26 de novembro de 2016

Trama - Michael Jensen e David Powers King

Título: Trama
Autores: Michael Jensen e David Powers King
Editora: Arqueiro
Gênero: Fantasia/YA
Ano: 2016
Páginas: 304
Nota:
Onde Comprar: Saraiva | Submarino | Americanas
Sinopse: O sonho de Nels era ser cavaleiro do reino de Avërand. Filho obediente, ajudava como podia os moradores de sua pequena e tranquila aldeia. Querido por todos e tratado como herói, acreditava que logo seria selecionado como escudeiro da cavalaria.
Mas isso foi antes de ser assassinado por uma figura misteriosa.
Nels virou um fantasma, e agora só uma pessoa consegue vê-lo: a princesa Tyra, herdeira do reino e sua única esperança de entender o motivo do crime. A princípio, a jovem mimada não dá a menor confiança para o rapaz, mas, à medida que o mistério da morte dele vai se desenrolando, os dois percebem que têm em comum um segredo e um inimigo terrível, que pode se disfarçar de qualquer pessoa.
Nels e Tyra não têm escolha. Precisam fugir do castelo, desbravar um mundo oculto repleto de magia e espectros sombrios e encontrar uma agulha, a relíquia capaz de remendar o que foi descosturado na Grande Tapeçaria. E o tempo corre contra eles, pois o fio de Nels está prestes a desaparecer para sempre.
Resenha: Trama é uma fantasia medieval voltada para o público jovem adulto e escrita pelos autores Michael Jensen e David Powers King. O livro foi publicado no Brasil pela Editora Arqueiro.

Entre castelos e vilarejos, num cenário onde nobreza e camponeses da aldeia se dividem no reino de Avërand, existem três clãs que utilizam de magia: os urdidores (que usam a mágia através da costura), as profetizas (capazes de ver o futuro) e os conjuradores (os magos do reino).
Os urdidores são aqueles que mantém a Grande Tapeçaria (a trama) e nela ficam os registros de tudo o que se passa na Terra.

Neste pano de fundo, somos apresentados a Nels, um menino que mora na Vila das Pedras e sonha em ser escudeiro, e mais tarde quer se tornar um grande cavaleiro, mesmo que sua mãe, superprotetora, não o apoie nisso. Mas Nels decide não dar ouvidos à ela e parte para o festival desafiando o melhor cavaleiro do reino numa competição onde o vencedor ganharia um beijo da princesa Tyra. Mas as coisas não saem muito bem como planejado e o resultado desse evento acaba ligando o destino dos dois e mudando o curso do próprio reino...
Nels acaba sendo assassinado e se torna um fantasma, e a única pessoa capaz de vê-lo é Tyra. A morte de Nels está cercada de mistério e, de acordo com a Trama, não deveria ter acontecido. Mesmo que a princípio Tyra não tenha dado muita importância ao ocorrido, com o desenrolar dos fatos os jovens percebem que possuem mais coisas em comum - e muito importantes - do que imaginaram, além de um inimigo muito perigoso em seus encalços: Rasmus. Nels e Tyra se unem e fogem do castelo para adentrarem num mundo oculto e misterioso a fim de tentarem consertar o que foi feito. E numa aventura repleta de magia, eles vão tentar derrotar o assassino de Nels além de irem em busca de uma relíquia capaz de reparar fatos do destino: uma agulha para remendar o que fora descosturado na Grande Tapeçaria.

Narrado em terceira pessoa, os capítulos se intercalam entre os pontos de vista de Nels, Tyra e Rasmus. E mesmo que a narrativa seja feita em terceira pessoa, o que permite ao leitor ter uma perspectiva mais ampla acerca dos acontecimentos, é perfeitamente possível distinguir os personagens de acordo com suas personalidades e atitudes.
As descrições são detalhadas mas nunca são feitas em excesso, sendo possível imaginar toda a ambientação da história e entender o que se passa sem que haja confusão diante dos elementos apresentados, que mesmo sendo muitos são bem simples, e dos detalhes do enredo. Há elementos sobrenaturais/paranormais e subtramas envolvendo os personagens que não estão alí por acaso, e elas tem ligações importantes com o enredo principal e que fazem alguma diferença na história.

Os protagonistas são bem construídos, com personalidade forte e se ajudam de forma mútua mesmo que haja dificuldades e nenhum deles nunca se sobrepõe ao outro.
Nels é um garoto de ouro e tem um coração enorme. Seu passado é um mistério para ele próprio mas seu futuro já havia sido traçado desde quando ele nasceu e a princesa Tyra tem papel fundamental em seu destino. Inicialmente ela demonstra ser muito mimada e cheia de ressentimentos por ter que assumir um reino que seu pai parece não dar a devida importância, e ter que se submeter às vontades do pai das quais ela não entende fez com que ela ficasse muito amarga. Claro que quando ela e Nels se juntam as coisas mudam e ela passa a enxergar o mundo com outros olhos...
Mesmo que Rasmus seja um vilão diabólico, eu gostei do papel que ele teve na história pois além de ter sido muito bem desenvolvido, ele é o exemplo cru do que uma pessoa se dispõe a fazer para ter poder e alcançar seus objetivos, por mais sombrios que sejam.

A capa é simples e tem tudo a ver com o enredo, desde o anel até a agulha que passa pelo título da obra. A diagramação é simples, os capítulos possuem títulos e têm detalhes de agulha e linha no início de cada um deles. As páginas são amarelas e não percebi erros de revisão.

Pra quem gosta de uma história envolvente e original, repleta de fantasia e recheada de bom humor, aventura, muita ação, magia e toques sobrenaturais, é livro mais do que indicado.

Nenhum comentário

Postar um comentário