29 de janeiro de 2017

Garota Desaparecida - Sophie McKenzie

Título: Garota Desaparecida - Garota Desaparecida #1
Autora: Sophie McKenzie
Editora: Verus
Gênero: Suspense/Drama/YA
Ano: 2016
Páginas: 238
Nota:
Onde Comprar: Saraiva | Submarino | Americanas
Sinopse: Lauren mora na Inglaterra e sempre soube que é adotada. Mas, quando uma breve pesquisa sobre o seu passado revela a possibilidade de ela ter sido roubada de uma família americana ainda bebê, a vida de Lauren de repente parece uma fraude. O que ela pode fazer para tentar encontrar os pais biológicos? E seus pais adotivos terão sido os responsáveis por sequestrá-la? Lauren convence sua família a fazer uma viagem para o outro lado do Atlântico e, lá chegando, foge a fim de tentar descobrir a verdade. Mas as circunstâncias de seu desaparecimento são sombrias, e os sequestradores de Lauren ainda estão à solta — e dispostos a qualquer coisa para mantê-la calada.

Resenha: Garota Desaparecida é o livro de estreia da autora inglesa Sophie McKenzie publicado no Brasil pela Verus.
Lauren Matthews vive na Inglaterra e é uma adolescente de quatorze anos que foi adotada quando tinha três anos de idade, mas nunca obteve respostas dos pais sobre sua família biológica. Aparentemente tudo ia bem, até ela receber uma lição de casa que mudaria sua vida. Ela deveria escrever uma redaçaõ sobre quem ela é, mas, sem saber exatamente de onde veio, as coisas não seriam tão fáceis assim... Ao fazer uma pesquisa na internet, ela se depara com um site de pessoas desaparecidas, e fica surpresa ao encontrar uma menina parecida com ela e que desapareceu há onze anos, quando Lauren fora adotada. O que ela sabe não é suficiente, várias dúvidas sobre seus pais adotivos começam a surgir, afinal, como saber se eles são os responsáveis ou não por sequestrá-la? E o que ela poderia fazer para encontrar seus pais biológicos que aparentemente são americanos?
Lauren foge para tentar descobrir a verdade sobre seu passado, mas isso pode colocar sua vida em risco...

Narrado em primeira pessoa, vamos acompanhando Lauren, junto com seu amigo James, numa missão para descobrir o que aconteceu.
O livro parece ter sido classificado como um Young Adult, mas pela escrita e pela forma de agir da protagonista, acho que se encaixaria melhor como sendo um suspense juvenil com alguns toques dramáticos.
Lauren não é uma personagem que cativa o leitor, não só pelo seu típico comportamento irritante de adolescente rebelde sem causa, mas por ser muito egoísta e completamente impulsiva. Ela age sem pensar nas consequências e ainda, sabe-se lá como e porquê, consegue convencer as pessoas a fazer o que ela quer de uma forma conveniente para que a história continue sendo desenvolvida, mas, ao meu ver, de um jeito impossível, forçado e até fantasioso, a ponto de eu não acreditar que alguns acontecimentos fossem mesmo verdade.

Nessa jornada, Lauren enfrenta perigos, é forçada a encarar verdades que não esperava e ainda precisa confrontar um passado dificil e doloroso, e fica no ar a ideia de ela ter ou não um final feliz depois de tudo o que descobre. Temas como a dinâmica familiar e o impacto que a adoção - principalmente quando é ilegal - tem na vida das pessoas são abordados, e o drama inserido é até interessante, principalmente quando consideramos um sequestro e o quão triste isso é para uma mãe que tem seu filho levado, mas o problema que tive com o livro é que pelo tema ser delicado e interessante, esperava um desenvolvimento melhor, mais drama, mais intriga, e não uma história superficial em que a autora quer passar muitas mensagens mas no final não passa praticamente nada.
A sensação que tive é que se o leitor se atentar aos mínimos detalhes em vez de se prender a escrita fácil e envolvente da autora, vai encontrar furos e partes que não fazem muito sentido, mas, posso dizer que Garota Desaparecida mostra que quanto mais se cava, mais fundo se chega, e encontrar as respostas para tantos questionamentos nem sempre será algo bonito ou agradável de se ver.

A diagramação do livro é bastante caprichada. Os capítulos são numerados e possuem títulos que combinam com o da capa, simulando frases cujas letras foram recortadas individualmente de algum jornal ou revista. A capa também combina bem com a proposta do livro.

No mais, pra quem procura por uma leitura rápida que levanta algumas reflexões sobre alguém que se propõe a embarcar numa aventura para descobrir mais sobre seu passado e acaba descobrindo mais sobre si mesma, é uma leitura que vale a pena, sim. Só não vá com muitas expectativas esperando por uma coisa específica, pois você encontrará outra bem diferente...


Nenhum comentário

Postar um comentário