12 de dezembro de 2016

Sem Pudor - Julianna Costa

Título: Sem Pudor - Sem Vergonha #2
Autora: Julianna Costa
Editora: Universo dos Livros
Gênero: Romance/Erótico/Nacional
Ano: 2016
Páginas: 352
Nota:
Onde Comprar: Saraiva | Americanas
Sinopse: Na sequência de "Sem Vergonha", Mina Bault e Ryker Strome pensam ter deixado para trás as experiências traumáticas que vivenciaram com a máfia russa. No entanto, depois de receber uma ligação suspeita, Ryker percebe que Mina ainda está em perigo e vai a Paris à sua procura, a fim de protegê-la. Com a ajuda do agente Zahner, da irmã de Ryker - Lexa Strome - e de Sven, seu misterioso e sexy amigo, o casal deverá descobrir uma maneira de livrar-se defitivamente dessa perseguição. Mas, nesse ínterim, a boate Lucky's irá presenciar intensos shows da Tímida - com direito a sexo no palco! - e servirá de esconderijo para traçar os planos de assassinato de aluguel, roubos, jogos de sedução, política e interesses. 

Resenha: Sem Pudor é o segundo volume da duologia Sem Vergonha, escrita pela autora Julianna Costa e publicada pela Universo dos Livros.

Depois do trauma que Mina e Ryker tiveram com a experiência de fugirem da máfia após terem sido testemunhas de um assassinato, Ryker fez um acordo com Zahner, agente da Interpol, para que Mina pudesse voltar a viver sua vida em Paris enquanto ele participava do programa de proteção à testemunhas. Mas, obviamente, a distância não foi capaz de fazer com que eles se esquecessem um do outro e nem dos momentos intensos que viveram, por mais loucos que tenham sido. Porém, Mina passa por alguns percalços que estão dificultando que ela siga adiante além de a colocarem em perigo, e quando Ryker é informado - e chantageado - da situação em que ela se encontra, não pensa duas vezes para ir atrás dela em Paris e garantir sua segurança. Mas talvez isso fizesse parte de um plano forjado por seus inimigos para que se tornassem alvos fáceis e eles fossem capturados juntos e serem silenciados de uma vez por todas... Quando o assunto é a máfia russa, não há nada que possa, de fato, mantê-los em segurança ou vivos, então resta a Mina e Ryker contar com a ajuda de seus amigos da Lucky's, a boate que foi cenário de vários momentos intensos no livro anterior...

Narrado em primeira pessoa, a escrita continua muito envolvente e fluída e é impossível parar de ler.
Apesar de ter sentido que a máfia não estivesse tão presente "fisicamente" falando, e que o plano mirabolante não seria bem sucedido, a ação ainda estava presente para equilibrar o enredo, mesmo que em dose menor, e não manter a história com teor exclusivamente sexual, assim como aconteceu no primeiro livro.

Meu único problema, e isso me fez gostar mais do primeiro livro do que deste, foi que alguns pontos não me soaram tão verdadeiros, como se a inteligência do leitor estivesse sendo subestimada quando os problemas começaram a ser resolvidos de forma fácil em de vez forma convincente, realista e crível, afinal, o perigo extremo de estar na mira da máfia russa não é brincadeira, é algo realmente considerável até onde consigo enxergar.

Ao final, a impressão que tive é que por mais que o casal esteja vivenciando mais uma aventura policial arriscada e perigosa, o que ganha destaque mesmo é o desenvolvimento do relacionamento que eles tem, e o foco maior fica no romance, que vai ficando cada mais mais intenso, forte e até um pouco meloso, e eu até que curti muito a abordagem feita aqui sobre ele. As cenas íntimas não são aleatórias e sempre estão dentro do contexto. Mesmo que Mina já tenha se livrado da sua virgindade, ela continua com a mesma personalidade, porém com um comportamento mais ousado que acaba influenciando suas decisões, e por isso a história ainda ganha toques muito divertidos e bem humorados além de um teor bem mais erótico se comparado ao primeiro livro. E Ryker é aquele cara foda que aprendemos e gostar ao longo da história devido às suas atitudes corajosas e admiráveis quando o assunto e cuidar de Mina.
A inserção de novos personagens deram um up à trama e fizeram com que ela fluísse por caminhos que permitem que o leitor os conheça mais e torça pra que outros livros com suas histórias sejam publicados.

Enfim, a duologia Sem Vergonha mistura elementos distintos mas que combinaram de forma perfeita, e pra quem quer se aventurar por um romance cheio de erotismo, mas que também envolve ação e muitos perigos elevando o gênero a outro nível, é leitura mais do que indicada.

Nenhum comentário

Postar um comentário