27 de junho de 2016

Um Chapéu Cheio de Céu - Terry Pratchett

Título: Um Chapéu Cheio de Céu - Tiffany Dolorida #2
Autor: Terry Pratchett
Editora: Bertrand Brasil
Gênero: Fantasia/Infantojuvenil
Ano: 2016
Páginas: 336
Nota:
Onde Comprar: Saraiva | Submarino | Americanas
Sinopse: Tiffany Dolorida, alguns anos após suas aventuras no tenebroso Reino das Fadas, deverá colocar seus talentos em bruxaria novamente à prova ao embarcar em mais uma aventura: deixar sua casa e suas terras para trás e se tornar aprendiz de uma bruxa de verdade. Mas o que ela não sabe é que uma criatura incorpórea e sagaz está lhe perseguindo, um ser ancião e incompreensível do qual nem mesmo a Madame Cera do Tempo (a maior bruxa do mundo) poderá protegê-la. Dessa vez, serão úteis as habilidades de roubos, briga e bebedeira dos Nac Mac Feegle, os Pequenos Homens Livres, ou deverá Tiffany depender única e tão somente de si?

Resenha: Um Chapéu Cheio de Céu é o segundo volume da série Tiffany Dolorida, escrita pelo autor Terry Pratchett e publicado no Brasil pela Bertrand.
Tiffany Dolorida é uma bruxinha de apenas onze anos, mas ser criança não impediu que ela enfrentasse a Rainha das Fadas de tomar o Giz. Com a ajuda dos Nac Mac Feegles e seguindo os passos de sua avó, Madame Cera do Tempo, ela conseguiu provar que o talento mais importante que uma bruxa deve ter é a inteligência, o bom senso e, claro, os olhos bem abertos. Por isso, depois de ter vivido uma grande aventura quando tinha apenas nove anos, Tiffany agora irá usar esse talento para se tornar uma aprendiz de bruxa, mas pra isso teria que deixar sua casa, o Giz. Então ela parte pra uma terra distante e sólida e a Srta. Plana fica responsável por ensinar tudo o que ela precisa saber. Mas, Tiffany tem grande potencial e isso acabou colocando a garotinha em perigo. Uma criatura sem corpo com a capacidade de consumir almas e tomar mentes começou a perseguí-la.

O bom humor da narrativa continua presente, assim como as críticas e as sátiras sobre a sociedade e o comportamento humano num geral, e neste volume está ainda melhor. Os Nac Mac Feegles continuam brigões e bebendo como se não houvesse amanhã, e mesmo que Tiffany seja a protagonista eles ganham muito destaque tornam a aventura muito mais dinâmica e engraçada. Eles são extremanente leais a Tiffany e respeitam a linhagem de bruxas de onde ela veio. A protegem com unhas e dentes mesmo que tenham apenas 15cm!
Neste volume senti uma fluidez maior na escrita e a trama se tornou ainda mais envolvente, cheia de reviravoltas e maiores aprofundamentos sobre as personagens. Os elementos parecem ter sido melhores utilizados e isso ajudou no desenvolvimento da trama. Se Tiffany já demonstrou grande sabedoria no livro anterior, nesse ela conquista por estar mais madura e com a percepção muito mais aguçada.
"Os Nac Mac Feggle do Giz odiavam a escrita por vários motivos diferentes, mas o maior deles era esse: a escrita permanece. Fixa as palavras. Se um homem disser o que pensa, algum pequeno biltre desagradável pode anotar tudo e sabe-se lá o que vai fazer com as palavras! É como pregar a sombra de um homem na parede!"
- Pág. 32
Embora divertido e muito engraçado, o livro tem uma lição de moral muito boa e traz reflexões bem filosóficas acerca dos nossos valores mais dignos e importantes, fala sobre lidar com nossos maiores medos e enfrentar o que desconhecemos e, até mesmo, sobre não julgar os outros pela aparência, e assim como no primeiro livro, a mensagem é passada de forma natural, sem impor opiniões forçadas e sem subestimar a inteligência dos leitores, principalmente as crianças. O autor mais uma vez criou uma história divertida com personagens peculiares que vão conquistar leitores de todas as idades.
Pra quem procura por uma aventura empolgante, inspiradora, cheia de diálogos inteligentes e que se passa num mundo fantástico e construído de forma grandiosa, vai aproveitar imensamente a leitura!

Nenhum comentário

Postar um comentário