23 de dezembro de 2013

Tamanho 42 Não é Gorda - Meg Cabot

Lido em: Dezembro de 2011
Título: Tamanho 42 Não é Gorda - Mistérios de Heather Wells - Livro 1
Autora: Meg Cabot
Editora: Galera Record
Gênero: Mistério/Chick Lit
Ano: 2006
Páginas: 411
Nota:
Sinopse: Heather Wells é uma cantora pop que chegou a um ponto nada desejado da carreira: o fundo do poço.
Nenhuma gravadora se interessa por suas músicas, ganhou peso e só entra em roupas tamanho 42, o pai está atrás das grades e a mãe fugiu para Buenos Aires com suas economias - e seu agente! Mas quando Heather arruma um trabalho de inspetora em uma faculdade, tudo muda... ou, pelo menos, é o que parece. Um crime inesperado leva-a a uma vida de aventuras e altas doses de adrenalina. Mas a vida de detetive é potencialmente perigosa e alguns riscos podem ser fatais.
Resenha: Tamanho 42 Não é Gorda é o primeiro volume da série Mistérios de Heather Wells, escrita pela diva Meg Cabot e lançado no Brasil pela Galera Record.
Heather Wells é uma loira de 28 anos que foi parar no fundo do poço. Ela fez um mega sucesso como cantora pop quando tinha seus 15 anos de idade, fazendo shows em shoppings e arrasando por onde ia com suas músicas descoladas, porém, perdeu seu contrato quando resolveu cantar suas próprias músicas em vez das compostas pela gravadora, e quando sua mãe decidiu meter a mão em todas as suas economias fugindo para Buenos Aires junto com seu agente. Como se isso não bastasse, seu noivo, Jordan, com quem namorava desde a adolescência, ainda foi pego no pulão a traindo. Heather, sozinha, sem um tostão, com uns quilinhos a mais e sem ter para onde ir, consegue um emprego como "diretora-assistente" no alojamento Fisher, ou melhor, no conjunto residencial estudantil da Faculdade de Nova York, e lá está bem satisfeita, pois mora há dois minutos a pé do trabalho e tem benefícios, como comer de graça! E ela só tem onde morar por causa de Cooper, um detetive particular super gato, misterioso e só tendo como defeito ser irmão de Jordan, o traidor, que, por pena da garota, lhe ofereceu um quarto em troca de ela trabalhar pra ele como contadora.
Até que que num belo dia, Heather chega no trabalho e é surpreendida com a terrível notícia de que uma estudante, Elizabeth Kellogg, foi encontrada estirada no poço do elevador, toda quebrada e morta. De acordo com as investigações, a pobre Elizabeth sofreu um acidente quando estava brincando de surfe de elevador, mas Heather logo discorda, afinal, ela conhece as meninas do alojamento e além de elas não terem esse costume, esse é um esporte masculino. Ninguém dá ouvidos às teorias de Heather, nem quando outras mortes igualmente estranhas começam a serem descobertas, e ela não tem outra opção a não ser investigar por conta própria a fim de descobrir quem está por trás dessas mortes e porquê. E ela nem imagina que meter o nariz onde não foi chamada poderá colocá-la em perigo também...

