29 de setembro de 2012

Cinquenta Tons de Cinza - E.L. James

Lido em: Setembro de 2012
Título: Cinquenta Tons de Cinza - Livro 1
Autora: E.L. James
Editora: Intrínseca
Gênero: Romance/Conteúdo Adulto
Ano: 2012
Páginas: 455
Nota 
Sinopse: Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja. 

Resenha: Anastasia Steele é uma moça de 21 anos, muito bonita mas muito desengonçada, que corre atrás dos seus objetivos da forma como acha conveniente. Ela tem um fuscão velho, chamado de Wanda, e mora com Kate, sua melhor amiga, e as duas estudam juntas e já estão para se formar na faculdade. Kate iria se encontrar com empresário bilionário, Christian Grey, para uma entrevista, mas como ficou doente, Ana, de muito boa vontade, foi em seu lugar. O que Ana não esperava, era que após entrar e se estatelar no chão do escritório de Christian em sua empresa, a Grey Enterprises Holdings Inc. (ela é desengonçada, lembram?), ficaria super curiosa para conhecer um pouco mais daquele cara jovem, lindo, rico, lindo, de olhos cinzentos, lindo, misterioso e lindo.
Após essa entrevista, Christian passa a demonstrar interesse em Ana. Mas o que a mocinha não sabia, é que Christian se considera um dominador e tem necessidade de ter uma mulher disponível e submissa a ele, a fim de satisfazer todos os seus desejos e suas fantasias mais pervertidas. Até conhecê-lo, Ana nunca tinha demonstrado interesse por ninguém em toda a sua vida e nem permitido que ninguém se aproximasse, mas o interesse e a curiosidade por Christian, aquele cara misterioso, lindo, gostoso e lindo, veio como um tsunami: Foi arrebatador e praticamente instantâneo igual miojo! E Ana acaba embarcando nesse mundo misterioso e totalmente desconhecido por ela.
Mas o que Anastasia não esperava (ou esperava?) era se apaixonar por Christian. A partir daí, há uma enorme divergência de interesses, pois Christian é um homem que não quer um compromisso sério e só quer saber de encontrar alguém para satisfazer suas vontades sexuais e sadomasoquistas, com direito a "quarto de jogos", brinquedinhos e tudo. Já Ana, que até então nunca tinha se interessado e nem se apaixonado por ninguém, não quer ser só mais uma na vida de Christian e quer algo mais sério, mas para não perdê-lo, aceita se submeter a um contrato cheio de obrigações absurdas, concordando em aceitar todas as ordens, sexuais ou não, que Christian venha lhe impor esperando que ele mude de ideia. E em meio a toda essa história, Ana, que era virgem e nunca nem sonhava com coisas do tipo, embarca num mundo totalmente inexplorado por ela, sendo submissa e dominada por Christian, seu novo senhor... E a propósito, eu já falei que ele é lindo?

Ok... Tentei resumir o enredo desse livro e acho que extrapolei um pouco, mas enfim... Vamos a minha humilde opinião sobre como foi minha experiência com esse livro, uns dos recordes de venda no mundo, que li por pura curiosidade, como a maioria das pessoas que leram também fizeram. Essa curiosidade mais parece uma maldição...

Antes de ler, eu já sabia que o livro foi feito a partir de uma fanfic de Crepúsculo que a autora escrevia e é completamente IMPOSSÍVEL não comparar Anastasia com Bella, e Christian com Edward, afinal, antes eram eles na fanfic! E cá entre nós, deviam ter continuado lá!
Anastasia é a moça bonita (mas que não se considera bonita, muito pelo contrário), desengonçada, avoada, tem uma lata velha que chama de carro e sempre teve caras aos seus pés mas nunca se interessou por nenhum deles até avistar Christian, o sedutor.
Christian é o cara misterioso, lindo, com uma fortuna incalculável, e com um segredo horrível: ele é um sadomasoquista incontrolável (ele ainda esconde alguma coisa terrível que aconteceu no passado, mas não sabemos o que raios aconteceu pois ele se recusa a falar sobre isso)... Depois de revelar esse segredo de ser sadomasoquista à Ana, ela simplesmente aceita lindamente, pois acredita que o sentimento puro que é o amor, recém descoberto, tudo supera! Claro que a necessidade dele em presentear Ana com coisas caríssimas está presente, e a recusa dela em receber tudo ou considerar o que ganha como empréstimo, também.
Isso por acaso se parece com Bella se apaixonando por Edward, onde o vampirismo do moço é a coisa secreta e perigosa, mas que pode ser contornada pela coisa linda que é o amor mais quente que o fogo do próprio inferno que brotou alí no peito de Ana? Por que, dentre tantas pervertidas e devassas, Christian foi se interessar logo pela idiota desengonçada que apareceu por ironia do destino?
Enfim... Ainda contamos com o amigo de Ana, o pobre José (ou seria Jacob? rsrs), que sempre demonstrou interesse por ela, faz questão de deixar isso claro, mas sempre foi rejeitado, afinal, por mais que Ana goste dele, eles são só amigos e nada mais.
Kate ainda pode ser comparada à Alice, fazendo o papel da melhor amiga que cuida de Ana, se preocupa com ela e a defende com unhas e dentes.

