31 de dezembro de 2012

Balanço Literário 2012

Olá, pessoal! Fim de ano sempre é correria, o povo viaja, se concentra em festas e por mais que a gente tente deixar tudo nos trinques, nem sempre é possível porque simplesmente o tempo é curto demais!
Inspirada na postagem da Aline do blog Livro Lab, em outras postagens dos melhores livros do ano pela blogosfera afora, e na minha mania de escrever muito, resolvi fazer um apanhado geral do que li esse ano, minhas considerações sobre o que valeu a pena e o que não valeu, e o que pretendo fazer ano que vem, tanto no blog quanto com a fila de livros que tanto me aguarda aproveitando que o mundo não acabou!
Então, let's go para a última postagem do ano pra fechar 2012 com categoria!


28 de dezembro de 2012

Meme #18 - 5 Livros para ler já que o mundo não acabou

Oie, gente! Animados com esse restinho de ano?
Ainda não resolvi se vou sair pra curtir o fim do ano em algum lugar, mas sei que pra qualquer lugar que eu vá, pelo menos um livro eu carrego debaixo do braço hehehe.

A Chrys, do blog Todas as Coisas do Meu Mundo me indicou uma tag muito legal.
Já que o mundo não acabou, eis que estão 5 livros (dos muitos) que irei ler ano que vem, seja por boas resenhas que li, por indicação, ou simplesmente por curiosidade mesmo, e não necessariamente nessa ordem:

Asas - Aprilynne Pike
Sinopse: Laurel foi encontrada na porta da casa de seus pais adotivos e sempre estudou com a mãe. Aos quinze anos, após se mudar para uma nova cidade e se matricular em uma escola, sua vida muda completamente. Para começar, desde sempre solitária, ela ganha um grupo de amigos e um admirador apaixonado, David. E isso será apenas o início. À primeira vista, Laurel é uma garota comum, com os problemas de qualquer adolescente. O que a diferencia, porém, é ter um segredo maravilhoso e perigoso: ela é uma fada e tem a missão de proteger o portal de Avalon.


Feios - Scott Westerfeld
Sinopse: Tally está prestes a completar 16 anos, e ela mal pode esperar. Não por sua carteira de motorista – mas para se tornar bonita. No mundo de Tally, seu aniversário de 16 anos traz uma operação que torna você de uma horripilante pessoa feia para uma maravilhosa pessoa linda e te leva para um paraíso de alta tecnologia onde seu único trabalho é se divertir muito. Em apenas algumas semanas Tally estará lá. Mas a nova amiga de Tally, Shay, não tem certeza se ela quer ser bonita. Ela prefere arriscar sua vida do lado de fora. Quando ela foge, Tally aprende sobre um lado totalmente novo do mundo dos bonitos – que não é tão bonito assim. As autoridades oferecem a Tally sua pior escolha: encontrar sua amiga e a entregar, ou nunca se transformar em uma pessoa bonita. A escolha de Tally faz sua vida mudar pra sempre.

Belo Desastre - Jamie McGuire
Sinopse: Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa – e deseja – evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento dele pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura. E é então que eles se envolvem em uma relação intensa e conturbada, que pode acabar levando-os à loucura.

Morte Súbita - J.K. Rowling
Sinopse: Quando Barry Fairbrother morre inesperadamente aos quarenta e poucos anos, a pequena cidade de Pagford fica em estado de choque. A aparência idílica do vilarejo, com uma praça de paralelepípedos e uma antiga abadia, esconde uma guerra. Ricos em guerra com os pobres, adolescentes em guerra com seus pais, esposas em guerra com os maridos, professores em guerra com os alunos… Pagford não é o que parece ser à primeira vista. A vaga deixada por Barry no conselho da paróquia logo se torna o catalisador para a maior guerra já vivida pelo vilarejo. Quem triunfará em uma eleição repleta de paixão, ambivalência e revelações inesperadas?


Coração de Tinta - Cornelia Funke
Sinopse: Há muito tempo Mo decidiu nunca mais ler um livro em voz alta. Sua filha Meggie é uma devoradora de histórias, mas apesar da insistência não consegue fazer com que o pai leia para ela na cama. Meggie jamais entendeu o motivo dessa recusa, até que um excêntrico visitante noturno finalmente vem revelar o segredo que explica a proibição.
É que Mo tem uma habilidade estranha e incontrolável: quando lê um texto em voz alta, as palavras tomam vida em sua boca, e coisas e seres da história surgem como que por mágica. Numa noite fatídica, quando Meggie ainda era um bebê, a língua encantada de Mo trouxe à vida alguns personagens de um livro chamado "Coração De Tinta". Um deles é Capricórnio, vilão cruel e sem misericórdia, que não fez questão de voltar para dentro da história de onde tinha vindo e preferiu instalar-se numa aldeia abandonada. Desse lugar funesto, comanda uma gangue de brutamontes que espalham o terror pela região, praticando roubos e assassinatos. Capricórnio quer usar os poderes de Mo para trazer de "Coração De Tinta" um ser ainda mais terrível e sanguinário que ele próprio. Quando seus capangas finalmente seqüestram Mo, Meggie terá de enfrentar essas criaturas bizarras e sofridas, vindas de um mundo completamente diferente do seu.


Independente da lista que eu faça pro ano que vem, pelo menos esses 5 já estarão obrigatoriamente incluidos. Quero nem saber ahahaha!

Indico a tag para os blogs:

Meus Livros, Meu Mundo
Pepper Lipstick
Coca Cola e Cupcake
Sonhos e Resenhas
Sou seu Astral
Livroterapias

Bjokas! :*


24 de dezembro de 2012

Milagres do Ágape - Carol Kent e Jennie Afman Dimkoff

Lido em: Dezembro de 2012
Título: Milagres do Ágape
Autora: Carol Kent e Jennie Afman Dimkoff
Editora: Valentina
Gênero: Literatura Estrangeira/Religião
Ano: 2012
Páginas: 308
Nota
Sinopse: Milagres do Ágape é uma coletânea de histórias verídicas, e, mais do que isso, inspiradoras, edificantes e belas, que mostram, de forma simples e de coração aberto, a manifestação do amor de Deus intervindo na vida de pessoas comuns. São relatos de amor e celebração, mas também de corações partidos, sofrimento e tragédias pessoais. Todas com a marca comum do “Momento de Deus”, mostrando Seu amor, Sua mão acolhedora e Sua bênção. Os leitores vivenciarão momentos tão inesquecíveis e espetaculares que nunca mais sairão da memória. O livro, como um todo, é uma experiência que abençoará de forma indelével a alma dos leitores e nos ratifica a certeza de que nunca, jamais, devemos perder a esperança ou deixar de orar. Não são meros acontecimentos do acaso, não são golpes de sorte, tampouco coincidências. Quando verdadeiramente paramos para pensar em situações como as que estão relatadas em Milagres do Ágape, descobrimos a manifestação onipresente de Deus e, daí em diante, passamos a reconhecer Seu modo afirmativo, Sua liderança e Seu infinito amor. 
Resenha: Milagres do Ágape reúne várias histórias reais de pessoas comuns, e que em determinado momento da vida, se depararam com o que acreditaram se tratar de um milagre divino.
Pessoas num momento difícil que já se viam desesperadas, ao pedirem ajuda de Deus, recebiam auxílio sem menos esperar; outras que tinham um enorme desejo em seus corações e que tudo era encaminhado para que esse desejo fosse realizado; e várias outras situações semelhantes. O mais interessante é que nenhum dos relatos soa como sorte ou coincidência, mas sim que realmente elas foram atendidas por acreditarem de todo coração em Deus e o poder que Ele possui, bastou pedirem e terem muita fé.

Eu confesso que não sou muito de rezar, mas sempre que ouço ou leio testemunhos como esses, sinto que existe algo muito maior do que imaginamos a nossa frente e chego a ficar arrepiada só de pensar. "Milagres do Ágape" é um livro maravilhoso, com histórias incríveis e emocionantes, desde as mais simples até as que contam os casos mais desesperadores e é impossível não ficarmos tocados. E o que mais me agradou nisso tudo, é que mesmo o livro se tratando de religião e do poder de Deus na vida de quem acredita e segue Seu caminho, nada é apelativo nem forçado e as histórias não tem a finalidade de obrigar ou induzir o leitor a acreditar no que aquelas pessoas agraciadas acreditam, mas sim, mostrar que nem todo mundo que passa por algum problema precisa desistir, ou que se a vida for boa, com Deus será uma vida melhor, ou ainda trazendo apenas reflexões para que possamos pensar se estamos realmente sozinhos e se o que acontece em nossas vidas são meras obras do acaso ou não, e tudo isso contado de uma forma bem sutil e descontraída. Senti como se todas aquelas pessoas estivessem me contando aqueles pedacinhos especiais e memoráveis de suas vidas.

De início não imaginava como seria a leitura desse livro pois se trata de algo que não tenho costume de ler, mas a cada página que passava era um sorriso no canto da boca e um arrepio a mais... A leitura é super envolvente, leve e quando percebi, me assustei, pois já tinha terminado de ler o livro em poucas horas.
A capa é muito bonita! A diagramação foi muito caprichada, tráz silhuetas de passarinhos voando (como os da capa) em cada início de um novo capítulo/relato, frases que tem ligação com a situação que nos foi contada, e versículos ao final, o que foi muito adequado.

Já estava com esse livro para ler há um tempinho, mas preferi ler para resenhar agora, aproveitando o Natal, em que o espítiro de união, paz e amor parece estar mais presente e intenso entre as pessoas.
Recomendo muitíssimo a leitura desse livro, pra quem gosta e também para quem não tem costume de ler também, nem que seja só pra ter aquela sensação de paz, pois foi o que senti lendo esse livro. Todo tipo de leitura é válido, principalmente aquele que nos toca e venha a acrescentar algo de bom em nós.

Super recomendo e entrou pra minha lista das melhores leituras de 2012!

