Review - Takenoko + Chibis

3 de julho de 2022

Título: Takenoko
Editora/Fabricante: Galápagos
Criador: Antoine Bauza
Idade recomendada: 8+
Jogadores: 2-4
Nota:★★★★★
Compre: Amazon
Descrição: Muito tempo atrás, o imperador da China, em gesto de paz, presenteou o imperador do Japão com um panda-gigante. Foi-lhes designada a delicada tarefa de cuidar desse panda de grande importância política, bem como do ilustre bambuzal do imperador. Você deverá cultivar os terrenos com a ajuda da irrigação e de sua inteligência, para que os bambus, o único alimento do panda, cresçam em abundância. Mas fique atento ao apetite descontrolado do animal sagrado por esses brotos de bambu crocantes.

Falou em jogo fofo e colorido, tô dentro, e Takenoko é mais um desses jogos divertidos e super bonitos que chama a atenção na mesa, desperta a curiosidade de todo mundo pra jogar, e cumpre com o papel de entreter.
Basicamente o jogo traz uma historinha (sim, o manual inclusive parece uma revistinha em quadrinhos) sobre o Imperador do Japão, dono de um enorme bambuzal, ter ganhado um urso panda de presente do Imperador da China. O panda precisa de cuidados, come muito, e o bambuzal é o próprio self-service. Quem vai sofrer com a comilança do barrigudo é o pobre jardineiro, que cuida de todos os bambus que crescem alí, e ele vai plantar o que puder na maior velocidade possível pra manter tudo bonito como o Imperador gosta.


O objetivo do jogo é fazer o maior número de pontos de acordo com as cartas dos jogadores, com tarefas como levar água para irrigar o terreno e os bambus poderem crescer, fertilizar o terreno a fim de duplicar o crescimento dos bambus, fazer com que o panda saia comendo tudo pra encher sua pancinha e aumentar o terreno com as peças modulares, o que promove uma boa variedade de situações diferentes a cada partida já que o tabuleiro nunca será igual. O dado do tempo vai definir algumas vantagens durante o movimento do jogador durante a rodada, e isso ajuda bastante pra cumprir as tarefas e acumular pontos. E embora seja necessário um pouco de estratégia, o jogo tem a mecânica bem simples e é super fácil de aprender.

Expansão

Título: Takenoko: Chibis
Editora/Fabricante: Galápagos
Jogadores: 2-4
Obs.: Requer o jogo base
Nota:★★★
Descrição: Há muito tempo atrás, o imperador da China ofereceu ao imperador do Japão um panda gigante, um símbolo da paz. Sua missão delicada: Tome cuidado com o animal junto do seu campo de bambu. Agora, como uma recompensa pelo seu grande trabalho, está sendo oferecido a você um segundo panda... fêmea! Takenoko: Chibis inclui uma miniatura de panda fêmea, nove peças diferentes para os pandas bebês, seis tiles, 18 cartas e 17 peças de bambu.

Com a expansão Chibis, o jogo continua com a mesma mecânica, mantendo o limite máximo de 4 jogadores, com a diferença de que agora vai ter uma fêmea que, apesar de não comer os bambus, terá filhotes sempre que os dois pandas pararem no mesmo terreno, e isso vai render mais pontos ao jogador. Também há algumas peças de terrenos novas que estão ligadas a irrigação e ao crescimento dos bambus.
Apesar da expansão ser legal por trazer essas novas peças que promovem esse diferencial, acaba não fazendo muita diferença no jogo em si já que não muda quase nada.


No mais, a arte do jogo é super bonita, os componentes são de excelente qualidade, as peças de bambu e o dado são de madeira, e pra mim é indispensável pra quem curte jogos nesse estilo. Takenoko fez sucesso com as crianças aqui em casa e tá mais do que aprovado!

Nenhum comentário

Postar um comentário