3 de janeiro de 2018

Obsidiana - Jennifer L. Armentrout

Título: Obsidiana - Lux #1
Autora: Jennifer L. Armentrout
Editora: Valentina
Gênero: Romance/Fantasia/Sci-Fi
Ano: 2015
Páginas: 320
Nota:
Sinopse: Começar de novo é um saco.
Quando a gente se mudou para o interior, bem no início do último ano do colégio, eu já vinha me preparando para o sotaque caipira, o tédio, a internet lenta e um monte de chatices…Até dar de cara com o meu vizinho lindo, alto de dar tontura e com intimidantes olhos verdes. Hummm…os prognósticos estavam melhorando.
Até que…ele abriu a boca.
Daemon é irritante. Arrogante. Dá vontade de matar. A gente não se dá bem. Não mesmo. Mas, quando um caminhão quase me transforma em panqueca, o garoto literalmente congela o tempo com um aceno de mão e aí, bom, algo inesperado acontece.
O alien gato (meu vizinho) tem poderes!!!
Você me ouviu bem. ALIEN! A verdade é que ele e a irmã têm uma galáxia de inimigos que querem roubar seus poderes. O rastro que deixou em mim brilha como árvore de natal e isso não é nada bom. O único jeito de sair viva dessa é ficar colada em Daemon até a magia alienígena desaparecer.
Quer dizer, isso se eu não matar o cara primeiro.

Resenha: Obsidiana é o primeiro volume da Saga Lux, escrito por J. Lynn e publicado pela Editora Valentina. No Brasil já foram publicados quatro livros e o quinto e último, segundo informação da Editora, será publicado esse ano, mas ainda sem mês definido.

Quando Katy se mudou para West Virginia (ou West "Deus me livre" Virginia, segundo ela) sua única preocupação era arrumar a bagunça de sua casa, desencaixotar tudo e atualizar o blog literário: Katy's Krazy Obsession. Já gostei dela, uma aficionada por livros e blogueira assumida. Sua mãe resolveu recomeçar, mudando para bem longe da Flórida, onde viviam as duas com o pai da menina. Ele porém, havia falecido, vítima do câncer três anos antes, deixando as duas sozinhas. Então, recomeçar em um lugar completamente diferente, onde não havia sequer um Shopping era uma boa, certo? Até que Katy resolveu, incentivada por sua mãe, bater na porta dos seus vizinhos que pelo que sabia, deveriam ter a mesma idade dela.

Qual não foi a surpresa da garota quando um rapaz lindo, aliás o mais lindo que ela já havia visto na vida abriu a porta, sem camisa, com olhos verdes que não poderiam ser humanos, uma atitude arrogante e...já falei que o cara é lindo??? Pois é, mas aí ele abriu a boca e ela decidiu que não tinha outra coisa a fazer a não ser odiar o garoto com todas as suas forças. A atitude arrogante se mostrou maior do que antes, ele é grosseiro com ela, sem motivo aparente e não faz questão de esconder isso.

Daemon, o cara lindo porém insuportável tem uma irmã gêmea, Dee, que faz amizade imediatamente com Katy, as duas se identificam de cara, só que o irmão da menina não vai aceitar tal amizade e vai fazer de tudo para afastar as meninas, sem sucesso, contudo consegue incomodar e não é pouco.

O tempo passa, as meninas se tornam melhores amigas, Katy e Daemon brigam cada vez mais, alternando momentos mais amenos, porém, sempre que pode, o cara é insuportável, Katy o odeia, o acha lindo com sua boca totalmente beijável (palavras dela), o odeia mais um pouco....

Paralelo à isso, coisas estranhas acontecem, Daemon e Dee parecem fazer coisas impossíveis, até que enfim Katy descobre que seus vizinhos são alienígenas. São feitos de luz e tem poderes e quando eles fazem alguma coisa grande, liberam um rastro que permanece nos humanos que estão com eles, coisas como parar um caminhão que quase atropela Katy por exemplo, então agora a menina tem o tal rastro e o único jeito de ficar segura é ficando sempre junto do Daemon, porque os Arum, que são inimigos naturais dos Luxen vão encontrar, e matar qualquer um que tenha o tal rastro. Além disso, ela tem que manter segredo sobre o que sabe dos amigos, pois existe uma espécie de agência do governo, conhecida por DOD que cuida e controla os Luxen e os Arum e eles não admitem que humanos saibam da existência dos ET's. Os que sabem, somem.

Enfim, em meio às brigas do Daemon e da Katy, que pra mim é sempre o ponto alto da leitura, eles têm que fugir dos Arum, se esconder do DOD, administrar esse caso de amor e ódio entre os dois, viver normalmente frequentando a escola, ter uma vida social, sem morrer e sem se deixar descobrir e nossa...facilmente se tornou a minha leitura favorita! Não vou negar que estou relendo esse livro, pela terceira vez e obviamente, já estou indo para o segundo.

É uma leitura fácil, que flui maravilhosamente bem, traz diálogos super divertidos, leves e descontraídos. Os personagens são bem construídos e apaixonantes, os cenários bem desenvolvidos e o romance que se desenvolve cresce devagar, como tem que ser e realmente convence. É uma leitura daquelas que começamos meio que por começar e quando vemos terminou, de tão prazerosa que é.

Um comentário

  1. Ameeeeeeeeeeei a resenha! Agora nutro uma certa abscessão por essa saga! E Daemon é um lovezinho <3

    ResponderExcluir