10 de abril de 2012

Doce Vampiro - Flynn Meaney

Lido em: Fevereiro de 2012
Título: Doce Vampiro
Autor: Flynn Meaney
Editora: Verus Editora
Gênero: Juvenil
Ano: 2010
Páginas: 248
Nota:
Sinopse: Tímido e desajeitado, Finbar Frame, de 16 anos, é daquele tipo que nunca consegue ficar com nenhuma menina. Alto, magro, pálido e alérgico ao sol, infelizmente as garotas do colégio não apreciam sua pele nem sua alma sensível. Mas, quando ele percebe que elas são obcecadas por vampiros, decide adotar medidas extremas – ele vai se tornar um vampiro! Ou pelo menos fingir... para ser mais popular entre a ala feminina do colégio. Com sua natureza introspectiva e a pele incrivelmente pálida, é surpreendentemente fácil para Finbar fingir ser um vampiro. Mas, quando conhece uma menina que talvez goste dele de verdade, descobre que a vida como falso vampiro é mais complicada do que ele pensava. Este hilário romance de estreia foi escrito para todos aqueles que acreditam que às vezes até os caras bonzinhos – sem dentes afiados ou pele brilhante – podem conquistar a garota dos seus sonhos.

Resenha: Finbar... Isso lá é nome de gente? rsrsrsrs Parece que o pobre coitado já nasceu sendo sacaneado até pelos próprios pais! rsrsrs
Fin é alto, magrelo, branquelo azedo, desengonçado, encurvado, enfim ele é o oposto de Luke, seu irmão gêmeo, que é bem atlético, gato, sarado, pegador, e chama atenção da mulherada por onde passa...
O pai dos meninos ganha uma promoçao no emprego e todos se mudam para Nova York. Chegando lá, Finbar começa a sofrer uma "intolerância ao sol", talvez devido ao clima ser diferente de onde morava, e fica todo cheio de perebas vermelhas e horríveis se ficar exposto.
Como ele vai estudar em outro colégio, ele acaba aproveitando da situação pra aparentar ser quem ele pensa que as meninas teriam interesse em ficar... No embalo das modinhas literárias e cinematográficas sobre vampiros entre as adolescentes, Fin resolve passar a impressão de que é um vampiro a fim de chamar atenção das mocinhas e se dar bem no final das contas... Só que seu plano não sái bem do jeito que ele pensou...

O livro já começa com Fin em uma situação super embaraçosa, onde uma menina implora pra que ele a morda e a transforme em vampira também. E Fin precisa dar um jeito de sair dessa enrascada.

O livro é super engraçado, a leitura flui, achei a ideia original, principalmente pelo livro zoar de forma engraçada os vampiros famosos que levam as meninas ao delírio e fazer uma crítica bem delicada à essas mocinhas fanáticas. E fora a mensagem bem bacana que passa, de que devemos ser nós mesmos e tals... As vezes quem é nossa metade vai se interessar por quem somos, e não por quem pensamos ser do interesse dos outros... hehehe

12 comentários

  1. Oii Flaavia.
    Pelo jeito esse livro é bem divertido. Sai um pouco daquele gênero de vampiros.
    Deve ser beem legal.

    P.s: passa lá no meu blog, tem resenha nova tbm :D

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Ooie Flavia, é a minha primeira visita aqui no seu blog e estou gostando muito, é a primeira resenha que vejo desse livro e ela ja me deixou curiosa pra conhecer o resto dos acontecimentos dessa estoria.
    Seguindo, se quiser dar uma olhadinha no meu blog eu ficaria muito feliz,ainda mais se vc virasse uma leitora do blog rs,mas so se vc gostar viiu?

    Beijos!!
    www.em-sintonia-com-os-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Mito bacana, a resenha ficou super engraçada, acredito que o livro também seja assim.
    É uma ótima ideia mesmo a do autor, muito criativo.
    Se eu me deparar com esse livro pego sem dúvidas.
    Beijinhos
    Att Raquel Miranda - Nós e Livros

    ResponderExcluir
  4. Teu blog é ótimo, parabéns. Estou seguindo.
    Beijos!

    http://verbosdiversos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Confesso que nunca tinha lido nenhuma resenha sobre esse livro, primeiro por eu não gostar muito do universo dos vampiros, porque a maioria fala sobre o vampiro bonitão e branquelo que pega todas as garotas que quiser na escola.
    Mas ao ler sua resenha vi que o livro mesmo falando de vampiros, consegue ter humor e situações inusitadas ser aquela coisa clichê.
    Bjs
    livrosnapipoca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Adoro livros sobre vampiros acho que com esse não vai ser diferente apesar de o Finbar não ser realmente um vampiro o livro parece ser bem engraçado!!!!

    xoxo

    ResponderExcluir
  7. Adorei a sinopse "VAMPIRO FAKE" kkkkkkkk espero ler em breve, pareçe ser um bom livro para se lê quando está triste!!!! Bjssss

    ResponderExcluir
  8. Flavia, adorei a resenha KKKK
    eu vi esse livro por 10 reais na Bienal, devia ter comprado. Acho que deve ser uma critica muito boa mesmo sobre essa onda vampiresca. O menino que tava do meu lado disse que era ruim, ai nem comprei :xxxx
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Bem legal!! devo dizer que esse é um dos personagens mais azarados que eu conheço...Tudo começa pelo nome...FINBAR!!! coitado...hahahahahahaa
    Gostei da ideia, realmente as pessoas exageram muito entorno do tema vampiro... Com certeza vou ler! Mais um vai pra lista!!!

    ResponderExcluir
  10. A mensagem de sermos nós mesmos é legal, más esse não é o tipo de livro que eu gosto não. Prefiro um romance ou um livro de bruxos sei lá rsrsrs

    ResponderExcluir
  11. Hahaha, que engraçado, achei original e fiquei com muita vontade de ler. Irei colocar na minha lista.
    Adorei a resenha!

    Beijos :)

    ResponderExcluir
  12. Terminei de ler esse livro hoje, e achei ele muito bom! Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir