16 de dezembro de 2013

Cade Você, Bernadette? - Maria Semple

Lido em: Dezembro de 2013
Título: Cade Você, Bernadette?
Autora: Maria Semple
Editora: Companhia das Letras
Gênero: Ficção
Ano: 2013
Páginas: 372
Nota:
Sinopse: Bee concluiu os estudos na Galer Street, uma escola liberal de Seattle, com as melhores notas, e tudo o que ela quer como presente de formatura é uma viagem à Antártida na companhia dos pais.
Elgin é um pai ausente, mas genial: programador da Microsoft, tornou-se um rock star no mundo nerd por ter dado a quarta palestra mais vista do TED, e está prestes a lançar o Samantha 2, o projeto de sua vida. O momento não poderia ser pior para se isolar no extremo sul do planeta.
A mãe, Bernadette, já não aguenta a vida em Seattle e está a beira de um ataque de nervos. Poucos dias antes da viagem, ela desaparece, com medo do convívio social e de sentir enjoo durante a travessia da passagem de Drake.
Agora Bee fará tudo para encontrar a mãe. Mas antes ela terá de descobrir quem é essa mulher que ela acredita conhecer tão bem.
Resenha: Escrito pela autora Maria Semple e lançado no Brasil pela Companhia das LetrasCadê Você, Bernadette? é um livro de ficção que inicialmente nos apresenta a personagem adolescente Bee, que após receber seu boletim recheado de notas "S" (de "Supera a excelência") resolve reclamar seu prêmio que lhe foi prometido caso tirasse boas notas e ser aceita num importante internato: uma viagem com os pais para a Antártida!
Sua mãe, Bernadette, foi uma renomada arquiteta que fez muito sucesso nos anos 80, mas depois de ter casado, se mudado para Seattle para uma casa que parecia querer "voltar à natureza", e tido Bee, se transforma em outra pessoa. Vive reclusa, não é bem vista pelas outras mães dos alunos de Galer Street, é dependente de um mundaréu de remédios e tem pavor do convívio social, principalmente com sua vizinha, Audrey, que é uma das mães mais influentes da escola e através de vários emails tenta infernizar a vida de Bernadette (imagino Audrey como uma daquelas vizinhas bisbilhoteiras e intragáveis do seriado Desperate Housewives).
Já Elgin, o pai de Bee, é um gênio da Microsoft, mas talvez por ter sido excluído pela própria esposa quando Bee nasceu com problemas cardíacos, se tornou bastante ausente, pois só tinha como meta bancar a família financeiramente enquanto obedecia Bernadette dar as ordens sem questionar, não importando quais. O casamento acabou por cair numa rotina sem graça mas Elgie vive preocupado com as paranoias da esposa e acha que devia intervir para que ela se tratasse, e Bee, visando melhorar o relacionamento familiar, pede a viagem de presente.
Bernadette contrata uma assistente indiana com quem se comunica e passa ordens sobre o que planeja por email, Manjula, dando a entender que estaria se preparando para a viagem, mas só de pensar que ficaria presa num navio, se misturando com pessoas estranhas e desconhecidas e sem a menor chance de fugir, a quarentona estilosa simplesmente desaparece! E Bee está determinada a encontrar a mãe.

A história faz um misto de narrativas bem dinâmicas, que, apesar de ser um pouco confusa no inicio até nos acostumarmos, flui muito bem e quando percebemos já passamos muitas e muitas páginas, curiosos pelo próximo acontecimento ou pista sobre o paradeiro da peculiar Bernadette. A narrativa varia do ponto de vista de Bee - que é feito em primeira pessoa - , da troca de emails ou bilhetes entre alguns personagens, artigos de revistas, documentos secretos do FBI, arquivos em .pdf, conversas transcritas e etc, dá a entender que são um conjunto de pistas que podem ajudar na busca por Bernadette e talvez tentar entender o que a levou a sumir sem dar satisfações.
Bernadette é super complexa, mas ao mesmo tempo adorável: Ela detesta a cidade onde mora, tem um estilo super espalhafatoso e fashion de se vestir, detesta as "moscas" (nome que dá às mães da escola), não curte a companhia do marido, odeia gente, mas ama a filha acima de tudo e quer fazer de tudo para que ela seja feliz.

