15 de abril de 2013

Hex Hall: Sortilégio - Rachel Hawkins

Relido em: Abril de 2013
Título:Sortilégio - Hex Hall - Livro 1
Autora: Rachel Hawkins
Editora: Galera Record
Gênero: Fantasia/Sobrenatural/Juvenil
Ano: 2010
Páginas: 304
Nota:
Sinopse: Há 3 anos, Sophie descobriu que não é uma menina como as outras. Ela é uma bruxa e, até agora, isso só lhe trouxe alguns... arranhões! Sua mãe fez tudo o que pôde para ajudar: leu o que conseguiu encontrar sobre bruxas, fadas e magia; procurando consultar o pai ausente de Sophie — um poderoso feiticeiro europeu — só quando necessário. Até que a menina atrai atenção além da conta depois de um feitiço de amor poderoso demais... E é seu pai que define a sentença: Sophie deve ir para Hex Hall, um reformatório afastado de tudo e de todos que está sempre de portas abertas para receber qualquer “prodígio” que saia da linha — ou seja, além de bruxas como Sophie, fadas, metamorfos etc. E a tendência de Sophie para encrencas não decepciona. Já no fim do primeiro dia, ela acumula problemas: três poderosas inimigas que mais parecem supermodelos, uma fantasma que cisma em persegui-la, uma paixonite idiota pelo feiticeiro mais charmoso da escola — e ele tem namorada, mas como Sophie poderia saber? Para piorar, sua companheira de quarto é a pessoa mais odiada do campus, e a única vampira entre os alunos... Sim, os sanguessugas não têm boa fama, e uma série de ataques a estudantes acaba fazendo da única amiga de Sophie a suspeita número um na mira do Conselho e da direção da escola. Isso não é tudo, e Sophie precisa se preparar. Uma antiga sociedade secreta determinada a destruir todos os prodígios, inclusive e principalmente ela, parece estar mais próxima do que nunca de Hex Hall. Sophie terá de descobrir, do que sua magia é capaz e, sobretudo, suas origens e quem ela é de verdade. 

Resenha: Sophie Mercer não é uma menina comum. Tem 16 anos, mora com a mãe, não tem lá muito contato com o pai, e vive se mudando de casa. Há 3 anos atrás descobriu que a causa de todos os acidentes e desastres que causa frequentemente "sem querer", saindo apenas com alguns míseros arranhões, é ela ser uma bruxa! Porém, a gota d'água foi quando Sophie, na melhor das intenções, resolve dar uma forcinha para Felicia Miller, uma garota que estava aos prantos e enfiada no banheiro da escola pois o baile de formatura rolava solto e ela não tinha nenhum acompanhante, coitadinha... Sophie dá um jeito de ajudá-la a arranjar um par com um feitiço do amor super poderoso mas muito brega, porém, tudo sai pela culatra pois o garoto em questão, além de ter causado um grande acidente envolvendo batidas de carro e muita destruição, ainda começou a perseguir e se declarar para Felicia todo ensanguentado feito um maníaco, apavorando todos que estavam alí. E como tudo isso chamou muita atenção, Sophie acabou sendo pega, acusada de bruxaria e agora seria castigada para aprender a controlar os poderes que tem...
O pai de Sophie é um feiticeiro poderosíssimo, e por saber dos perigos que a filha poderia se meter se continuasse tentando ajudar as pessoas desse jeito, lhe dá uma sentença: Sophie deveria ir para a instituição reformatória Hecate Hall para adolescentes (ou como é mais conhecida, Hex Hall), um tipo de escola de bruxaria onde os alunos "prodígios" (uma palavra chique para designar monstros) e rebeldes, sejam eles bruxas, fadas lobisomens ou metamorfos, aprenderiam a usar seus poderes da forma certa e na marra. E é lá que Sophie conhece sua companheira de quarto e futura melhor amiga, Jenna, a excluida nº1, única vampira de Hex Hall que mantém sua estadia lá por meio de uma cota exclusiva, pois vampiros não são dignos desse tipo de educação, e que tem paixão por rosa. Ela também faz inimizade com um coven de bruxas metidas a sabidonas e populares, Elodie, Anna e Chaston, e ainda começa a se sentir super atraída por Archer, namorado de Elodie. Mas quando vários ataques a estudantes começam a se desenrolar misteriosamente em Hex Hall, Sophie resolve se empenhar na investigação para descobrir o que diabos está acontecendo, pois a principal suspeita é Jenna, e ela quer provar a inocência da amiga! Mas acaba descobrindo outras coisas que nem imaginava...

