13 de março de 2013

Polêmica, eu? #2 - Parcerias com Autores


Oie, gentem!
E lá vem a pessoa que vos fala com mais um post um pouquinho só polêmico: Parceria com Autores.
Qual autor não quer ver seu "filho" bem visto, desejado e bem falado entre os leitores? Deu um imenso trabalho pra escrever, o investimento foi alto, correr atrás da publicação foi difícil e agora, resta divulgar para que se torne conhecido, né?
Pois é... Só que como as editoras não investem quase nada no marketing de obras nacionais (afinal, os livros estrangeiros já são conhecidos e falados e não é necessário muita divulgação para que os leitores procurem), muitos autores, em sua grande maioria os novos, acham uma boa seus livros serem divulgados nos blogs literários.
Porém, vejo alguns problemas nesse tipo de parceria:

1- Blogueiros que propõe parceria pra Deus e o mundo por livros "grátis".
Vamos raciocinar aqui sobre o que seria o correto... a) Se eu vou atrás de um autor para lhe propor parceria, obviamente é porque tenho interesse em divulgar o tal livro. b) Se eu quero divulgar o livro, entendo que é porque o livro é bom o bastante para que eu faça essa divulgação, afinal, indicarei o livro pros outros.
É claro que, mesmo desconhecido, só é possível saber se o livro é bom depois de lido, mas acho que em primeiro lugar, é necessário pelo menos saber do que se trata e se o tal livro é de um gênero que me agrade, assim, o livro pode ir conquistando leitores que curtem esse estilo até que se espalhe e desperte a atenção dos outros por aí...
Propor ou aceitar parceria pra qualquer autor que apareça pela frente, só pela possibilidade de receber o livro dele como cortesia pra resenha, dá impressão de desespero pra "ter" em vez de "apreciar" ou ter algo útil e decente pra falar. Caraca, até rimei!
Que tal procurar por autores que escrevam um tipo de história que lhe interessa de verdade?

2- Autores que topam qualquer parceria sem procurar saber sobre o blog e o blogueiro.
Um autor que, por exemplo, escreve um livro complexo e que exige maturidade para o entendimento, e que topa parceria com blogueiros de "12" anos (mesmo que a idade seja mental) que não vão entender a mensagem passada, não pode esperar que vá dar boa coisa... Na hora de resenharem, não vão saber passar a impressão que tiveram do livro de forma clara e correta, e o que vai acontecer, será chateação para o autor que vai se deparar com uma resenha superficial e tosca, pro blogueiro que perdeu tempo lendo e resenhando o que não entendeu (e provavelmente não gostou por não ter entendido), e pros leitores que, a partir daquela merd... digo, daquela resenha, não vão saber se o livro é bom ou não.
Que tal aceitar parcerias depois de conhecerem mais sobre o blog, o perfil do blogueiro e a forma como ele escreve suas resenhas a fim de saber se é um cantinho adequado para divulgação e que tenha um público alvo que poderá se interessar pelo livro?

3- Autores que querem divulgação 0800
Convenhamos... Nem o chão que a gente pisa foi de graça, então, por que diabos alguém deve fazer propaganda a troco de nada? Ter e manter um blog, requer tempo e dedicação até que se torne conhecido e acessado, e é um espaço que é visto por muitos. Se eu falo sobre um livro, é possível que alguém manifeste interesse por ele, e queira comprá-lo... Mas quem é que vai lucrar com isso?
Então, não acho justo que autores queiram espaço para que seus livros sejam divulgados, mas não disponibilizam pelo menos um único livro para o blogueiro resenhar ou sortear. E sem contar que só através da leitura e da resenha desse livro (feita por alguém que tenha o mínimo de noção e senso crítico, claro) é que as pessoas irão saber se ele vale mesmo a pena, e só através da crítica é que o autor vai saber se está no caminho certo e/ou se precisa melhorar em alguns pontos.
Parceria deve beneficiar os dois lados. Não adianta um lado só sair ganhando. É um troca, e deve ser no mínimo justa!
Da mesma forma que o livro deu trabalho pra ser escrito, o blogueiro sério também tem trabalho pra manter o blog, conquistar leitores e ter credibilidade. Muitos blogueiros investem dinheiro em seus blogs, e quem investe espera o mínimo de retorno, mesmo que seja só o reconhecimento pelo bom trabalho.
Se os autores não querem ou não podem enviar um livro em troca do espaço concedido, muitos até por acharem que os blogueiros são interesseiros e só querem livros de graça, talvez seja mais prático eles mesmos divulgarem por conta própria, cobrar a divulgação por parte das editoras ou pagarem por 30 segundos de intervalo comercial na Globo... Claro que muito mais pessoas irão conhecer, mas tenho certeza que o preço por isso será muuuuuuuito maior...
Que tal apoiar o blogueiro sério, que vai ceder espaço e que faz um bom trabalho, com uma parceria que beneficie ambos os lados? Um livro não é praticamente nada se comparado a uma divulgação bem feitinha e uma resenha bem escrita e decente.

4- Autores recalcados
O autor reconhece que um livro é um "pagamento justo" pela divulgação, ok... Mas, ao ler o tal livro, o blogueiro encontrou algumas falhas e acha que deve falar sobre elas na resenha. Uma resenha, é uma análise crítica, para falar sobre o que o livro trata, apontar os pontos positivos e os negativos de forma imparcial, e entendo que a resenha deva ser feita para os leitores do blog. Livro "grátis" não é sinônimo de opinião comprada ou manipulada. Muitos blogueiros nem fazem parceria com autores mais, só pra evitar a fadiga.
Já fiquei chocada por ter me deparado com alguns casos lamentáveis, e quase inacreditáveis, de autores brigando com blogueiros que fizeram críticas negativas, exigindo a edição ou exclusão da resenha, usando perfis fakes ou "anônimos" para atacar o blogueiro, ameaçando processo e até cobrando o preço ou a devolução do livro, alegando que o livro foi "de graça" e que o blogueiro tinha a obrigação de apoiar! Mas pera ae, meu... Liberdade de expressão, cadê você?
Se um não gostou do livro, outro pode ter outra percepção e gostar. Tomem Cinquenta Tons de Cinza como exemplo... Há quem ache um lixo completo (tipo eu), mas há quem tenha adorado... E cada um tem seus motivos pra isso, basta respeitar a opinião alheia, saber expressar o que achou do livro sem levar pro lado pessoal ou sem ofender. O que é um ponto negativo pra um, pode ser positivo pra outro.
Que tal ter um pouco de senso e humildade? Críticas feitas de forma cortês, mesmo que negativas, são construtivas.

5- Blogueiros tabajara e suas resenhas maravilhósicas
Resenhar um livro comprado, e de preferência estrangeiro, é fácil, principalmente se for pra falar mal... Mas a ideia de resenhar um livro nacional assusta. Principalmente se o livro é cortesia do autor.
É uma pena que as vezes algum blogueiro não tenha maturidade para entender isso e por vergonha de constranger o autor ou até medo de perder a parceria, e consequentemente mais livros, acaba falando o que não gostaria ou omitindo informações só pra agradar o tal autor... Um autor de verdade e sensato irá entender, aceitar e usar essas críticas para melhorar o que deixou a desejar. É perfeitamente possível fazer uma resenha negativa, com classe, e sem "queimar" o livro ou o autor. Basta ter senso e saber medir as palavras.
Que tal ser sincero nas resenhas, ganhar credibilidade, construir uma boa reputação, ter a consciência tranquila, manter seus leitores fiéis por confiarem na sua opinião sincera e fazer do seu blog um ponto de referência para resenhas bacanas e verdadeiras?
É muito fácil botar na cabeça que criar um blog literário só pra conseguir parceria e ganhar livros grátis é ser esperto ou que isso signifique que o sujeito nunca mais vai precisar comprar um livro na vida... Se fosse assim, por que não criamos um blog pra conseguirmos parcerias e falar de carros importados, casas na praia ou Kinder ovo?

Considerações finais
Enfim, acredito que numa parceria, os dois lados devem sair ganhando. Porém, mais importante do que isso, é o blogueiro ter consciência de que criar e manter um blog literário não significa que livros irão chover na estante. Não serei hipócrita em afirmar que receber livros não faz diferença, porque é ótimo receber livros de cortesia, claro. Mas pra mim, parceria significa apoio, reconhecimento de que o blog é bacana e se recebo livros pra resenhar, é porque acho que minha opinião tem alguma validade e importância.

Respeito pelo trabalho do autor, por mais que não tenha agradado 100%, é super importante, afinal, houve tempo e muito dinheiro investidos, e sua opinião pode influenciar outras pessoas a lerem ou não aquele livro.
Então, pensem bem antes de saírem pedindo ou aceitando parcerias. Avaliem se realmente vai valer a pena e se o benefício será recíproco. Assim, todo mundo sai ganhando.

Bjodoce!

