23 de dezembro de 2014

Mentirosos - E. Lockhart

Lido em: Dezembro de 2014
Título: Mentirosos
Autora: E. Lockhart
Editora: Seguinte
Gênero: Romance/Drama
Ano: 2014
Páginas: 271
Nota
Sinopse: Cadence vem de uma família rica, chefiada por um patriarca que possui uma ilha particular no Cabo Cod, onde a família toda passa o verão. Cadence, seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat (os quatro "Mentirosos") são inseparáveis desde os oito anos. Durante o verão de seus quinze anos, porém, Cadence sofre um misterioso acidente. Ela passa os próximos dois anos em um período conturbado, com amnésia, fortes dores de cabeça e muitos analgésicos, tentando juntar as lembranças sobre o que aconteceu.

Resenha: Mentirosos, escrito pela autora E. Lockhart e publicado no Brasil pela Seguinte conta a história de Cadence,  uma garota de quase 18 anos que é a filha mais velha da família Sinclair. Uma família muito rica, dona de uma ilha para onde todos eles vão passar as férias. E é lá que Cady tem contato com seus melhores amigos, Merris, Johnny e Gat, conhecidos como os Mentirosos, inseparáveis desde os 8 anos de idade. Há dois anos, Cady sofreu um acidente, não se lembra de nada, sofre de amnésia, tem fortes dores de cabeça e vive a base de analgésicos. Ela embarca numa tentativa de reconstruir sua história e se lembrar o que aconteceu a partir da relação difícil e cheia de conflitos que ela tem com a família, com os amigos e seu namorado...

Mentirosos é narrado de uma forma bem poética em primeira pessoa, pelo ponto de vista de Cadence, e já adianto que é o tipo de livro do qual o leitor deve realmente se dedicar, prestando atenção em cada detalhe, do contrário, será quase que impossível sua compreensão.
A história se desenvolve gradualmente de forma muito inteligente. Apesar do início confuso, a autora tem uma escrita fluída e direta, explora as relações familiares com maestria e profundidade, trazendo a tona todo tipo de conflito e sujeira que é comum, mas que todos insistem em varrer pra debaixo do tapete e viver de aparências. Todos os personagens são muito reais e Cady consegue passar tudo o que sente com excelência ao leitor.
Mas nem tudo são flores, não achei que o livro seja tão perfeito assim... Encontrei alguns furos e algumas situações forçadas como se a intenção fosse enganar o leitor de forma proposital para que o desfecho se tornasse estarrecedor. É... pelo menos em partes...
Apesar de ter achado a história como um todo muito inteligente, o que não me fez ficar realmente em estado de choque ao terminar a leitura é que, talvez por experiência com outras histórias do tipo (ou filmes que já assisti), eu formulei teorias do mistério que ronda Cady a partir de detalhes bastante significativos, mas que se lidos sem atenção acabam passando despercebidos. E para minha total falta de surpresa, o final foi exatamente o que eu tinha imaginado mas no fundo tinha esperanças de que fosse diferente. Fiquei com uma sensação de vazio, pensando que muita coisa foi descartável, como se tivesse lido em vão. Mesmo que traga uma história com um toque devastador de melancolia e realismo, não consegui captar uma mensagem intensa a ponto de servir como aprendizado. Não tirei lições, apenas li sobre a história de uma família complicada e sobre o mistério do acidente que a filha deles sofreu. Fim.
É um bom livro, muito instigante, mas achei que o final acabou por estragar o que estava bom. Apesar de tudo, recomendo a leitura, pois acho que cada um deve tirar suas próprias conclusões e impressões. Com certeza o impacto que Mentirosos causa é único em cada leitor.


3 comentários

  1. Oi Flávia, tudo bem?

    Eu esperava tanto de Mentirosos e me decepcionei tanto. Achei o livro e a estória fracos e aquele final não me surpreendeu nenhum pouco, tanto que eu o adivinhei já na página 160. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu não me decepcionei não. Pelo contrário, gostei muito. Eu tbm esperava algo revelador no final mas confesso q fiquei surpreendida ainda assim pq não esperava q a autora fosse fazer o q fez com os personagens. Também gostei da maneira poética com que ela narrou a história e como gosto muito de metáforas, não achei complicada a narrativa. Como vc bem disse, a cada leitor a experiência deve ser única e quanto menos ele souber sobre o enredo melhor :)

    ResponderExcluir
  3. Confesso que empurrei com a barriga até mais ou menos a metade do livro, isso pq tinha boas recomendações desse livro e queria saber o que era tão surpreendente nele. Mas ainda bem que continuei a leitura pq Meu Deus!!! que final foi aquele?!
    Gostei muito do final, e de como a autora escreveu tudo de forma tão discreta que mesmo estando tudo ali bem na minha cara, ainda assim não desconfiei daquele fim.
    E como eu tirei lições desse livro! Aquela família vivia tanto de aparências que nem se davam conta do estrago que estavam causando e de como influenciavam de forma negativa as crianças, só se deram conta disso quando era tarde demais.
    Acho que vale muito a pena ler Mentirosos. Mas tem que ser muito paciente e persistente com esse livro!

    ResponderExcluir