O livro foi lançado aqui no Brasil primeiramente com uma capa diferente da original, e não tinha achado feia.
Mas a Galera Record, atendendo a pedidos, lançou o vol. 2 com a capa linda original! Daí o primeiro livro foi relançado com a capa inicial, pra combinar! Graças a Deus!
A diagramação é simples, a tradução e a revisão foram ótimas, as páginas são amareladas e a fonte tem um tamanho perfeito. E a narrativa sendo tão gostosa, só contribui ainda mais pra ser lido de uma vez só!
Gente, o que posso dizer desse livro? Completamente hilário, empolgante, envolvente e super viciante! É perfeito! Daquele tipo que é impossível parar de ler enquanto não chega ao final. A narrativa é super divertida e cheia de humor, daquele tipo que me fez rir alto, e é feita em primeira pessoa, mas por Sophie ser uma personagem super engraçada, inteligente, sarcástica, despreocupada e atrevida, e só se meter em confusões, tudo fica muito mais interessante. A princípio podemos nos enganar por não ser uma história completamente original, mas please, não confundam nem pensem que Hex Hall é uma Hogwarts disfarçada, pois não é! Magia, confusões, humor e reviravoltas, só contribuíram para que eu ficasse clamando desesperadamente pela continuação, Demonglass.
Enfim, para quem gosta do gênero de fantasia juvenil e procura por uma leitura leve e descontraída, Hex Hall é uma escolha perfeita. Já tinha lido em 2012, entrou pra minha lista de favoritos e melhores leituras do ano e não hesitei em reler pra relembrar como a história é super divertida! 

Resenha recomendada:
Amor Contra o Tempo - por Chrys Audi/Todas as Coisas do Meu Mundo

16 comentários

  1. Nossa Flá,
    Juro que agora fiquei em dúvida do próximo livro a pedir da Galera!!!
    Sua resenha ficou encantadora! Coitadinha da Sophie, só quis ajudar e arrumou uma tremenda confusão!!!
    A nova capa ficou linda e ainda bem que relançaram... não que a antiga seja feia, mas a nova é magnifica!!!

    Obrigada por recomendar a resenha Flá!!!

    Beijos
    Chrys
    blog Todas as coisas do meu mundo

    ResponderExcluir
  2. Oie,
    nossa eu lie esse livro faz quase um ano e adorei, o resto da série tb é mto bom, já li os três rsrsrsr
    se você adorou tanto esse vai amar o resto.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  3. Sabe quando sai da resenha para add o livro no skoob para não correr o risco de esquecer dele?
    Sou eu no momento.
    Adorei!

    ResponderExcluir
  4. Ei Flávia!
    Fiquei ansiosa pra ler o livro depois de sua resenha! Eu adoro esse tipo de leitura... Acaba nos fazendo viajar um pouco... Sair desse mundo louco! Rs...
    Acabei de identificando com Sophie sem nem mesmo ter lido suas trapalhadas!
    A resenha ficou ótima!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oi Flavia, acho que esse livro está em alta, porque tenho visto muitas resenhas dela por aí..
    Bom, eu adoro livros com temática fantasia, bruxaria e como vc mesmo disse leve e descontraída, e como vi na sua resenha que vc ficou clamando logo pela continuação então eu quero ler com certeza..
    Sabe, umas das coisas que eu mais gosto é quando vc não consegue largar o livro e quer ler todas as continuações logo..
    Eu senti isso lendo House of night, que infelizmente tive que largar de lado por causa dos livros de parceria..

