16 de dezembro de 2017

O Fio Dourado - Cornelia Funke

Título: O Fio Dourado - Reckless #3
Autora: Cornelia Funke
Editora: Seguinte
Gênero: Fantasia/Juvenil
Ano: 2016
Páginas: 370
Nota
Sinopse: Jacob Reckless continua viajando para o Mundo do Espelho através do portal que encontrou tempos atrás no escritório abandonado do pai. O garoto é reconhecido nesse lugar mágico graças à sua fama de melhor caçador de tesouros de todos os tempos, mas o preço por se envolver com os dois mundos pode ser alto demais... e está prestes a ser cobrado - inclusive de Will, seu irmão mais novo, e de Fux, a companheira transmorfa por quem Jacob nutre sentimentos que vão além da amizade. Quando Will atravessa o portal em busca de uma cura para a misteriosa doença que atingiu sua namorada, Jacob e Fux vão atrás dele até o leste do Mundo do Espelho, terra de baba yagas, exércitos de ursos e tzares. Enquanto isso, um ser que conhece nosso mundo tão bem quanto o do espelho os observa de longe, pronto para se vingar.

Resenha: O Fio Dourado é o terceiro volume da série Reckless. A série é sobre as aventuras vividas por Jacob, que descobriu um espelho mágico que o transporta para um mundo de fantasia cheio de perigos e mistérios, e lá ele procura pelo pai desaparecido.

Depois dos acontecimentos que se passam nos volumes anteriores, o leitor já sabe que Jacob ficou fascinado pelo novo mundo que descobriu e que sua preferência por ele não é um segredo. Lá ele ficou conhecido como um caçador de tesouros, fez inimigos, rompeu maldições, correu perigo de vida e fez amizades, uma delas tão importante que está se tornando algo mais...
Quando Will, o irmão de Jacob, atravessa para o Mundo dos Espelhos buscando uma cura para Clara, sua namorada, Jacob e Fux vão atrás dele, e eles embarcam numa missão envolvendo inclusive o acordo feito com o Jogador, que se tornou uma dívida que Jacob deve pagar por ter salvado seu irmão de uma maldição. A dívida agora será cobrada e o preço a se pagar é inimaginável...
E ao lado de Fux, sua amiga companheira e fiel, Jacob terá que partir nessa missão desvendando mistérios, alguns inclusive sobre o paradeiro de seu pai, e enfrentando perigos, mas o que ele não esperava era ser vigiado por alguém que além de estar no mundo real para conseguir atingir seus objetivos, não é nada amigável e deseja vingança.

Eu gosto da série, adoro a escrita e as ilustrações da autora, assim como esse universo fantástico que é enorme e renderia histórias a se perder de vista, mas senti que a trama está sendo empurrada com elementos desnecessários. Sinto como se ela já tivesse chegado ao clímax e agora voltou ao ponto onde Jacob tenta salvar Will outra vez, mesmo que com algumas diferenças no rumo da coisa.
O mundo é rico em detalhes, os personagens são muito complexos e a forma como são construídos tem um toque "especial" que não é fácil de ignorar. É como se os livros da autora tivessem camadas e mais camadas envoltas por segredos que jamais serão revelados ou explicados, e assim, os leitores tem que aprender a conviver com esse estilo de narrativa e com a ideia de embarcarem numa viagem fantástica sem que tudo fique esclarecido. Algumas coisas simplesmente acontecem por que sim, e a autora não se preocupa em dar explicações sobre quando, onde ou o porquê de tudo, e mesmo assim é possível se sentir em meio a um conto de fadas recheado de mistérios e muito encanto.

O toque de romance inserido pela autora ganhou mais espaço e fica bem perceptível que Jacob e Fux estão tentando lidar com os próprios sentimentos recém descobertos, e isso acaba causando uma boa tensão entre eles. Os dois juntos formam uma dupla que funciona bem e de forma geral é bem bacana de acompanhá-los, mesmo que Jacob faça algumas coisas que a deixam magoada. Por ser fiel, ela está ao lado dele para o que der e vier e enfrenta tudo de cabeça erguida sem que haja aquela impressão de que ela é submissa. Ela ganha o devido espaço e fica claro que se não fosse por ela e a forma como ela influencia Jacob, as coisas jamais teriam ido pelo caminho que foram e poderiam estar muito piores para o rapaz.
Os personagens são bem construídos e carismáticos e os secundários são importantes para a história.
A Fada Escura é uma daquelas personagens odiosas mas é trabalhada de uma forma que é possível compreender suas motivações e até sentir um pouco de compaixão por tudo o que ela já passou.

As ilustrações que antecedem os capítulos são lindas, com traços delicados e que representam a cena descrita muito bem. De forma geral o projeto gráfico é lindo, se encaixa no padrão de capaz e diagramação dos demais e só tenho elogios.

Diferente dos volumes anteriores, este, por mais que traga aventuras e perigos, não tem tanta ação e fica focado sobre os sentimentos dos personagens, evidenciando que o amor é algo cuja força pode tanto elevar uma pessoa como também pode destruí-la, depende de como é usado. E isso acaba dando à história uma carga dramática que não existiu anteriormente.
O fio dourado é um elemento da trama que representa o que liga duas almas uma na outra, e o risco desse fio ser cortado pode representar algo irreversível e o título do livro não poderia ser melhor por causa disso.

Enfim, pra quem gosta de fantasia, a série é muito indicada pois proporciona ao leitor uma aventura incrível num mundo rico e super criativo.

Nenhum comentário

Postar um comentário