21 de dezembro de 2012

Caixa de Correio #10


Olá, povo natalino! Como andam os preparativos pra festa? Aqui em casa tá uma bagunça, pois além das coisas pro Natal, ainda tem as coisinhas pra festinha de aniversário da Vivi que vai ser nesse domingo. Correria faz parte da minha vida nesse mês e justamente por ter deixado o blog um pouco abandonado, sempre que tiro um tempinho venho aqui tentar postar alguma coisa ou ler um pouco dos livros de parceria que preciso resenhar. Também tô comentando nos blogs parceiros e retribuindo comentários aos poucos. Atualmente estou lendo "Milagres do Ágape", da Editora Valentina, e mesmo não sendo meu estilo favorito, estou achando muito bonito e emocionante! Acho que como o Natal tem todo esse clima de paz, família, união e religião, essa leitura veio bem a calhar no momento certo! Em breve resenha dele!
Não andei trazendo muitas coisas novas, como as colunas, justamente por falta de tempo. Algumas postagens até tinham sido programadas pro blog não ficar sem nada atualizado demais.
A última Caixa de Correio foi postada em 06/12, especial Black Friday, e desde lá andei recebendo algumas coisas. Estou esperando outros livros (pra variar), mas pro post não ficar imenso demais, deixo pra postar o que chegar depois, na próxima caixa!

Bora ver o que chegou pra mim?

20 de dezembro de 2012

Branca de Neve - Irmãos Grimm

Lido em: Dezembro de 2012
Título: Branca de Neve
Autor: Irmãos Grimm
Ilustrações: Camille Rose Garcia
Editora: Geração Editorial
Gênero: Fantasia/Conto/Infanto Juvenil
Ano: 2012
Páginas: 80
Nota
Sinopse: Originalmente surgida no folclore francês do século XVII, a história de Branca de Neve há muitos anos vem sendo um dos mais memoráveis contos infantis de todos os tempos, repetido durante gerações ao redor do mundo. É a história de uma rainha maligna determinada a se livrar de uma menina – com a pele tão branca como a neve, os lábios tão vermelhos quanto o sangue e os cabelos negros de ébano – que ameaça o desejo da rainha de permanecer a mulher mais bela de seu reino. Esta nova edição destinada a presentear as crianças modernas, apresenta a versão completa do conto dos Irmãos Grimm, com uma interpretação artística original da famosa ilustradora Camille Rose Garcia, que imaginativamente combina o humor com um toque tenebroso de romantismo.
Em comemoração aos 200 anos dos contos dos famosos Irmãos Grimm, hoje trago o conto original e completo da Branca de Neve pra vocês.
Todos conhecemos a história da moça branca como a neve, de lábios vermelhos como o sangue e cabelos negros como o ébano que foge para a floresta depois de uma tentativa de assassinato a mando da rainha invejosa e encontra a casinha dos sete anões, e lá vive feliz até morder a maçã envenenada que a bruxa lhe dá e o príncipe salvá-la da morte com o beijo do amor verdadeiro, né?

O que muitos não sabem é que a versão da Disney pra Branca de Neve, o desenho que todos assistiram e usam como referência pra contar a história, foi uma adaptação, com muitos floreios e enfeites para que ficasse maior, mais "feliz" e menos trágica. A versão original é um "pouco" diferente...

Como todo mundo já conhece a história, já que é clássica, vou contá-la com minhas palavras, claro, incluindo seu final sombrio e macabro, então não considerem essa postagem como uma resenha. Só leiam se tiverem curiosidade pela história e se não se importarem com o "spoiler" hehehe. Só achei bacana trazer a história pra cá, devido a comemoração, e aproveitar para falar sobre esse livro em particular, pois ele é simplesmente perfeito, lindo, de encher os olhos e genial!

No conto original, por mais que não seja muito detalhado, pegamos a história desde o princípio, em que a mãe da menina, após ter espetado o dedo que sangrou na neve, ficou com o desejo de ter uma filha com essas mesmas características, e claro, um tempo depois, nasceu Branca de Neve do jeitinho que ela sonhou. A mãe morre após o parto e o pai, sozinho, se casa com outra mulher (típico). Os anos passam, Branca de Neve vai crescendo e aos sete anos já é dona de uma beleza extraordinária, o que desperta a fúria e a inveja de sua madrasta, pois ela não aceita que ninguém seja mais bela do que ela. Diante disso, ela manda que o caçador leve Branca de Neve para a floresta e a mate, e como prova, pede que ele lhe traga seus pulmões e fígado, porém, o caçador deixa Branca de Neve fugir para a floresta depois de ela ter suplicado pela sua vida. Ele mata um javali e leva os órgãos do animal para a rainha, fingindo ser da menina. A rainha manda cozinhar e ainda devora tudo com gosto!


Branca de Neve fica perdida na floresta e com a ajuda dos animaizinhos fofos encontra a cabana dos Sete Anões, homenzinhos trabalhadores que acabam aceitando-a em troca de favores domésticos, como cuidar da casa, cozinhar, costurar e etc...


