10 de dezembro de 2013

Métrica - Colleen Hoover

Lido em: Novembro de 2013
Título: Métrica - Slammed #1
Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Gênero: Romance
Ano: 2013
Páginas: 304
Nota:
Sinopse: O romance de estreia de Colleen Hoover, autora que viria a figurar na lista de best sellers do New York Times, apresenta uma família devastada por uma morte repentina. Após a perda inesperada do pai, Layken, de 18 anos, é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor.

Resenha: Métrica é o primeiro volume da série Slammed, lançado no Brasil pela Galera Record e escrito pela autora Colleen Hoover, e conta a história de Layken (ou Lake, seu apelido), uma garota de 18 anos que após perder o pai, teve que se mudar do Texas onde morava com a mãe, Julia, e o irmão mais novo, Kel. Com a morte do pai, Julia não conseguiria bancar a família com o emprego que tinha, e por ter recebido uma oferta de emprego onde ganharia mais, apesar de ter que se mudar para a cidade de Ypsilanti, não recusou por não ver outra saída.
Lake estava odiando a mudança pois pra ela isso significou deixar a vida que tinha pra trás e ter que recomeçar tudo novamente, com pessoas novas, escola nova, e apesar de demonstrar que estava aceitando, a ideia não a agradava nada. Até que ela conhece Will, seu vizinho de 21 anos. Os dois combinam perfeitamente e o sentimento que surgiu entre eles foi o bastante pra fazê-la estremecer e encontrar um motivo pra ficar e ser feliz. Apesar de tudo indicar que os dois foram feitos um pro outro, alguma coisa vai impedir essa felicidade...

Antes de tudo, Métrica é um romance do estilo New Adult (ou talvez Young Adult) e como o próprio nome já diz, se refere a um conceito relacionado ao ritmo de uma poesia que é sempre medida em sílabas métricas pelo som, então o leitor vai se deparar com muitas poesias em que algumas palavras são destacadas em negrito indicando um tipo de medição/intensidade para elas. Quem não curte poesia (como eu) e nunca estudou suas regras provavelmente não vai se atentar a isso e talvez nem entender ou fazer uma ligação com o título, mas é um ponto que não faz diferença e pra mim não passou de floreio...
Essas poesias são um tipo de hobbie para os personagens e se fazem presentes através das "Competições de Slam", onde um grupo de poetas "duelam" com seus textos e que vença a melhor, mais emocionante e que cause mais impacto no povo. Lembram de "8 Mile - Rua das Ilusões" com o gatíssimo Eminem, em que rolavam aqueles duelos de rap? Pois então...

A história é dividida em duas partes e cada capítulo se inicia com um trechinho de alguma música de uma banda hiponga que faz o gênero Indie, Folk e Roots, a "The Avett Brothers" (que aposto que muita gente só foi procurar saber quem são por causa da leitura) cujas letras são bem poéticas mas quase sempre sem sentido, só pra combinar com o propósito do livro. Narrada em terceira pessoa, a leitura é fácil e se desenvolve de uma forma que, pra mim, foi super falha, pois tudo acontece do nada e sem explicações, e quando existem, são absurdas, rasas e quase nunca convincentes. Tudo bem que Lake está triste e se adaptando a uma vida sem o pai do qual ela, obviamente, sente muita falta, numa cidade detestável tendo que lidar com mudanças, mas aí conhece Will e a paixão instantânea e inexplicável que parece ter surgido do além só pra tirá-la daquele estado crítico de tristeza eterna, incluindo brigas sem um motivo plausível tendo como consequência meses sem comunicação alguma para depois, do nada, resolverem se falar de novo, e tudo muito rápido. É algo que não desceu aqui. Ainda aparecem outros problemas a serem enfrentados, afinal, o que seria uma história de amor, mesmo que fraca e previsível, sem tragédias de todos os tipos para atrapalhar com tudo ou ser motivo de coragem e força tiradas sabe-se lá de onde para seguir em frente?
A frase na capa da autora Tamara Webber que diz "Único, diferente de tudo que se vê por aí... Leia!" é, em partes, uma verdade, pois nunca li nada do gênero que fosse tão diferente no quesito superficialidade, e fora que muitas vezes é infantil devido as atitudes dos personagens e sem um pingo de nexo.
E as poesias? Pra mim todas são cafonas, exageradas, absurdas e carregadas de tantas palavras que juntas, no final das contas, não dizem nada com nada.
Não vou me aprofundar na questão do problema amoroso que Will e Lake enfrentam, pois seria um spoiler horripilante, então acho melhor que o leitor leia e tire as próprias conclusões, mas acho que é um fator incrivelmente fútil não sendo motivo para não seguirem em frente, serem felizes e o resto que se dane, principalmente porque os dois já são ADULTOS, pelo amor de Deus...

