23 de maio de 2013

O Lobo do Centeio - Janaina Tokitaka

Lido em: Abril de 2013
Título: O Lobo do Centeio
Autora: Janaina Tokitaka
Editora: Escrita Fina
Gênero: Sobrenatural/Graphic Novel
Ano: 2012
Páginas: 64
Nota
Sinopse: Na graphic novel “O Lobo do Centeio” a autora retoma a tradicional lenda do lobisomem. Escolheu, nesta releitura, manter alguns dos elementos comumente associados à famosa narrativa, como a sua ligação com o gênero masculino e a influência da Lua cheia, e simultaneamente adicionar trechos existentes em versões arcaicas que, por uma ou outra razão, não permaneceram no imaginário contemporâneo. Exemplos desses trechos são a menção ao Lobo de Gevaudan e à influência maligna do grão de centeio. A primeira diz respeito a uma fera de proporções mitológicas que teria aterrorizado uma pequena aldeia francesa de 1764 a 1767 e a segunda a um dito popular que associa o grão ao nascimento do monstro. Mesclando essas fontes, O lobo do centeio enfoca o medo da natureza e do desconhecido, temas intimamente ligados à condição humana, independente de tempo ou local. 

Resenha: Há muito tempo atrás, numa pequena vila de camponeses trabalhadores, um terrível lobo negro aterrorizava todos que alí viviam. Os ataques eram constantes e fatais, mas quem era atacado era considerado imprudente por sair sozinho em plena escuridão... Todos estavam acostumados com a morte de alguém a cada novo dia, mas tantos ataques sofridos e perdas de entes queridos despertaram a revolta dos camponeses... Então, eles se despedem de suas famílias e adentram a floresta procurando pelo lobo negro, em busca de vingança... Coisas estranhas e inexplicáveis acontecem, e o filho do ferreiro foi atraído para a floresta, e ao voltar, estava diferente do que era...

O Lobo do Centeio é uma graphic novel baseada na lenda do lobisomem. Com ilustrações macabras e perturbadoras, o leitor embarca nessa história cheia de mistério, narrada em tom sombrio e muito sinistro, com poucos diálogos e em poucas páginas, mas com tanta intensidade que chega a despertar o medo, provocar arrepios e é uma delícia de se ler!
As ilustrações em tons de preto e verde e os traços cheios de expressão colaboram para esse clima de terror deixando o cenário bem misterioso e apavorante.
O livro tem a dimensão de 28x20cm, a capa é muito bem trabalhada e simplesmente genial, pois ao mesmo tempo que mostra um grande lobo, ilustra os campos de centeio onde a história se passa. E adianto que o final surpreende...
Por entre plantações de centeio negro, o Mal começa a tomar forma.
Primeiro como um lobo assassino, mais tarde como um Demônio sorrateiro que passa a atrair e dizimar todos os homens de um pacato vilarejo.
Pra quem gosta de terror contado de forma sútil e curte apreciar ilustrações fantásticas, O Lobo  do Centeio é leitura obrigatória!

7 comentários

  1. haha mas que resenha curtinha :p condiz com o livro!!!
    Inicialmente essa história me lembrou muito A Garota da Capa Vermelha! Adoro essas histórias de terror, mas confesso que fico meio amedrontado com isso, tanto que tranco a porta do quarto pra ficar seguro rs
    Beijoos

    ResponderExcluir
  2. Resenha curtinha, mas adorei. Tenho um fraco por histórias que envolvam um pouco do folclore, contos de fada, mas com uma pegada mais sombria. XD

    Bjss!

    ResponderExcluir
  3. Oi Flávia,

    Gosto de histórias de lobisomem, e nunca li graphic novel com este tema, então fiquei intrigada. Parece amedrontador mesmo.

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. sabe eu nunca li graphic novel, sempre fui curiosa quanto a isso, quem sabe esse não seja o primeiro ;D

    ResponderExcluir
  5. Ola passei aqui para conheçer o seu cantinho e achei tudo uma
    graça de muito bom gosto, parabéns e resolvi te seguir para nao perder
    nadinha, sera um prazer te-la no meu cantinho tambem passa la e da uma olhadinha.
    http://culinariachrisgipebube.blogspot.com.br/
    grata
    christina

    ResponderExcluir
  6. Não gosto muito de livros de terror, confesso que realmente tenho medo, mas sempre fui muito curiosa em ler alguma história de lobisomem de verdade e conhecer a história.
    (falo DE VERDADE pq os do Crepúsculo não contam hahaha)

    Beijos,
    Resenhando Books

    ResponderExcluir
  7. Adoro livros com ilustrações, sempre acho que dão um toque a mais na história, ainda mais quando é terror. Não sou fã de terror, eu leio muito a noite, e se eu ler terror, não durmo.. Olha a criança kkkk; É que livros desse gênero costumam ficar gravadas na minha memória por longos das, semanas.. Mas não me parece que esse livro seja desses de tirar o sono, como você disse ele é contado de forma sútil, acho bacana, porque assim pessoas como eu não ficam tao amedrontados!
    Beijos Flá ;)
    Bianc
    http://www.estantedabia.com/

    ResponderExcluir