    Parabéns pela resenha, beijos Mila
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Fla,

    Eu já tinha ouvido falar desse livro através da Pam Gonçalves do Garota It, e fiquei curiosa. Sua resenha me deixou super empolgada pela leitura... pq apesar de amar romance sobrenatural... livros com bruxas ou feiticeiros não são lidos por mim a muito tempo rsrsrs... acho desde Harry Potter.

    Fiquei empolgada quando vc mencionou que a Sophie é divertida e sarcástica e que o enredo em nada lembrava Hogwarts... adorei, outro detalhe, é o fato da Galera ter publicado a primeira edição com a capa igual a da segunda para combinar... eu tb dei graças.. pq como ainda não comprei os livros e pretendo comprar rs... sinceramente.. gostei mais das capas americanas ;DDD

    Bom... o negócio agora é incluir na lista de compras para 2013 e add mais um a meus desejados na estante do Skoob xDDD

    bjokas querida e até breve!

    Roberta Sheyler
    http://sonhosliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Gostei bastante da sua resenha.
    Já li este livro e simplesmente amei, é muito bom!
    Sabe algo estranho, nunca acho o segundo livro de Hex Hall para ler, já foi lançado?
    Beijos

    cocacolaecupcake.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Nossa! Adorei sua resenha. Parabéns.
    Aliás, tem selinho lá no meu blog pra vc (http://sucessoparaseublog.blogspot.com.br/2013/04/selinho-1.html)

    ResponderExcluir
  9. eu nunca li o livro
    ja vi umas resenhas antes bem animadoras sabe
    ah ainda bem que eles lançaram com a capa original *--* assim fica tudo combinando

    ResponderExcluir
  10. Oie Flávia
    A cada resenha que leio desse livro, mas ficou empolgada em ler.
    Muito boa sua resenha, só me instigou mais a querer o livro.
    Parabéns!
    Beijos

    Jéssica
    http://leitorasempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Graças a Deus eles relançaram com a capa original. Ela é linda, muito linda mesmo. Flávia, você leu meus pensamentos, por que eu já estava achando que era uma Howarts disfarçada. (Muito Obrigado por deixar claro isso). Bem adorei a resenha como sempre. XD

    Bjss!

    ResponderExcluir
  12. Oi Flavia,
    Gostei muitíssimo da sua resenha, sempre bem feita por sinal!
    Já ouvi falar de "Hex Hall" e parece mesmo ser uma leitura muito interessante para os fãs do gênero.
    Que bom que a editora relançou com a capa (linda) original. Não que a outra capa seja feia, é bonita também, mas eu particularmente prefiro a nova capa.
    Ótima resenha, quando procurar algum livro de fantasia sobrenatural para ler, este certamente estará entre eles.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Hellou, fafa *-* (juro que é a última)
    Já li uma resenha desse livro no blog da Cida *-*
    Pela visão dela eu tive uma percepção, pela sua já muda totalmente.
    Espero logo ler o livro, e que ele seja uma delicia assim como você disse <3 Porém, com o tema "bruxas", eu queria algo mais sombrio, mais aterrorizante rsrsrs
    Beijos !

    ResponderExcluir
  14. Eu já estava de olho nessa série há muito tempo, mas nunca lia porque estava meio que enjoada de histórias sobrenaturais (depois de ter lido milhares desse gênero).
    Mas sabe de uma coisa? A sua resenha me deixou muito curiosa para saber o que acontece, afinal de contas.
    Acho que vou ler algum dia, só não vai ser agora, nesse momento.

    http://resenhando-books.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Sua resenha ficou ótima! O livro já entrou para a minha lista de "comprar urgentemente" rs (: Adoro quando livros tem uma narrativa tão viciante a ponto de o leitor só parar quando termina! Hex Hall tem uma sinopse muito interessante, eu mal vejo a hora de ler o livro!

    Beijos,
    salaodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir