18 de agosto de 2015

Amor ao Pé da Letra - Melissa Pimentel

Título: Amor ao Pé da Letra
Autora: Melissa Pimentel
Editora: Paralela
Gênero: Chick lit/Comédia Romântica
Ano: 2015
Páginas: 304
Nota
Onde comprar: Saraiva | Submarino | Americanas
Sinopse: A agente literária Melissa Pimentel, assim como sua personagem, Lauren, se mudou de uma pequena cidade nos Estados Unidos para Londres de um dia para o outro. Assim como a protagonista, seu principal objetivo também era se divertir, sempre que possível acompanhada de britânicos sexy.
Infelizmente, Melissa logo descobriu que conquistar esses homens era mais difícil do que parecia, mesmo quando ela jurava não querer nada sério. Foi aí que surgiu a solução: decidiu seguir os conselhos dos mais populares livros de autoajuda para conquistar homens e criou um blog para narrar suas experiências. Nasceram daí os encontros de Lauren, que em Amor ao Pé da Letra, receberam toques de ficção, como uma legítima comédia romântica.
Um diário de Bridget Jones para uma nova geração, Amor ao Pé da Letra promete conquistar todos que já sofreram na busca do amor verdadeiro. 

Resenha: Antes de conhecer o noivo, a autora Melissa Pimentel gastou boa parte de seu tempo transformando a própria vida num experimento social. Descompromissada e de saco cheio de homens prepotentes, ela decidiu seguir conselhos de guias, revistas e especialistas em encontros além de criar e manter um blog pessoal sobre o assunto iniciando um projeto a fim de descobrir se o problema era com ela ou com sua forma de abordagem ao se envolver com os caras. Depois de alguns meses, vários posts haviam sido publicados, vários encontros fracassados tinham acontecido e, provavelmente, litros de álcool tinham sido ingeridos, mas diante desta situação ela se inspirou na própria história que conta sobre essa coisa de encontrar o amor, principalmente porque realmente encontrou o seu, e escreveu Amor ao Pé da Letra, publicado no Brasil pela Paralela.

O livro conta a história de Lauren Cunninghan, uma mulher de vinte e oito anos, linda e inteligente, mas que não tem a menor sorte quando o assunto é amor. Ela sai de Portland, nos Estados Unidos deixando um relacionamento pra trás rumo a Londres buscando por uma vida de solteira que acredita existir somente lá, assim como conseguir um emprego no Museu de Ciências que lhe abriria portas para várias e diferentes oportunidades. Lauren quer curtir e aproveitar o máximo que pode sem que haja qualquer compromisso, mas os homens não parecem entender que ela não quer nada sério e sempre fogem acreditando que ela quer amarrá-los de alguma forma.
Tudo começa quando ela se dirige a um apartamento localizado à Old Street para alugar um quarto. Lucy a recebe com muita simpatia, Lauren se torna sua inquilina e as duas se tornam amigas. Até que ela conhece Adrian numa festa e os três meses que viriam agraciariam Lauren com um relacionamento casual e descompromissado regado a trepadas incríveis. Era tudo que ela queria, até ter tido a "brilhante" ideia de preparar pra ele um café da manhã com ovos... Adrian se convenceu de que ela queria fisgá-lo e, obviamente, deu no pé. E por causa desses malditos ovos, Lauren teve a ideia de investir num plano mirabolante... Acreditando estar "amaldiçoada", ela transforma a vida num experimento social em que a cada mês seguiria conselhos dos livros de autoajuda mais conhecidos para conquistar os homens se tornando irresistível aos seus olhos sem que pensassem que ela estava agindo com segundas intenções pra cima deles. Ela se empenha nesse projeto científico a fim de testar os homens e conhecer como funciona suas cabeças, mas sabe que precisa partir pra ação já que utilizando somente de técnicas nunca teria "material" para trabalhar. E assim, se arriscando em encontros malucos e conhecendo gente mais maluca ainda, ela embarca numa aventura divertida e super cativante!

O livro é narrado em primeiro pessoa e tem forma de um diário onde Lauren narra os acontecimentos dos seus experimentos que tem duração de um mês de forma crua e natural, solta palavrões sem se preocupar, e fala sobre sexo de forma aberta sem papas na língua, o que contribui ainda mais para que a leitura seja divertida e realista. Ela vai lendo os livros, fazendo seus testes e tirando as próprias conclusões do que aprende, quase sempre debochando de toda a situação.
Lauren é engraçada, super sarcástica, muitas vezes inconsequente e bastante feminista, mas ainda assim consegue transpassar um lado doce e romântico.
Ainda há um toque de mistério acerca do segredo que ela esconde sobre seu passado que foi o motivo de ela ter resolvido se mudar de país e de vida e tudo é pastante palpável.
A história se divide em sete partes principais, abordando o livro e o método que Lauren está colocando em prática no mês em questão, compartilhando seus pensamentos mais íntimos sobre os relacionamentos, assim como as ferramentas utilizadas para tal, e ao fim ela sinaliza a experiência indicando as pessoas ideias para o uso e com que tipo de pessoa o tal método pode funcionar da forma mais satisfatória possível.
A protagonista vivencia situações hilárias, conhece caras interessantes mas também entra em furadas durante suas "pesquisas de campo", mas num determinado momento ela acaba parando pra refletir sobre sua atual condição. Enfrentar o passado e assumir responsabilidades colaboram para que a história tenha um toque dramático e Lauren acaba percebendo que se quer ser feliz, precisa dar um jeito na própria vida e fazer escolhas que podem fugir do que consiste seu experimento. Ela vai conseguir lidar com o que o futuro lhe reserva?
A história é previsível, confesso, mas considerando o conteúdo, que ainda possui um toque autobiográfico da autora, não acho que tenha sido um ponto negativo. Há dicas no decorrer da leitura que tornam tudo bastante evidente sendo possível supor as coisas antes delas serem reveladas.
A capa é bastante sugestiva e todo o trabalho gráfico do livro é perfeito. A textura é aveludada e os óculos escuros vem com aplicação de verniz se destacando do restante da ilustração dando um acabamento bem bacana. As páginas são amarelas e a fonte tem tamanho agradável. Como já informei em outras resenhas, a Paralela procura se manter fiel à diagramação original da obra e os diálogos são apresentados com aspas em vez da habitual travessão, mas não é nada que me incomode mais.
Amor ao Pé da Letra é um livro espirituoso e muito divertido. É uma leitura obrigatória para todas as mulheres!
A capacidade da autora em fazer um tipo de "documentário" usando a própria vida como inspiração para suas aventuras cheias de boas verdades e muito bom humor é fantástica! O livro se tornou um dos meus favoritos e pra quem procura por uma história descontraída e já passou pelas experiências de fugir de compromissos sérios, ler e fazer testes loucos de revistas femininas, ou de se meter em roubadas ou até ter tido lances rápidos mas marcantes, recomendo!



Um comentário

  1. Oi Flávia ^^
    Nossa, como não ficar com vontade de correr para um site de compras e adquirir esse livro?
    Definitivamente, esse livro me cativou. E só pelo fato de ele ser meio autobiográfico já me chama a atenção, pois sei que a cada cena aquilo pode ter acontecido com a autora.
    Sério que ela colocou em prática os testes de como fisgar os boys? kkkkkkkk
    N-E-C-E-S-S-I-T-O ver essas cenas!!!
    Acho que esse detalhe dos diálogos serem em aspas ao invés do travessão, no início, podem me frustrar bastante. Marrenfim
    Parabéns pela linda resenha, Flávia. Bjs :*

    http://peregrinodanoite.blogspot.com.br

    ResponderExcluir