The Sims 4 - Desafio das Décadas - 1910

8 de novembro de 2021


O início da década:

1910 chegou e ninguém imagina que logo logo uma Guerra vai começar... Daqui a pouco os homens vão começar a se preparar e eu espero que entre mortos e feridos, todos se salvem.
Como a Paola agora tem a própria família em outra casa, eu vou lá a cada 2 ou 3 dias pra ver como estão as coisas, manter tudo sob controle e nada virar um caos.

A Casa:

Com uma poupança de quase 14mil, resolvi fazer uma reforma investindo na construção de mais quartos pra poder distribuir melhor essa galera, porque, olha Britto, sinceramente. Uma casa com 10 pessoas e 3 quartos minúsculos é impossível. Chegou num ponto onde o povão tinha que revezar as camas, uma parte dormia de dia, e a outra parte dormia de noite.



Agora a casa tem 5 quartos e um segundo banheiro no segundo andar. Mantive a horta pra poder usar os legumes que nascem pra preparar a comida da família. A renda com a venda desses legumes já não é mais relevante porque é muito pouco que se ganha com isso, acho que só serve pra salvar a família quando não se tem um centavo sequer, mas quero manter ela ali pra poder praticar jardinagem, a Matilde adora e vai ensinar as gêmeas.

O Trabalho:

Federico continua na carreira de Jardineiro, mas a renda principal vem da carpintaria. As mulheres continuam sem poder trabalhar (e mesmo se pudessem, com essa penca de filhos, é difícil).
Dom, Giuseppe e Pablo entraram na carreira Militar assim que se tornaram jovens adultos.

A vida e a saga da família:

Agora a coisa vai ficar uma bagunça só, porque com tantos filhos tendo filhos, e com as outras famílias que criei pra poder casar essa tropa toda, tive que fazer uma lista pra não me confundir e vir escrever aqui, socorro:

Matilde, agora idosa, curte a velhice com os netos, adora visitar os filhos em suas novas casas, ainda cuida da horta e dos seus bordados, e arrisca dar umas pinceladas na tela.



Federico e Amélie tiveram mais dois filhos depois das gêmeas e do Bernard: o Louis e a Alicia, que é a a única que nasceu a cara do pai. Alicia foi o resultado da tentativa de terem um bebê antes de Federico ir pra Guerra. #sorte (sqn)



Paola adora cozinhar e se tornou uma mãezona com o nascimento de Giovane, e depois dele vieram Muriel e pouco tempo depois veio a Sophie. Claude anda meio ranzinza e o negócio dele é reclamar do relacionamento. A criatura tá longe de ser um bom marido, mas Paola atura pelos filhos porque apesar de ser chatão, ele gosta de brincar com as crianças. Acho que a tentativa de terem um bebê antes de Claude ir pra Guerra não deu certo, assim espero...



Bibiana se casou com Sam Wind e eles foram morar na casa dos pais dele. Lá ela ajudava com as tarefas domésticas e lia bastante. Logo ela ficou grávida e nasceu John. Antes da década acabar ela ficou grávida de novo e nasceu Carlos.



Dom conheceu a Cindy Bishop numa ida ao mercado da cidade. Ele tentou paquerá-la, mas ela nunca aceitava suas investidas, e numa visita que ela lhe fez, ela levou sua irmã, a Mary, e foi com ela que Dom se casou. Eles se mudaram pra Newcrest e lá tiveram Jacob. Antes da virada do ano nasceu Gerald (da tentativa de ter um bebê antes da convocação).



Giuseppe acabou ficando próximo de Lucy, irmã mais velha da Mary e da Cindy, e pouco antes da Guerra eles se casaram e foram morar em Willow Creek, pertinho da casa de Dom e Cindy. Antes da virada da década Lucy teve um filho, o Leonardo.



Pablo deu azar de ter virado jovem adulto antes da Guerra, coitado, e isso fez com que ele fosse convocado. Mas antes de partir, ele se casou com Heidi Dorf, que conheceu na escola quando ainda era adolescente. Eles foram morar numa casinha em Brindlenton Bay e tiveram uma filhinha, a Eileen.



O irmão de Sam, Oliver, se casou com a irmã mais nova da Amélie, a Delphine. Como seus irmãos mais velhos já tinham saído de casa depois de se casarem, ela ficou na casa com o marido por questão de espaço e porque os pais já estavam com o pé na cova. Eles tiveram um filhinho, o Hector (como não fazem parte da família principal, esses aqui não vou mexer mais e, a partir daqui, eles vão se virar sozinhos, e no final do desafio eu espio o que aconteceu com eles e conto).

A Guerra:

A planta vaca que Giancarlo havia plantado antes de sua fatidica morte ficou na casa da família principal, mas como todos os filhos já tinham saído de casa quando a Guerra chegou, eu não quis perder tempo e tendo mais trabalho pra mudar todos eles de lote. Daí baixei a planta da galeria e coloquei na casa do coitado que iria enfentá-la. No início do inverno, todos os homens da casa adultos e jovens adultos, incluindo os maridos das filhas de Matilde foram convocados pra Guerra, e por algum milagre divino todos sobreviveram.



Obs.: Todos eles "tentaram ter um bebê" com suas esposas antes de "partirem", então, já sabem...

E foi assim que Matilde e os filhos e os netos terminaram a década:

Muitos casamentos, muitos nascimentos, muita alegria por ninguém ter perdido a vida numa Guerra tão horripilante, mas os traumas logo virão...
Amabella, Isadore, Bernard (filhos do Federico) e Giovane (filho da Paola) já são adolescentes e logo precisam pensar em casamento (coitados).
Federico trabalha dia e noite, e, além da carreira que seguiu, ele está ganhando muito bem com as vendas da carpintaria. Ele já fabrica banheiras que são vendidas a mais de mil simoleons cada uma. Por isso ele foi bem generoso com os irmãos e os ajudou a comprarem suas casas quando se casaram, e no final das contas a família Gallo terminou 1910 com um saldo de quase 25mil para a próxima reforma.

E que venha 1920...
0 Comentários pelo Blogger
Comentários pelo Facebook

Nenhum comentário

Postar um comentário