^

    ResponderExcluir
  5. Eu acho legal esses livros que tem desenhos, a história parece ser boa, algo tipo "Como se fosse a primeira vez"....

    ResponderExcluir