A narrativa é em primeira pessoa, e Anastasia ainda vive constantemente em crise com seu inconsciente, que ela chama de "deusa interior". Isso me irritou profundamente, pois entrar na cabeça de uma personagem tão ridícula foi terrível. Enquanto Ana, com toda sua inexperiência, está "inocentemente" explorando esse mundo de devassidão e dor prazerosa, a deusa interior é o lado incontrolável, selvagem, louco e inconsequente de Ana, que está ali só pra empurrar Ana a fazer as vontades do Sr. Grey. E depois de várias e constantes discussões irritantes e estúpidas entre Ana e sua deusa, ela acaba sendo "convencida" a ir pelo pior caminho. Resumindo, Ana é uma santa sendo levada pela tentação que é a tal deusa, acreditando que se não fizer o que Christian quer, além de perdê-lo ainda vai morrer encalhada.

O livro obviamente tem as cenas eróticas (que por mais detalhadas que sejam são super cafonas, e pra mim está longe do que realmente é o sadomasoquismo, pois uma coisa é ser submissa entre quatro paredes, outra coisa é ser submissa 24hrs por dia em qualquer lugar e sempre se referindo a Christian como "Senhor"), o que acho que  foi o principal fator que despertou a curiosidade dos leitores, mas a autora não cansa de repetir que Christian é lindo e rico e que Anastasia está completamente dependente e enfeitiçada por ele. E talvez essa dependência tenha causado algum tipo de "doença" em Ana, pois ela sempre está arfando, ofegando, perdendo o ar, corando e sussurrando quando pensa ou está perto do seu senhor soberano em todos os capítulos... Chega a ser irritante.
Christian, a fim de poder ter controle total sobre o que Ana faz ou deixa de fazer, ainda a presenteia com um notebook de última geração, de milhares e milhares de dólares (daqueles que suportam jogos tipo, GTA 4, The sims 2 com todas as expansões e Crysis RODANDO JUNTOS), só para que ela possa se comunicar com ele por emails, coisa que Ana, com seus 21 anos de idade, NUNCA MEXEU NA VIDA!!! Em que caverna da era jurássica essa menina morava????

Pra finalizar, como gostar de um livro com tantas coisas absurdas, sem o menor nexo e impossíveis (além do fato de Christian não fazer sexo nem amor, mas sim foder, e com força ¬¬' ui, nossa!), cujos diálogos desses dois se resumem a coisas do tipo "- Ana, o que vou fazer com você?" enquanto ela responde e suplica aos sussurros"- Por favor, senhor... Por favor..." e que vive discutindo de forma patética com ela mesma???
Talvez a intenção da autora tenha sido levar desejos, sonhos e fantasias reprimidas às mulheres ao lerem esse livro, ou mostrar que por mais estranho que pareça, não é de todo errado ou "sujo", e que pode ser muito prazeroso se feito da maneira certa... Mas pra mim, não deu... Demorei quase 1 mês inteiro pra terminar esse livro por preguiça de ler tanta asneira. A história vazia, pobre e rasa que é Cinquenta Tons de Cinza, pelo menos aqui, não desceu... Sorry...
Nem sempre um marketing violento é sinônimo de bom conteúdo...

