9 de outubro de 2018

Bem Safado - Lauren Blakely

Título: Bem Safado - Big Rock #3
Autora: Lauren Blakely
Editora: Faro Editorial
Gênero: Romance/New Adult
Ano: 2018
Páginas: 240
Nota:
Sinopse: O empreiteiro Wyatt é bem-sucedido, inteligente, engraçado, bem... servido, mas nada organizado! Para lidar com a burocracia do negócio e ajudar na expansão de sua empresa, ele contrata a super eficiente Natalie.
Os dois tem uma forte atração sexual, mas mantêm a relação apenas no âmbito profissional.... Isso até eles se verem num bar de Las Vegas e receberem uma notícia desastrosa. Para salvar a noite eles resolvem curtir tudo que a cidade do pecado tem a oferecer... desde uma certa montanha-russa até uma capela para casamentos rápidos. E o problema é que o que aconteceu em Vegas, não ficou em Vegas...

Resenha: Wyatt Hammer é um empreiteiro não apenas bem-sucedido em Nova York, ele também é bem humorado, muito inteligente e super gato. Embora ele sempre seja requisitado por clientes endinheirados por ser um profissional muito eficiente e dedicado, ele peca pela sua total falta de organização. Assim, para poder expandir seu negócio, ele contrata uma assistente para ajudá-lo com a parte burocrática da coisa.
Natalie é organizada, esperta e super eficiente, e, mesmo que eles tentem manter as coisas no lado profissional, principalmente por que Wyatt já teve outras experiências e sabe que nunca se deve misturar negócios com prazer, a atração sexual entre os dois é inevitável.
Quando surge uma oportunidade de um grande projeto em Las Vegas, eles viajam juntos mas, chegando lá, acabam recebendo uma notícia péssima. Sem ter muito o que fazer, eles decidem aproveitar a viagem e afogar as mágoas curtindo tudo que a cidade das luzes e da diversão pode oferecer, mas entre cassinos, montanhas-russas e capelas para casamentos rápidos, aquele ditado que diz que "o que acontece em Vegas, fica em Vegas", não poderia estar mais errado...

O livro é narrado em primeira pessoa pelo ponto de vista de Wyatt, e assim como nos livros anteriores que seguem esse mesmo padrão, é muito interessante acompanhar a história pelo ponto de vista masculino. Há trechos onde aparecem mensagens trocadas pelos personagens, e quando Natalie conversa com a irmã, podemos ter acesso ao ponto de vista dela também, o que acaba expandindo o horizonte do leitor sobre ela. A fluidez da leitura e a forma como a história é envolvente, mesmo tendo seus clichês, fazem do livro um dos melhores do gênero.

Os personagens também são interessantes, e mesmo que possuam algumas características batidas, as situações que eles enfrentam e as decisões que tomam, fazem com que a história tenhas suas surpresas. Um ponto bacana é que embora a tensão sexual seja muita, ainda há o fator da amizade entre os personagens. Há uma cumplicidade que é construída e não se perde com o início de um relacionamento.

Mesmo que o livro traga personagens diferentes, vez ou outra os personagens dos outros livros dão as caras, logo é possível pegar alguns spoilers de leve se eles não forem lidos em sequência.

A autora também consegue trabalhar bem temas relacionados à traumas sofridos e suas consequências, e o quanto é importante manter amigos e família por perto pra se ter apoio, dessa forma a história não fica focada apenas num casal vivendo loucamente suas experiências sexuais, mas também ganha mais profundidade ao trabalhar camadas, personalidades e os sentimentos mais íntimos de cada um deles.
0 Comentários pelo Blogger
Comentários pelo Facebook

Nenhum comentário

Postar um comentário