47 comentários

  1. Concordo, Flavinha. Mais fã tua do que nunca (e não vou comentar muito pq hoje minha paciência pra mimimi tá praticamente zero)!
    Pensando seriamente em parar com parcerias com autores justamente pra evitar essas picuinhas.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  2. Oi flor, corri aqui ler, porque era blog e agora também sou escritora e vivo os dois lados. Como blogueira sempre preferi o desconto do que o livro gratuito, porque sei quanto o autor paga para ser publicado e eu sou só mais um blog dentro de mais vinte - no mínimo - que ofereceram parceria. Um autor doar 20, 30 livros para resenha é complicadíssimo.
    Como escritora tenho dado desconto aos blogueiros que me procuram, isso dentro do que posso. Para alguns blogs doei, porque admiro e conheço o trabalho há anos e confio que serão honestos na resenha e no tratar da obra.
    Bem, é isso. Achei importante falar, pois estou dos dois lados e sei como é complicado.
    beijo, Mari

    ResponderExcluir
  3. Simplesmente emocionante. "Mas acho que sairia caro fazer parceria para ganhar um Kinder Ovo?" KKKKKKKKKK

    Falando sério. Adorei e concordo plenamente com você, acho que tanto autor quanto blogueiro precisam saber escolher suas parcerias e terem em mente que a verdade nem sempre é agradável. Fazer uma resenha com opinião, expondo os pontos positivos e negativos é importante, para que o leitor possa decidir se através daquela resenha o livro será uma boa leitura para ele, ou não!

    Parabéns e bjss!

    ResponderExcluir
  4. Adorei o que você falou!
    E eu já fiz coisas do tipo aceitar qualquer parceria pela empolgação de ter um livro hoje reconheço que foi errado mas foi por impulso de iniciante. Acho injusto também, o blogueiro ter que pagar pra resenhar um livro que deveria ser para propaganda dele e do autor.

    Beijos.
    Páginas na Estante
    @pginasnaestante

    ResponderExcluir
  5. Querida, vira passista de escola de samba, porque sambar na cara do povo é o que você sabe fazer de melhor.
    Adorei o post e concordo com cada vírgula colocada ai *porque você sabe onde colocar uma vírgula*.
    Não estou na blogosfera há muito tempo, mas já percebi como tudo, infelizmente, funciona aqui.
    Beijooca

    ResponderExcluir
  6. Concordo em gênero, número e grau.
    Você foi perfeita em tudo que disse. Porém depois do ocorrido de hoje, vou pensar umas 5 vezes antes de aceitar a parceria. Não peço parceria à autores faz anos, contudo recebo propostas quase todos os dias. Tento selecionar bem, mas o coração é mole. Enfim, vou ficar mais esperta agora, mais exigente mesmo.
    Ai, desculpe, ainda tô com raiva. Volto quando ela passar.

    Bjkas

    Alessandra TApias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Nossa, concordo 100% com tudo que você disse!
    É tudo que vemos diariamente na blogoesfera.
    O absurdo que temos visto com cada vez mais frequência de autores dando "Pitis" pela internet a fora é demais!
    Adorei o post!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oi Flavia, adorei o assunto escolhido! Realmente as parcerias rendem um bom diálogo e sempre tem um dos lados reclamando pelo Face, hoje mesmo vi um autor falando que todo blogueiro é "pedichão" e só gosta de livro de graça. Faço a divulgação mesmo sem o material, mas se quiser mandar um livro, é melhor, com certeza, para sabermos realmente como é o autor e o seu estilo e se o mesmo se encaixa com o blog.
    No geral, gostei muito de suas palavras e penso praticamente como você. Tô adorando essa nova coluna!
    Beijos,
    alanahomrich.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi, Flávia! Ótimo texto, não pude deixar de dar uma passadinha e ler. Achei muito interessante os pontos discutidos e concordo com a maioria. Mas como a Mari escreveu acima é realmente difícil para ambos os lados. Não é uma "batalha" fácil. Também sou blogueira (apesar de não chegar perto do seu blog ou de outros em relação a qualidade, confesso) e escritora ao mesmo tempo. O apoio dos blogueiros é fundamental para a divulgação e eu mesma já me vi influenciada a ler um livro depois de ler uma resenha - mesmo que ela destacasse os pontos "negativos" do mesmo. No entanto, como escritora iniciante (o meu caso) ainda não posso disponibilizar meu livro e acredito que no começo será difícil. Mesmo assim, fiz parcerias com blogueiros maravilhosos que leram o livro em pdf e fizeram resenhas. É claro que quando chegar o momento pretendo demonstrar como o apoio de cada um foi essencial, entretanto, acho que essa situação será sempre muito delicada.
    É óbvio que um escritor que reclama de uma resenha sincera - que aponta os pontos que não gostou - nem merece ser ouvido. Para estar no ramo é precisa saber receber críticas - e não é fácil, confesso. Mas antes de enviar seu livro para qualquer blogueiro é necessário se preparar; simplesmente reclamar mais tarde não mudará nada, apenas queimará o filme do escritor.

    Enfim, já escrevi demais! Gostei bastante do post e com certeza é polêmico! hehe

    Espero, um dia quem sabe, que nós firmemos parceria! Abraços e até mais.
    L. L. Alves

    ResponderExcluir
  10. AFF, finalmente uma luz no meio desse mimimi todo.

    Sou autora nacional e tenho vergonha alheia desse monte de assunto sobre nada; toda vez é a mesma coisa.
    Concordo 200% com seu post, excelente.

    Nunca me importei em dar meu livro para parceiros. Algumas vezes não o faço porque não consigo pagar por ele, mas sempre dou um jeitinho de oferecer livros para resenhas. Eu quero ser lida, não quero vender. Se escrever fosse minha profissão eu pensaria diferente, mas escrever é meu lazer. Quero que as pessoas me leiam, que minha mensagem chegue até elas. Então sim, eu dou livros para parceiros e acho muito justa essa troca livro x resenha. Quem se importa em dar livros deveria desistir de ter blogues literários como parceiros, simples assim.

    Já vivenciei, no entanto, o blogueiro tabajara e paraguaio que me pediu livro e nunca resenhou. E olha que era blog grande, todo famoso! Nunca resenharam meu livro, apesar de terem recebido e postado vídeo na caixinha de correios e tudo. Esse tipo sempre vai existir, o autor precisa tentar se esquivar dele. Da mesma forma que muito blogueiro já deve ter se estressado com autor tabajara, estrelinha, etc. E aqueles que não sabem ouvir uma resenha negativa? Fazer o que, né?

    Acho que cada um sabe qual a melhor forma de parceria para si e para seu trabalho. Tem blogueiro que gosta de desconto, outros preferem gratuito. Tem autor que pode dar livros, tem autor que não pode. Por aí vai. Falar mal porque as coisas não saíram como planejadas não vai ajudar ninguém; críticas só se justificam quando possuem a finalidade pedagógica, quando oferecem uma solução. Só atiçar o fogo não apaga o incêndio.

    O que noto é que um grupo de autores queima toda a categoria dos escritores nacionais, assim como um grupo ruim de blogueiros mancha a reputação dos bons. Infelizmente, separar o joio do trigo nunca foi fácil.

    Beijos e parabéns pelo post lúcido e honesto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tati Mareto, estava falando exatamente isso c minha filha: o autor verdadeiro, aquele que ama o que faz, quer que leiam sua obra! Se vender, ótimo, senão, ao menos propagou sua mensagem.
      Infelizmente, por causa de pessoas como esse autor, muitos blogueiros não fazem mais parcerias com autores nacionais... E isso sim é triste :(

      @morenalilica
      Doce Insensatez

      Excluir
  11. Essa é a melhor postagem sobre o assunto!
    Parceria é literalmente uma moeda de dois lados.
    O blogueiro que deve selecionar e não apenas se inscrever em parcerias ou aceitar qualquer convite. Acumular selos de parcerias e livros na estante é desonesto e não passa uma imagem positiva como muitos pensam de "Oh, sou o melhor, vejam quantas parcerias eu tenho!".
    Escritor e editora precisam ser mais rigorosos e observar bem o trabalho do blogueiro, se ele se encaixa no perfil desejado e se possui qualidade.
    Parceria deve ser transparente e possuir diálogo. A editora ou escritor precisa deixar claro o que quer receber em troca da cortesia e o blogueiro precisa avaliar se é interessante para ele.
    O mesmo para o escritor ou editora que convida o blogueiro. Precisa estar ciente da política de parceria que ele possui.
    Deve existir compromisso, comunicação, respeito e uma TROCA. Senão não é parceria!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Concordo. A discussão que envolve blogueiros, autores e parcerias ganhou mais um capítulo hoje com o "manifesto" de um autor. Dias atrás foi um problema com duas editoras. O fato é que estou realmente ficando cansada. Gostei muito da sua crítica, especialmente quando se trata de ressaltar a importância da sinceridade nas resenhas para criar credibilidade.
    É bom também entender que nós blogueiros não estamos fazendo um favor às editoras ou aos autores, é uma troca. E se for pra sair prejudicado, como se nós não estivéssemos fazendo mais do que "a obrigação" é melhor nem ter parceria.

    (desconstruindoaspalavras.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
  13. Concordo com você Flavia, você conseguiu colocar em ótimas palavras em generalizar ou ofender. Cheguei a ver o assunto em questão, e só tenho a lamentar pelo que vi, pois só pude concluir que se trata de alguém que infelizmente se acha superior, mesmo falando que não... Infelizmente, muitas pessoas acham que ter um blog é algo digamos para "se brincar", só passar o tempo, que não há responsabilidade e devo dizer, pessoas que pensam assim, nunca chegarão a ver o real trabalho de um blogueiro de verdade, se tem aqueles que apenas querer algo em troca, tem realmente, em todo lugar tem, mas há muitos que fazem o fazem por amor, carinho, que são blogueiros sérios. Ter um blog é praticamente um emprego, você passa horas, pensa sobre o que falar, lê livros, elabora resenhas, você tem o desafio de conquistar leitores, não é de apenas promoções que se conquista leitores (essa foi uma das citações que infelizmente li sobre essa situação), é um trabalho diário de dedicação, tempo e esforço.

    Enfim, parabéns pela postagem, foi direta sem ofender e muito bem escrita ;)

    Bjs

    Da Imaginação a Escrita

    ResponderExcluir
  14. Flavia sempre arrasando nos seus comentários
    Concordo plenamente com o que vc disse. É cada coisa que se vê por ai, que da até dó. Adoro ler resenhas de livros que li, e constantemente me deparo com algumas que penso "minha nossa, lemos o mesmo livro?? Troscentos mil erros e além de não falar nada sobre isso diz que o livro é 5 estrelas?"
    Complicado rs
    E freqüentemente ouvimos comentarios de autores dando pitis por ai, procuro nem saber qual autor foi, pq o ultimo que soube eu acabei desistindo de comprar o livro rs

    Adoro essa nova coluna!

    Bjoo

    ResponderExcluir
  15. parceria é uma via de mão dupla
    pena que muita gente não entenda isso
    eu por exemplo fiz uma resenha regular de um livro e o autor não fala mais comigo...e eu ja mandei diversas mensagens para ele e nada dele responder

    ResponderExcluir
  16. fiz um post agora pouco sobre isso! Isso é a pior coisa, tem autor que quer que a gente compre o livro e mesmo ele sendo ruim, que que a gente fale bem dele. aaaaaaaaaaaaarg. E teve várias outras coisas, que desencadearam para eu parar de fazer parceria com autores! :/

    http://www.7hings.com.br/2013/03/gosto-literario-autores-parceiros-e.html

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Hahahaha. Muito bom o texto, Flavia. Sempre me divirto!
    Concordo com tudo o que você falou. Parcerias devem ser feitas com responsabilidade, maturidade e sinceridade entre as duas partes. Acho super complicado e admiro muito você por conseguir postar no seu blog e fazer suas parcerias com tanta competência e ainda conciliar trabalho e filhos. Super Flavia!
    Eu por enquanto não penso em fazer parcerias. Tenho que me organizar para dar conta de tudo e já acho difícil me dedicar ao blog mesmo sem ter essa responsabilidade.
    Parabéns pelo post.
    Beijos.

    http://navirj.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Flavinha, vc matou a pau toda essa história.
    É como eu sempre digo, nem relógio trabalha de graça!
    Ler e resenhar livro, demanda tempo e tempo é dinheiro. Qualquer propaganda, por mínima que seja, é paga. Então, porque ao divulgarmos um livro não devamos receber ao menos o exemplar a ser resenhado em troca?
    Muito bom seu post! Já entrou no rol dos meus preferidos ;)
    Beijocas!

    @morenalilica
    Doce Insensatez

    ResponderExcluir
  19. Concordo com você Flávia, achei engraçado seu post bem depois de uma briga blogueirosxautor no facebook, a qual eu não vi, só me contaram.
    Acho que hoje em dia não é tão complicado disponibiliza o livro, por ter e-books, como vamos falar de algo que não lemos?
    Mas sim, há pessoas e pessoas que só criam blog para ganhar livros, sem notar que isso é uma preocupação diária, você tem que tentar sempre o máximo para ele ir cada dia mais melhorando.

    ResponderExcluir
  20. Oi Flávia!

    Sou mais uma, concordo com você em tudo! Nos meses iniciais do meu blog, realizamos ótimas parcerias, tranquilas. Mas quando comecei a ver os problemas alheios, desisti. Simplesmente, parei de contatar os autores. Parceria só quando algum deles entrava em contato, e se tornava interessante para mim também. E já vi cada coisa.. já soube de autor, que escolhia dia certo para que falassem dele. Toda semana. Coisas bem absurdas, não?! Que os problemas a esse respeito diminuam. Ótimo post.

    Beijos,

    Marcelle

    ResponderExcluir
  21. Oi Flavia,
    Super show esse post, você falou tudo e muito bem.
    Não tenho blog literário, mas entendo como parceria uma troca, onde as duas partes tem suas responsabilidades. E devem se respeitar.
    Acredito que a parte da resenha sincera deve ser a que mais pega, pois imagino se o autor terá maturidade suficiente para ouvir a opinião do blogueiro mesmo que essa não seja tão positiva. Enfim é complicado mesmo, mas seu post ficou muito bom. Parabéns.

    ResponderExcluir
  22. Ei Flávia...Nossa!!! Vc disse tudo.
    Uma vez fiquei horrorizada com a atitude infantil de um autor com uma blogueira. Mandou vários e-mails de ameça, queimou o blog dela nas redes sociais, pediu dinheiro que gastou no livro que enviou de volta. E muitas outras coisas que vc nem imagina. Só porque ela foi sincera na sua resenha dizendo que não gostou do livro. Ta certo que nesse caso, acho que os dois estavam errados. Pois faltou classe da parte dela em falar sobre o livro.
    É aquilo que vc disse: Pode fazer uma critica do livro, sem queimar o livro e o autor, medindo nas palavras.
    Tem 4 meses que tenho o meu blog, e passo uma luta violenta pra manter ele direitinho, postando, pesquisando. E faço isso não porque quero novos autores parceiros, mas sim porque por incrível que pareça o meu blog me tirou de uma depressão. E hoje sou muito feliz com ele.
    Tendo parceiros ou não.

    Ah propósito...o meu próximo template que for mudar do blog, vou fazer com vc...pois gostei muito do seu trabalho.
    Parabéns!!!

    Bjokass

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Assunto bem polêmico esse viu Flá, mas concordo com o que você disse em todos os pontos. Acho que tanto o blogueiro tem que buscar parceria com autores com que se identifica e o autor tem que dar uma checada na popularidade e responsablidade do blog que for se 'afiliar'. Acho ainda que o livro deveria ser gratuito ou pelo menos com um preço bemmmmm promocional, pois vejamos bem, digo isso no meu caso, quantos leitores não se interessam por um livro a partir de uma resenha que leu, há vários leitores no meu blog que compram livros que indico [por exemplo] e tenho várias amigas e amigos e inclusive faço parte de um clube de livro que super indico os livros quando gosto e eles sempre acabam comprando. Então enquanto o autor 'deu' um único livros para uma pessoa essa pessoa faz com que 10, 15 ou mais pessoas o comprem, fazendo com que ele lucre mais. Acho que tudo tem seu preço, mas se as pessoas envolvidas não estiverem dispostas a pagar então é só não fazer o 'negócio' e não ficarem generalizando o trabalho dos outros baseado num trabalho ruim.

    Beijos
    Camila Márcia
    @camila_marcia
    De Livro em Livro
    Devaneios Fugazes

    ResponderExcluir
  24. No fim de tudo, deu Flávitcha, haha.
    Cara, eu amo blogar, amo conversar com a galera sobre o que eu escrevo independente dos livros que ganho, para falar a verdade eu compro mais livros do que recebo de parcerias, então vem pessoas me dizerem que a maioria dos blogues literários são feitos por pessoas que só querem livros grátis?? Poupe-me de sua ignorância !!
    Adorei seu post, concordo que os autores tem que procurar saber qual a linha que o blogue segue, ler alguns dos textos dele e tudo mais para poder seguir a frente com uma parceria.
    Nós, blogueiros sérios, estamos sofrendo muito com esse preconceito atual que os próprios autores, pessoas que querem divulgação, estão criando. Acho isso injusto, muito injusto. Sim, eu sei que existem blogues que só foram criados para que os donos recebessem esses tals 'livros grátis', mas no meio em que convivo e entre os blogueiros que conheço vejo que isso são minoria, bom... Espero que essa discussão e esse preconceito acabe logo, porque é muuuuuito chato.

    Beijos,
    http://www.segredosentreamigas.com/

    ResponderExcluir
  25. amei conhecer o seu blog, te convido a conhecer o meu tbm, se gostar e quiser seguir eu sigo de volta.. Bjinhoos
    http://bonekkinhaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Eita que a Flavinha bota a boca no trombone mesmo. Total apoio!! O mesmo vale para blogueiros que ficam desesperados pedindo comentários em seus blogs e não dão sequer a mínima de visitar o blog de seus leitores e deixar um 'oi' sequer.
    Adorei!!

    Bye da Pah
    Livros Estrelas

    ResponderExcluir
  27. Oi Flávia,

    adorei o post! Concordo com todos os pontos que você apontou! É preciso que tanto autor quanto blogueiro tenham maturidade e compromisso na hora de fazer a parceria, para que, como você disse, os dois saiam ganhando!

    Bjs

    ResponderExcluir
  28. Oi!
    Super concordo com vários tópicos citados acima.
    A parceria entre autores e blogueiros ainda continua sendo algo muito delicado e complicado, porque nem sempre os autores levam em consideração o trabalho do blogueiro.
    Ser blogueiro não é fácil e poucos autores tem decência para entender isso.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  29. Oi Flavia, disse tudo!
    A responsabilidade de manter um blog literário é muito grande, demanda tempo e responsabilidade, tanto do blogueiro quanto dos parceiros.
    Parabéns pelo ponto de vista, sempre afiado e sincero!
    Beijos

    ResponderExcluir
  30. Oi Flavia!
    O seu post está perfeito, e concordo perfeitamente com suas palavras. Só a pouco tempo comecei a fazer parcerias com autores e porque senti a necessidade de aproximar o blog mais da literatura nacional eu não conhecia muito dela e isso me incomodava muito. Eu entendo o lado do autor, se ele disponibilizar o livro tudo bem, mas se não for possível eu aceito os descontos só não acho justo ter que pagar o preço total porque nesse caso não é parceria. O que não abro mão mesmo é da sinceridade nas minhas resenhas porque sinto que é minha obrigação mostrar ao leitor o que lhe espera naquela leitura, e se ele visitou o meu blog é porque deseja saber minha opinião. Se o livro não me agradou eu tenho direito de expressar minha opinião desde que seja de forma respeitosa e que leve em consideração o trabalho daquele autor. Infelizmente há aqueles que não aceitam a opinião dos outros e esses, eu acho sinceramente que escolheram a profissão errada. ;)

    Beijos!

    Rafa {Fascinada por Histórias}

    ResponderExcluir
  31. Ótimo post.
    Já tive parceria com algumas editoras e alguns autores e posso dizer que alguns são ótimos, mas outros só dor de cabeça. Hoje em dia não tenho mais parcerias e sinto que tenho muito mais liberdade. Quando voltar pro Brasil pretendo retomar algumas parcerias, mas só mesmo as que valem a pena.

    Beijão
    Sun Rises Here

    ResponderExcluir
  32. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    Flávia e esse humor dela!!! <3
    O post me lembrou de um tal de Darlan Hayek Soares. Estou certo? KKKKKKK
    Beijos!!! Adorei!

    ResponderExcluir
  33. Sensacional! É exatamente isso. Não tenho nem mais nada a acrescentar. Vc sabe que sou sua fã! <3

    Bju

    www.perdidasnabiblioteca.com

    ResponderExcluir
  34. Estou adorando a coluna... o mundo dos blogs está precisando ouvir umas verdades... rsrs

    Bom trabalho Flá
    Bjinhos

    Anna - Delírios Lúcidos

    ResponderExcluir
  35. Acho que tu sabe minha opinião sobre o assunto, depois do tal barraco, não me aguentei.
    Sinceramente não perco mais meu tempo fazendo parceria com autor. Tenho amigos autores que nem parceiros são e sinceramente acho melhor assim.
    Já vi muito barraco de Blog x Autor ao ponto de ser vergonha alheia, não existe respeito, daí... A situação vira bagunça.


    ResponderExcluir
  36. Amei o post, mesmo. Fechei a minha primeira parceria com autor há umas duas semanas atrás, e a segunda hoje. Nunca havia proposto pelo motivo que você colocou aí: nenhum havia me interessado o suficiente para tal. Acho uma falta de respeito imensa quem pede parceria não por interesse, mas para ter livros de graça - e geralmente faz uma resenhazinha de merda depois...

    ResponderExcluir
  37. Adoro essa coluna, e adoro a maneira como vc expressa tudo isso Fla!! Eu já fui 'vitima' desse tipo de autor, que cedeu um livro e quando eu apontei alguns pontos negativos fui criticada. Tipo isso foi via e-mail, nada tão explicito como já vi com outros blogueiros, mas realmente é algo que acontece!! Independente se foi o papa que me enviou o livro eu falo o que eu realmente achei da leitura. E é como vc disse, as vezes o que é bom para mim não seja para outras pessoas, então eu faço o que posso para deixar bem claro isso nas minhas resenhas. Posso dizer que tenho a minha consciência tranquila quanto a essa questão, mas verdades como essa tem que ser exposta mesmo, vc está de parabéns. Quem sabe assim esse lance de parceria entre autores e blogueiros não ganhe mais respeito né?!

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  38. EE Polemica... Polemicaaaa Flavinha..
    Tomem Cinquenta Tons de Cinza como exemplo... Há quem ache um lixo completo (tipo eu), mas há quem tenha adorado... E cada um tem seus motivos pra isso.

    Kkkkk se eu te falar que minha resenha totalmente negativa fez muita gente querer ler o bendito livro... Se eu soubesse tinha falado melhor pra nao perderem tempo.. oaksdoaskdoasd

    A resenha que mais rendeu no meu blog.. acho que foram uns 150 coments.

    Concordo com o que disse no post.. Autores e blogs tem que entrar em consenso. Parei de pegar parceria com autores.. acho melhor eu mesmo ir la e comprar se me interessar do que ficar atras dos autores.. da mais trabalho e eles querem divulgação de graça.. fala sério..

    Beijos

    Guilherme Kunz
    tematoa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  39. concordo com tudo q vc falou!

    http://www.lostgirlygirl.com

    bjos

    ResponderExcluir
  40. Oi Flávia!
    Primeira vez que passo pelo seu blog e já fiquei encantada! JSAKLDSA
    Sério, tu foi muito, muito verdadeira nessa postagem.
    E é de pessoas assim que falta nessa blogsfera por aí.

    Beijos, Kamila Raupp

    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  41. Olá Flávia tudo bem?
    Por favor continue escrevendo estes artigos, eles são muito bons e eu adoro lê-los.
    Acho extremamente egoístaum indivíduo ficar procurando mil autores e editoras procurando fazer parcerias com todos, se os blogueiros se focassem em receber apenas livros de gêneros que apreciam a blogosfera seria um lugar melhor, mas como isso não é possível, já que existem muitas pessoas por aí com fome de receber livros grátis resta aos autores souberem avaliar os blogueiros que desejam fazer parceria com eles.
    Também não podemos deixar de comentar sobre aqueles autores que parecem ter a idade mental de um pré adolescente e não conseguem aceitar a opinião do blogueiro, para evitar isto o blogueiro deve pesquisar um pouco sobre o autor também antes de firmar parceria.
    Creio que fazendo isto uma grande parte dos problemas da blogosfera estaria resolvido.
    Abraços.

    http://viciadoemlivrosefilmes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  42. Olá, amei o blog e tirei muitas dúvidas. Já vi muitos blogs postando parcerias e consegui uma parceria, fiquei extremamente feliz, mas não tinha nem ideia do que era uma parceria. Essa postagem me ajudou muito. Enfim, você escreve muito bem e não resisti em seguir o blog e deixar aqui uma convite pra conhecer meu cantinho, claro que se gostar e seguir, ficarei muuuuuuuuuuito feliz, será gratificante!!!!
    Fico por aqui elogiando seu trabalho!!
    Bjuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus
    aprendendocuriosamente.blogspot.com
    (Ivia)

    ResponderExcluir
  43. Totalmente verdade. Sou uma blogueira parcialmente literária (se olhar meu blog vai entender), e ando querendo fazer parcerias, e entrando em contato com um ou outro autor, alguns que tem blog tem a cara e coragem de escrever "para ser meu parceiro não vai ganhar nenhum exemplar do livro, mas vai ter informações privilegiadas deles para divulgar", MAS COMO ASSIM PRODUÇÃO? Mas, graças a Deus, alguns salvam, dando direito á muitos blogs (e não estou envolvendo o meu, porque só tenho uma parceria com uma autora), sendo justo com os outros que no caso "não chegaram no momento certo, no momento aquilo não está disponível".

    ResponderExcluir
  44. Sou super fã desse seu post, concordo com o que você falou e realmente acho que uma parceria deve beneficiar os dois lados. Afinal, eu "trabalho" pra manter meu blog e não é justo ter que ficar divulgando ninguém de graça, não.
    Parabéns pelo seu blog e por esse post, adorei aqui!!

    Beijoss
    lendoporamor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir