3 de novembro de 2017

Uma Bolota Molenga e Feliz - Sarah Andersen

Título: Uma Bolota Molenga e Feliz
Autora: Sarah Andersen
Editora: Seguinte
Gênero: Juvenil/Tirinhas
Ano: 2017
Páginas: 136
Nota:
Sinopse: As incríveis tirinhas de Sarah Andersen são para nós, que não economizamos dinheiro na livraria, vivemos à base de café, deixamos tudo para a última hora, somos especialistas em roubar o blusão alheio, não sabemos nos comportar em situações sociais e insistimos em Pensar Demais. Esta segunda coletânea continua exatamente onde a primeira parou: debaixo de uma pilha de cobertas, evitando as responsabilidades do mundo real. Este volume traz tiras que acompanham os altos e baixos da montanha-russa implacável que é o começo da vida adulta, além de ensaios ilustrados sobre experiências pessoais da autora ligadas a ansiedade, carreira, relacionamentos e amor por gatinhos. Tudo isso com o mesmo tom sincero, leve e divertido que já conquistou mais de 2 milhões de fãs no Facebook.

Resenha: Uma Bolota Molenga e Feliz é mais um livro incrível e super engraçado da autora e ilustradora Sarah Andersen. Assim como o anterior, ele é baseado em pequenos momentos de sua própria vida e são relatados em sua página de sucesso no Facebook.


Confesso que a Marina é quem deveria ler e resenhar o livro aqui no blog, mas quando bati os olhos nele não pude resistir. Os quadrinhos são hilários e mostram muito do cotidiano e da realidade que as mulheres enfrentam no dia a dia de forma bastante leve, descontraída e algumas vezes até bastante ácida, abordando temas pertinentes e relevantes que interferem diretamente na geração atual, fazendo inclusive algumas comparações de como as coisas eram antes e como são atualmente. Ansiedade, fobias sociais, manias estranhas, pensamentos recorrentes que não vão embora nunca, e até o amor incondicional por gatíneos fofos são alguns dos temas que a autora aborda e que, de certa forma, ilustra bem como determinados comportamentos são encarados pela sociedade com o passar do tempo, inclusive alguns transtornos, como a depressão, que são tratados como coisas comuns do dia-a-dia, como se não merecessem uma atenção maior.


As ilustrações se mantém no mesmo padrão das que a autora já nos apresenta e por mais simples que sejam conseguem transmitir as emoções exatas do que deve ser passado aos leitores. A pequena personagem tem seus medos e preocupações, seus momentos em que está de saco cheio ou carência absoluta, mas sempre tenta mostrar o contrário do que se passa em seu interior. É muito fácil se identificar com ela, principalmente por acreditarmos que determinados tipos de pensamentos são únicos e exclusivos da nossa cabecinha, quando na verdade tem muita gente por aí pensando exatamente a mesma coisa, por mais bobo que possa parecer. A bolota molenga e feliz sou eu, em carne e osso (e gordura).



O projeto gráfico segue o livro anterior, a capa é dura e as ilustrações são super engraçadas e divertidas. Uma Bolota Molenga e Feliz é aquele livro pra tirar a gente de uma ressaca literária, pra arrancar risadas e acima de tudo, nos enxergarmos naquelas situações pra percebermos que não estamos sozinhas quando o assunto é a mente feminina.

Um comentário

  1. Ainda não tive a oportunidade de ler os livros dessa autora, mas amo a página no facebook! Me identifico horrores com ela, em vários aspectos! Adorei a resenha, quero muito comprar o livro <3
    Beeeijos!
    Livros, Amor e Mais

    ResponderExcluir