1 de março de 2012

Garota dos Sonhos - Lauren Mechling

Lido em: Janeiro de 2012
Título: Garota dos Sonhos
Autor: Lauren Mechling
Editora: Galera Record
Gênero: Juvenil
Ano: 2011
Páginas: 400
Nota
Sinopse: Claire Voyante tem tido visões desde que se entende por gente. Mas a semelhança entre seu nome e seu talento é pura coincidência. O nome é francês e, diferentemente dos médiuns na TV, nunca ajudou Claire a solucionar crimes ou conversar com os mortos. Na verdade, sempre que ela segue seus instintos, acaba se decepcionando - ou em situações bastante constrangedoras. Mas tudo muda no aniversário de 15 anos da Claire, quando a avó Kiki - ex-socialite, ícone da moda e agora hóspede permanente do Hotel Waldorf-Astoria de Nova York - lhe dá algo um pouco mais extraordinário do que um de seus antigos vestidos de noite: um estranho camafeu, feito de ônix e marfim, pendurado em uma corrente de ouro. Depois disso, não leva muito tempo até o mundo de Claire ficar muito mais claro. E muito mais perigoso. Agora, com a ajuda do novo camafeu e de seu amigo, Louis, Claire precisa desvendar o mistério que se abate sobre a família de sua melhor amiga, Becca - e, de quebra, quem sabe, conquistar seu irmão supergato que, como não poderia deixar de ser, tem uma namorada insuportável. Tudo isso sem revelar seus próprios segredos. Novos amigos, antigas desavenças, joias estranhas e alguns sonhos sinistros em preto e branco - se Claire conseguir sobreviver ao segundo ano da escola, ela pode passar por qualquer coisa.

Resenha:  Claire desde pequena tem sonhos e visões que são uma incógnita pra ela até que faz 15 anos. De presente de aniversário atrasado, sua avó, Kiki, lhe dá um camafeu e pede que ela passe a usá-lo sempre falando que ele iria mudar sua vida enquanto usasse. A partir daí, os sonhos de Claire passam a ser mais "reais" e intensos, mas meio que indecifráveis até então...
Numa nova escola, Claire faz amizade com Becca, uma garota filha de pais mega ricos, donos de um império do catchup, e irmã do gatinho Andy, o qual Claire fica caidinha da silva, mas que tem uma namorada mega nojenta.
Claire começa a ter sonhos misteriosos que a princípio ela não entende bem, mas acaba interpretando que eles podem ter alguma ligação com sua nova amiga e a alertando de que ela corre perigo.  Ela então passa a investigar o que está acontecendo para poder resolver a confusão da melhor forma passando por várias situações de aperto, tendo que disfarçar pra amiga a vergonha que sente dos pais já que a mãe, meio desvairada, é americana mas metida a francesa e é colunista de uma sessão de astrologia fajuta de uma revista e vive inventando moda, como usar a toalha de mesa para enrolar na cabeça se fingindo de "vidente", o pai professor de uma universidade, e o irmãozinho, Henry, que tem o costume de ficar andando pelos corredores do prédio onde moram no meio da noite. Só Kiki, sua avó, que gosta de vida boa e até mora num hotel, parece ser a mais sensata, mesmo não combinando muito com a filha (mãe de Claire) e não explicando claramente o que realmente o tal camafeu faz.

Enfim, pra ser bem sincera, não me agradei desse livro. Achei a história fraca pois pra quem lê a sinopse, entende que Claire passa a aperfeiçoar o dom de ver o futuro através de seus sonhos e etc e embarca em mil e uma confusões e aventuras, mas não é bem por aí.
Achei os personagens bobos e que não acrescentam nada demais à história, principalmente a família de Claire, com exceção de Kiki. Só existem mesmo pra ilustrar a típica adolescente com seus pais malucos e sem importância em seus interesses. A família de Becca corre perigo, Claire começa a ter sinais disso em seus sonhos, e faz de tudo pra descobrir o que é pra poder resolver, e ponto. Acho que é mais voltado para as preocupações e rotina de adolescentes, suas manias (às vezes bobas) e seus amores quase sempre mal resolvidos, e o acaba que o mistério sobre o perigo que a família de Becca corre caiu de paraquedas no meio da trama pra dar um ar de "ação e aventura". Algumas poucas partes rendem umas risadinhas, mas nada demais.

Pra mim o que salvou mesmo e me fez dar uma estrela a mais, foi a capa que é linda! A imagem da menina de perfil e o título do livro, brilham no escuro! Adorei isso!




Quem gostou que me desculpe, mas eu não curti muito, não...

4 comentários

  1. Vish, eu conheci esse livro atraves do blog mesmo. Lembro que voce fez uma coluna e colocou ele falando sobre livros com as capas que brilham. Pela sua resenha e opinião ele não é tão bom assim; É aquele tipo de livro que tem a premissa ótimo, mas super mal trabalhada ://

    ResponderExcluir
  2. Devo admitir que quando tava olhando o livro e o funcionaria falou sobre a capa eu fiquei feito uma besta tapando a luz com as mãos pra poder ver ela brilhar no escuro.
    Pela sinopse parecia ser uma história bem legal, mas pela resenha é bem diferente. Quem sabe um dia eu leia, mas adorei a capa...

    ResponderExcluir
  3. Só pela sinopse eu não entendi nada '-'

    ResponderExcluir
  4. Eu amei esse livro! Encontrei-o por acaso em um sebo, e apaixonei. SUPER PERFEITO <3

    ResponderExcluir