Com relação a parte física, a editora caprichou na tradução e revisão. Páginas amareladas, tamanho da fonte agradável, e a capa simples são pontos positivos pra mim.

No mais, é uma história que fala sobre as dificuldades de um amor cheio de barreiras, as mudanças que, às vezes, somos obrigados a enfrentar, os problemas familiares que nos deparamos, as perdas que sofremos e a forma difícil de superarmos... Enfim, é como uma lição de vida cheia de exemplos trágicos (e muitas vezes irritantes) para se refletir, mas contada de uma forma que simplesmente não me agradou como achei que seria depois de tantos elogios que vi por aí. Ou talvez eu seja muito insensível pra não ter conseguido enxergar toda essa "beleza" de que ouvi falar, vai saber...

Métrica tem continuação e já foi lançada, Pausa, e ainda estou me perguntando o que mais pode existir pra dar continuidade a algo que nem deveria ter começado... pelo menos não com esse desenvolvimento...

17 comentários

  1. Bom saber, estava querendo ler esse livro, agora ele foi pro final da minha lista haha

    depoisdeumlivro.blogspot.com
    Passem para conferir! Já ajuda bastante

    Beeeijos

    ResponderExcluir
  2. Assim que vi a divulgação da resenha, corri aqui para ler, rsrs. Confesso que eu quero muito ler o livro, pois achei tão enigmatica a capa, mas acho que um enredo que peca tanto, precisa de um trabalho melhor de seu escritor. Eu não sou alguém que gosta de poesia, apesar de acha-las lindas, mas não compreendo nada do termo tecnico e fiquei surpresa ao saber que o livro as inclui. Agora o que me deixou na dúvida são esses acontecimentos que surgem do nada! Livros assim costumam ser tão vazios...

    Beijos.

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  3. Eu amei esse livro! Muito diferente do que eu esperava e com enredo mais significativo do que os outros do gênero que li até hoje. Só a forma como a poesia foi utilizada é que não me surpreendeu, esperava mais... Bjs...
    anna-gabby.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Ótimo saber sua opinião, estava louco pelo livro, agora não estou TÃO louco assim rsrs!
    Mas mesmo assim quero ler pois cada um tem seu sentimento ao ler o livro e sua opinião, alguns gostam, alguns não!
    Amo a capa desse livro!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Nossa, acabei de levar um susto, como todos dizem gosto realmente não se discute, eu sou totalmente apaixonada por esse livro, mas já percebi que esse é um livro que a pessoa ama ou odeia, é interessante ver sua análise.

    Bjks

    Patty Santos - Blog Coração de Tinta
    http://www.coracaodetinta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Tinha visto esse livro por aí mas não tinha lido nenhuma resenha sobre ele. Achei interessante o livro ser escrito em forma de poesia, e eu adoro poesia. A história parece ser boazinha, não aparenta ser a melhor nem a pior história do mundo, mas um história mediana. Creio que esse livro seja um daqueles livros que você tem que ir com a expectativa baixa para lê-lo e tem que conferir você mesmo, pois divide opiniões.
    Bem, se eu tiver oportunidade talvez eu o leia, mas ele ainda não entrou na minha lista de desejos.

    Beijos!
    http://temponaoperdido.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  7. Talvez o diferente citado foi devido a Slammed, o declamar. Talvez por isso a autora falou assim, mas sei que teve seu propósito de diferente de tudo já visto, mas... Não li ainda, espero ler quando minha expectativa baixar, com todos falando que é maravilhoso e tal, é difícil ler algo e achar tão maravilhoso, pelo menos para mim. Mas, acredito que o livro é bom, principalmente diferente pela parte do declamar, uma ideia boa. Diferente, só espero que eu entenda, tenho dificuldades, quando via declamações, ficava perdida nos movimentos... bem, só quando ler vou saber.

    ResponderExcluir
  8. lol se algum dia eu for ler já vou sabendo como é ashuashushu
    eu to afim de ler, mas ainda não tenho o livro e se tiver vou dar uma pulada kk
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  9. Já tinha visto este livro por ai mais nunca tinha visto uma resenha, e agora ao ver a sua já vi que esse livro não é para mim.Tinha curiosidade em ler mas agora foi lá pro final da lista.
    Beijão *-*

    ResponderExcluir
  10. Oi Flávia! Eu comprei esse livro devido a alguns comentários (comprei ele e Easy juntos) e o li de uma passada só. Eu gostei bem da história e os fatos realmente acontecem do nada, de repente, sem ninguém estar preparado ou algo do tipo, mas eu gostei porque gosto de poesia[risos] e porque eu fiquei imaginando muitas coisas que aconteciam com os personagens entre um fato terminar e o outro começar... Usei e abusei da história e acabei gostando muito!
    Foi ótimo saber o seu ponto de vista. Estava ansiosa pela sua resenha! Agora, espero por Brilho... Hehehe
    Abraços!

    ResponderExcluir
  11. Nossa Flavinha..essa é a primeira resenha com nota 2 que leio de Métrica..rsrs.
    Confesso que coloquei ele na minha lista pelas várias resenhas boas que li sobre ele..achei a história bem interessante e pretendo ler para ver o que vou achar, mas adorei ler sua resenha, pq ai não vou com tanta expectativa assim..ehehehe.

    Beijinhos :**

    ResponderExcluir
  12. Oiiii, Flavinha, li muitas resenhas desse livro, e até agora a unica que critica tão visivelmente é a tua ): eu me apaixonei pela capa, logo quando o livro foi laçado não achava que era romance hihi, mas achei ela linda. Amoooo poesia, então quem sabe esse detalhe me agrade muito (já agradando). Bem, o livro continua na minha lista. Mesmo sendo uma pena que tu não tenhas gostado. Beijinhos

    ResponderExcluir
  13. Eu tenho mais ainda não li,tava querendo ler ainda esse mês agora...foi para o final.
    Não sabia que era assim não,fiquei um pouco triste.

    ResponderExcluir
  14. Realmente também vi muitos elogios de Métrica e várias declarações de que Pausa é ruinzinho, Mas não tenho e nunca tive nenhum interesse em ler nenhum dos dois (ou três)...

    Mas de qualquer forma obrigada pela resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oi Flávia-chan *o*
    Lembro-me do grande fuzue que teve sobre Métrica, em seu lançamento, e confesso que cheguei a desejar um pouco o livro. Mas agora não desejo. Caso eu compre será por uma megapromoção ou que eu ganhei o livro de alguém.
    Estou parando de ter tantas expectativas com os livros que estão sendo lançados. O último que me decepcionei pessoal foi com o livro Morte Súbita. Claro que eu amei a história, mas foi tanto cansativo que deu vontade de dar nota 2, mas eu gostei bastante dos ultimos capítulos e isso salvou a obra, em si.
    Ainda não tive a oportunidade de ler um livro New Adult. Acho que acabei de ler um que tinha capítulos com esse "floreio", mas não sei se ele se encaixa no gênero por ser policial.
    As suas resenhas são sempre maravilhosa, Flávia-chan. Você já me salvou bastante de cometer burradas e obrigado por me alertar, novamente, com relação a esse livro Métrica.
    Espero que você leia o segundo livro para decidir se joga ou não o livro pra o escanteio. Rsrsrsr... Bjs :*

    http://peregrinodanoite.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Sério que vc não gostou?? eu adoreeeeeei esse livro e mal posso esperar pra ler Pausa.

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Nossa Flavinha!

    Vi tantas resenhas boas desse livro que comprei ele na promoção do submarino, mas agora estou com o pé atrás. Acho que você foi a única resenha que li que não aprovou o livro.
    Vamos ver quando chegar se leio logo para conferir tudo o que você disse!

    Beijinhos
    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir