22 de fevereiro de 2017

Sob Um Milhão de Estrelas - Chris Melo

Título: Sob Um Milhão de Estrelas
Autora: Chris Melo
Editora: Fábrica 231/Rocco
Gênero: Romance/Drama/Literatura Nacional
Ano: 2016
Páginas: 320
Nota:
Onde Comprar: Saraiva | Submarino | Americanas
Sinopse: Alma Abreu está prestes a lidar com um inventário e uma série de histórias de um passado tumultuado que pertence mais aos seus pais do que a ela mesma. Mas este parece o menor de seus problemas no momento. Passar alguns dias na pacata Serra de Santa Cecília veio bem a calhar para a jovem médica, após um incidente no hospital que a deixou sem chão. Ela só não esperava se envolver tanto com a pequena cidade – e com o prestativo vizinho da charmosa casa que sua avó lhe deixou, além de um animado grupo de amigas, filhas das melhores amigas de sua mãe –, a ponto de pensar em deixar sua vida em São Paulo para trás. Será que a vontade de ficar é apenas medo de enfrentar seus problemas? Mas como voltar à velha rotina depois de tudo o que descobriu e viveu em Serra? Em seu segundo romance pela coleção

Resenha: Sob Um Milhão de Estrelas é o mais novo romance escrito pela autora nacional Chris Melo, publicado pelo selo Fábrica 231 da Editora Rocco.
Alma é uma jovem médica que se encontra numa situação muito delicada após um incidente no hospital em que trabalha. Praticamente inconsolável, ela ainda precisa sair da cidade grande e viajar rumo a cidadezinha de Serra de Santa Cecília, interior de São Paulo, para lidar com um inventário e a herança deixada por sua avó.
O que Alma não sabia era que na simplicidade daquela vidinha no interior, ela iria descobrir coisas que lhe foram escondidas a vida toda sobre o passado de seus pais, além de envolver com a cidade e seus moradores de forma tão intensa, e com Cadu, o vizinho da casa que herdou da avó.
Cadu é professor universitário e ainda carrega mágoas por não ter superado por completo seu último relacionamento, tanto que abandonou sua vida no Rio de Janeiro pra viver no interior, e sendo vizinho da falecida, ficou encarregado de cuidar da casa até que Alma chegasse. E quando ela aparece, claro, as coisas começam a mudar.
A história desses dois se cruza de forma intrigante, singela e bonita, e logo é feita a descoberta de um sentimento que seria responsável por ajudá-los a superar um passado conturbado, mas ainda muio presente em suas vidas.

Narrado em primeira pessoa com pontos de vistas alternados entre Alma e Cadu, a autora desenvolve com muita fluidez uma história doce e leve mostrando as particularidades dos personagens e resgatando bons momentos que promovem uma enorme nostalgia com relação a detalhes de coisas passadas e interioranas, e sentimentos verdadeiros e realistas.
A combinação de assuntos abordados fluiu muito bem, dando um toque natural aos acontecimentos que se desenvolvem gradualmente, fazendo com que os acontecimentos presentes preencham as lacunas das escolhas feitas no passado. Os relacionamentos, tanto o familiar quanto o amoroso, também se desenvolvem aos poucos, sem precipitações e sem que soem forçados. É possível perceber que os personagens, apesar de terem suas diferenças, são bem resolvidos, maduros e que valorizam o amor por compreenderem que é um sentimento que ultrapassa as barreiras, desde que seja verdadeiro.

O que mais me surpreendeu foi a total ausência daquele amor instantâneo e impossível, à primeira vista e cheio de fogo. O interesse entre os protagonistas surge aos poucos, com sutileza, dando um passo decada vez, pois eles ainda estão marcados de forma negativa pelas experiências que tiveram e não se jogam sem pensar para o primeiro que passa como se isso fosse a solução pra todos os problemas. É a rotina do dia-a-dia que os aproxima e é exatamente isso que torna a trama plausível, torna o romance intenso e convence o leitor de que é real. O foco maior fica na forma como eles superam o que os aflige, como encontram apoio um no outro, e como isso faz tudo dar certo.

A capa é uma graça, cheia de pontinhos simulando estrelas com aplicação de verniz. A diagramação é muito bem feita, com estrelas a cada início de capítulo, cujos títulos são citações de Mario Quintana bastante reflexivas e que combinam bem com a história.

Sob Um Milhão de Estrelas é delicado e cheio de encanto, e consegue retratar bem a forma como um casal é capaz de enfrentar os problemas e as adversidades da vida, desde que estejam juntos e preparados para caminhar na mesma direção.

Nenhum comentário

Postar um comentário