40 comentários

  1. Sabe, acho que esse livro não é digno de bestseller. A autora é muito amadora. Acho que o livro está longe de ser um dos melhores do ano. Aliás, será que essa autora é doente e já teve relações assim ? hehe
    Beijos
    Descobrindolivros

    ResponderExcluir
  2. Oi Flávia!
    Eu já sabia que você não gostou, mas não que tinha odiado! Mas... Uau!
    Rsrs...
    Bom, eu adorei o livro, e em muitos pontos discordo com você!
    Confira minha resenha do segundo... Talvez veja pontos positivos onde antes não vira!
    http://www.livroserabiscos.com/2012/09/e-l-james-cinquenta-tons-mais-escuros.html
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. chorei/
    Nossa, detonou. Bem, ainda assim quero ler. Muita polêmica em volta do livro... vou notar os pontos que você falou, mas quem sabe ? Gosto é gosto (:

    ResponderExcluir
  4. Oi Flávia!
    Eu comprei o livro a poucos dias e ele chegou hoje, mas sinceramente estou com medo de ler esse livro eu li tantas opiniões diferentes que não da para ter a mínima ideia se vou gostar ou não. Só espero não sentir vontade de destruir o livro. ;)
    Beijos,

    Rafa {Fascinada por Histórias}

    ResponderExcluir
  5. Você disse tudo que eu quis dizer e não tive coragem, Flávia. Você é minha deusa agora, hahahahaha.
    50 Tons foi algo que eu não gostei, não justificou o bafafá e me entediou profundamente. Gente, se quer algo hot compra livro de banca, plmdds.
    Beijos.
    Amor, Ana.

    http://quemprecisaviver.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu já suspeitava da trilogia, e agora, por fim acho que não vou ler. Mas também, me senti um pouco curioso a ler esse livro, que vendeu mais de 300 mil exemplares só no Brasil. Minha prima comprou o livro, acho que vou pegar para ler, porém não vou dar preferencia para ele. Muito obrigado, pela dica. Acho muito importante falar sua opinião sobre o livro, muitas pessoas não fazem isso. Talvez seja por que o livro é modinha, ou, por que elas gostam.

    Beijos, http://desleituras-em-serie.blogspot.com.br/ passa lá!

    ResponderExcluir
  7. Olá Flávia!
    São várias opiniões sobre o livro, depois de ler a sua resenha a vontade, que era pouca, de ler o livro já desapareceu.

    Beijos!

    http://beyondofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pela resenha Flavia! Muito em breve pretendo ler Cinquenta Tons de Cinza e Cinquenta Tons Mais Escuro, mas confesso estar bastante receosa. Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi Flávia, ainda não li nenhuma resenha positiva desse livro e acredito fielmente que todas as pessoas que o leem só o fazem por pura curiosidade, para tirarem a prova, sabe?
    Não vou negar que tenho curiosidade e gstaria de ler, mas este é um livro que eu não compraria, ou seja, teria de pegá-lo emprestado ou ganhar de presente/sorteio, para ler.

    bjs,
    Camila Márcia
    @camila_marcia
    De Livro em Livro
    Devaneios Fugazes

    ResponderExcluir
  10. Aeeeeeeee, amei sua resenha rsrs ri demais também! Não vou perder meu tempo com esse livro...
    Flávia, arrasou!
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Concordo com tudo. Não mudaria uma linha. Também detestei. Só não foi um desperdício completo porque troquei por 2 livros pelo plus do skoob rs.
    Beijo.

    http://navirj.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. lol menina q odio no coraçao hashushuhu
    eu estou lendo, mas só vou da rminha opiniao na resenha uhhuasshu

    ResponderExcluir
  13. p.s li tua resenha mais cedo no skoob, pq vi ela no twitter ^^

    ResponderExcluir
  14. Oi Flávia,
    gostei muito da resenha !
    Alguns dias atrás eu fui até uma livraria e fiquei na dúvida se comprava ou não esse livro. E agora, me arrependi por não ter comprado ! rs

    Muito boa resenha.