O livro é dividido em 7 partes e achei demasiadamente grandes visto que não há divisão de capítulos. Os diálogos são identificados por aspas em vez de travessão e até hoje não me acostumei com essa forma de conversa entre personagens e nem com a narrativa epistolar, que por mais que sirvam como pistas, dá acesso aos emails com conversas entre vários personagens em vez de somente ao que o protagonista envia ou recebe. O começo parece ser chato, confuso e arrastado, mas é só persistir um pouco para se acostumar com a narrativa diferente e se deparar com uma história super divertida e gostosa de se ler.
A capa é linda e ilustra bem o estilo de Bernadette e até mesmo alguma aflição que ela tem ao morder o lábio.

Cadê Você Bernadette? tem um enredo maluco, mas é hilário, super descontraído, cativante e muito inteligente. Uma história que dá enfoque ao relacionamento abalado de uma família, ao amor incondicional de uma filha pela mãe, e vice versa. E também, é uma história sobre auto-aceitação, que nos faz refletir e buscar o equilíbrio entre a descoberta do que nos faz feliz ao mesmo tempo em que aprendemos a equilibrar relacionamentos com pessoas que fazem parte das nossas vidas, sejam elas boas ou simplesmente intragáveis.


21 comentários

  1. Olá! Vi esse livro em vários lugares, mas não parei para ler a resenha. Depois que fiquei sabendo que tem um misto de mistério resolvi saber mais um pouco sobre ele.
    Se pra procurar a mãe Bee precisa até mesmo de alguns arquivos do FBI, esse livro parece ser bem misterioso mesmo! Ah, e falando em estilo espalhafatoso, mas elegante, lembrei da minha cunhada... Abraços!

    ResponderExcluir
  2. O enredo desse livro parece ser bem diferente e engraçado. Está na minha lista de leitura.
    Gostei muito da resenha.
    Abraços,
    Dayenne Vieira.

    http://um-momentoasos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. adorei com certeza esta na minha lista de livros pra ler em 2014.. adorei o post
    me visita? http://portalvaidosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia esse livro, mas pelo que você falou dele, ele parece ser ótimo. A história parece ser super divertida, e a personagem Bernadette parece ser bem maluca. Gostei mesmo do que você falou sobre o livro, e espero que em 2014 ele seja uma das minhas leituras.
    Beijos!

    http://temponaoperdido.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  5. Esse livro chama a minha atenção desde a capa até a parte em que é divertido. Bernadette parece ser muito estranha, tão estranha que a faz ficar intrigante e engraçada. Deve ser um bom livro.

    ResponderExcluir
  6. A cada resenha que leio desse livro, acho ele mais louco e divertido!
    Bernadette parece ser peculiar, e com muito a acrescentar ao leitor. Adorei a resenha e já adicionei o livro na minha listinha haha

    Ahhhh, lá no blog está rolando uma Gincana de Natal. A Ultima prova está no ar valendo o livro Na ilha! Tambem tem a ultima pova surpresa, valendo um kit com diversas coisas da Bruna Vieira e seus livros. Quem participar de duas provas ou mais, vai concorrer automaticamente a um kit com vários livros e uma ilustração sua! Confere lá ;D

    Beeijos, Dreeh.
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  7. Oie!

    Só tenho lido bons comentários dessa trama, =D

    Bj!
    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Flávia, já vi um monte de gente comentando sobre esse livro e agora, depois de ler a sua opinião, estou com vontade de dar uma chance. O fato de a narrativa ser meio ~diferente~ me atrai e espero conseguir superar o estranhamento bem rapidinho :)

    Ótima resenha, bem clara e direta!

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Nunca tinha visto uma resenha deste livro, apesar de ja te-lo visto em varios lugares. Parece ser um livro ótimo. ótima resenha.

