3 de abril de 2017

Novidades de Abril - Rocco

Rocco

Animais Fantásticos e Onde Habitam - O Roteiro Original - J.K Rowling

Descubra uma nova era de magia com o aguardado Animais fantásticos e onde habitam – O roteiro original, edição impressa do roteiro do filme Animais fantásticos e onde habitam que a Editora Rocco lança em português como parte do novo programa de publicação do Mundo Bruxo de J.K. Rowling. Inspirado no livro-texto de Hogwarts escrito pelo personagem Newt Scamander, Animais fantásticos e onde habitam – O roteiro original é uma aventura nova e emocionante que apresenta uma variedade de personagens e criaturas mágicas. O livro marca a estreia como roteirista para o cinema da autora da adorada série Harry Potter e chega às prateleiras em edição de luxo, com capa dura e miolo em papel off-white.

Eu e você de A a Z - James Hannah

Ivo tem todos os motivos para ser feliz — ele é jovem, está apaixonado e tem amigos que prometem ficar ao seu lado se a vida um dia der errado. Até que, um dia, a vida dá errado.
Para Ivo, o jogo do A a Z é uma maneira de passar o tempo, de evitar a dor, de deixar de lado a doença que o persegue e uma maneira de pensar sobre o que realmente o trouxe até ali. A sugestão veio de sua enfermeira: “Pense em uma parte do corpo para cada letra, e pense em memórias conectadas a cada uma.”
E assim Ivo dá início a um compêndio de sua vida: das alegrias às escolhas duvidosas na adolescência, os momentos felizes ao lado de sua irmã, o insubstituível grupo de amigos, os relacionamentos rompidos, e, principalmente, o amor que ele nunca terá de volta. Ivo se lembra da garota que tentou ajudá-lo, do amigo que a impediu, e do erro que cometeu, um do tipo grande e imperdoável. Agora, o tempo está se esgotando enquanto sua vida aos poucos desmorona. Mas ele pretende colocá-la no lugar novamente. À sua maneira.
Emocionante, honesto e surpreendentemente bem-humorado, Eu e você de A a Z traz a revelação crua de uma existência vivida rápida e intensamente em um impressionante livro de estreia.

A Lição de Anatomia - Nina Siegal

A Lição de Anatomia do Doutor Tulp”, um dos quadros mais conhecidos de Rembrandt, é a inspiração para o romance histórico de Nina Siegal, especialista em Belas-Artes com textos publicados em veículos como The New York Times, Bloomberg News e outros. Fruto de uma encomenda da Guilda dos Cirurgiões de Amsterdã, o quadro representa a dissecação do corpo de um ladrão condenado à morte. No romance, a autora acompanha vários personagens direta ou indiretamente envolvidos na cena, entre eles a mulher do condenado; um colecionador que também trabalha na obtenção de cadáveres para dissecações; o filósofo René Descartes; o próprio Rembrandt, que, aos 26 anos de idade, sente um leve constrangimento diante da encomenda; e ainda uma historiadora de arte que estuda o quadro em pleno século XXI.

A Aventura Do Estilo -  Henry James e Robert Louis Stevenson

Primeiro livro da coleção Marginália, que reunirá textos pouco conhecidos de grandes escritores modernos, selecionados principalmente entre cartas, diários, artigos e outros papéis avulsos e apresentados por diferentes pesquisadores, A aventura do estilo reúne a correspondência de dois gigantes da literatura inglesa: Robert Louis Stevenson e Henry James. Apresentada por Marina Bedran, mestre em Teoria Literária e Literatura Comparada pela USP, a obra aproxima dois escritores de trajetórias e estilos muito diferentes – Henry James foi um cronista da vida da alta sociedade vitoriana e um estudioso da escrita e da arte da ficção; já Stevenson teve uma vida de aventuras, foi um escritor popular e alcançou o sucesso comercial que James nunca conheceu em vida – que discutem arte, literatura e estética oferecendo ao leitor os bastidores de seu processo criativo e de suas ambições literárias, numa rica e saborosa troca de ideias.

Fila e Democracia - Roberto DaMatta e Alberto Junqueira

Há muito se sabe que o Brasil não é um país para amadores e tampouco para principiantes. É uma peculiar democracia republicana em que todos são iguais perante a Lei, porém alguns são claramente mais iguais do que os outros. E, em caso de dúvida a esse respeito, o igual diferenciado não hesita em dar a carteirada definidora com o intimidador: “Você sabe com quem está falando?”
Os desatinos e as incongruências nacionais têm em Roberto DaMatta um intérprete perfeito. Característica que fez dele o cientista político mais citado em teses e estudos científicos do país, assim como um dos raríssimos intelectuais que conseguiram estabelecer a ponte entre a universidade e o mundo real.
Para esmiuçar o fenômeno da fila, evidenciador do pseudoigualitarismo nacional, Roberto DaMatta associou-se a Alberto Junqueira, seu orientando na PUC-Rio, produzindo um estudo fascinante em que a concisão vai de par com a profundidade. Mais uma importante contribuição para nos explicar o que faz o Brasil ser como é e nós sermos como somos.

