14 de junho de 2012

A Hospedeira - Stephenie Meyer

Lido em: Dezembro de 2009
Título: A Hospedeira
Autora: Stephenie Meyer
Editora: Intrínseca
Gênero: Ficção Científica, Romance
Ano: 2009
Páginas: 560
Nota
Sinopse: Nosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores: suas mentes são extraídas, enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo. Quando Melanie, um dos humanos "selvagens" que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a "alma" invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente. Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua a viver escondido. Incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida por uma espécie de exposição forçada. Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa do homem que ambas amam.

Resenha: Geralmente quando faço resenhas, faço um resumo do que se trata a história do livro pra depois vir com comentários e opiniões dos pontos que acho interessante destacar, mas a sinopse desse livro é tão grande e detalhada que o resumo seria inútil e só faria a resenha ficar maior do que já ficou sem a menor necessidade... Então, sem enrolar, vamos aos comentários divididos em 5 passos:

1º - Quando comprei esse livro, foi logo após o lançamento. A febre aftosa de Crepúsculo estava pairando no ar e pensei: "Poxa vida... Me decepcionei com Crepúsculo, agora me aparece essa tal de A Hospedeira pra terminar com o que sobrou da minha vida logo de uma vez"... Mas quando peguei o livro nas mãos e vi que a história não se tratava de vampiros purpurinados, lobisomens que tem aversão à camisetas e triângulos amorosos toscos, resolvi por o livro debaixo do braço e levar pra casa. Não custava nada ler já que eu não estava fazendo nada.

2º - Quando comecei a ler, o início pareceu um pouco confuso e fiquei tentando comparar esse processo dos alienígenas parasitas se alojando nos corpos dos humanos com aquela cena de "MIB - Homens de Preto", onde tem um etezinho cabeçudo da família real (ou que nome tenha a tal família, esqueci) dentro da cabeça do véio, e o corpo é só um meio de transporte, que acaba morrendo depois de ter sido espetado no pescoço pelo "Sr. Baratão que vestiu o Edgar". Comecei a perder a paciência, porque achei isso uma grande besteira, e ler quase 600 páginas de bobagem não é pra qualquer um que tenha um pouco de senso... Nem pra Jó! Mas paciência, persistência e perseverança são características e qualidades que possuo, obrigada! rsrsrs

3º - Pois bem... Comecei a ler, a leitura no início se arrastou muito, mas para a minha grande surpresa, não consegui mais parar de ler esse livro! Nem acreditei que quem teve a ideia de escrever essa história, a forma como foi escrita e o rumo que levou foi a mesma mente doentia e depravada que escreveu Crepúsculo!
Talvez pelos personagens serem interessantes, realmente terem alguma personalidade marcante e convincente e terem um propósito na vida, a história ficou muito mais aceitável, veja abaixo:

4º - Mel e Jared tinham um romance meio que impossível, devido ao mundo invadido em que viviam. Mas o amor era tão grande que eles estavam dispostos a enfrentar todas as barreiras. Os alienígenas consideram os humanos seres perigosos, terríveis, destruidores, bárbaros, violentos, delinquentes e outras horrorosidades, e por isso, decidiram botar ordem no "buteco" invadindo tudo, sem pedir licença, se apossando de seus corpos e mentes, e tomando o controle de suas vidas...Mel acaba sendo capturada pelos aliens e Peregrina passa a habitar seu corpo. Mas o que Peregrina não esperava, era que além de não conseguir controlar a mente de Mel, já que ela se recusa a ser dominada, ainda se deixou confundir com os sentimentos dela por Jared, o que acaba desenvolvendo um tipo de triângulo amoroso. Ainda me aparece Ian, o que transforma esse triângulo em quarteto, mas opa! Só existem 3 corpos... O problema maior, é que Jared agora rejeita Mel, pois acredita que não é ela quem está lá, e não tem a menor vontade de se envolver com uma alienígena monstra que se apossou do corpo de sua amada... Só que as duas, habitando o mesmo corpo e com interesses que acabam se cruzando, precisam chegar a um consenso, mesmo se tornando amigas depois de brigarem muito através de suas mentes... Uma aprendeu a engolir e aceitar a outra e vice versa.

5º - A ideia de humanos que vivem fugindo e se escondendo para não terem os corpos tomados, me lembram esses filmes pós apocalípticos onde a lei número 1 para a meia dúzia de gatos pingados que restaram é a lei da sobrevivência. Mas acima da necessidade dos humanos pela sobrevivência, é possível captar a mensagem sobre um misto de amizade, aceitação, preconceito, rejeição e amor. Eu simplesmente adoro esse tema.

Apesar da confusão no início, o livro é muito, mas muito bom! Esse livro superou minhas expectativas e minha antipatia pela Meyer até que diminuiu. Só tem um porém... Ouvi falar que se trata de mais uma série da autora... mas cade o resto??? 3 anos depois de lançado e necas... Assim eu desisto e Meyer caiu no meu conceito outra vez... Mas recomendo a leitura!

21 comentários

  1. Oba, que bom que você postou essa resenha, me deu a vontade que eu precisava pra ler hahaha. O meu Hospedeira tá ali pegando poeira na estante :(

    Bjss
    Nati

    http://www.meninadelivro.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ola! Tudo Bem! Me nome é Ulisses Sebrian
    e visitei o seu blog e gostei muito. Entrei como
    Seguidor se não se importa. Parabéns pelo seu blog
    e boa sorte.
    Sou autor de 9 romances disponíveis em meus blogs.
    Ah!Também tenho 4 blogs e gostaria que o visitasse.
    E se possível entrar como seguidor. Obrigado
    Os meus blogs são:
    http://truquedevida.blogspot.com.br/
    http://olhosdnoite.blogspot.com.br/
    http://melquisarcarde.blogspot.com.br/
    http://concientein.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Muito boa a resenha, hein
    Eu tenho o e-book então irei ler, se bem que irá demorar um pouco pra concluí-la
    Na minha lista do Skoob já estou lendo seis livros que é a metade dos doze que é a minha meta para este ano
    Dos doze li apenas dois, será que consigo? rsrsrs
    Mas este ano já li cinco livros não estão na minha meta, então este ano já li uns 7 livros
    éh eu sei não é nada comparado a alguns devoradores de livros kkkkkk

    Já viu a nova página do Cine Books: Your Down (seu download)?
    Até agora três filmes dublados, e três seriados
    :)
    http://cine-books-ac.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ri muuuito com a sua resenhaa!!! kkkk Tenho esse livro há 2 anos e acho que agora vou tomar coragem para le-lo. bjos

    ResponderExcluir
  5. Oiii
    Ahhh, que bom saber que eu não fui a única a achar o começo confuso! Lembro que me perdi bastante...
    "mesma mente doentia e depravada que escreveu Crepúsculo" kkkkk ai que pecado!!! kkkkkkkkkk
    Eu também adorei o livro. Só não gostei muito dos dragões de gelatina. Primeiro ela destrói os vampiros, agora os dragões...
    Mas quanto a história em si, o que achei mais interessante foi as "duas" narradoras, muito diferente isso!
    Adorei a resenha!!!

    Beijoss
    Thaís - Instinto de Leitura

    ResponderExcluir
  6. Olha eu tbm fiquei perdida no começo deste livro, parecia que nada se encaixava com nada, até pensei que a tia Meyer tinha tomado uns goró na hora de escrever (brincadeira). Mas como eu não desisto muito fácil continue a leitura, e hoje digo que vale muitoooooooo mais muitoooo apena mesmo ler este livro!!

    Xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá Flávia
    devo confessar que gosto de Crepúsculo, apesar de reconhecer algumas 'falhinhas', mas amo mesmo.
    também tive a mesma dificuldade no inicio de A hospedeira por conta da confusão, mas depois eu também não desgrudei do livro, já tem algum tempo mas tb coloquei resenha dele lá no blog:

    http://delivroemlivro.blogspot.com.br/2012/02/resenha-40-hospedeira-de-stephenie.html

    Abraços,
    Camila Márcia
    @camila_marcia
    http://delivroemlivro.blogspot.com/
    http://devaneiosfugazes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Flavinha, não adianta este livro
    não consegue me conquistar.
    Não acho a escritora tão boa, foi uma febre como vc disse, e da saga anterior gosto do primeiro e do último livro.
    Bjos!

    Cida

    http://www.moonlightbooks.net

    ResponderExcluir
  9. Flor, ri muito da sua sinceridade sobre a pobre Stephenie hahaha *mente doentia foi hilário*
    enfim, nunca tive a menoor vontade de ler este livro, acho ele a coisa mais sem gracinha q já existiu desde crepusculo, maaaas..
    se vc diz q o livro até merece uma chance, quem sou eu pra duvidar?
    Beijos
    http://nolimitedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Hahuahuahauha
    Ri muito dessa resenha! Foi ótima!! Ainda não li esse livro, mas pretendo porque mesmo tendo sido escrito por essa autora, vejo todo mundo falando bem! E que bom que ele não tem nada a ver com Twilight!

    Só não acho legal o livro só começar a ser visto e fazer mais sucesso porque vai virar filme. Esse livro ja é antigo pra virar febre só agora...

    ResponderExcluir
  11. Vc é bem crítica, gosto disso, mas discordo em alguns pontos porém sei respeitar opiniões diferentes. Graças a vc esse livro tbém vai para minha lista de leitura de julho. Gostei da sua renha.

    ResponderExcluir
  12. Êba, que bom que gostou do livro! Ainda não li, mas "A Hospedeira" é outro na minha imensa pilha de livros que tenho para ler e estava procurando uma opinião realmente sincera sobre ele. E simplesmente adorei a sua! Achei hilária! Dei muita risada!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  13. Acho que esse livro é muito muito bom...acho que a Stephenie Meyer se superou, amei o livro do começo ao fim e queria que tivesse continuação!!!!!

    xoxo

    ResponderExcluir
  14. Gostei muito do enrendo do livro e a forma como a autora colocou um quarteto amoroso com 4 pessoas kkkk doido pra ler!!!
    http://zonadaleitura-oficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Flavia, achei a ideia meio clichê. Parece aquele filme Invasores de Corpos que tem 5 versões (Invasores de Corpos de 1978, Vampiros de Almas de 1956 , A Invasão de 2007 e mais dois que não me lembro agora). Eu assisti a todas as versões kkkk. E também um outro chamado Força Sinistra da década de 80. Já viu que eu sou fanática por ficção científica e terror né? rs. Parece que ela pegou a ideia dos filmes, misturou com romance e deu esse livro rs. Mas sei lá, vai que eu gosto né? Confio na sua opinião. Se eu não ler o livro, ao menos o filme que vai estrear em 2013 eu irei assistir. ;)

    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Admito que só li metade do livro, é bem legal a história pra mim é bem criativa e até melhor que a outra série da autora.
    fiquei surpresa, pois não sabia que era uma série também, mas se for tá demorando demais pra lançar o segundo livro...

    ResponderExcluir
  17. O livro realmente parece bom, diferentemente de Crepusculo, que eu não gosto muito, más tem minha prima que ama e só vive falando dele ¬¬'
    Acho que vou ler esse livro, tava lendo 50 tons de cinza, más não gostei(devia ter seguido seu conselho), guardei o dinheiro pra comprar o segundo, más acho que vou comprar esse, eu gosto muito de ficção cientifica.

    ResponderExcluir
  18. to louca pra ler esse livro! mas eu acho que sou a única pessoa que não gosta de series,trilogias... eu me canso gosto de livros únicos! adoro sua sinceridade! rsrs

    ResponderExcluir
  19. Muito boa a resenha...
    Eu estava com medo de ler esse livro porque Crepúsculo é mesmo blerg, mas a sua resenha me fez querer ler! BJs
    ~rezando pra ser melhor que Crepúsculo

    meu-mundo-hm.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Eu tenho o livro e adorei!!!
    Comprei o livro, praticamente logo quando ela lançou (eu tinha gostado da sinopse, depois que vi quem era a autora).
    Realmente, antes de ler fiquei um pouco preocupada se ela (a autora) iria seguir o mesmo estilo de Crepusculo.
    Gostei do final e não sabia que era uma série, fiquei sabendo agora.
    Não acho que a autora deva fazer uma série, até porque não tem muito sentido. O livro termina ótimo.

    ResponderExcluir
  21. Oi. Depois de muito, mas muito tempo depois do lançamento resolvi ler o livro e até que estou me dando um pouco bem.
    Gostei da sua resenha... A minha vem em breve.
    Até mais!

    ResponderExcluir