    Um beijo,
    um excelente domingo !
    Jhosy
    http://meninamsicaeflor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. hahahahahahahahahahaha rachei de tanto rir!!!
    Gente esse livro é o fim dos tempos literário!!! Acho que americano é tão travado sexualmente que essas cenas mixurucas são um grande boom erótico. Como coloquei lá no blog, que aliás nem consegui fazer uma resenha de tanto ódio por ter lido essa porcaria, acho mais digno ler livros de banca, são infinitamente melhor escritos. Gente quem chama seu pensamento de DEUSA INTERIOR? hahahahahahahhahaah Vergonha alheia! Outra coisa que me irrita muito, pow só pq vc está apaixonada não pode aceitar presentes caros? Então pra que serve namorado rico? Então namora um pobre e vai passear na praia hahaha
    amei sua resenha!! Bjoss

    ResponderExcluir
  16. Eu tive acesso a historia antes dela virar um livro, e não mudou muita coisa. Eu gostei do enredo, o que não me agradou mesmo foi a narrativa, que é muito amadora e cansativa de ler, pois a Ana repete muitas coisas, e parece que ter asma de tanta falta de ar. Enfim. Não o considero um livro ruim, apenas acho que não merece toda essa fama. A unica coisa boa nisso tudo é que depois que esse livro veio à tona os livros do mesmo gênero ganharam mais destaque !

    ResponderExcluir
  17. Oi Flavia,

    ri muito com a sua resenha!! Você não primeira pessoa que eu vejo que não gostou desse livro e confesso que eu também queria lê-lo só para ver se ele é bom... Fiquei desanimada em perceber que mesmo o livro sendo erótico tem aquele romance besta e infantil tão presente em Crepúsculo... Em um livro onde um dos temas é sadomasoquismo, eu esperava violência, controle, obsessão, essas coisas... Não um romance tolo!

    Bjs

    ResponderExcluir
  18. Oi Flavia, você não gostou, você odiou o livro. Eu estou com o meu aqui e ainda vou ler, por curiosidade também, espero não ficar tão descontente quanto você, haha.
    A resenha está ótima e super divertida.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  19. Flávia
    Esse livro me lembra muito uma novela antiga da TV em que a personagem feminina, vivida pela Malu Mader, se guarda virgem por um tempo enorme para o marido. Na noite de nupcias da moçoila, o chefe do marido, vivido pelo Antonio Fagundes nos áureos tempos de "delícia de homem", arma uma arapuca para o noivinho, e esse acaba deixando a esposa, ainda virgem, sozinha no hotel. O chefe safado, seduz e traça a noivita.
    Ai Jesus, quase morri com essa novela. Como uma moça que se guarda virgem por tantos anos, para o seu marido, etc e tal, vai e resolve dar a periquita logo para o chefe do cara?
    Bem, pelo que li a respeito dessa trilogia, a história é mais ou menos isso. A burra (e aí concordo com vc, essa garota deve ter vivido em alguma caverna jurássica) se guarda virgem por tanto tempo e depois entra de cabeça em uma relação doentia? Aff.. Vai ser burra assim bem longe de mim.
    Não comprei e com certeza não comprarei o livro. Meu dinheiro me custa muito a ganhar para entregá-lo assim.
    Se alguém me emprestar ou coisa assim, talvez leia. E bem talvez mesmo!
    Sua resenha foi ótima. E diz exatamente o que eu pensei sobre o livro, sem nem mesmo ler. Só vendo resumos por aí.
    Beijos e parabéns. Vamos continuar a ser traças.. devorando tudo o que nos cai em mãos pois só através da leitura conseguiremos mudar o mundo.
    beijos

    ResponderExcluir
  20. Oi, Flavia.
    Gostei muito da resenha, embora logo no início pensei que você fosse dizer que o livro era bom! Gostei muito da sua resenha, bem divertida!
    Mas, sinceramente, nem curiosidade me dá vontade de ler esse livro!

    Mayara,
    http://smellslikeoldbooks.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. Oi Flavinha! Como você viu na minha resenha, meus pontos negativos foram todos como você citou na sua resenha, mas eu ainda consegui itrar algo legal do livro e dar 3 estrelas kkkkkk, mas nada de fantástico como alguns falam por aí!


    beeeijo
    Letícia - Céu de Letras

    ResponderExcluir
  22. Flaaavia, quando vi que era resenha de cinquenta tons pensei. "Meu Deus, ela finalmente conseguiu terminar o livro" HUSAHUSHUA. Acho que isso falar por si só, livro bom a gente devora e não passa um mês para ler. Acho que terei as mesmas impressões que você e as comparações que você fez com os personagens além de fazer total sentindo [Já que antes provavelmente eram eles, kkk] se encaixam tanto, que cansa. É tipo um crepúsculo 2 com um Edward sadomasoquista e uma Bella ainda mais sem graça? kkk.
    Quero ler só para ter a minha própria opinião a respeito mesmo, mas tenho quase certeza que não irei curtir a leitura.
    Beijoo fofa!
    Arrasou como sempre na resenha, rs.

    ResponderExcluir
  23. Ha, ainda bem que não comprei este livro, acho mesmo que só o que salva ele é a capa bonitinha, baixei da internet e ainda não arrumei tempo para começar a ler, acho que vai demorar ainda para isto acontecer, eu sempre me decepciono com o que é muito aclamado.

    Vanessa - Blog do Balaio

    ResponderExcluir
  24. Oi Flavia, tudo bem?
    Já comentei pelo Face que tive praticamente as mesmas impressões que você!
    A protagonista não me cativou, as cenas são muito parecidas, mudando somente alguns detalhes, os cenários não mudam e a única coisa que realmente me prendeu foi para descobrir a fascinante história de vida do C. Grey. Já tô lendo o segundo volume, só esperando pra ler mais sobre a infância do mesmo.
    Beijinhos,
    http://alanahomrich.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Concordo totalmente com sua resenha. Estou lendo ele aqui em Ebook.. mas o que é a quela deusa Interior da Ana. Meu Deus... e a Deusa interior de um menina virgem é tão safadenha?? asokaosdk estou lendo ainda na pagina 300, quer terminar logo essa grande bobagem, só pra não abandonar e mostrar pros meus leitores tb.. engraçado é ver orgasmos nos sonhos de ana. kkkkk ta bomm vai..

    Me visita?
    Guilherme Kunz
    http://tematoa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  26. Ótima resenha, adorei! Graças a deus que não comprei esse livro, eu não estava tão interessada mesmo, mas como sempre todo mundo colocando lenha na fogueira te impulsiona a comprar, não é? Mas, não sabia que ele tão ruim assim, fiquei impressionada com a sua resenha. Enfim, obrigada pela dica, não gastarei meu precioso dinheiro nesse livro não hahahah
    Parabéns pelo post!
    Dá uma passadinha lá no blog? Tem post novo.
    Beijos,
    http://comaliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Tentei lê-lo, mas logo percebi que não iria gostar. Adorei sua resenha, pois mesmo sem conseguir ler por inteiro - era justamente isso que achava deste livro. Sua nota diz tudo...
    Att.,
    Luks

    ResponderExcluir
  28. To lendo esse livro agora, por pura curiosidade também. kkkk
    Concordo com tudo o que vc disse ali, sem tirar nada. Parabéns pela resenha :D

    Beijos - PC Literário

    ResponderExcluir
  29. Gostei da sua sinceridade.
    Eu li Cinquenta tons de cinza e gostei. Concordo com você em alguns pontos como as partes da "deusa interior". Acho que isto foi exagerado porque faz a garota parecer uma retardada mental. E sim, obviamente, por ser uma fanfic, a escrita é bem simples e bem no estilo twilight. Também, por ser fanfic, tem essas características marcantes que faz com que lembremos dos personagens Bella e Edward. Mas eu curti Cinquenta tons. Acho que por nunca ter lido um livro sobre BDSM, acabei gostando deste primeiro que li. Claro que me irritei infinitas vezes com a Ana e o Christian, e dá vontade de espancar todo mundo do livro, mas no geral, eu gostei sim. Também li só por curiosidade - e eu nem ia ler porque antes de lançar eu acho que tinha preconceito com livros deste gênero - mas acabei sendo surpreendida por mim mesma kkk :) Já li Cinquenta tons mais escuros, descobri o segredo do Christian, e [spoiler] digamos que é razoável e parte do motivo que ele "escolheu" a Ana[/spoiler].
    É uma série que é bem polêmica, mas é diferente. Não é de jeito nenhum um must read, mas eu achei que valeu a pena ler :)

    ResponderExcluir
  30. Uma amiga minha também não gostou muito deste livro e eu fiquei até meio indecisa em ler, mas ela disse que a continuação talvez melhore, então não descarto totalmente a leitura.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  31. Flavia do ceu, eu amei! amei sua resenha! Foi tão sincera!!
    E achei otimooo ler!
    Eu morro de curiosidade de ler esse livro porque todo mundo comenta dele! E sempre comentam bem. Então eu estava decidida a ler esse livro, mesmo tenho 90% de certeza de que não iria gostar, mas pela parte herotica.
    Já sabia da parte da deusa interior, mas duas amigas disseram que, apesar de irritante, era relevavel. Agora com todos os aspectos que você comentou, acho que vou gostar ainda menos do livro, e entrou pra muitooo no fim da lista, pra ler só quando não tiver nada mais para ler sabe?

    Enfim, adorei, eu estava sentindo que todo mundo só falava bem do livro pra não ser contra a maré, não boto fé no livro, mas só via resenha positiva. E eu precisava de um empurraozinho pra coloca-lo no fim da lista rs.

    bjooo

    ResponderExcluir
  32. A-D-O-R-E-I! Flávia, sinceramente concordo em gênero, número e grau contigo! Nossa, que saco! E que cara doente é esse Cristian! OMG! Também comprei por pura curiosidade e por causa desse "bum" editorial, mas que chato, que decepcionante, que enfadonho...
    Pra você ter uma ideia de como a leitura desse livro esta "interessante", eu comecei a ler em agosto, depois parei, li um pouco mais em setembro e parei novamente, outubro esta quase no fim e eu não termino esse "bendito" livro! Dai me paciência!
    Pior é ouvir minhas amigas recomendando esse lixo e dizendo: - Você vai gostar, leia! Aff...definitivamente esse povo não me conhece!
    Não tenho nada contra a literatura adulta, já li outros livros do gênero bemmm melhores e por isso digo com propriedade que não vale a pena gastar seu rico dinheirinho com cinquenta tons seja lá do que for, quem ainda não comprou e ainda assim esta curioso, sugiro que procurem o
    e-book na internet, acredito que a decepção será menor, seu bolso agradece!
    Ainda não terminei o meu 50 tons, mas não sei se leria uma continuação, não aguento e creio que não valeria a pena insistir nessa ideia!
    Beijos

    ResponderExcluir
  33. Vim procurar se tu já tinha mencionado este livro porque minha amiga tava me contando que no Facebook estavam fazendo um monte de piadas sobre ele, mas ela não sabia direito do que se tratava... me atualizei e atualizei ela também agora, hehehe! Ri tanto com a tua frase "Demorei quase 1 mês inteiro pra terminar esse livro por preguiça de ler tanta asneira"...kkkkk Mas pelo menos agora entendi o motivo de tanta zoação em cima do livro. Meio esquisito ele, nossa... vi que foi muito divulgado, não achei que fosse assim tão sem graça e sem nexo.

    ResponderExcluir
  34. Bom,resolvi ler o livro pelo frenesi mundial que ele está causando e gostei muito apesar de achar a Ana muito inocente para os nossos dias. O Sr Grey é estranho mas quando lemos o segundo livro entendemos seus motivos.

    ResponderExcluir
  35. Não tive a oportunidade de ler ainda, mas gostei da sua opinião, de qualquer forma vou ler o livro ( quem sabe não discordo de você) bjssss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não tive a oportunidade de ler, más eu tenho que ler, e me breve, só falta o dinheiro pra comprar. Ela falou que é bem exagerado, más eu ainda quero ler '-'

      Excluir
  36. Eu to querendo ler para ter uma melhor opiniao sobre o livro. Eu vi que falava de sadomasoquismo, achei que ele era masoquista e a mulher uma sadica, mas pelo que voce falou nao é nada disso. Mas quero ler ele.

    ResponderExcluir
  37. é o livro do momento e já escutei todo tipo de critica tanto boa quanto ruim, mas como ainda não li achei o assunto da história bem diferente e ousado, já que as preferencias do Mr. Gray são um tabu na sociedade em que vivemos. Só espero que as pessoas não se deixem influenciar e acabar fazendo algo que na realidade pode vir ser nada agradável.
    mas admito que acho Gray muito atraente e olha que ainda estou no começo do livro!!!!

    ResponderExcluir
  38. Também demorei muito pra ler esse livro, era muita besteira pra um livro só. kkkk
    Fiz resenha dele também e confesso que foi um dos piores que li na minha vida, pura perda de tempo. Não sei como mocinhas podem ler essa porcaria e achar a coisa mais romântica do mundo, me explica?

    Beijos :)

    ResponderExcluir