Fábrica 231

Melodia Mortal - Pedro Bandeira e Guido Levi

Será que Mozart foi assassinado por Salieri? Tchaikovsky morreu de cólera ou envenenamento? Chopin morreu mesmo tuberculoso? E Beethoven, foi vítima do alcoolismo? A resposta, ou pelo menos algumas hipóteses plausíveis para essas perguntas, estão em Melodia mortal, estreia na ficção adulta de um dos maiores autores para o público juvenil do país. Escrito a quatro mãos por Pedro Bandeira com o médico Guido Levi, o livro examina, à luz dos conhecimentos da medicina contemporânea, os indícios possíveis sobre as mortes polêmicas de alguns grandes compositores da música clássica. E quem conduz a investigação é ninguém menos que Sherlock Holmes, auxiliado pelo seu fiel escudeiro, o doutor John H. Watson, que narra as aventuras do detetive na empreitada. Talvez não seja possível, tanto tempo depois, elucidar a causa dessas mortes que a medicina da época não foi capaz de precisar, mas a diversão é garantida neste romance cheio de teorias científicas e enigmas que formam um intricado quebra-cabeça, na tradição da melhor literatura policial.

A Busca Sofrida de Martha Perdida - Caroline Wallace

Liverpool, 1976. Martha tem 16 anos e mora numa estação de trem desde que se entende por gente. Mais especificamente, desde que foi encontrada, ainda bebê, em uma mala na estação Lime Street, ficando sob os “cuidados” da dona da loja de achados e perdidos do local. Proibida de deixar a estação, sob a ameaça de uma maldição, Martha espera diariamente que alguém venha buscá-la. Enquanto isso, passa seus dias atendendo os passageiros que circulam por ali, conhece todos os segredos da estação e acaba se envolvendo em alguns mistérios, entre eles o aparecimento de uma mala que talvez tenha pertencido aos Beatles e que coloca a cidade em polvorosa. Mas o maior mistério começa quando ela passa a receber livros com cartas de um desconhecido que parece saber tudo sobre a sua vida. Martha precisará correr contra o tempo se quiser encontrar repostas e não se perder novamente.

Bicicleta Amarela

Pais e Mães Conscientes - Shefali Tsabary

Não existem pais nem filhos ideais. E fazer da convivência familiar algo harmônico é um processo cada vez mais trabalhoso, num mundo em que paciência e tempo para ouvir o outro são artigos raros e a maioria dos pais acaba projetando nos filhos seus próprios anseios e frustrações. Doutora em Psicologia Clínica pela Universidade de Columbia, Shefali Tsabary aborda, em Pais e mães conscientes, alguns dos principais desafios da árdua tarefa de educar, começando por entender que a criação dos filhos não deve ser encarada como a fabricação de um novo “minieu”, mas como a chance de estimular da melhor forma alguém que possui identidade própria. Comparando a educação de uma criança ao ato de andar numa corda bamba, em que os pais precisam se equilibrar o tempo todo entre o coração e a razão, a autora defende que criar um filho é uma grande oportunidade de mudança e crescimento.

Anfiteatro

A Vingança dos Analógicos: Por que os objetos de verdade ainda são importantes - David Sax

Em meio a nossa trajetória rumo à utopia digital, algo de engraçado aconteceu – voltamos a nos interessar pelos bons e velhos objetos analógicos, aqueles que os gurus da tecnologia insistiam em dizer que estavam obsoletos. Nichos de mercado que pareciam ultrapassados, como o filme em película ou as vitrolas, ressurgiram com novo fôlego. Escrever em cadernos de papel, escutar discos de vinil e receber os amigos em torno de um jogo de tabuleiro voltaram a ser atividades bacanas. Eis a Vingança dos Analógicos!
O jornalista canadense David Sax percorreu o mundo atrás de histórias de empreendedores, desde pequenos negócios até grandes corporações, que conquistaram uma nova fatia de mercado vendendo não aplicativos ou soluções virtuais, mas coisas reais, palpáveis. Enquanto os e-books estavam supostamente mudando nossa forma de ler, livrarias independentes se espalhavam pelos Estados Unidos. Quando a música parecia ter migrado definitivamente para a “nuvem”, as vendas de discos de vinil cresceram mais de dez vezes. E até mesmo gigantes da tecnologia, como Google e Facebook, confiam cada vez mais no papel-e-caneta para desenvolver as melhores ideias.
Este livro se debruça sobre o que está por trás de nossos hábitos de consumo e interação com as coisas reais. Com um olhar sensível e um texto bem-humorado, Sax nos mostra a limitação dos apelos da vida exclusivamente digital – e quão promissor é o futuro dos objetos de verdade que estão lá fora.

