2 de agosto de 2015

Você (não) é o Homem da Minha Vida - Alexandra Potter

Lido em: Julho de 2015
Título: Você (não) é o Homem da Minha Vida
Autora: Alexandra Potter
Editora: Record
Gênero: Chick lit
Ano: 2015
Páginas: 448
Nota
Onde comprar: Saraiva
Sinopse: O sonho da maioria das mulheres é encontrar o homem da sua vida. Lucy só quer se livrar dele.
No instante em que Lucy conhece Nate em Veneza, durante o intercâmbio da faculdade, ela tem certeza de que é o amor da sua vida. Com toda a magia do primeiro amor, eles se beijam ao pôr do sol sob a Ponte dos Suspiros, o que, segundo a lenda local, os uniria para sempre.
Passados dez anos, porém, eles perderam contato por completo. Até que Lucy se muda para Nova York, e o destino faz com que se reencontrem. E se reencontrem. E se reencontrem. Mas o Nate atual é muito diferente do que ela conheceu aos 19 anos, e Lucy preferia o antigo.
Será que ele é mesmo sua alma gêmea? Como ela conseguirá se livrar dele? Afinal “para sempre” pode ser muito tempo...
Uma comédia romântica original e mágica sobre o que acontece quando o sonho de toda menina de encontrar sua alma gêmea se torna verdade. 

Resenha: Em 1999, durante um intercâmbio da faculdade, Lucy Hemmingway conhece Nathaniel Kennedy, ou só Nate, e a magia do primeiro encontro foi doce e linda o bastante para abalar as estruturas de qualquer um. Foi quase como se eles tivessem sido atingidos pela seta do próprio cupido. Tudo colaborou para que esse romance se tornasse inesquecível mas após terem vivido algo tão intenso, seus caminhos acabaram se separando... Dez anos depois, Lucy continua apaixonada, ela não consegue apagar as lembranças que guardou de Nate e nem ficar livre daquela sensação de ter perdido o amor de sua vida para sempre. Ela sai de Londres e se muda para Nova York a trabalho, e quando ela pensou ter esquecido Nate, o inesperado acontece: os dois se reencontram por coincidência e ela mal pode acreditar que ele agora está diante de seus olhos, em carne e osso. Lucy acredita que aquele beijo ao pôr do sol sob a Ponte dos Suspiros enquanto os sinos da igreja badalavam sem parar foi um "ritual" cuja lenda rezava ser o responsável por uní-los e ligá-los para sempre... Porém, dez anos é muito tempo... Tempo suficiente por colocá-los numa realidade bastante diferente de quando se conheceram... Mesmo que Lucy tenha dado uma outra chance a esse relacionamento, ela percebe que Nate não tem nada a ver com aquele cara jovem e encantador que ela conheceu aos dezenove anos em Veneza e aquele encanto não existe, e por mais que eles não parem de se reencontrar ao acaso, Lucy acredita que "para sempre" é tempo demais para algo que parece ter, de fato, acabado, mesmo que a lenda pareça ser verdadeira. Logo eles já estão fartos um do outro mas o destino não pára de fazer o caminho dos dois e cruzarem. E agora, como se livrar de Nate de uma vez por todas?

Narrado em primeiro pessoa pelo ponto de vista de Lucy, Você (não) é o Homem da Minha Vida faz um misto de romance e comédia responsáveis por tornar a leitura super agradável e recheada de cenas hilárias. A escrita da autora é conservadora, fluida, cômica e cativante e acompanhar a saga de Lucy e Nate para fugirem um do outro foi algo impagável.
Enquanto Lucy e Nate estavam em Veneza, foi como um filme de amor daqueles melosos e lindos... Tudo era mágico e a vontade era de ter um Nate pra mim... Mas depois de dez anos fica claro o quanto ele mudou se tornando alguém muito desagradável, e misturar uma pessoa assim com a ideia de se agarrar a uma fantasia de uma década atrás não poderia resultar em algo que prestasse.
Lucy é uma protagonista super simpática, sonhadora e acabou se passando por uma personagem mais real do que a maioria das demais. Ela é desastrada mas não de um jeito irritante, e sim cômico e super engraçado. Quando Adam entra em cena as coisas ficam muito mais legais, pois ele, diferente de Nate, é alguém fantástico e se mostrava ideal como par de Lucy. Ela consegue ser ela mesma na companhia de Adam e isso não acontece quando Nate está por perto.
Os personagens secundários também são adoráveis, desde Robyn, colega de quarto de Lucy, até Magda, sua chefe admirável.
Os diálogos são espirituosos na grande maioria das vezes e achei um barato saber mais sobre leis de atração do universo através das conversas das personagens.
Um ponto bacana é que há um subtrama paralela à história principal. Kate, a irmã de Lucy, com seu marido, Jeff. Kate parece ser alguém muito fria a primeira vista, mas com o desenrolar da história podemos vê-la amolecendo um pouco, o que me agradou bastante.

A história foi um pouco lenta em algumas partes, e até previsível em outras, mas posso afirmar que foi uma leitura super divertida e válida. As maneiras em que Lucy e Nate tentaram fugir um do outro foram muito engraçadas, e gostei bastante da forma como os demais personagens estavam inclinados a ajudá-la. Mas entre todos os pontos, o que realmente me fez aproveitar bem a história foi o aspecto mágico/místico que a autora usou e que fez sentido do início ao fim. Mesmo que a autora tenha simplesmente inventado a lenda da Ponte dos Suspiros, foi algo super original e que fez toda a diferença. A ideia de uma libertação de algo que já não convém, mesmo que se trata de uma suposta alma gêmea, é trabalhada de forma bastante satisfatória, assim como a ideia de que tudo o que vivemos serve como experiência ou ainda que devemos ficar atentos ao nosso redor, visto que o amor verdadeiro pode estar onde menos se espera...

Sobre a parte impressa, as manchas de aquarela são super originais no que se refere a capas e conseguiu dar um toque artístico à obra, principalmente ao levar em consideração que Lucy trabalha numa galeria de arte. As páginas amarelas e a fonte grande colaboram com a leitura e o trabalho de edição e revisão da Record estão divinas.

Para quem gosta de chick lits e deseja rir bastante com as situações hilárias pelas quais os personagns passam, super recomendo!

2 comentários

  1. A história não me chamou muito a atenção, mas com toda a certeza adoooorei o título hahaha

    Beeijos
    http://resenhandosonhos.com

    ResponderExcluir
  2. Parece ser legal, mas só se nao tivesse nada pra ler...rsrs
    Ótima resenha, parabéns... vc fala todos os pontos importantes..
    bjss

    ResponderExcluir