Branca de Neve vivia feliz e acreditava estar segura, mas o que ela não sabia, era que a rainha possuia um espelho mágico que lhe respondia toda a verdade sempre que ela perguntava algo. E sua pergunta sempre era "- Espelho, espelho meu, existe no mundo mulher mais bela do que eu?". E quando ela soube que Branca de Neve ainda vivia, e que estava sendo cuidada pelos Sete Anões, ficou furiosa e começou a arquitetar um plano malígno para acabar com a vida de Branca de Neve de uma vez por todas.
Ela se disfarça de uma velha vendedora ambulante, fica irreconhecível e vai atrás da menina.


Diferente do que muitos pensam, a rainha não leva a maçã logo de cara... Ela tenta matar Branca de Neve com uma fita para amarrar seu espartilho de forma que ficasse sem respirar, depois tenta matá-la com um pente envenenado e só depois ela tem a ideia da maçã. Branca de Neve sofreu QUATRO atentados contra sua vida!
Depois de morta, os anões não têm coragem de enterrá-la, e a colocam num caixão de vidro para que pudessem observá-la e lamentar sempre. O tempo vai passando, e como mágica, o corpo não se deteriora. Branca de Neve parece estar num sono gostoso e eterno...


Um dia, um príncipe passava pelas redondezas e viu o caixão onde Branca de Neve jazia. Ele negocia com os anões para levar o caixão com Branca de Neve dentro embora, alegando que não poderia viver se não pudesse vê-la, e que seu desejo era cuidar dela, como sua amada. Os anões, com pena, deixaram que ele levasse o caixão, mas enquanto seus servos o carregavam, um deles tropeçou e devido ao solavanco, o pedaço da maçã envenenada saltou da boca de Branca de Neve e ela voltou a vida!
Eles então resolvem se casar, e ainda convidam a rainha para o banquete de casamento. Sem acreditar, a rainha, movida pela inveja e curiosidade, vai ao casamento para ver a menina com os próprios olhos, mas ao ser reconhecida por Branca de Neve, acaba sendo castigada: foi obrigada a calçar sapatos de ferro e ainda teve que dançar sobre o carvão em brasa até cair morta no chão...

Ok, algumas coisas nessa história são absurdas, mas oi? É um conto e não precisa fazer muito sentido! Mas isso tudo nos leva a pensar em como Branca de Neve pode ser tão ingênua, pois mesmo com os avisos constantes dos anões de que a rainha estava tentando matá-la e que ela não deveria abrir a porta nem aceitar nada de ninguém, ela continua se deixando enganar. Mas como se trata de uma criança, podemos perceber toda essa inocência e pureza.
Mas isso, meus queridos, me fez enxergar que nem sempre alguém é tão ingênuo, puro e bobo assim a ponto de não alimentar um sentimento de vingança quando alguém tenta lhe prejudicar. O lado bom está lá, mas o sombrio e perturbador, também. E é aquela velha história: "Aqui se faz, aqui se paga". Ou melhor ainda: "Quem com ferro fere, com ferrão será ferido". Hehehe


Essa é a história original de Branca de Neve e realmente é um pouco diferente daquela que estamos acostumados, e nesse livro lançado pela Geração Editorial, as ilustrações fantásticas, góticas e super macabras só serviram para acentuar ainda mais a sua essência.

Sabe aquela sensação de pegar um livro e considerá-lo um tesouro, uma obra de arte? Pois então... O livro tem a capa dura, as páginas são grossas e brilhantes e a diagramação é simplesmente perfeita! Pra quem é fã dos contos dos Irmãos Grimm, e em especial do conto da Branca de Neve, não pode deixar de ter esse livro em sua coleção! É a história sendo contada de uma forma que muitos nunca viram, e ao lerem e apreciarem, com certeza vão adorar, assim como eu!
Adorei o cuidado e o trabalho que a editora teve com esse livro para torná-lo tão maravilhoso e encantador visualmente, e eles estão de parabéns! Fiquei morrendo de vontade de outros contos nesse mesmo estilo! Hahaha!
Recomendo muito e entrou pra minha lista de favoritos!

19 de dezembro de 2012

Legend - Marie Lu

Lido em: Dezembro de 2012
Título: Legend - Legend - Livro 1
Autora: Marie Lu
Editora: Rocco (1ª edição pela Editora Prumo)
Gênero: Distopia
Ano: 2012 (relançado pela Rocco em 2014)
Páginas: 256
Nota
Sinopse: Ambientado na cidade de Los Angeles em 2130 D.C., na atual República da América, conta a história de um rapaz – o criminoso mais procurado do país – e de uma jovem – a pupila mais promissora da República –, cujos caminhos se cruzam quando o irmão desta é assassinado e a ela cabe a tarefa de capturar o responsável pelo crime. No entanto, a verdade que os dois desvendarão se tornará uma lenda. O que outrora foi o oeste dos Estados Unidos é agora o lar da República, uma nação eternamente em guerra com seus vizinhos. Nascida em uma família de elite em um dos mais ricos setores da República, June é uma garota prodígio de 15 anos que está sendo preparada para o sucesso nos mais altos círculos militares da República. Nascido nas favelas, Day, de 15 anos, é o criminoso mais procurado do país; porém, suas motivações parecem não ser tão mal-intencionadas assim. De mundos diferentes, June e Day não têm motivos para se cruzarem – até o dia em que o irmão de June, Metias, é assassinado e Day se torna o principal suspeito. Preso num grande jogo de gato e rato, Day luta pela sobrevivência da sua família, enquanto June procura vingar a morte de Metias. Mas, em uma chocante reviravolta, os dois descobrem a verdade sobre o que realmente os uniu e sobre até onde seu país irá para manter seus segredos.
Resenha: "Legend" é uma distopia que foi muito aguardada pelos leitores aqui no Brasil. Temos como pano de fundo um EUA pós apocalíptico, no ano de 2130, em que tudo foi devastado por todo tipo de desastre natural, e o que antes era conhecido como governo agora é conhecido como República da América. A República ainda vive em guerra com os vizinhos, as Colônias e os Patriotas, pois estes são considerados marginais e malfeitores.
E como se todo esse conflito armado já não fosse suficiente, a população ainda sofre com constantes e misteriosos surtos de pragas virais e contagiosas, e só os militares da República e os cidadãos endinheirados tem direito a vacina.
A República ainda submete as crianças que completam 10 anos de idade à "Prova" a fim de poder selecionar e separar os mais inteligentes e aptos (tanto física, psicológica e intelectualmente), a serví-la, dos incapazes, e determinar, de acordo com suas notas, onde irão viver e o que irão fazer de suas vidas.
E é neste cenário que conhecemos Day e June.

Day é um garoto de 15 anos e é o criminoso foragido mais procurado pela República. Ele foi criado nas favelas e tem uma agilidade e habilidade incríveis, tanto pra enganar os oficiais quanto pra fugir quando é perseguido. Day é simpático, leal, bem humorado e sempre se preocupa em ajudar o próximo. Ele se tornou um tipo de "lenda" das ruas.
June é uma jovem que também tem 15 anos, e bem diferente de Day, cresceu numa família com posses e acabou sendo beneficiada pela República, porém com a morte misteriosa dos pais, foi criada pelo irmão. Ela ainda é uma jovem prodígio super inteligente que após ter tirado nota máxima na Prova, o que é bem raro, se tornou um soldado perfeito que serve a República, e ser lógica, observadora, fria e calculista (e até antipática de início) só colaborou para que a "carreira militar" se encaixasse como uma luva para ela.
A única coisa que esses dois tem em comum é o amor incondicional por seus familiares, e é o motivo maior que os move a viver nesse mundo e lutar pelos seus ideias.

Quando a família de Day é afetada pela praga, ele parte numa tentativa de salvá-la da morte invadindo um hospital para roubar remédios, mas no meio da confusão, acaba sendo acusado de assassinar Metias, irmão de June.
E é aí que a coisa começa a esquentar, pois June, agora sozinha, fica encarregada de capturá-lo e prendê-lo, e a sede pela vingança e o ódio que ela está sentindo é o que a deixa motivada a caçá-lo e persegui-lo freneticamente, usando de sua inteligência e de todos os artifícios dispostos pela República.
Essa perseguição é o que dá todo o clima de ação de tirar o fôlego, pois mesmo sendo procurado, Day não desiste de tentar salvar sua família. E durante essa busca, vários fatores começam a vir a tona... E numa reviravolta incrível, o destino desses dois, a partir daí, nunca mais será o mesmo...

"Legend" tem uma narrativa espetacular, ágil, fácil e impossível de largar, que além de ser super envolvente, ainda me fez sentir na pele dos personagens, questionando sobre a realidade, os valores, a ética, a moral e até onde podemos ser manipulados e enganados pelo sistema.
A história é contada do ponto de vista de Day e June, com capítulos alternados para sabermos o ponto de vista de cada um deles sobre toda aquela situação.
A dosagem de ação, mistério, crueldade e até o pouco de romance (que mesmo parecendo impossível foi esperado, claro) foram certeiras e impecáveis, mas devido a agilidade da narrativa, e talvez por ter sido contada em primeira pessoa, outros personagens secundários não foram tão bem trabalhados e explorados, mas isso não interferiu em nada e a história ficou ótima do mesmo jeito.
A diagramação ficou maravilhosa: as páginas tem as bordas envelhecidas, que lembram sujeira num pergaminho e cada capítulo se inicia com o nome de um dos protagonistas.

Para todos aqueles que curtem uma distopia eletrizante, "Legend" é leitura obrigatória! Super recomendo!

18 de dezembro de 2012

Memes #17 - TAG: Natal me faz lembrar...

Gente, já falei que adoro responder esses memes? Hihihi
Quem me indicou pra responder essa tag foi o Caique, do blog Te Nerdificando. Adorei! Obrigada, xuxu!

Regras para essa Tag:
- Indicar 10 blogs para participar;
- Dizer no post quem te indicou;


1. Qual filme com o tema natalino é o seu favorito?
Esqueceram de mim

2. Qual é sua cor favorita de Natal?
Vermelho e dourado

3. Você gosta de ficar de pijama ou vestir-se para o Natal?
Eu me ajeito, né? pfv

4. Se você pudesse comprar apenas um presente para uma única pessoa nesse Natal, quem seria?
Nossa.. essa pergunta é foda... Compraria pra mim. Se comprasse pra Vivi, Marina ia achar ruim, e se comprasse pra Marina, ia me sentir mal por não ter dado nada pra Vivi... Então, me dou um livro e acabo com essa história logo de uma vez ahahahaha

5. Você vai abrir o seu presente na noite (na véspera do Natal) ou na manhã de Natal?
A noite, claro!

6. Você já construiu uma casa de pão de gengibre?
Nunca.

7. O que você gosta de fazer em seu feriado de Natal?
Encher a pança literalmente. Natal = mesa farta de gostosuras ahahahaha

8. Algum desejo de Natal?
Só que a festa aqui em casa seja boa e tranquila.

9. Cheiro de Natal favorito?
Claro que é o cheiro peru de natal assando! Como não!?

10. Prefere a ceia de Natal ou os doces e sobremesas?
Eu curto mais doce do que sal, mas no natal eu fico com os dois.

Blogs indicados:
Pepper Lipstick
Coca-Cola e Cupcake
Preto no Branco
Sou Seu Astral
Garota do Livro
Leitor Compulsivo
E Assim Está Escrito
Marinah Gattuso
Tempo à Toa
Palavra em Movimento

17 de dezembro de 2012

Memes #16 - Aos vinte e poucos... hehehe

Oioioi pessoal!
A Thamires do blog Sou Seu Astral me indicou um meme bem bacana, espiem só:

A ideia é completar aquilo que está em vermelho, mas os indicados que quiserem colocar outra cor, fiquem a vontade, e como título colocar sua idade.
Eu sou: Chata.
Eu quero ser: Hyka
Minha Casa: Meu lugar.
Eu encano com: Falta de interesse.
Eu acredito: Dias melhores virão...
Tenho medo de: Pombos
Acho graça de: Tudo. Rio de tudo, ainda mais quando não pode.
Choro com: Finais emocionantes.
Não vivo sem: Internet
Tenho mania de: Comprar.
Eu tenho como heróis: Ninguém em especial.
Meu personagem de livro favorito: Rony Weasley
O Amor é: Lindo, desde que recíproco e verdadeiro.
Meu livro de cabeceira: Legend - Marie Lu.
O livro que eu não emprestaria nem sobre juramento de morte: Não empresto nenhum
Meu sapato favorito é: Bota plataforma.
Na minha estante não falta: Nada! Tem de tudo aqui!
Meu autor preferido: J.K Rowling.
Um livro que me fez chorar: Tem Alguém Aí? - Marian Keyes.
Aquela música que acompanha perfeitamente um livro em um dia de chuva: Não leio ouvindo música
As pessoas acham que: Acham sobre o que??? Ahahahaa
O que eu mais ouço: Música eletrônica
Eu me sinto livre: Quando saio com meus amigos pra curtir a balada.
Rezo por/para: Ter força pra chegar onde quero.
Meu ponto fraco: Nossa... Que pergunta comprometedora... Hehehe
Meu grande charme: Inteligência
No chuveiro eu canto: Nem canto...
De madrugada, eu: fuço na internet feito um zumbi.
Eu tenho a ilusão de: achar que posso confiar e acreditar em todo mundo.

Quem eu indico: Mademoiselle Love Books | Nandarilha | Meus Livros, Meu Mundo! | Segredos Entre Amigas | Descobrindo Livros | Preto no Branco

Bjokas!

14 de dezembro de 2012

Os Dragões de Titânia: A Batalha de Argos - Renato Rodrigues

Lido em: Dezembro de 2012
Título: Os Dragões de Titânia: A Batalha de Argos - Vol. 1
Autor: Renato Rodrigues
Editora: Escala
Gênero: Aventura/Fantasia/Literatura Nacional
Ano: 2011
Páginas: 270
Compre o livro clicando AQUI
Nota
Sinopse: Quando Telus, um anão fazendeiro, saiu por aí em busca de aventura, nunca imaginou que arrumaria tantos inimigos. Felizmente, não estava sozinho. A ele se juntou um mago que sempre dormia com um olho fechado e outro aberto, um centurião alcoólatra, uma maga politicamente engajada em derrubar o governo, um pugilista aposentado e sem noção, uma freira que amava um profano, um guerreiro que desconfiava da própria sombra, uma noviça rebelde que não sabia cantar e um elfo que se tornaria seu maior desafio. Se você tiver coragem de prosseguir irá conhecer uma história de magia e heroísmo repleta de seres fantásticos e dragões. E é sobre dragões que eu gostaria de falar. Sobre dragões e sobre 12 Armas Mágicas criadas por eles para combater um inimigo de toda a criação. Também sobre uma família que se formou sem ter nada em comum. Igualzinha a sua!
Resenha: "Os Dragões de Titânia: A Batalha de Argos" traz a história de um grupo de personagens incomuns e corajosos que lutam contra as forças e a tirania do auto intitulado Barão de Argos, que resolveu mandar no lugar por conta própria, e que ainda conta com o apoio de um Bruxo das trevas, mandando armaduras fantasma para aterrorizar os moradores da região. E é contra esses inimigos que o grupo formado por Telus, o anão esquentadinho e brigão; Peter Paul; Galileia, a freira com o dom da cura; Khosta, o mago que adora apostas; Cronus, o elfo destemido; Alambique, um centurião que pelo apelido percebe-se seu gosto pela cana; Miranda, a maga; e Lerandra, a elfa corajosa.
Porém, durante a luta, Lerandra acaba sendo morta, e depois disso, o grupo precisa levar o corpo dela para a terra dos elfos de onde veio para que a mesma tenha um funeral digno.
Outros personagens se juntam ao grupo no decorrer da história: Sylvester, o guerreiro; Diane; Ed Mãos-Leve; e Shokozug, o guerreiro desconfiado. E é a partir dessa união, rumo a Alfheimr, que a aventura realmente começa, pois embarcamos num mundo fantástico com direito a dragões, armas mágicas, elfos malígnos, reviravoltas, muitos perigos e muita emoção.

O livro é narrado em terceira pessoa, e a impressão que dá é que o próprio autor está nos contando a história da forma mais descontraída e engraçada do mundo, e adorei como a narrativa flui bem e tem um ritmo rápido, em que os acontecimentos não tem enrolação.
Independente da situação em que os personagens se encontravam, toques de humor e sarcasmo estavam presentes pra que a história não ficasse pesada e confesso ter rido horrores com todas aquelas tiradas hilárias. A história se passa no ano de 1001, mas tem alguns termos bem atuais e por isso fiquei com uma sensação maior de que estava ouvindo a história sendo contada com bastante irreverência, como se estivesse sentada numa roda.

Só achei que o começo ficou um pouco confuso, principalmente para aqueles que se distraem ou perdem a concentração muito fácil (como eu), pois enquanto está rolando alguma coisa emocionante, de repente nos deparamos com algum acontecimento do passado, que explica um pouco mais sobre os personagens, ou como se conheceram, para depois voltar ao que estava acontecendo e retomar o raciocínio. Eu confesso que isso me incomodou um pouco, pois pra não me confundir, precisei ler ignorando essas partes para só ao fim do capítulo eu voltar nelas novamente, e assim entendi bem melhor, sem interrupções. Talvez se essas situações dos flashbacks fossem colocadas num capítulo a parte, com mais aprofundamento, ficaria mais fácil e mais bacana, pois por mais que a leitura seja fácil e envolvente, acho que um leitor mais desatento iria ficar bem perdido no início.

Mas enfim, no meio das páginas ainda podemos observar as ilustrações de alguns dos personagens, e como adoro ilustrações, fiquei encantada com tamanha perfeição. A capa é linda, mas os mais atentos irão desconfiar o rumo que a história leva ao olharem a parte de trás...
Enquanto os personagens partem nessa viagem, me senti viajando junto com eles, vivendo todos os perigos que eles viveram pois é impossível não se envolver. Outra coisa que percebi é que por mais "machões" que os personagens sejam, eles conservam valores e tem grande senso de justiça, e geralmente histórias antigas desse tipo, sempre nos apresentam personagens com características típicas, são machistas, ignorantes e donos da verdade, e em Dragões de Titânia não senti isso e gostei muito!
Super recomendo a leitura para todos aqueles que adoram uma boa história fantástica, cheia de ação, aventura, mistérios e muito humor! Estou super ansiosa pra começar a ler a continuação, "A Queda do César".

12 de dezembro de 2012

Aviso sobre o Top Comentarista

Oie, pessoal! Antes de tudo, quero me desculpar pela ausência no blog de novo, mas esse mês é complicado. Ontem fiquei o dia inteirinho batendo perna na rua procurando presentes de natal e comprando algumas coisas pro aniversário da Vivi. Tô moída!!
Fiquei devendo o resumo da semana, tô devendo visitas e comentários nos blogs (de novo), tô com uma pilha de 9 livros de parceria pra ler e não sei se vou dar conta disso tudo ainda esse ano. Mas tô fazendo o possível pra conciliar essa correria da minha vida com o blog. Em breve as coisas se normalizam por aqui. Podem ficar tranquilos também que em breve retribuo os comentários.

Então, vamos ao aviso sobre o Top Comentarista.

Sei que não coloquei nas regras que responder comentários alheios era proibido, mas gente, o Top virou uma bagunça a ponto de algumas pessoas virem reclamar comigo de "injustiça e sacanagem". Não vou alterar as regras proibindo esse tipo de comentário, mas eu conto com o bom senso de todos nesse caso, pelo amor de Deus!

Sei que é trabalhoso e a pessoa gasta tempo pra comentar, mas achei que não precisava ter avisado que os comentários deveriam ser referentes às postagens, e não aos comentários, como aconteceu. Mas como não avisei, agora é tarde pra proibir, mas me senti na obrigação de dar uma faxinada nesses comentários, pois realmente estava passando dos limites.

Da mesma forma que comentários em postagens promocionais, como "participando", não contam, não é justo comentários do tipo "kkkkk", "tb", "concordo", "incrível", "*o*" e coisas parecidas, em resposta a outros comentários serem contabilizados, né? Então esses foram excluídos e espero não precisar excluir de novo. 

Um exemplo? Tem um post em que me parabenizaram pela caixa de correio em video que fiz, MAS EU NUNCA FIZ CAIXA DE CORREIO EM VIDEO, GENTE! Aì me aparece um comentário sobre esse comentário absurdo, ainda concordando que a caixa em video QUE EU NÃO FIZ é boa mesmo??? Oi???!!! Poxa gente... 
Isso já é avacalhação, né? Não era isso que eu esperava quando lancei a brincadeira... Sinceramente...

Tem gente que tá participando, lendo as postagens e comentando sobre elas, sem responder comentários desse jeito, e ao meu ver essas pessoas são as que merecem ganhar, já que estão se dedicando em realmente ler e comentar sobre aquilo que EU postei.

Então, por favor! Não vou proibir respostas a comentários, mas isso aqui não é o samba do crioulo doido e não vou aceitar comentários daqueles tipos que citei anteriormente, ok?

Obrigada pela compreensão!

Bjokas

10 de dezembro de 2012

Autores Parceiros - Letícia Black



Biografia: Letícia Alves da Silva Lopes, nascida prematura em 22 de fevereiro de 1990, uma quinta-feira de carnaval apenas porque não queria esperar um ano inteiro pra curtir seu primeiro carnaval carioca. Criada com muito carinho na periferia carioca, mais especificamente no bairro de Bangu e mais especificamente no sub-bairro (agora emancipado) de Senador Camará. Carioca da gema e orgulhosa, prefere o verão apenas porque gosta de curtir o sol, mas o inverno é muito bem-vindo. Pisciana com ascendente em Gêmeos, tem personalidades múltiplas e pode mudar de humor a qualquer minuto, mas raramente muda de opinião, apenas quando se prova que está errada.

Também conhecida como Leka Judd ou máquina de escrever, começou a escrever fanfics nos tempos longínquos de Harry Potter há aproximadamente 10 anos atrás. São mais de 50 fanfics interativas, cerca de 70 se juntar com outras publicadas quando ela era mais novinha.

Saiba mais e Contatos: Clube das Autoras | Facebook | Fanpage Contos de uma Fada | Site da autora | Skoob | Contos de uma Fada no Skoob | Twitter


Sobre a obra:
Contos de uma Fada - A Nascente das Montanhas 
Editora: Novo Século
Páginas: 320
Sinopse: Um julgamento aguarda por Michelle. Seu crime? Nascer. Michelle está prestes a ter sua vida virada de cabeça para baixo. Ela passa de uma simples garota carioca que gasta seu tempo livre com o namorado, Guilherme, para uma princesa de Lammertia, a terra das fadas. Descobrindo ser fruto da junção perigosa de elfos e fadas e que não deveria ter sobrevivido aos primeiros segundos de vida, Michelle parte para a Nascente das Montanhas com a ajuda de seus novos e mágicos cúmplices. Ela tem de convencer a todos do reino que pode continuar viva; e isso não será nada fácil. Tudo o que a nova princesa deseja é voltar para casa e para seu namorado. Mas antes terá de mudar o mundo das fadas para sempre. Será que ela vai conseguir?
                                           

E aí, gente? Curtiram? Fiquei super feliz com a parceria! Eu simplesmente ameeeei a capa e tô super curiosa pra ler essa história! O tema é um dos meus preferidos!
Aguardem a resenha em breve!

6 de dezembro de 2012

Caixinha de Correio #9 - Especial Black Friday


Ei, gente!
Apesar de ter passado uma baita raiva na Black Friday, até que consegui fazer umas compritchas bacanas e com muita economia. Vários livros dessa lista saíram por 5,00... 8,00... *-*
Como eu tinha comentado no último resumo da semana, tive que enviar dois livros de volta pra FNAC, pois vieram com defeito, então, quando eles chegarem aqui, coloco junto com uma próxima caixinha. Ontem o carteiro veio buscar e agora tenho que esperar a boa vontade deles enviarem livros novos. Mas enfim, um livro recebi de parceria, outro recebi de uma leitora do blog que enviou o livro pra eu poder fazer sorteio pra vocês (OOOWWNN! OBRIGADA, MARIA CÉLIA!!!!!! NEM SEI COMO RETRIBUIR O CARINHO!! *-*), e outro ganhei num sorteio há uns meses atrás. O resto foi tudo pechincha! Espiem só o que tem na caixa:

Promoção Férias e Livros

Oie, pessoal!
Como sabemos que todos vocês adoram promoções, o blog Livros e Chocolate e o blog Corações de Neve, em parceria com a Editora Novo Conceito, se uniram pra trazer mais uma bem bacana pra vocês!

E pra participar é super simples:
- Basta seguir os dois blogs publicamente pelo GFC
- Comentar nesta postagem para validar sua participação
- Residir no Brasil

Outras opções, como curtir a página, seguir o twitter e etc ficam disponíveis caso queiram ter chances extras para concorrer! É só preencher o formulário logo abaixo:
a Rafflecopter giveaway
Então tá esperando o que? Coooorre e participa! E não se esqueça de ler os Termos e Condições no fim do formulário!
Boa sorte!!!