    Beijos, meupequenomundodeblablabla.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi bonita!
    Lembro de ver esse livro na lista de compras de alguem, mas primeira vez que vejo sobre seu enredo diferente. Eu acho meio estranho conversas em " " mas acho que me acostumo! Fiquei intrigada e parece uma leitura divertida também. Bernadette parece ótima ahahahaha
    ótima resenha ♥
    Bjus bjus!
    Pan
    Pan's Mind - Sorteio Amazônia - Arquivo das Almas
    Gincana de Filmes

    ResponderExcluir
  11. Olá Flávia!
    Adorei a resenha! Tinha curiosidade pelo livro devido à capa, e agora me interessei pela história também. Gosto do fato de ser narrado de diversas formas, só não curti muito o fato de os diálogos serem marcados por aspas, gosto tanto dos travessões normais, rs.
    De qualquer jeito é um livro que eu pretendo ler, obrigada pela ótima resenha e pelo jeito como você a escreveu!

    depoisdeumlivro.blogspot.com
    espero a sua visita (:

    ResponderExcluir
  12. Nossa, eu já tinha visto a capa desse livro e me interessei, estava mesmo procurando uma resenha!!
    Adorei, já quero pra ler, rs

    ~bye
    batom-sabor-melancia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Tá ai gostei! Uma boa dose de esquisitice, mistério e tudo mais... Tá adicionado a minha lista de desejos! rs

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá Flávia,

    Eu tenho esse livro e pretendo ler só próximo ano, não tem como acrescentar mais esse livro na meta desse ano, porque nem chegarei a cumprir a que me comprometi. Tenso.
    Li uma resenha tão positiva sobre esse livro que fiquei louca para ler, a sua resenha é positiva, mas apontou pontos que me desagradam como a falta de travessão nos diálogos, isso também me incomoda e o livro ter 7 partes eu achei excessivo, vamos ver se gosto da história quando o ler.

    xoxo
    Mila F.
    De Livro em Livro
    Devaneios Fugazes

    ResponderExcluir
  15. Oi Flavinha, só um "tok" quando fala no primeiro paragrafo de Audrey, entre parenteses, tem um errinho "uma daqueles vizinhas" não seria "daquelas"?!
    Mas ok. A capa é bem criativa, e parece casar bem com a personagem. O tema família é bem interessante, achei que ia falar da filha, mas é da mãe né hahaha. Quero saber se eles viajam, quais os motivos, quero saber de tudo. Não conhecia o livro e fiquei feliz, parece uma leitura bem divertida. Bjs

    ResponderExcluir
  16. Olá Flavinha!

    Já li algumas resenhas desse livro e posso dizer que estou doida para conhecer melhor a história. Espero que não se torne cansativo quando for ler, por ele ser escrito em 7 partes, que acho muitoooo!

    Beijinhos

    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
  17. Oi Flavia tudo bem, já vi essa capa em muito blogs, mas resenha é a primeira vez que leio, e gostei bastante do enredo, parece ser uma leitura bom divertida!
    Queria agradecer o ano 2013, e desejo muita prosperidade!
    bjkas
    Feliz Natal e Feliz Ano Novo!
    Até 2014
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
  18. Olá! Adorei o seu blog e já estou seguindo.
    Criei meu blog recentemente.
    Dê uma olhadinha se puder, quem sabe goste.
    http://escritoraporumacaso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi Flá !
    Adorooo essa capa demais !!!!
    Bernadete parece ser bem ""maluca"" né?
    ahsuahsuhuas
    Adorei a resenha ! Parece ser bem legal, um passatempo bom!
    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Já vi várias resenhas positivas e com cada uma me empolgo mais e mais..tinha pedido ele de Amigo Secreto e Natal..mas não ganhei..vou ter que comprar mesmo...louca pra saber mais sobre esse livro!!

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi Flávia!
    Adorei sua resenha, esse livro já estava na minha lista e agora estou suuuper ansiosa pra ler! hahaha vou tentar comprar assim que der!
    Beijos!
    bussoladepapel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir