21 de setembro de 2016

Eterna - C.C. Hunter

Título: Eterna - Ao Anoitecer #2
Autora: C.C. Hunter
Editora: Jangada
Gênero: YA/Sobrenatural
Ano: 2016
Páginas: 352
Nota:
Onde Comprar: Saraiva | Submarino | Americanas
Sinopse: Justo quando Della estava começando a achar que tinha encontrado a sua tribo em Shadow Falls, sua vida vira do avesso novamente. Depois de ser vítima de um vírus mortal, ela precisa fazer a difícil escolha de ser uma Renascida, um tipo de vampiro mais forte e poderoso. Essa é a sua única chance de sobrevivência. Mas ela tem um preço: Della terá que ficar eternamente ligada a Chase. Será que a atração que ela começa a sentir por ele é real ou tem a ver com esta ligação? E o que acontecerá com Steve, o metamorfo? E se já não bastasse os problemas do coração, enquanto Della investiga o seu mais recente caso, ela descobre uma prova chocante de que seu pai está envolvido num crime do passado. Isso a faz questionar tudo o que acredita ser verdade, e o seu lugar num mundo que ela pensava conhecer tão bem.
Resenha: Eterna é o segundo livro da série Ao Anoitecer, spin-off da saga Acampamento Shadow Falls escrita pel autora C.C. Hunter e publicado no Brasil pela Jangada.

Della passou por uma segunda transformação e se tornou uma Renascida, uma vampira muito mais forte, veloz e poderosa do que imaginava ser, e sua única chance de sobreviver é aceitando esta condição, porém, tal escolha irá fazer com que ela fique ligada a Chase para sempre. No volume anterior, Della e Chase se juntaram numa missão em que deveriam investigar um assassinato e, desta vez, irão se unir novamente numa nova missão envovlendo um fantasma ligado à ela, e eles irão enfrentar perigos ainda maiores além de fazer descobertas incríveis e surpreendentes. Sua família também anda passando por uns perrengues e Della começa a pensar que seu pai não é quem ela acreditava ser. Mas mesmo sabendo que é uma Renascida, ela não desistiu de se tornar uma agente da UPF.
Essa ligação que Della e Chase passaram a ter ainda é uma incognita para ela, principalmente porque ela ainda tem sentimentos por Steve. O problema é que por mais que ela também se sinta atraída por Chase, ela não sabe se pode confiar no que ele diz já que a própria existência desse metamorfo é um mistério cheio de segredos e algumas mentiras.

Narrado em teceira pessoa com foco maior sobre o ponto de vista de Della, Eterna possui um desenvolvimento agradável através de uma leitura fácil e fluída. A autora escreve muito bem e isso já é um fator que colabora bastante para o envolvimento do leitor com a leitura, porém, diferente do primeiro livro, comecei a me incomodar com a falta de inovação no que diz respeito ao enredo. Della também parece ter sofrido uma mudança brusca de personalidade, e aquela menina irônica e destemida foi consumida pelos sentimentos que nutre por Chase e Steve, o que estranhei total já que, inicialmente, ela nunca deu muita importância para sentimentalismos depois do que passou com o ex namorado que a abandonou... O caos começa a tomar conta das coisas, os mistérios estão lá para serem desvendados e mil problemas para serem resolvidos, e o que ela faz é pensar nesses caras deixando aflorar uma fase "doce" e fofinha que simplesmente não combina com ela. Steve ter saído de cena para que ela pudesse resolver as coisas com Chase foi uma artimanha bem clichê, mas, falando em triângulos amorosos, não gosto de dar muitos palpites sobre visto que nunca gostei desse elemento e não é dessa vez que vou mudar de ideia. Sò posso dizer que entre Chase e Steve, escolho Steve, ponto. Chase claramente esconde coisas que podem ser a chave para algo maior no futuro, mas como não se pode confiar nele 100%, prefiro não arriscar me apegar a ele.
Della até retoma às origens depois, mas essa "queda" não passou batida pra mim e não pude deixar de achar desnecessário já que fugiu totalmente daquela personagem forte, destemida e bad-ass que ela sempre demonstrou ser.

Com relação a parte física da obra, a capa é metalizada e segue o mesmo estilo do livro anterior e também dos demais livros da série Acampamento Shadow Falls. As páginas são amarelas e a fonte tem um tamanho agradável. Os capítulos são numerados por extenso, a diagramação é simples e não percebi erros de revisão durante a leitura.

Enfim, a história tem um desenvolvimento bacana e até mesmo rápido, os diálogos são espirituosos e inteligentes na maioria das vezes (mesmo se tratando de jovens adolescentes), a amizade é abordada de uma forma bastante verdadeira e a trama num geral é recheada de bom humor, mistério e bastante ação. O romance, claro, está lá, cheio de complicações, mas também acompanhado de momentos bonitinhos, fases em que o destaque fica por conta da descoberta mas também muitas dúvidas e indecisão.
De forma geral, pra quem curte fantasias sobrenaturais voltadas ao público jovem adulto com todos esses elementos que mencionei acima, vai gostar bastante da série.

Nenhum comentário

Postar um comentário