The Sims 4 - Desafio das Décadas - 1900

2 de novembro de 2021


O início da década:

Depois de passar a década com 5 filhos debaixo do braço e grávida do sexto, Matilde teve o Pablo, mais um hominho pra me fazer passar raiva feat. desespero. Mas, por enquanto, tava dando pra manter tudo sob controle.

A Casa:



Com os 9mil que consegui economizar ganhando dinheiro com a carpintaria e com a venda de legumes, a casa foi reformada mas não mudei muita coisa. Destruir a casinha do lado de fora foi a primeira coisa que fiz. Depois tirei todas as "rachaduras" das paredes, coloquei papel de parede nos cômodos e substitui portas e janelas pra ficar tudo branquinho e a casa ficar com um ar mais "limpo". Troquei a lareira, coloquei um sofá estofado, e, claro, também aumentei a casa construindo um terceiro quarto, senão não teria lugar pra acomodar todo mundo. Como os quartos são pequenos, o que salvou foram os beliches.

O Trabalho:

Como trabalhar fora passou a ser permitido pra homens, fiz Giancarlo entrar na carreira de Jardineiro, aproveitado que ele já tinha a habilidade alta nessa área depois de ter passado a década cuidando da horta, mas, como o salário é pouco, ele continuou mexendo com carpintaria porque é um trabalho que rende um dinheiro bem bom. Federico começou a aprender a mexer na mesa de carpintaria do pai pra já poder aprender a por a mão na massa desde cedo.

A vida e a saga da família:

Federico foi o primeiro a virar adolescente, o que significa que já estava na hora de procurar uma pretendente. Então, segui minha própria dica de ocupar as casas vazias com outras famílias e ele conheceu a Amélie. Amélie faz parte de uma família de imigrantes franceses, os Le Feur. Além dos pais, ela tem um irmão mais velho (Claude) e uma irmã mais nova (Delphine).
Agora com energia elétrica na iluminação e o banheiro dentro de casa, talvez as coisas fiquem menos caóticas... Talvez...



Outra coisa importante: Giancarlo e Federico foram passar uns momentos de pai e filho em Oasis Springs pescando. Numa dessas, Federico pescou a famigerada semente da Planta-Vaca e dei um jeito de plantar a bendita no fundão do lote. Já tenho que preparar a simulação da Guerra na próxima década mas é um saco ter que ficar alimentando essa planta toda hora pra não deixar ela morrer.

A gente sabe que nessa vida tem jeito pra tudo, menos pra morte, e a bendita chegou pro Giancarlo... O homem deixou a esposa com 6 filhos e partiu desta pra melhor. O chororô na casa durou dias e a tarefa de provedor da família ficou por conta de Federico.



Com todos os filhos indo pra escola juntos, Matilde acabou passando um bom tempo sozinha em casa. Ela aproveitou esse tempo pra fazer bordados, cuidar do jardim, fazer algumas pinturas pra se distrair e poder lidar com a morte de Giancarlo, além de aprender umas receitas novas e estudar livros de Herbologia para aprender a fazer remédios caseiros. Não sei se a falta de fazer exercícios somado a comilança desse povo tem alguma coisa a ver, mas quanto mais o tempo passa, mais gordos ficam. Daqui a pouco tão que nem eu.

Não consegui fazer o mod de casamento e gravidez na adolescência funcionar de jeito nenhum, configurei direitinho mas a opção com essas interações não apareciam. Então, Federico continuou o namoro com Amélie e tive que esperar que eles virassem jovens adultos pra se casarem.

E foi assim que Matilde e os filhos terminaram a década:

Federico entrou na carreira Militar, continuou o legado do pai trabalhando como carpinteiro, se casou com Amélie e ficou na casa pra ajudar a mãe e os irmãos mais novos. Eles tiveram duas filhinhas gêmeas que são a cara da mãe, a Amabella e a Isadore, e no final da década ela entrou em trabalho de parto e, antes da virada, nasceu o Bernard.





Paola virou jovem adulta, e num jantar em família pra se comemorar o casamento do irmão, ela conheceu Claude, médico e irmão mais velho de Amélie. Foi amor a primeira vista. Eles se casaram e foram morar numa casa modesta em Willow Creek, e não demorou muito pra que Giovane nascesse.



Bibiana também virou jovem adulta mas ainda não conheceu nenhum pretendente até o final da década, mas ela adora visitar a irmã mais velha e as duas são melhores amigas.
Dom, Giuseppe e Pablo cresceram e agora são adolescentes. Logo eles vão começar a aprender a mexer na mesa de carpintaria do pai ou cultivar legumes na horta da família, mas por enquanto andam estudando e lendo muito.
Matilde está beirando a terceira idade, ajuda Amélie a cuidar dos três netos, adora bordar e de vez em quando é visitada pelo espírito de Giancarlo que não para de possuir objetos pela casa e deixar todo mundo apavorado. Mas, o que importa, é que a família aumentou muito e por mais que a vida não seja muito fácil dentro de uma casa entupida de gente e um banheiro só, as coisas estão caminhando. Com a venda de todos os móveis fabricados por Federico e o pai antes da morte, o saldo da família foi de aproximadamente 14mil, e isso é mais do que o suficiente pra próxima reforma.





PS.: A Planta-Vaca cresceu, e vamo simbora pra 1910... E a primeira Guerra Mundial.


0 Comentários pelo Blogger
Comentários pelo Facebook

Nenhum comentário

Postar um comentário