20 de janeiro de 2017

Órfão X - Gregg Hurwitz

Título: Órfão X
Autor: Gregg Hurwitz
Editora: Planeta de Livros
Gênero: Sci-Fi/Ação
Ano: 2016
Páginas: 336
Nota:
Onde Comprar: Saraiva | Submarino | Americanas
Sinopse: Quando garoto, Evan Smoak foi recrutado no orfanato onde vivia para fazer parte de um programa americano ultrassecreto. Rebatizado de Órfão X, ele foi treinado para ser um exímio assassino e enviado aos piores lugares do mundo para missões que ninguém mais conseguia executar. Depois de longos anos de atividade, Evan deixa o programa e usa as habilidades de agente secreto para “desaparecer” e viver para um único propósito, agora sob o codinome de “Homem de lugar nenhum”: salvar e proteger pessoas pobres e indefesas como ele havia sido. No entanto, seu passado de matador sangrento passará a assombrá-lo e também a seus protegidos. Alguém tão bem treinado quanto ele – talvez um ex-colega de programa?– está na sua cola, para tentar eliminá-lo.

Resenha: Órfão X conta a história de Evan, um homem que foi treinado para ser um espião. Ele, que está acostumado a muitas identidades e metamorfoses, vive uma vida clandestina, mas com muitos luxos. Depois de decidir pelo anonimato para ajudar pessoas comuns, ele descobre estar sendo perseguido e um inimigo poderoso tentará eliminá-lo a todo custo.

O enredo criado por Gregg Hurwitz é muito semelhante a um filme de ação: cenas dinâmicas, diretas e uma narrativa recheada de descrições de lutas e tensão. O personagem principal, o assassino de aluguel, tem sua história contada em capítulos alternados entre o passado, quando se tornou um membro do programa Órfão, e o presente, onde abandonou isso para ajudar aos outros. Após salvar Morena, uma jovem latina que estava enrascada num problema, o homem passa seu número de telefone a ela e a instrui a passar o contato a alguém que necessite de algum tipo de socorro. Deste modo, Evan passa a ajudar uma outra pessoa, e essa nova missão faz com que, além de proteger, ele precise fugir também.

Há uma breve explicação sobre as origens de Evan, mas não é tão aprofundado, já que o foco está na ação e nas situações vividas pelo protagonista em busca de justiça. Um romance pequeno surge como uma pequena chama que se acende e apaga rapidamente. É notável que o enlace de Evan com uma personagem feminina foi necessário para dar um toque diferente ao conjunto, já que o envolvimento cativa e serve como gancho para mais ação.

Órfão X é o que podemos considerar um bom roteiro para um filme. Diferente de alguns livros, que usam a ação misturada ao romance, aqui temos em pouco mais de trezentas páginas muito mais ação e menos amor. Em alguns aspectos a história se mostra meio rasa, pois o protagonista teve seu passado mostrado de forma nebulosa, e no presente ele ainda é um enigma. O conteúdo do livro tem um foco maior na ação do que descrever minimamente a personalidade do espião. Vale lembrar que este livro é o primeiro volume de uma trilogia que tem previsão de lançamento ainda para o primeiro trimestre de 2017 no exterior.


Nenhum comentário

Postar um comentário