Fantástica

O Livro de Sangue e Sombra - Robin Wasserman

Quando tudo parecia caminhar bem, um atraso para um encontro muda a vida de Nora Kane para sempre. Seu melhor amigo, Chris, está morto; a namorada dele, Adriane, em estado catatônico; e Max, o príncipe encantado de Nora, desaparecido. Mas o que parecia um pesadelo ruim o suficiente, fica ainda pior quando Max se torna o principal suspeito do crime. Desesperada para provar a inocência do namorado, a jovem, que trabalha num projeto de pesquisa traduzindo antigos manuscritos do latim, segue a trilha de sangue sem se importar com o destino final. E ele vai levá-la dos Estados Unidos à histórica Praga, e ao centro de um enigma que inclui uma teia obscura de sociedades secretas movidas pela ambição de encontrar a Lumen Dei, uma misteriosa máquina que contém a receita para o conhecimento supremo e para a comunhão com o divino, e que estaria enterrada num manuscrito de centenas de anos.

Rocco Jovens Leitores

Supergirl na Super Hero High - Lisa Yee

Supergirl é a garota nova na escola. E também a mais poderosa (embora ela não acredite muito nisso). Recém-chegada à Terra, depois de perder sua família e todo o resto do planeta Krypton, a menina está começando a descobrir seu potencial, e a Super Hero High parece ser o local ideal para isso. Mas mesmo para a adolescente mais poderosa da galáxia, acompanhar as aulas do ensino médio e se enturmar com seus novos e poderosos amigos, entre eles Wonder Woman, Katana e Harley Quin, não é nada fácil. Porém, quando misteriosos acontecimentos colocam em risco não só a escola, mas seu novo planeta, Supergirl precisa confiar nos seus amigos e em si mesma e mostrar que é capaz de salvar o dia. No segundo livro da série DC Super Hero Girls, Lisa Yee mantêm o ritmo do primeiro volume e vai além, mostrando um pouco mais do dia a dia e da personalidade das jovens super-heroínas que vem conquistando a garotada com uma aventura recheada de mistério, ação e muito humor.

O Incrível Duelo Dos Biscoitos Fergus Voador #3 - Chris Hoy

No terceiro livro da série Fergus Voador, o escocês Chris Hoy – mais bem-sucedido atleta olímpico da Grã-Bretanha e maior ciclista olímpico masculino de todos os tempos – apresenta mais uma divertida aventura sobre duas rodas para a garotada. Depois de conquistar o segundo lugar no Grande Desafio de Ciclismo, Fergus e seus amigos se preparam para a próxima fase da competição. Mas a notícia da instalação de uma fábrica no parque onde eles treinam ameaça acabar com os sonhos do grupo. Afinal, se já é difícil competir com as outras equipes com suas bicicletas modestas, imagina se eles não tiverem mais onde se preparar? Dinheiro para cobrir a oferta que a Biscoitos do Bruce fez pelo terreno Fergus e seus amigos não têm. Mas uma nova visita a nunca mais e um pouco de imaginação pode ajudá-los a encontrar uma solução e garantir a vitória, ou pelo menos a chance de tentar.

Quando Tudo Faz Sentido - Amy Zhang

Ela seria um objeto em movimento que continuaria em movimento, mesmo que para isso precisasse passar por cima de tudo em seu caminho.
Inércia, força, massa, gravidade, velocidade, aceleração... causa e efeito.
Liz Emerson não entende nada disso.
Mas eu entendo.
Entendo como nós caímos. Onde caímos. Por que caímos. Entendo sua tristeza e solidão e silêncio, seu coração estilhaçado.
Não tem que ser assim, tem?
Não foi sempre assim, foi?
Permaneça viva, Liz Emerson, permaneça viva.

A Cor de Coraline - Alexandre Rampazo

Coraline ouviu de Pedrinho a pergunta que achou difícil: me empresta o lápis cor de pele? Aí começou a aventura da menina que fica indagando qual seria a cor da pele. Ela olhou todas as cores de sua caixa de lápis. Pequena, tinha apenas doze. Coraline repassou todas as cores e descobriu maravilhada que cada cor de pele é bonita, cada cor tem uma razão, cada cor significa uma pessoa, um jeito de ser.
De cor em cor, ela percebeu que não importa o tom de pele, todos são iguais. E então também soube que linda é a cor de sua pele. Assim, Alexandre Rampazo mostrou a diversidade e a unidade deste mundo. As cores não servem para diferenciar, mas para tornar tudo mais belo. Imagine a monotonia de um mundo cheio de gente de uma cor só? A beleza é a multiplicidade. Daria para Rampazo fazer meninos e meninas com todas as cores do mundo?

Nenhum comentário

Postar um comentário