16 de janeiro de 2016

Novidade de Janeiro - Paralela

58 Listas (33 úteis e 25 nem tão úteis assim) - Manu Barem
“A gente nasce, cresce, lava louça a vida inteira e morre.” É por essas e outras que Manuela Barem se tornou não exatamente a voz, mas o conjunto de caracteres que definiu uma geração na internet.
Mais que as 33 listas úteis e as 25 não tão úteis assim do título, temos em mãos um registro de como se vive nestes anos 2010: do saudosismo analítico dos pagodes do início da adolescência à constatação irrefutável de que ficou ainda mais difícil terminar relacionamentos na era das redes sociais.
Este é um livro para a geração Y e para quem quer entender o que se passa na cabeça dessa gente que se aventura — mesmo que titubeante — nesta etapa da vida adulta absoluta, cheia de trabalho, amor, festas infantis, fakes no Twitter e chatices no Facebook.
Entre uma louça suja e outra, porém, dá para apreciar uma ciranda da música brasileira que prova aquilo que todos desconfiávamos, mas achávamos que pudesse ser só reflexo do excesso de Faustão na nossa cabeça: todos os artistas da MPB estão interligados. (Duvida? Veja na página 98.)
É a chance também de conhecer as leis mais absurdas do Brasil, 31 cidades brasileiras com nomes terminados em “lândia” e os motivos pelos quais os verões dos anos 1990, os últimos verões da história da humanidade totalmente desconectados, deixaram saudade.
E, honestamente, também dá para se reconhecer nas pequenas mentiras do WhatsApp, nas incontáveis dúvidas amorosas e, quem sabe, até no caça-palavras do Charlie Brown Jr.

Nenhum comentário

Postar um comentário