14 de outubro de 2013

A Chave para Rondo - Emily Rodda

Lido em: Setembro de 2013
Título: A Chave para Rondo - Livro 01
Autora: Emily Rodda
Editora: Fundamento
Gênero: Juvenil/Fantasia
Ano: 2011
Páginas: 304
Nota:
Sinopse: Importante! Gire a chave apenas três vezes. Nunca gire a chave enquanto a música estiver tocando. Nunca segure a caixa enquanto a música estiver tocando. Nunca feche a tampa antes de a música acabar. Ao se tornar dono da caixa de música que estava em poder de sua família havia várias gerações, o garoto Leo Zifkak não tem a menor intenção de quebrar nenhuma dessas regras.
O mesmo não se pode dizer de sua prima Mimi, que desobedece a uma delas e traz de volta uma magia há muito adormecida. Está aberto o portal para Rondo, o mundo mágico contido na caixa de música!
Quando a traiçoeira Rainha Azul sai de dentro da caixa e sequestra o cãozinho de Mimi, os primos partem em uma perigosa e inesquecível jornada para resgatá-lo. Enquanto percorrem as desconhecidas paisagens de Rondo, os dois descobrem que têm tarefas ainda mais difíceis pela frente. E que há uma forte ligação entre eles e aquele estranho lugar...
Mas como sobreviver em uma terra onde feiticeiras, dragões, animais falantes e outros seres fantásticos são lugar-comum e não tão inofensivos quanto parecem?

Resenha: A Chave para Rondo é o primeiro volume da trilogia "Rondo", escrita por Emily Rodda, conhecida pela saga Deltora Quest, e lançado no Brasil pela Editora Fundamento.
O livro nos apresenta Leo, um garoto bastante responsável que recebe uma caixa de música muito bonita e decorada de herança da tia. A caixa vem com regras muitos importantes, e Leo não pretendia quebrar nenhuma delas, afinal, a caixa estava sendo passada de geração em geração e o garoto se preocupou em manter a tradição, cuidando da relíquia.
Porém, Mimi, a prima do garoto que está passando uma temporada em sua casa, é uma garotinha extremamente teimosa, e não se importou quando resolveu girar a chave mais vezes do que o permitido, só pra ver o que iria acontecer, tirando Leo do sério... E para a surpresa de todos, as figuras estampadas na caixa ganham vida, o portal para o mundo mágico de Rondo é aberto, e a Rainha Azul aparece no quarto do garoto... A rainha sequestra Brutus, o cachorrinho de Mimi, e o leva para Rondo, e deixa com Leo a chave para o mundo mágico. Agora os dois irão embarcar numa grande aventura a fim de resgatarem Brutus e conhecerem Rondo...

A Chave para Rondo é narrado em terceira pessoa, de forma bem fácil e fluída, e apesar de não ser tão original, a ponto de ser possível identificarmos elementos já vistos em outras histórias, é uma leitura muito gostosa de acompanhar. Tudo é detalhado com perfeição e é perfeitamente possível nos imaginarmos dentro da história, vivendo as mesmas coisas que os protagonistas.
Os personagens são muito bem construídos, mas fiquei um pouco incomodada com o comportamento egoísta e muito mimado de Mimi, que é cheia de vontades, mas nem sempre a pessoa demonstra aquilo que realmente é, e é possível perceber isso na garota, que no fundo deve sentir falta de atenção e usa a malcriação para conseguir o que quer.
Acho que o sequestro do cãozinho de Mimi foi um motivo um pouco bobo para que as crianças embarcassem nessa aventura, principalmente levando em consideração que Leo não suportava a prima e ainda assim resolveu ajudá-la, mas devido a história ser voltada ao público infanto juvenil, acredito que não tenha sido um ponto negativo, mas sim algo que vem com uma mensagem de tolerância e de que a família deve vir em primeiro lugar.
Já Leo é um garoto que não quer demonstrar que depende de ninguém. Ele arregaça as mangas e corre atrás do que quer, mesmo que tenha pouca idade.
A fantasia que encontramos em A Chave para Rondo vai agradar leitores de todas as idades devido a criatividade admirável da autora em combinar elementos fantásticos e agradáveis de se acompanhar.
Os capítulos são bem curtos o que torna a leitura bem rápida. A capa ilustra bem a caixinha mágica e a diagramação é ótima. As páginas são enfeitadas, a letra tem um tamanho ótimo e a editora Fundamento está de parabéns pelo cuidado com a edição.
Recomendo muitíssimo a leitura e estou bastante animada para continuar acompanhando a história em O Mago de Rondo.

7 comentários

  1. essa capa e muito linda
    @livroazuis
    livro-azul.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Adorei a capa, a sinopse me agradou muito. A sua resenha está muito boa, com certeza comprarei esse livro

    ResponderExcluir
  3. Gente essa capa é muito linda, parece um bom livro para crianças, realmente na própria resenha é possível se encontrar elementos de outras literaturas, mas de boa o importante é curtir a criatividade da autora e deixar as crianças navegarem por entre essas letras!!!
    Bjus da Ju.
    http://jujumeumundo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Vontade de comprar e dar para o meu primo, mas cadê o dinheiro? haha

    ResponderExcluir
  5. Fiquei encantada com esse romance. Tem tudo do que mais gosto: fantasia, aventura, dragões e tantos outros. A história me pareceu emocionante. Só o pouco que li na sua resenha fiquei ansiosa pra ler e saber mais desses personagens. Ah, também sou apaixonada por caixinhas de música. Se fosse eu na história, acho que faria a mesma coisa que a prima de Leo. Amei.

    ResponderExcluir
  6. Oi! ^^
    Já estive com esse livro nas mãos algumas vezes e oque me impediu de comprá-lo foi o fato de se tratar de uma série. Prefiro livros únicos, mas na realidade, trilogia nem são tantos livros assim! Logo que tiver a oportunidade pretendo lê-lo! :)

    Beijusss;
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá Flavinha
    Infelizmente esse livro não me atraiu.Não tenho interesse nenhum de ler!
    Beijinhos

    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir