31 de janeiro de 2015

Caixa de Correio #35 - Janeiro

Primeira caixa do ano!
Esse mês veio pouca coisa, mas adorei tudo que chegou! Bora espiar:

30 de janeiro de 2015

Novidades de Janeiro - Cia das Letras/Paralela/Seguinte

Por Lugares Incríveis - Jennifer Niven
Violet Markey tinha uma vida perfeita, mas todos os seus planos deixam de fazer sentido quando ela e a irmã sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive. Sentindo-se culpada pelo que aconteceu, a garota se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente. Theodore Finch é o esquisito da escola, perseguido pelos valentões e obrigado a lidar com longos períodos de depressão, o pai violento e a apatia do resto da família.
Enquanto Violet conta os dias para o fim das aulas, quando poderá ir embora da cidadezinha onde mora, Finch pesquisa diferentes métodos de suicídio e imagina se conseguiria levar algum deles adiante. Em uma dessas tentativas, ele vai parar no alto da torre da escola e, para sua surpresa, encontra Violet, também prestes a pular. Um ajuda o outro a sair dali, e essa dupla improvável se une para fazer um trabalho de geografia: visitar os lugares incríveis do estado onde moram. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem finalmente pode ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los.

Paralela

Uma Luz Súbita - Garth Stein
No verão de 1990, aos 14 anos, Trevor visita a Casa Riddell pela primeira vez. Construída a partir de árvores maciças, faz parte do legado de seu avô, magnata da indústria madeireira. Preocupado com o divórcio dos pais, ele decide explorar a casa e a história de seus antepassados.
Logo Trevor descobre o primeiro segredo da Casa Riddell: um espírito e sua dívida - pois, apesar do imenso valor da casa, ela é assombrada pelos desejos finais do patriarca, Elijah, de se redimir da destruição que causou. Trevor é o único de sua família disposto a encarar o passado, mas será que ele conseguirá se manter firme para garantir o futuro?
Uma luz súbita é uma história rica, que traz à vida a saga das gerações de uma família assolada pelo sofrimento. Uma homenagem à natureza, também revela aquilo que muitos não conseguem enxergar: as conexões universais que unem a todos nós.

A Dieta Ideal - Sem Mitos, Sem Milagres, Sem Terrorismo - Marcio Atalla e Desire Coelho
Marcio Atalla tem mais de 20 anos de experiência em saúde e fitness. Seu quadro no Fantástico, Medida Certa, já ajudou famosos como Ronaldo Fenômeno, Preta Gil, Gaby Amarantos e Fábio Porchat a perderem peso. Que seu método funciona, todos já sabem. Agora, além de dicas de exercícios, ele mostra, junto com a dra. Desire Coelho, como é possível ter uma alimentação equilibrada e saudável, sem culpa e sem restrições.
A dieta ideal aponta os maiores desafios para perder peso e como vencê?los em 7 passos. Tudo isso sem apelar para soluções “milagrosas” que têm efeitos rápidos mas pouco duradouros. O livro ainda aborda as grandes dúvidas sobre os regimes mais conhecidos e mitos sobre o corpo humano. Baseado em anos de pesquisa, este é o guia definitivo para mudar de vida e deixar as dietas para trás!


Companhia das Letras

A Casa Assombrada - John Boyne
Eliza Caine tem 21 anos e acaba de perder o pai. Totalmente sozinha e sem dinheiro suficiente para pagar o aluguel na cidade, ela se depara com o anúncio de um tal H. Bennet. Ele busca uma governanta para se dedicar aos cuidados e à educação das crianças de Gaudlin Hall, uma propriedade no condado de Norfolk – sem, no entanto, mencionar quantas são, quantos anos têm ou dar quaisquer outras explicações. Assim, ela larga o emprego de professora numa escola para meninas e ruma para o interior.
Chegando a Gaudlin Hall, Eliza se surpreende ao encontrar apenas Isabella, uma menina que parece inteligente demais para sua idade, e Eustace, seu adorável irmão de oito anos. Os pais das crianças não estão lá. Não se veem criados. Ela logo constata que não há nenhum outro adulto na propriedade, e a identidade de H. Bennet permanece um mistério.
A governanta recém-contratada busca informações com as pessoas do vilarejo, mas
todos a evitam. Nesse meio tempo, fica intrigada com janelas que se fecham sem
explicação, cortinas que se movem sozinhas e ventos desproporcionais soprando pela
propriedade. E então coisas realmente assustadoras começam a acontecer…

Glória Incerta - A Índia e suas contradições - Amartya Sen e Jean Drèze
Combinando economia, política, história e direito, Jean Drèze e Amartya Sen - dois dos maiores economistas da Índia - apresentam as transformações que aconteceram na economia e sociedade do país após a independência, em 1947, que deu fim a dois séculos de subjugação colonial britânica. A Índia adotou um sistema político democrático, com vários partidos, liberdade de expressão e amplos direitos políticos, e alcançou um crescimento econômico bem acelerado nas últimas três décadas, tornando-se uma das economias que crescem com maior velocidade no mundo.
Ocorreram, porém, grandes falhas, tanto na promoção de um crescimento participativo quanto na aplicação dos recursos públicos gerados pelo crescimento econômico para melhorar as condições de vida dos indianos.
Os autores mostram que os principais problemas do país encontram-se na falta de atenção às necessidades essenciais da população, especialmente dos pobres e das mulheres. Estatísticas consistentes e comparações com outros países, como China, Brasil e Rússia, apontam que o governo não investiu na expansão da infraestrutura física e social da Índia e, como consequência, há uma inadequação continuada dos serviços sociais, como a educação, a assistência médica e a imunização, bem como do fornecimento de água potável, energia elétrica, transporte e saneamento.
Drèze e Sen oferecem uma análise poderosa das privações e desigualdades do país, bem como mostram a possibilidade de mudanças que seriam permitidas por uma prática democrática com uma compreensão mais clara da gravidade dessas privações.

O Livro da Gramática Interior - David Grossman
Aos doze anos, Aharon Kleinfeld, segundo filho de uma família de refugiados judaico-polonesa, é a cabeça de seu grupo de amigos em um bairro de Jerusalém, Beit-haKerem. Com sua portentosa imaginação, vive criando jogos e aventuras, mas, quando seus amigos começam a amadurecer, o corpo de Aharon se nega a crescer por três longos anos, e às vésperas de seu bar mitsvá ele é o mais baixo da turma.
Enquanto se debate com as pulsões de uma sexualidade juvenil tão poderosa, entre 1965 e 1967 ele escuta e observa a realidade cotidiana do entorno, que com as peripécias da história vai se enchendo de feiura, violência e morte. Os canhões da Guerra de Seis Dias ressoam ao longe, mas Aharon já não os ouve mais. Rejeita a ideia de viver conforme a gramática que dita aos homens como deve ser a vida e se refugia na sua “gramática interior”, protegido desse mundo adulto que ele julga tão ameaçador. Aharon se sente perdido quando Guidon, seu melhor amigo, e Yaeli, a menina de quem ele gosta, abandonam seu universo imaginativo para se comprometer com os jovens do movimento sionista.
Surpreendente e emocionante, capaz de tratar com lirismo e perspicácia de um dos temas mais espinhosos da geopolítica contemporânea, O livro da gramática interior foi adaptado às telas do cinema por Nir Bergman e venceu o Grande Prêmio do Festival de Cinema de Tokyo em 2010.

Eu não preciso mais de você - E outros contos - Arthur Miller
Em suas peças, Arthur Miller tratou dos grandes temas de seu tempo, o século XX, criando histórias sobre o período da Depressão, da Segunda Guerra e da era do macarthismo para os palcos, com uma energia e paixão inéditas, e que se viu repetir poucas vezes depois. Nos contos deste livro ele dirige sua atenção para temas mais íntimos, mas sem nunca perder a extrema clareza, humanidade, empatia e perspicácia de sua obra dramática.
Esta coleção de histórias inclui clássicos como “Eu não preciso mais de você”, o conto “Os desajustados” - que deu origem ao célebre filme de John Huston, estrelado por Marilyn Monroe, Clark Gable e Montgomery Clift -, “Presença” e “Moça do lar, uma vida”, contos que apresentam uma série de retratos de personagens extraordinários com a vida transformada pelo indizível.

A Dançarina do Cabaré - Georges Simenon
Em Liège, cidade belga onde Simenon nasceu, Maigret observa à distância dois garotos acusados de assassinar um estrangeiro rico. Quando a amizade entre os suspeitos é posta à prova, diferenças saltam à vista e ajudam o comissário a desvendar o enigma.

29 de janeiro de 2015

1 Página de Cada Vez - Adam J. Kurtz

Lido em: Janeiro de 2015
Título: 1 Página de Cada Vez
Autor: Adam J. Kurtz (um cara qualquer)
Editora: Paralela
Gênero: Livro Interativo/Criatividade
Ano: 2014
Páginas: 368
Nota
Sinopse: Pense em alguma coisa que deixa você inseguro e escreva o que é em letras enormes. Use o espaço todo! Olhe bem para o que você escreveu. Agora vire a página. No seu primeiro livro, o artista gráfico americano Adam J. Kurtz usa provocações divertidas como esta para fazer o leitor refletir sobre sua vida ao mesmo tempo em que testa a própria criatividade. Como o título diz, cada página traz uma brincadeira diferente. Pode ser uma pergunta, uma sugestão de desenho ou um pedido para que você crie uma lista de músicas para seu amor verdadeiro ou das melhores fatias de pizza que comeu na vida. O autor também pede para o leitor colar objetos inusitados nas páginas do livro e compartilhar nas redes sociais algumas das anotações feitas nele. Uma maneira espirituosa e lúdica de buscar o autoconhecimento.

Resenha: Uma Página de Cada Vez é um livro interativo criado pelo artista gráfico Adam J. Kurtz e publicado pela Paralela no Brasil. A proposta é simples: preencher uma página por dia ao longo de um ano inteiro a fim de que o leitor/autor/criador de arte use e abuse de sua criatividade enquanto reflete sobre a própria vida e seus sentimentos.

Cada página traz uma atividade diferente, uma pergunta a ser respondida, uma lista a ser criada, a descrição de algum acontecimento marcante, algo a ser desenhado ou colado, uma a proposta de tirar um dia de folga com espaço para escrever um email ao chefe com uma desculpa qualquer e até conversar com o leitor quando ele (o livro mesmo) se sente carente, ciumento e diferente dos outros.

A ideia do livro não é apenas testar e exercitar a criatividade do leitor, mas também é uma maneira divertida para o autoconhecimento, pois a medida que vamos preenchendo as páginas, aos poucos e devagar (o que é quase impossível pois a vontade que dá é sair preenchendo tudo desenfreadamente) paramos para pensar sobre coisas que nem sempre consideramos sobre nós mesmos, o que acaba nos dando um motivo para sorrir, ou até mesmo mudar algo que acreditamos não nos fazer bem.

Pode dar uma dó imensa de rabiscar e "estragar" um livro assim, mas a satisfação de ver o que fizemos ao final é muito maior e serve como uma grande recompensa dada a nós mesmos. É algo pra se guardar e tratar como um pequeno tesouro, como um diário com o que escrevemos sobre nossas vidas.
O livro não possui orelhas, as páginas são amareladas (algumas páginas são pretas com a escrita em branco) e a diagramação dinâmica que nos convida a preencher as páginas é uma graça.

Um ótimo espaço para refletir, desabafar, extravasar e uma excelente terapia que só faz bem para quem quiser se aventurar através das páginas preenchidas por nós mesmos. Um grande benefício para a mente e para a vida, e em forma de livro! ♥ Tem coisa melhor?
"Aliás, felicidade é um lugar? Será que você 'chega lá' em algum momento, ou é mais uma perspectiva de vida e de crescimento?"
"Cada relação romântica nos ensina algo que queremos ou de que precisamos em um parceiro. O que você aprendeu até hoje?"
"Feche os olhos - não há nada para ver aqui e essa é a ideia."

28 de janeiro de 2015

Eu + Você = Nós - Lisa Currie

Lido em: Janeiro de 2015
Título: Eu + Você = Nós: Um livro para preencher a dois
Autora: Lisa Currie
Editora: Benvirá
Gênero: Livro Interativo/Criatividade
Ano: 2014
Páginas: 192
Nota
Sinopse: Eu + você = nós é um livro criativo e interativo para o leitor compartilhar com uma pessoa especial, ou muitas (ou com um amigo diferente a cada página). Da mesma forma que o fenômeno "Destrua este diário", o leitor é levado a preencher as páginas com suas melhores lembranças de coisas triviais ou marcantes, como a última vez em que deram risada juntos, o que um não poderia ter feito sem o outro, como um descreveria o outro para um estranho, a trilha sonora ideal da relação e assim por diante.

Resenha: Livros interativos estão em alta e super na moda, e Eu + Você = Nós, publicado pela Benvirá, veio com a proposta de fazer o leitor preencher suas páginas com uma pessoa mais do que especial. Mas o mais legal é que se o leitor não tem um namorado(a) pra investirem na proposta do livro, serve um amigo inseparável, um familiar chegado ou quem ele considerar especial e inesquecível ♥.
O livro é todo interativo e bastante dinâmico, e ajuda a quem preenche conhecer melhor aquela pessoa querida, tornando a experiência bem pessoal, única e memorável.

Ao propor atividades para serem preenchidas a dois, é possível que se discuta sobre acontecimentos passados, que relembre fatos e é possível um surpreender, e muito, o outro com pensamentos ou opiniões que, talvez, sejam até então desconhecidas, como o momento em que se conheceram, qual foi a última vez em que ficaram muito animados, quais as razões que os manteriam acordados durante a noite toda, quais os piores hábitos praticados quando estão juntos e muito, muito mais. É um livro que além de interativo e que faz com que o leitor use e abuse da criatividade para preenchê-lo, ainda leva seus "autores" a refletir sobre o estado do relacionamento, o que ja fizeram e onde pretendem chegar.

A autora ainda dá a sugestão para embrulhar o livro e dar de presente para ser aberto daqui um ano para que seja recordado todos os momentos marcantes que foram vivenciados ali com aquela pessoa especial, servindo como uma verdadeira injeção de ânimo que com certeza vai arrancar um sorriso de quem tiver o prazer de ler, reler e relembrar de tudo.

Seguindo o estilo dos livros desse tipo, Eu + Você = Nós não possui orelhas, as páginas são amareladas e cada página tem um espaço destinado a escrever quem a está preenchendo, quando e onde.
Não recomendo colorir as páginas usando canetinha para que a tinta não manche o verso na página, então, vale usar lápis de cor, canetas, giz de cera e papel para colagens.

Um livro super divertido e que vai fazer seus leitores refletirem sobre os relacionamentos com as pessoas que os cercam. Recomendo muito!

Novidades de Janeiro - Novo Século

Uma noite no museu: O segredo da tumba - Michael Anthony Steele
O guarda-noturno Larry Daley se estabeleceu em seu papel como zelador dos habitantes mágicos do Museu de História Natural de Nova York. Contudo, ele está prestes a enfrentar o maior desafio de todos os tempos quando, na companhia de seus amigos, descobre que a fonte misteriosa que os traz à vida todas as noites está desaparecendo rapidamente. A busca de Larry por respostas desta vez leva-o para o Museu Britânico, em Londres, onde irá começar um verdadeiro caos da magia. Será que ele vai ser capaz de salvar seus amigos a tempo? Ou eles estarão fadados a desaparecer para sempre? Prepare-se para se encantar por esta mais nova e eletrizante aventura repleta de figuras históricas, heróis improváveis e surpresas emocionantes!




Novos Talentos da Lit. Brasileira

A Herdeira de Hélzius: Os sete animais sagrados # 1 - L.M. Ariviello
Alana cresceu achando que era uma garota comum, porém vai descobrir algo que mudará completamente sua vida: Ela pertence a outro mundo! E seu planeta é um lugar habitado por criaturas dotadas de poderes incríveis. Por meio de um portal, que foi misteriosamente aberto, Alana retorna para Hélzius e descobre que há mais detalhes ocultos sobre sua vida do que suspeita. Ao se ver rodeada por seres estranhos, ela percebe que não é bem vinda ali. Além de enfrentar a morte de várias formas, Alana ainda descobrirá seu destino: salvar as pessoas que desejam matá-la. Enquanto ela tenta cumprir o seu destino de ser uma líder enviada pelos deuses para salvar aquele planeta, forças malignas arquitetam um plano misterioso, que vai levá-la numa busca alucinante pelas esferas dos Sete Animais Sagrados.


Amarantha - Diário dos Sonhos - Amanda Vaz Ciabotti
Nesta terra de criaturas fantásticas vive Amarantha Comuwel, uma jovem Guardiã dos Sonhos que, após o desaparecimento de sua mãe, ocorrido quanto ainda era muito pequena, se vê perdida e solitária. A partir de então, esta corajosa protetora do subconsciente teve de assumir importantes tarefas, dentre elas a de ajudar as Almaislins, Tecedoras de Sonhos nascidas do primeiro raio de sol, responsáveis por levá-los à humanidade.
Além disso, a vida de Amarantha já esta complicada o suficiente com o casamento arranjado que seu pai conseguira, até que ninguém menos que Donnavan, o Senhor das Sombras, ameaça a sua vida e seu Reino. Sem ver outra saída, ela deverá encontrar na Terra um garoto capaz de ampliar sua magia e que poderá ser a chave para salvar a si mesma e seu mundo, e garantir as mais lindas noites de sono de todos nós.


Apenas Uma Garota Comum - Heloisa Galindo
Serena é uma garota normal, que vive em uma cidade na Califórnia com sua irmã Sierra e seus pais. Como toda adolescente, frequenta a escola com sua amiga Aísha. Outro detalhe comum da idade: não é a melhor aluna em matemática.
Na manhã do seu aniversário, coisas estranhas começam a acontecer com Serena, e, junto com sua amiga, ela tenta encontrar um modo de voltar ao que acredita ser normal.







Clara e a Garota do Espelho - Parla de Paula
A menina que reside no espelho de Clara carrega muitos sonhos dentro do coração – como a de uma bailarina em um conto de fadas, esperando um grande amor –, mas a insegurança a faz se sentir cada vez mais triste, e nada que ela faça parece ser o suficiente para vê-la feliz.
Esta emocionante narrativa, repleta de fantasias, nos conduz a um conflito que pode ocorrer com qualquer um: a insatisfação que nos leva a trilhar caminhos como o da anorexia e o da bulimia. De forma secreta e silenciosa, nossa imagem passa a não ser mais refletida de forma íntegra, e sim distorcida, e os sonhos parecem se esvair. O que acontecerá quando Clara reconhecer a própria imagem?



Desconserto - Luiz Henrique Possan
Meus textos são carrapatos. Eu sou um também
Talvez me desejes que pereça
Talvez eu seja só mais uma gargalhada em tuas fofocas
Pouco importa
Os infortúnios que causo
São crias paridas dos meus traumas








Magnífico Maestro Marreta e suas meias vermelhas - Humberto Efieli
O Vale maravilhoso é uma terra pacata, própria para constituir família e ver as crianças crescerem. Mas quando uma antiga entidade maligna perverte um dos Irmãos Monolentos, este se entrega ao desejo de se sublimar sobre as terras de Venustus Virtus Mallei. Somente uma coisa é capaz de debelar o monolento: a lendária Infusão da Púrpura, que consiste em nove ingredientes de virar a imaginação!
Será que o rei saberá convocar os súditos certos para a missão de arrecadar os bizarros ingredientes? Que aventuras perigosas a comissão estará disposta a enfrentar para conquistá-los?



