20 de março de 2015

Entrevista com o Vampiro - A História de Cláudia - Anne Rice

Lido em: Março de 2015
Título: Entrevista com o Vampiro - A História de Cláudia
Autora: Anne Rice
Editora: Rocco
Gênero: Romance/Sobrenatural/Graphic Novel
Ano: 2015
Páginas: 224
Nota
Sinopse: Esta não é simplesmente uma adaptação para os quadrinhos de Entrevista com o vampiro, bestseller de Anne Rice. Meticulosamente ilustrado por Ashley Marie Witter, a versão em graphic novel do livro de estreia da rainha dos vampiros reconta a história sob um ponto de vista inédito: o da vampira criança Cláudia, a imortal de 6 anos de idade, órfã e assassina, vítima e monstro.
As ilustrações em tons de sépia de Ashley Marie Witter retratam fielmente os personagens felinos e andróginos de Rice. O desenho detalhista, algo vintage, reforça o clima ao mesmo tempo sensual e sombrio da obra original, renovando e enriquecendo a narrativa.
A história se inicia com a transformação da enigmática Cláudia em um vampiro e acompanha seu “envelhecimento”, as hostilidades crescentes entre ela e Lestat, seu caso de amor platônico com Louis e sua busca desesperada por outros de sua espécie, com quem espera obter respostas sobre sua própria natureza.
A perspectiva de Cláudia, com uma mente adulta eternamente aprisionada em um corpo infantil, nos mostra uma nova gama de conflitos e contradições, nunca antes apresentados em qualquer livro da série original, tornando esse volume um item indispensável para qualquer aficionado por Anne Rice e seus personagens.
A adaptação é a primeira graphic novel inteiramente produzida pela autora e ilustradora Ashley Marie Witter, que estudou desenho pensando em trabalhar com cinema e videogames antes de descobrir sua vocação para os quadrinhos.

Resenha: Entrevista com o Vampiro inaugura a série As Crônicas Vampirescas da ilustre autora Anne Rice. O livro foi adaptado para o cinema e foi estrelado por Tom Cruise (Lestat), Brad Pitty (Louis) e Kirsten Dunst (Claudia).
Nele conhecemos a versão dos fatos quando Louis dá uma entrevista contando sobre sua "vida" ao lado de Lestat e Claudia após ter se transformado em vampiro.
Nesta versão, A História de Claudia, Ashley Marie Witter deu vida aos personagens através de seus traços carregados de expressão e reconta a história sob o inédito ponto de vista de Claudia, a garotinha de 6 anos que foi transformada em vampira e criada como filha por Lestat e Louis.
Porém, por não crescer e envelhecer fisicamente, Claudia carrega dentro de si uma amargura eterna por ter se tornado uma vampira sedenta, capaz de enganar e arrasar famílias inteiras, cujos desejos não podem ser totalmente supridos por estar presa num corpo de criança e ser vista como a eterna boneca com rosto angelical e inocente que aparenta.
Nutrindo um amor platônico e impossível por Louis, e desesperada por encontrar respostas sobre sua natureza sombria, Claudia deseja encontrar outros de sua espécie, mas por sempre ser impedida por Lestat, acaba nutrindo um grande desejo por vingança, fazendo com que se torne ainda mais perversa em seus propósitos.

As ilustrações em tons de sépia, destacando sangue e fogo em suas cores naturais, dão um tom ainda mais sombrio, misterioso e charmoso à história, representando com bastante fidelidade todo o clima criado por Rice. O estilo vitoriano também se faz presente, visto que a história se passa em Nova Orleans por volta do século XIX. Os personagens possuem traços andróginos, o que faz com que passem delicadeza e sensualidade no que diz respeito a aparência, mesmo que sejam criaturas vorazes e violentas por natureza.
A narrativa é feita por Claudia ao contar sua história desde que "nasceu" como vampira, passando por seus feitos terríveis e seu desejo impossível de ser adulta, chegando a Paris e encontrando o famoso Teatro dos Vampiros, até seu fim trágico. Além do leitor poder acompanhar todos os pensamentos de Claudia, que desperta o pior de si devido a maldição que a prendeu naquela forma infantil, é perceptível que com o passar das décadas seu olhar vai mudando, se tornando mais hostil, intenso e enigmático, e através dele nota-se que se trata de uma mulher selvagem com muito mais idade e experiência do que uma simples garotinha.
Lestat e Louis também são retratados com fidelidade. Lestat aparece como um vampiro egocêntrico, arrogante e sombrio, mas que com o passar do tempo é visto por Claudia como alguém tedioso e autoritário e que deveria pagar pelo que lhe fez. Louis, com seu comportamento passivo diante de Lestat, faz o papel de mãe/pai de Claudia e é nele que ela encontra refúgio e segurança, além de vê-lo como um amante que ela jamais poderá ter.



O livro é uma obra de arte. Capa dura retratando a falsa aparência inocente da vampira mirim, o título é dourado, as folhas são lisas em estilo revista e com ilustrações magníficas que compõe essa graphic novel fantástica, que trás ao leitor novos conflitos e uma visão que enriquece ainda mais a história através da perspectiva de Claudia. Uma obra imperdível para os fãs do original.

10 comentários

  1. A versão de cinema é bem famosa e eu adorei a capa dessa adaptação! Fico imaginando o quão bonito deve ser as páginas por dentro.

    Beijos,
    http://www.girlbeinggeek.com.br/

    ResponderExcluir
  2. *-----------------* vc não tem noção de como eu quero esse livro.
    a história me agrada muito, sem contar que sou uma fã do universo criado pela autora. espero conseguir logo um exemplar, pq tenho certeza que essa edição deve estar muito linda.
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  3. Ai meu coração, eu já amo o livro ainda mais assim em HQ estou fascinada, e desejando com todas as minhas forças.
    Sexo, Fraldas e Rock'n Roll

    ResponderExcluir
  4. Amei essas As ilustrações em tons de sépia, e acho que deixou o livro bem mais encantado, amei conhecer um pouquinho mais sobre a estória.. ~^

    ResponderExcluir
  5. As ilustrações são lindas, principalmente a delicadeza que ao mesmo tempo tem a obscuridade de um vampiro. Sou muito fã do filme entrevista com um Vampiro e sempre estou assistindo, não me canso de rever a estória, agora com essa novidade fiquei ainda mais fã.

    sonhoseaventurasdeamor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Amei sua resenha primeiramente. Me apaixonei pelas ilustrações, me encantou a delicadeza do trabalho feito neste livro. Já sou super apaixonada pela história, já assisti o filme e agora estou louca para ver este livro em HQ.

    ResponderExcluir
  7. Simplesmente obscuramente lindo! O trabalho feito é incrível, aposto como uma amiga minha fã do livro e do filme deve estar surtando com o desejo de ter um exemplar desses.
    Acho que se ele parar na minha estante terei que tomar providências para essa obra de arte não ser roubada de mim.

    ResponderExcluir
  8. Flávia!
    Fã demais de vampiros e Entrevista com vampiros.
    E ver uma edição em HQ onde a pequena e inofensiva Cláudia, mesmo continuando com a aparência juvenil, se transforma em alguém tão maduro e sórdido, chama minha atenção.
    Adorei as ilustrações.
    Bom final de semana!!
    “Pensamento positivo, otimismo e fé são o combustível de uma mente sadia.”(carlosmenduina)
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Gostei muito do filme e fico pensando como será a história na visão da Cláudia ainda mais em HQ, parece incrivel as cores ficaram muito boas amei as fotos que postou, tudo lindo, quero muito ter essa obra na minha estante.

    ResponderExcluir
  10. Estou doida pra ler esse livro, curto muito histórias sobre vampiros e amei o filme Entrevista com o Vampiro, cada resenha que leio dele me deixa ainda mais interessada em conferi essa obra de arte.

    ResponderExcluir