Narrado em primeira pessoa, Tamanho 42 Não é Gorda é um livro bem leve e divertido, cheio de personagens super bem construídos e hilários que realmente conquistam o leitor. Heather é determinada, super engraçada com suas tiradas e seus pensamentos e devaneios envolvendo comida ou seu senhorio, Cooper, ou quando fica indignada, soltando comentários ácidos quando tem que lidar com os assédios de seu ex noivo. É o tipo de personagem forte, adulta (que realmente se comporta como tal), que sabe sair de qualquer situação com classe e estilo, e prova que quando se tem talento e determinação, se chega em qualquer lugar, até mesmo porque aparência ou peso não significam nada quando existe inteligência, desde que não falte as queridas e deliciosas guloseimas ♥.
Cooper faz o estilo galã, ovelha negra da família, e favorito do avô por ter sido o único a desejar a felicidade do velho que se assumiu como gay e apresentou seu namorado Jorge.
Jordan também fez sucesso como artista da boy band "Easy Street", e ao mesmo tempo em que o odiamos pelas desculpas esfarrapadas que dá por ter sido pego traindo Heather, como se ele não tivesse tido culpa nenhuma em estar com a cabeça de uma garota no meio de suas pernas, morremos de rir porque ele vive sendo confundido pelo investigador do caso como sendo um dos integrantes dos Backstreet Boys!
A leitura, assim como os outros livros da autora, flui muito bem e é super rápido de se ler, porém o romance acaba ganhando o mínimo de destaque devido ao mistério das mortes juntamente com as questões femininas de Heather que são os pontos mais aprofundados.
Uma das coisas que não me agrada muito nesse livro, e nos outros da série em si, é o título, pois pra quem não conhece, a primeira impressão é a de que se trata de autoajuda ou qualquer outra coisa que não tem a menor ligação com o tema "mistério e mortes". Algumas partes são repetitivas, então achei que a mesma história poderia ser contada mas com bem menos páginas, sem nenhuma interferência. E levando em consideração o desfecho, achei o motivo das mortes bem fútil, então não foi algo que me agradou 100%.
Sobre a parte física, eu acho a capa linda pela simplicidade. As folhas são brancas e as letras tem um tamanho ótimo. Cada início de capítulo trás um trecho de alguma música interpretada por Heather na época em que cantava, algumas super sensíveis, outras hilárias e absurdas. Diagramação simples mas muito bem feita.
Como se trata de série, o primeiro livro tem esse papel mais introdutório, mas ainda assim foi uma leitura super bacana apesar do que pra mim foi negativo. Uma leitura leve e divertida que recomendo para os fãs do gênero e da autora.

11 comentários

  1. Oi Flá. Nunca imaginei que esse livro era policial. Pra mim, era algo como ajudar as pessoas que se sentem gordas usando 42, e, no fim, é um mistério, tipo um livro ´policial. Esse simples fato e incomodou um pouco e não sei se eu leria.
    Até mais.

    ResponderExcluir
  2. Tenho tanta curiosidade em ler Meg Cabot *____*
    Muita curiosidade !!!!!!!
    Amo as capas dessa série, acho bem Chick-Lit mesmo !!
    Amei a resenha!!!!!!!
    Como disse o comentário anterior, também nunca pensei que fosse um Mistério!
    Mas mesmo assim quero muito ler !
    Bjjs :)

    ResponderExcluir
  3. Oi Flávia
    Tenho muita vontade de ler algo da Meg Cabot mas este não é o livro que eu queira ler dela. Mas mesmo assim parece ser um livro bom, porém mais voltado para as mulheres.

    Beijos
    www.meupequenomundodeblablabla.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Bom,eu li um livro da Meg e me decepcionei demaaaaaaais,mas como muitos falam maravilhas dela eu baixei vários livros da autora,pq se não gostar não vou querer me matar kkkkkk.
    Eu juro que não sabia que esse livro tinha mistérios e mortes,nossa imaginava outra coisa,mas enfim,adoro livro com mistérios e mortes,e tendo uma pitada de comédia então....perfeito,vou ler com certeza.

    ResponderExcluir
  5. Poxa, eu gostei do final! Dos dois livros da série que li, esse foi o melhor :)

    ResponderExcluir
  6. Olá Flavinha!
    Nunca li os livros da Meg, só leio resenhas positivas. Quando vi a capa, não imaginei que teria momentos ótimos como mistérios ( que acho tudo em um livro), acho que por causa disso darei uma chance a série!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Gosto muito dos livros da Meg Cabot justamente por isso, são leves e a leitura flui com rapidez, mas essa série dela não me chama atenção para a leitura, pelo menos por agora.

    ResponderExcluir
  8. Meg é diva... porém, mesmo querendo muito, ainda não consegui ler a série... e eu não fazia ideia do que se tratava, achei que era algo meio alto ajuda mesmo... mas ok... parece ser de tirar o folego com suspenses e risos (: bjs

    ResponderExcluir
  9. Adoroo livros assim leve,de facil leitura que vc começa a ler e quando já se deu conta já chegou na última página..tenho ele aqui mas ainda não li,já incluido nas primeiras leituras do ano \o/

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Não imaginava que era um livro de suspense. Deu muita vontade de ler!

    Parabéns pela resenha. Beijos!

    http://comunykativo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir