22 de abril de 2015

O Teste - Joelle Charbonneau

Lido em: Dezembro de 2014
Título: O Teste - O Teste #1
Autora: Joelle Charbonneau
Editora: Única
Gênero: Distopia/YA
Ano: 2014
Páginas: 318
Nota
Sinopse: No dia de formatura de Malencia ‘Cia’ Vale e dos jovens da Colônia Cinco Lagos, tudo o que ela consegue imaginar – e esperar – é ser escolhida para O Teste, um programa elaborado pela Comunidade das Nações Unificadas, que seleciona os melhores e mais brilhantes recém-formados para que se tornem líderes na demorada reconstrução do mundo pós-guerra. Ela sabe que é um caminho árduo, mas existe pouca informação a respeito dessa seleção. Então, ela é finalmente escolhida e seu pai, que também havia participado da seleção, se mostra preocupado. Desconfiada de seu futuro, ela corajosamente segue para longe dos amigos e da família, talvez para sempre. O perigo e o terror a aguardam.
Será que uma jovem é capaz de enfrentar um governo que a escolheu para se defender?

Resenha: O Teste é o primeiro volume da trilogia de mesmo nome escrita pela autora Joelle Charbonneau e lançado no Brasil pela Única.
A história se passa num cenário pós guerra onde o mundo foi quase totalmente dizimado. Após sete estágios de guerra, só restou 1/4 da população mundial, a terra se tornou infértil, os rios foram contaminados, a comida é escassa, a natureza foi devastada e a radiação de bombas atômicas ainda causou mutação em alguns seres vivos. A Comunidade das Nações Unificadas é o novo governo, composta por Tosu City, a capital, e várias colônias fundadas em diversos locais com o propósito de repararem os danos causados pela guerra. Cada uma se especializou em algum tipo de trabalho além de fornecer aquilo que outras não são capazes de produzir em prol da sobrevivência. Mas, para que o planeta possa ser reconstruído, é necessário haver especialistas em algum trabalho necessário, além de líderes que possam guiar o povo com razão e sabedoria. Dessa forma, ao se formarem na escola, cada adolescente passa a ser considerado adulto e logo deve trabalhar para colaborar com a colônia. Mas, dependendo dos resultados que foram obtidos na escola, durante a formatura, eles podem ser convocados para o Teste, que é um tipo de "vestibular" para selecionar, através de vários exames, quem está apto intelectual, psicológica e fisicamente para ingressar a universidade para, assim que formado, ter conhecimento o bastante para ajudar a sociedade e liderar a colônia para a qual foi enviado afim de reconstruir o mundo.
E diante deste cenário, conhecemos Malencia Vale, ou Cia, uma jovem de dezesseis anos que passou a vida se dedicando aos estudos por querer ser convocada para O Teste. Ela faz parte da Colônia Cinco Lagos, uma colônia agrícola onde há 10 anos ninguém é selecionado, e agora está mais do que ansiosa por este momento já que está prestes a se formar.
Ao ser selecionada, seu pai, que já havia sido chamado para o Teste no passado, a alerta para que tenha cuidado e não confie em ninguém, e assim Cia segue para Tosu City para realizar o tão famoso Teste. Mas, ao chegar lá, ela descobre que não se trata apenas de provas escritas... Os convocados precisarão, longe de suas famílias e amigos, testar seus conhecimentos e seus limites numa competição perigosa e violenta a fim de salvarem a própria vida para provarem que estão aptos à posição de liderança que tanto almejam...

Narrado em primeira pessoa pelo ponto de vista de Cia, O Teste é uma aventura com todos os elementos necessários para torná-la uma incrível distopia que envolve o leitor e o faz perder o fôlego! Não vou negar que a história, pelo menos pra mim, começou um tanto confusa até chegar ao momento do Teste, que foi quando, de fato, começou a fluir bastante e me deixar empolgada e mais atenta aos detalhes acerca do cenário.
Cia é uma personagem complexa, mas não no sentido negativo da coisa... Ela tem o pé no chão, se preocupa com o bem estar dos outros, é observadora, pensa antes de fazer qualquer coisa, é positiva com relação a reconstrução do mundo e realmente acredita que no futuro tudo ficará bem. Ela se guia pela razão e pela lógica, mas também ouve seu coração quando preciso e me simpatizei - e me identifiquei - com ela por ser próxima a realidade, mesmo que se encontre num mundo em condições tão difíceis e desfavoráveis aos habitantes em todos os sentidos possíveis. Um ponto super bacana é sobre seu relacionamento com a família. Mesmo que passem algumas dificuldades, ela e os quatro irmãos aprenderam com os pais valores muito importantes que a definem como pessoa, valores sobre bom caráter, amor e conhecimento, que ao meu ver, são os fatores que importam num relacionamento em família.
Tomas, um amigo de infância, é o responsável por mexer com o coração de Cia. Ele é atencioso, preocupado, cuidadoso e confiável, mas ambos sabem que na situação em que se encontram, já que ambos estão no Teste, a prioridade é a sobrevivência, então isso é só um detalhe que acredito ser melhor abordado e construído nos demais livros da trilogia. Mas a ideia dos dois se ajudarem de forma mútua e na base da confiança num ambiente totalmente hostil me agradou bastante. Super curti a ideia do romance não ser o que move os personagens a lutarem pelo que querem e pelo que precisam, e talvez esse seja um grande diferencial em O Teste. A melhor forma de amor trabalhada aqui é o familiar, pois Cia cresceu num ambiente amoroso e respeitável.
O enredo não é original e lembra outras distopias, mas a autora conseguiu criar um ritmo bastante satisfatório para a história além de descrever o cenário onde ela se passa com bastante credulidade. Quando Cia realiza provas escritas e responde questões acerca da História do mundo, dentre outros trechos em que são revelados ao leitor o que aconteceu pro mundo ter chegado onde chegou, e o que levou às guerras e ao estado atual, me peguei imaginando que tal situação poderia mesmo acontecer e me fez questionar se este poderia ser um dos futuros caóticos para a humanidade e para o planeta.  Tudo é muito realista e as explicações são completamente aceitáveis, desde a briga pelo poder entre líderes de nações até contaminações no meio ambiente e mutações em seres vivos oriundas de colapsos em reatores nucleares causados por lançamentos de bombas.
O teste em si pode ser bastante absurdo... Adolescentes são escolhidos a dedo, poucas restam depois de passarem por tantos obstáculos terríveis e cruéis, e somente as mentes mais brilhantes conseguem passar, mesmo que tenham que contar com a sorte.

Sobre a parte impressa, a capa tem tudo a ver com a história e os detalhes de números em verniz ao fundo dando a ideia de lógica foi muito bem pensado. São 22 capítulos numerados, nem muito curtos nem muito longos, em páginas amareladas. A revisão, em alguns pontos, tem alguns erros de gramática e digitação que me incomodaram um pouco, mas ainda assim O Teste, como um todo, com certeza foi uma das melhores distopias que já tive o prazer de acompanhar. Terminei a leitura extasiada e em choque, ansiosa e clamando pela continuação, Estudo Independente.



3 comentários

  1. Oi Flávia! tudo bem? Solicitamos o mesmo livro, e como somos apaixonadas por distopias tenho certeza que vai ser uma leitura super gostosa! Estou ansiosa aqui! Parabéns pela leitura!

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  2. O livro parece mesmo interessante, apesar de alguns detalhes citados na resenha terem me feito lembrar de Jogos Vorazes. Ainda assim, parece valer a pena!

    Sonhos, Imaginação & Fantasia

    ResponderExcluir
  3. Olááá,
    Bom não posso dizer muito desse livro porque ainda não terminei. E esse é o meu problema, não consigo sair da página 80, achei um pouco parado, eu não consigo continuar lendo, talvez seja porque eu comprei o livro em edição econômica, não sei. Pela sua resenha, os seus comentários positivos, fizeram uma pequena chama de curiosidade se acender, para saber o final. São muito os comentários positivos dessa distopia. Não quero abandoná-la e quando tiver um tempo, acho que recomeçar a leitura. Parabéns pela resenha e pelo blog ❤!

    Abraços,
    Yasmin- 365 Dias Literários

    ResponderExcluir