A Tormenta de Espadas - George R.R. Martin

18 de novembro de 2019

Título: A Tormenta de Espadas - As Crônicas de Gelo e Fogo #3
Autor: George R.R. Martin
Editora: Suma de Letras
Gênero: Alta Fantasia
Ano: 2019
Páginas: 832
Nota:★★★★★
Sinopse: O futuro de Westeros está em jogo, e ninguém descansará até que os Sete Reinos tenham explodido em uma verdadeira tormenta de espadas.
Dos cinco pretendentes ao trono, um está morto e outro caiu em desgraça, e ainda assim a guerra continua em toda sua fúria, enquanto alianças são feitas e desfeitas. Joffrey, da Casa Lannister, ocupa o Trono de Ferro, como o instável governante dos Sete Reinos, ao passo que seu rival mais amargo, lorde Stannis, jaz derrotado e enfeitiçado pelas promessas da Mulher Vermelha.
O jovem Robb, da Casa Stark, ainda comanda o Norte, contudo, e planeja sua batalha contra os Lannister, mesmo que sua irmã seja refém deles em Porto Real. Enquanto isso, Daenerys Targaryen atravessa um continente deixando um rastro de sangue a caminho de Westeros, levando consigo os três únicos dragões existentes em todo o mundo.
Enquanto forças opostas avançam para uma gigantesca batalha final, um exército de selvagens chega dos confins da civilização. Em seu rastro vem uma horda de terríveis criaturas místicas - os Outros: um batalhão de mortos-vivos cujos corpos são imparáveis.

Resenha:  Dando continuidade à Guerra dos Cinco Reis, que agora na verdade são quatro porque um morreu, Stannis Baratheon, enfeitiçado pela Mulher Vermelha, tenta reerguer seu exército depois da Batalha da Água Negra que ocorreu em Porto Real. Foi nesta batalha que Tyrion sofreu um ataque e agora se recupera do enorme ferimento no rosto que lhe renderia sua famosa cicatriz.
Enquanto o intragável Joffrey ocupa o Trono de Ferro, o caos reina em Westeros. Comandando o Norte, Robb Stark continua tendo êxito nas batalhas que luta e passou a ser chamado de Jovem Lobo.
Representando a Patrulha da Noite, que ainda não tomou partido na confusão, Jon Snow se infiltra no grupo dos Selvagens, e fica de olho em Mance Rayder, o Rei Para Lá da Muralha.
Daenerys Targaryen segue para Pentos levando consigo seus três dragões, que crescem cada vez mais. Ao passar pela Baía dos Escravos, ela se torna a Quebradora de Correntes e ganha cada vez mais força enquanto planeja chegar em Westeros.
E enquanto a guerra ganha mais força, uma horda de mortos-vivos se levanta representando umdos maiores perigos que todos haveriam de enfrentar...

Mantendo o estilo de narrativa dos livros anteriores, A Tormenta de Espadas traz capítulos narrados em terceira pessoa com pontos de vistas de personagens distintos. Em alguns momentos, pelo excesso de detalhes, a leitura é um pouco maçante, mas a história é tão interessante que é impossível não se envolver e só querer saber mais.
Com mortes a perder de vista, traições inesperadas e reviravoltas incríveis, este volume consegue ser ainda melhor que os anteriores pois aqui é onde as coisas realmente começam a acontecer e a ganhar um desenvolvimento maior, que irão interferir no futuro e no destino de todos.

É meio difícil falar sobre esses livros quando a série fez tanto sucesso e muita gente já sabe o que acontece. Como são muitos personagens e os acontecimentos acabam se interligando, é difícil fazer comentários e tecer opiniões sem spoilers. É difícil também falar das características de cada personagem já que são tantos que mal dá pra contar, mas só posso dizer que é uma série incrível, com tramas políticas inteligentes, com personagens que são capazes de fazer coisas que até Deus duvida, e com um autor audacioso e desapegado o bastante para criar situações inacreditáveis, principalmente no que diz respeito às mortes.

Personagens que pareciam não fazer nenhuma diferença começam a evoluir e ganhando importância, e enquanto uns ganham nossa admiração, outros mereciam uma lenta e dolorosa morte. A medida que os acontecimentos pela visão de um determinado protagonista se desenrola, as camadas desse personagem começam a ser desvendadas, e vemos que cada um deles tem suas particularidades que os tornam únicos, com objetivos distintos, mas sempre presando por algo maior... Alguns querem sobreviver, outros querem conquistar algo que acreditam lhes ser de direito, outros só querem vingança por algo trágico que aconteceu ou por alguém que lhe foram tomados... Enfim...

Não é a toa que a série ganhou todo esse espaço. Foi mais do que merecido e realmente faz jus ao sucesso. Pra fãs de fantasias épicas, é leitura mais do que obrigatória.

0 Comentários pelo Blogger
Comentários pelo Facebook

Nenhum comentário

Postar um comentário