Nas asas do águia - Cristiane Peixoto
A autobiografia de uma garota em busca do seu propósito de vida, que culminou na criação do Método Águia – desenvolvendo idosos saudáveis, numa narrativa divertida e emocionante sobre carreira, casamento, maternidade, envelhecimento, perseverança e Amor.
“Não foi difícil voltar ao trabalho. Eu já tinha tomado minha decisão, mesmo antes de casar. Eu teria uma vida. Por mais amor que pudesse sentir por outro ser, por mais que fizesse questão de ser uma mãe presente, nunca poderia abrir mão da minha vida por meus filhos. Eu não queria que o tempo se encarregasse de transformar meus dependentes em independentes, enquanto me soterrava sob os escombros de quem fui um dia, a ponto de não mais me encontrar.
Fracassei. A esta altura, já tinha me perdido, e nem percebera. Não foi culpa do meu garotinho. Não foi culpa de garoto nenhum. Fui eu. Talvez, todas as vozes “Você vai ver quando crescer!”, estivessem ditando um ritual pré- programado, um roteiro a ser seguido, e eu segui, inconsciente.”

O Homem sem Memórias - Lucas Ramilo
Já imaginou se você esquecesse tudo que fez durante toda a sua vida? Da primeira vez que viu o mar ou das vezes que caminhou sozinho pra acalmar os nervos? Ou de quando a caixa do supermercado lhe deu adeus automaticamente, e você pegou a sacola de compras e se dirigiu ao carro?
Eu sou o padeiro que me cumprimentou nesse fim de tarde, a vizinha que insistiu em cantar todas as manhãs de domingo, sou cada pessoa que cruzou o meu caminho, assim como eu sou eles, eles me são, pois quando se esquecerem de mim e eu deles, então nunca teremos existido.
Essa era minha situação.



Paradoxo - Vanessa Aguiare
Sofia Strause é uma jovem comum de dezoito anos. Exceto pelo fato de que seus pais estão mortos, o céu agora é vermelho, e a temperatura não passa de 5ºC.
Sammy não é humana. Criada pela Worldeavor Dymanic, é uma inteligência artificial que substituiu a velha internet. Mas contrariando as expectativas – ela evoluiu. E o que começou como o maior avanço da tecnologia, acabou no maior pesadelo da humanidade.
São tempos difíceis para os homens agora, em 2078 – oito anos após perderem Guerra de Occam. Controlados pelo Red Dawn – o exército robótico de Sammy -, eles só têm duas alternativas: Ou se tornam pacificadores, aliados às maquinas, ou vivem escravizados, como sobreviventes.
Sofia não é nenhum dos dois – e tudo indica que ela é a peça que falta nesse quebra-cabeças.
Com revelações surpreendentes, traições e amizades inesperadas, Paradoxo nos convida a responder – O que nos torna humanos? –, enquanto nos leva a um futuro incerto, onde o amor luta todos os dias para sobreviver.

O segredo de Water Castle - Maurício Chaim
A tão planejada viagem de Frederico com a família finalmente se torna realidade. As férias que pretendem passar na Europa parece um sonho: conhecer os mais diversos pontos turísticos e históricos. Porém, um convite a conhecer um famoso castelo na Espanha, o Water Castle, poderá alterar o trajeto da família, tornando-se uma aventura nunca imaginada na vida deles.
Neste paradisíaco castelo parcialmente submerso, repleto de segredos, a matriarca misteriosamente desaparece. Inicia, então, uma busca para desvendar este estranho sumiço. No entanto, quando todos dentre os visitantes desistem de encontrá-la, Frederico resolve seguir em uma investigação por conta própria, e acaba descobrindo algo ainda mais grave: sua esposa não foi a única a desaparecer daquele local.
A partir de então, várias coincidências vêm à tona e uma ligação entre as vítimas é descoberta. Até que os fatos parecem fazer sentido quando uma antiga maldição do castelo é revelada.

O homem fiel - Celeste Costa
“A fidelidade em si mesma é um ideal a ser atin­gido na medida em que amadurecemos e nos tornamos pessoas mais integradas e evoluídas, quando o sentido do ‘nós’ passa a ser maior numa escala que se expande cada vez mais. Nesse contexto, uma pes­soa que consegue ter o autodomínio para se manter fiel a uma relação, a um ideal ou a uma meta faz um treina­mento para uma escala mais ampla. Passa a ser merece­dor de receber a confiança primeiramente de si mesmo, desenvolvendo com isso o autorrespeito e secundaria­mente se tornando apto a receber cada vez mais e mais comprometimento por parte daquele ou daquilo em que se deposita a confiança.”


27 de janeiro de 2015

A Caverna das Maravilhas - Matthew J. Kirby

Lido em: Janeiro de 2015
Título: A Caverna das Maravilhas - Infinity Ring - Livro 5
Autor: Matthew J. Kirby
Editora: Seguinte
Gênero: Fantasia/Infantojuvenil
Ano: 2014
Páginas: 240
Nota
Sinopse: Próxima parada: Bagdá, 1258. É para lá que o Anel do Infinito manda Sera, Dak e Riq, com o objetivo de corrigir mais uma falha histórica em sua missão de salvar a humanidade. Em meio a caravanas de mercadores e feiras onde são vendidos perfumes, sedas, tapetes e especiarias, os três aventureiros precisam descobrir um jeito de impedir a destruição de uma das maiores bibliotecas da época.
Os mongóis estão cada vez mais perto, e o cerco a Bagdá é inevitável. Pelo que Dak sabe, os invasores vão jogar todos os livros da cidade no rio Tigre, até deixá-lo preto de tanta tinta! Mas a importância dessas páginas vai além da preservação de documentos históricos: sem as informações contidas ali, os três viajantes do tempo não poderão continuar a missão, e tudo o que eles conseguiram até então irá por água abaixo. Agora, os riscos são maiores do que nunca. 

Resenha: A Caverna das Maravilhas é o 5º volume da série Infinity Ring que está sendo publicada no Brasil pela Seguinte. A série de 7 livros, como vocês já devem saber, é escrita por vários autores, e quem assina este é Matthew J. Kirby.

Dak, Sera e Riq estão no ano de 1258, nos arredores de Bagdá. Depois de viajarem no tempo por 12 vezes e repararem 8 Fraturas, eis que os garotos se deparam com a missão mais importante de todas até agora. Enquanto a Europa ainda está na Idade das Trevas, Bagdá é o lar de muitas bibliotecas e estudiosos. A Casa da Sabedoria, a biblioteca que abriga um dos maiores acervos de livros que existem, incluindo as obras do próprio Aristóteles, está prestes a ser destruída com a invasão da cidade feita pelas hordas mongóis, lideradas pelo neto de Genghis Khan, e se as crianças não impedirem tal ocorrido, tudo o que fizeram até agora terá sido em vão. O problema é que eles não possuem informações e pistas para serem seguidas e só podem contar uns com os outros e com o que aprenderam com as outras viagens no tempo que fizeram até o momento para impedirem a queda da biblioteca, pois somente com a preservação do que Aristóteles escreveu eles vão conseguir reparar a Fratura da vez.
A aventura chega a um ponto crucial e bastante complicado da saga e resta saber se eles vão conseguir manter a história inalterada pelo bem do futuro.

Narrado em terceira pessoa, A Caverna das Maravilhas explora situações das quais os personagens ainda desconhecem. Riq precisa lidar com o medo de suas ações, visto que ele alterou o passado da família e seu futuro está em risco agora. Dak volta a ter destaque, com seus planos mirabolantes e impossíveis e sua obsessão eterna por queijo. Sera e Dak estão mais distantes um do outro e estranhei um pouco tal atitude visto que eram tão amigos nos primeiros volumes da série. Os três estão sob pressão, presos numa cidade prestes a ser saqueada e com essa situação o leitor pode esperar muita ação e aventura da leitura!As descrições sobre o cenário são ótimas e é perfeitamente possível "viver" o que os personagens estão vivendo, passando por mercados de especiarias, tapetes e tudo isso me lembrou "Aladdin".
A escrita é ótima e só colabora com a fluidez do texto. É leitura para poucas horas!
A trama segue equilibrada e mantém um padrão, sem muitas alterações o que torna praticamente impossível saber que se trata de vários autores diferentes. Tudo tem conexão, tudo combina, tudo flui e se encaixa muito bem.
A capa mantém o mesmo estilo dos demais livros, assim como a diagramação.
Pra quem procura uma leitura leve, divertida, emocionante e que envolve viagem no tempo, recomendo a série, independente da idade. São livros ótimos para despertar a curiosidade por História, principalmente ao ser mesclada com ficção fantástica!

Resta aguardar os dois últimos livros para sabermos se o mundo ficará livre do terrível cataclismo! Que venha o sexto volume, "Atrás das linhas inimigas".


A Maldição dos Ancestrais - Matt de la Peña

Lido em: Janeiro de 2015
Título: A Maldição dos Ancestrais - Infinity Ring - Livro 4
Autor: Matt de la Peña
Editora: Seguinte
Gênero: Fantasia/Infantojuvenil
Ano: 2014
Páginas: 208
Nota
Sinopse: Quando Dak, Sera e Riq chegam ao próximo destino em sua jornada para consertar falhas históricas, são recebidos por uma tempestade. Eles estão na península de Yucatán, lar dos antigos maias, na época da chegada dos colonizadores espanhóis - ou pelo menos deveria ser assim. Sera tem certeza de que programou o Anel do Infinito corretamente, mas eles parecem estar séculos adiantados.
Enquanto tentam descobrir o que aconteceu, os três jovens desconfiam que talvez exista um motivo para estarem ali: bem naquele momento os anciãos da aldeia estão escrevendo um códice importantíssimo, que travaria o destino daquele povo para sempre. Na escola, Dak e Sera haviam aprendido que os maias eram uma civilização violenta e cruel, mas talvez a história e a cultura daquela sociedade tenham sido mal interpretadas... 

Resenha: A Maldição dos Ancestrais é o 4º volume da série Infinity Ring que está sendo publicada no Brasil pela Seguinte. A série de 7 livros é escrita por vários autores, e Matt de la Peña é autor deste.
Após repararem várias Fraturas causadas pela SQ e embarcando em aventuras de tirar o fôlego, Dak, Sera e Riq estão de volta. Dessa vez, eles vão pra península de Yucatán, onde estava localizado o Império Maia, e as crianças conhecem os escribas que escreveram um códice que pode alterar todo o futuro da humanidade. E a missão deles, nada tem a ver com a invasão espanhola que acreditaram, mas é salvar o futuro de um terrível Cataclismo protegendo o tal códice de outra tribo.
Mas, o ano que deveriam estar seria 1562, mas parece que eles estão bem mais longe do que isso... Eles então devem descobrir o que aconteceu e que o erro pode ser um sinal de que eles deveriam mesmo estarem alí, principalmente porque os maias não parecem ser aquele povo sanguinário e violento que eles ouviram falar na escola... A missão vai envolver a criação e a destruição da cultura desse povo. Eles não encontram nenhum Guardião da História para ajudá-los, mas conhecem Kisa, uma garota maia corajosa e destemida que acredita neles e passa a ajudá-los a fim de preservar a história e a cultura do Império, mesmo que seja a responsável por mudar o rumo das coisas. Mas Riq se apaixona por ela e considera deixar as crianças... E como toda ação gera uma consequência, algumas escolhas podem acabar afetando o futuro... Sera, além de precisar com as reminiscências, começa a ter visões vivas e aterrorizantes acerca do Cataclismo e o que ele causou no mundo, nas pessoas que ama e no futuro em geral, e mesmo assustada, ela guarda segredo dos amigos para mantê-los tranquilos e em segurança... Será que as crianças vão conseguir reparar a Fratura e corrigir a história? E quando se conhece os envolvidos melhor? Vale a pena fazer algo para evitar o desaparecimento dos maias?

A Maldição dos Ancestrais mostra personagens bem mais maduros, que se preocupam e se importam com quem conhecem pelo caminho. Dak ainda continua com seus momentos descontraídos, mas devido a um acontecimento que mexe com ele, passa a ficar mais na dele e o lado cômico da história fica um pouco de lado... Sera continua dedicada e séria em tudo que faz, mesmo que esteja com receio de suas visões do fim do mundo. E Riq, bastante reflexivo pelos acontecimentos dos quais estão vivenciando, mostra um lado afetivo ainda maior do que no livro anterior. Personagens secundários também tem grande importância na trama, tendo sido bem construídos e cativantes, e mesmo que a história seja um pouco corrida, não deixa de ser muito envolvente.
Seguindo o mesmo padrão dos livros anteriores, é uma história fechada, com início, meio e fim, e bastante independente das demais. O bacana dos livros é que os personagens não são descaracterizados devido a cada um ser escrito por um autor diferente, e a ação se mantém do início ao fim.
A capa ilustra bem a ideia da cultura maia, principalmente pelas cores. A diagramação segue o padrão dos demais livros e não encontrei erros.
É o tipo de livro infanto juvenil que com certeza despertará o interesse por História em crianças, que vão embarcar numa aventura incrível e inesquecível!


3 anos de LC + Arqueiro


Hoy, pipous!
Pra quem tinha pensado que as promos de aniversário do blog doce tinham acabado, preparem-se pois tem mais essa que é diva! Em parceria com a Editora Arqueiro, o blog vai sortear os dois volumes já publicados das Crônicas das irmãs bruxas, Enfeitiçadas + Amaldiçoadas, da autora Jessica Spotswood!
E pra participar é facinho! Espiem.
Termos e Condições:
- Ter endereço de entrega no Brasil
- Comentar a postagem deixando email de contato
- Curtir as fanpages do blog Livros e Chocolate e da Editora Arqueiro.
- Perfis fakes só pra promoções não serão aceitos. Caso constatado, o ganhador será desclassificado sem aviso prévio.
- Não nos responsabilizamos por danos ou extravios por parte dos correios, nem por um segundo envio em caso de devolução por erro nos dados informados ou entrega sem sucesso.
- Após o resultado o ganhador será comunicado por email. O prazo para responder com os dados é de até 48 horas, caso contrário um novo sorteio será realizado.
- Caso o ganhador seja sorteado com uma entrada extra que não tenha sido cumprida, este será desclassificado e será feito novo sorteio
- O envio do livro será feito em até 45 dias úteis após recebimento dos dados do ganhador pela Editora Arqueiro.

a Rafflecopter giveaway
Boa sorte!!

Promoção - 3 anos de TCMM


Hoje o blog Todas as coisas do meu mundo comemora 03 aninhos de existência e nós, amigos, também iremos comemorar!

São 12 livros para 4 vencedores, confiram as regras e não fique de fora dessa festa!
Regras:
- Deixar um comentário nesta postagem com e-mail válido (regra obrigatória);
- Ter endereço de entrega no Brasil;
- São 4 livros por ganhador, sendo que o primeiro sorteado escolherá primeiro, o segundo após, depois o terceiro e o quarto sorteado ficará com os demais livros;
- Os livros serão enviados pelos blogs responsáveis em até 45 dias após o envio dos dados pelo ganhador;
- O TCMM fornecerá o código de rastreio através da página própria, contudo, os blogs não se responsabilizam por quaisquer danos ou extravio dos correios, nem tão pouco pela ausência de recebedor ou erro no endereço fornecido para entrega;
- Os ganhadores receberão um e-mail informando sua colocação no sorteio e com base nisso será dado o prazo de 48h para resposta com dados e livros escolhidos (salvo último colocado);
- Caso o ganhador não responda, um novo sorteio será realizado;
- Todas as chances sorteadas serão verificadas, portanto, perfis fakes ou ausência de preenchimento/cumprimento da chance, a pessoa será automaticamente desclassificada, sem prévio aviso e um novo ganhador será sorteado;


Boa sorte!!!

26 de janeiro de 2015

O Alçapão - Lisa McMann

Lido em: Janeiro de 2015
Título: O Alçapão - Infinity Ring - Livro 3
Autora: Lisa McMann
Editora: Seguinte
Gênero: Fantasia/Infantojuvenil
Ano: 2014
Páginas: 224
Nota
Sinopse: Depois de lutarem ao lado de guerreiros medievais para corrigir mais uma Fratura, Dak, Sera e Riq retornam aos Estados Unidos e logo se envolvem em uma armadilha mortal.
O ano é 1850, um pouco antes da Guerra Civil, quando o país está dividido em relação à escravidão. Nesses tempos sombrios, a Ferrovia Subterrânea é a única esperança de muitos escravos, que conseguem escapar por essa rota secreta. Mas a SQ aos poucos está tomando o controle dos trilhos, colocando a vida de muitos fugitivos em perigo e ameaçando apagar aquela ferrovia da história.
Riq é forçado a se separar do grupo e encontrará dificuldades que o levarão a enfrentar seu próprio passado. Dak e Sera, por outro lado, tentam descobrir em quem podem confiar e o que precisa ser feito para consertar mais uma Fratura.

Resenha: O Alçapão é o 3º volume da série Infinity Ring que está sendo publicada no Brasil pela Seguinte. A série de 7 livros é escrita por vários autores e a autora da vez é Lisa McMann (autora da trilogia Wake).
Dak, Sera e Riq usam o Anel do Infinito, viajam no tempo e agora estão no ano de 1850, nos Estados Unidos em meio a escravatura. A sociedade está em polvorosa e dividida entre os que apoiam a captura dos negros, e os que são a favor da abolição. Os negros libertos passaram a ser caçados como forma de lucro, e quem fosse pego ajudando qualquer negro também estaria com sérios problemas... A Ferrovia Subterrânea era uma forma deles escaparem e terem alguma esperança, mas a SQ tomou os trilhos, aprisionaram o Guardião da História e querem capturar os escravos causando uma Fratura que deve ser corrigida, caso contrário, a História seria alterada. Em meio a confusão, Riq acaba sendo confundido com um escravo e o risco é de sua história ser modificada ao ter que enfrentar o passado... Resta a Dak e Sera repararem mais uma Fratura para impedirem que o futuro seja outro.

Com o tema "escravidão" sendo abordado, O Alçapão levou a série a um nível um pouco mais sério do que os livros anteriores, afinal, foram tempos muito cruéis, cheios de injustiça, revolta e qualquer leitor ficaria indignado só de pensar. Pelo assunto ser mais delicado, a autora conseguiu lidar com ele muito bem, mantendo o nível de ação, a leitura rápida e fluída, e o mais importante, sem alterar a essência dos personagens.
Como Riq foi confundido com um escravo, por mais que Dak e Sera façam de tudo pra ajudar, sem poder confiar em ninguém, Riq tem um destaque muito grande na história e podemos conhecer mais do seu passado e acabei de afeiçoando a ele. A missão é importante não só para o mundo, mas para o próprio Riq.
O único problema que encontrei nesse livro foram alguns diálogos bem rasos e muito bobos vindos de crianças tão inteligentes quanto Dak e Sera, e algumas pistas também foram bastante óbvias.
Mas levando em consideração que cada livro é escrito por um autor diferente, e tal fator é praticamente imperceptível, e que em cada livro alguma característica é incluída e moldada de forma sutil nos personagens, a história é muito boa de ser acompanhada, tanto pela narrativa quando pelo desenvolvimento.
A narrativa é feita em terceira pessoa e é bem fáci e rápida. A capa, combinando com as demais da série, é fosca com aplicação de verniz sobre a luminária e é linda! A diagramação é simples, cada capítulo se inicia com o símbolo do infinito, as páginas são amareladas e não encontrei erros na revisão.
Os livros são independentes e não é necessário ler os anteriores para compreender este, mas ainda assim recomendo que a leitura seja feita na ordem para que o leitor se familiarize com a situação dos personagens, como são e por que começaram a entrar nessas missões.
O livro é indicado a leitores de todas as idades que buscam por uma leiura que mescla fantasia com História e que com certeza vai entreter, divertir, empolgar e até emocionar!